História Mais interessante do que eu? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Katsuki Bakugou, Uraraka Ochako (Uravity)
Tags Bakugou Katsuki, Bakuraka, Harpin, Kacchako, Katsuocha, Uraraka Ochako
Visualizações 147
Palavras 530
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS


Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Apenas um pequeno aperitivo enquanto o capítulo novo não sai ♡
Espero que gostem.

Capítulo 1 - Nunca


Fanfic / Fanfiction Mais interessante do que eu? - Capítulo 1 - Nunca


- Ei, Katsuki… - falei manhosa. Eu estava com a cabeça repousada no colo de Katsuki o importunando. Eu sabia que ele estava ocupado com os deveres, que aliás eu também deveria estar fazendo, mas fazia tanto tempo que não ficávamos assim, juntos, e eu queria aproveitar.

- O que foi, Ochako? - ele murmurou ainda concentrado em suas anotações.

Estávamos em sua cama, ele sentado em os cotovelos apoiados nos joelhos dobrados e encarando diversos papéis e cadernos abertos. Eu deitada com a cabeça apoiada em uma de suas pernas. Diversas novas estratégias de combate estavam detalhadas entre desenhos de armas e roupas de herói em frente à Katsuki, e ele parecia analisar cada uma das informações, além dos deveres das matérias comuns ao lado. 

- A tarefa está interessante? - perguntei como quem não quer nada.

- Uhum… - ele continua aéreo enquanto organiza alguns papéis no que acredito ser uma ordem, talvez de prioridade. Estiquei meus braços até encostar em um fio do seu cabelo rebelde. O loiro nem sequer desviou sua atenção para mim. Emburrada, inflei minhas bochechas e virei de lado ficando contrária ao loiro.

- Mais interessante que eu? - sussurrei ressentida.

O quarto ficou subitamente em silêncio.

Ele ia simplesmente me ignorar?

Meus olhos umedeceram e arderam com as lágrimas que queriam cair, mas que eu tentava com todas as minhas forças segurar.

O tempo passou tão devagar que senti até mesmo minha respiração em câmera lenta. Parei de raciocinar e apenas o calor da perna do meu namorado contra minha bochecha me deixava consciente de que ainda estávamos ali.

Dei um gritinho quando abruptamente fui virada para o outro lado e senti braços fortes abraçando minha cintura. Não olhei nos olhos dele, sabia que se fizesse isso cederia. Mantive meu rosto virado até mesmo quando ele colocou a cabeça no espaço entre meu ombro e meu pescoço e depositou um leve beijo ali.

- O.cha.ko - sussurrou lentamente as silabas com sua voz rouca e eu me arrepiei por inteira. Ele sabia como me desarmar, e agora eu sentia muita raiva disso.

Tentei empurrá-lo para longe de mim, mas ele claramente era bem mais forte. Não deixou que eu me afastasse, ao invés disso me puxou ainda mais para perto de si.

- Ochako… - rosnou baixo, mas continuou com o rosto enfiado entre os fios do meu cabelo.

Resolvi ceder, sabia que isso não nos levaria a lugar nenhum, apenas à mais uma briga desnecessária. Além disso, estava complemente ciente que isso uma enorme birra de minha parte. 

Virei para ele, e como se sentisse o movimento, Katsuki tirou o rosto do meu pescoço. Seus olhos focaram nos meus. Vermelhos nos castanhos. Petrificados. Apaixonados.

- Nunca - ele disse simplesmente.

Fiquei confusa e acho que minha feição demonstrou isso, já que ele abriu um pequeno sorriso sarcástico e aproximou mais o seu rosto do meu.

- Eu te amo. E nada nunca será mais interessante do que você.

Abri o maior sorriso que eu conseguia e me aproximei ainda mais dele.

- Eu também te amo - admiti.

Então eu acabei com a distância entre nós. 

E eu sempre vou amar você. 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...