1. Spirit Fanfics >
  2. Memórias de Loriel Hathdar >
  3. Os pesadelos

História Memórias de Loriel Hathdar - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


Esse capítulo será um pouco curto, pois irá lidar com os pesadelos que a Loriel teve após a ameaça de Akmenoth.

Boa leitura 🖤

Capítulo 16 - Os pesadelos


Fanfic / Fanfiction Memórias de Loriel Hathdar - Capítulo 16 - Os pesadelos

Todas as noites tinha pesadelos com aqueles cabelos brancos e os olhos roxos... 

Em um deles, Akmenoth me enforcava, enquanto o sangue saía pelo meu nariz e eu tentava gritar para ele parar. Mas ele não parava, e apertava o meu pescoço com mais força, dizendo "Um rostinho tão lindo..." 

No da noite seguinte, ele me derrubava, eu tentava me arrastar pelo chão, mas ele me puxava para perto dele pelas pernas e me olhava, com um sorriso, apontando aquelas chamas negras para meu rosto. Ele me torturava com aquelas chamas, queimando a minha pele bem devagar, saboreando a minha dor. 

Sonhei também que minha mãe estava de costas, cantando uma canção bem lenta, e eu ia em direção a ela. Quando ela se virou, seu rosto estava cheio de sangue e Akmenoth surgia das sombras. "Ora ora, Loriel!" ele diz, com uma voz sombria. 

Ele se aproxima de mim, enquanto eu recuo. Até que começo a correr, mas ele é mais rápido e me segura, colocando minhas mãos juntas para trás, envolvendo-as com pesadas correntes. 

Ele me puxa pela ponta da corrente, até uma parede próxima, onde ele me prende fortemente e começa a falar "Tudo isso é culpa de seu pai. Agradeça a ele." 

Enquanto eu tentava me soltar de forma desesperada, ele me feria com várias magias. E eu ia sangrando. Os braços sangravam, as pernas, o rosto... 

Até que eu caía no chão e desmaiava. 

Aí eu acordava, gritando. 


Houve uma vez em que me desesperei tanto que chamei por Athrail. 

Tive um dos piores pesadelos, onde via aqueles elfos mortos, mas depois a cena mudava e os elfos viravam meus pais. 

E Akmenoth vinha em minha direção, eu não conseguia me mexer e nem falar. Estava paralisada no chão. 

Akmenoth se abaixava e dizia "O que farei com você, hein, Loriel? Não adianta fazer você implorar por sua vida, vejo em seus olhos que você não quer morrer..." 

Eu sentia muita dor, principalmente no ombro. 

E acordava gritando. 


Tive muitos pesadelos, a maioria deles era de perseguição, onde Akmenoth me perseguia e eu tentava fugir, mas ele sempre me alcançava. 

Foram muitas as noites em que eu acordei gritando, com a respiração ofegante e o coração acelerado. 

Quando paro para pensar naqueles sonhos sinto medo. Principalmente quando um deles se tornou realidade... 


Notas Finais


Novos capítulos em breve⬅️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...