História Meu melhor amigo - Kim Taehyung - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Amizade, Bts, Romance
Visualizações 115
Palavras 1.113
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo-Ai
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIE

GENTE TÁ EM MAIÚSCULO PQ EH IMPORTANTE

SE CASO AMANHÃ NÃO SAIA CAPÍTULO DE ACORDO COM O CRONOGRAMA ESSE SERVE COMO RECOMPENSA
ESTOU MUITO DESORGANIZADA E ESQUISITA

SORRY BAE

Capítulo 26 - Minha namorada é uma perdição


Fanfic / Fanfiction Meu melhor amigo - Kim Taehyung - Capítulo 26 - Minha namorada é uma perdição

Pov’s Taehyung 

 

Mas o que será que ela tem?

– Como é que a minha vida tá? – Pergunto carinhoso tentando agir de forma fofa 

– A sua não sei mais a minha tá uma merda! – Ela responde grossa 

– O que aconteceu amor? – Me sento do lado dela a abraçando 

– Você tá me perguntando o que  aconteceu Taehyung? O QUE ACONTECEU? – Ela me empurra pra longe com força 

– Princesa, eu fiz algo errado?

– Pega esse “princesa” e enfia no meio do seu... – Eu a interrompo 

– Ou! Calma! Relaxa!

– Você me odeia, você não me ama mais – Ela abaixa a cabeça e começa a... Chorar?

B I P O L A R I D A D E 

Isso está me cheirando a famosa TPM, que deveria significar Treinada Para Matar.

– Lógico que eu te amo meu amor, quem te disse o contrário? – Tento abraçá-la mas sou empurrado novamente 

– NÃO ENCOSTA EM MIM! Você não me ama mais, não gosta mais de mim, você nunca me beija nem me abraça – Irônico o fato de que você acabou de me empurrar não é?

– Mas amor eu sem... – Ela me interrompe 

– Fica quieto! Agora você vai só me ouvir, não fala nada! Você só me usou, porque você não diz a ninguém que gosta de mim, na verdade, não diz nem pra mim, você não... – Fiquei apenas ouvindo os absurdos que ela dizia, desde quando eu não dou carinho com ela? É só o que me faltava, o melhor é fazer o que ela pediu e ficar só ouvindo.

Se vocês não tiveram uma “quase irmã” que tem crises de TPM, vocês com certeza não sabem as regras básicas, mas vou dizer a vocês:

1- NUNCA discorde 

2- Tente ser carinhoso e compreensivo 

3- Se dá valor a sua vida NUNCA diga: “Tá de tpm né?”

– E eu cansei dessa falta de atenção Taehyung, tá me ouvindo? Eu por acaso estou falando sozinha? VOCÊ NEM ME RESPONDE TÁ VENDO COMO NÃO LIGA PRA MIM! 

– Mas voce disse que era pra eu n... 

– EU TE ODEIO! – Ela sai pisando forte em direção a cozinha.

Senhor, que garota difícil.

Não se passa nem dois minutos e ela volta com um pote cheio de sorvete com cobertura de chocolate, na verdade mais cobertura que sorvete.

Então ela liga a TV, e senta do meu lado fingindo que eu nem existo, confesso que acho graça em vê-la desse jeito, benditos hormônios né?

– Tá olhando por que? Se quiser sorvete vai pegar – Ela diz sem nem olhar na minha cara 

– Não quero não amor, obrigado

Quando ela terminou de comer eu me deitei, e passou-se uns 2 minutos até ela vir e deitar em cima mim se agarrando como um coala.

– Eu te amo, te amo, te amo, sou a pior namorada do mundo... – Ela esconde a cabeça no peito, não vai chorar de novo né?

– Não é não amor, eu sei porque você está assim...– Faço carinho no seu cabelo por um tempo até escutar seu choro novamente – O que foi dessa vez baixinha?

– Também não sei... – Ela diz com a voz embargada pelo choro e me olha com os olhos encharcados.

Me derreti como uma manteiga nesse momento.

 

***

 

Nesse momento eu e minha baixinha estamos nos beijando de uma forma um tanto... atrevida, no banheiro no quarto dela.

A questão é que está todo mundo lá na cozinha, tipo todo mundo mesmo, pais, tios, primos, avós.

Isso mesmo crianças, eu e a Manu estamos nos pegando escondidos no meio de um jantar em família.

– Taehyung...Temos que...vol...tar– Ela diz entre o beijo 

– Eu sei que você não quer, e eles nem vão sentir nossa falta... – Me separo dela e digo ofegante começando a espalhar beijos por seu pescoço

– Hmm Tae... É sério... 

– Só uma rapidinha amor, por favor– Peço ainda beijando seu pescoço 

– Taehyung! Olha o que você está dizendo! Vamos descer logo – Ela tenta me empurrar em vão

– A porta tá trancada, se formos bem rapidinho ninguém vai perceber, aí a gente desce pra brincar com as crianças, por favor amor, pensa no seu Alien, não quero resolver meu problema sozinho, e pensa nas crianças, porque não vou te deixar com tempo pra brincar com elas se não me der a “atenção devida” antes!

Agora eu joguei baixo, além de fazer pressão psicológica com “pensa no seu Alien”, ainda falei das crianças, nossos priminhos que estão lá embaixo pra ser mais específico, eu e ela AMAMOS brincar com crianças.

Na verdade somos praticamente duas crianças, a única diferença é em momentos como esse.

Afinal crianças não fabricam crianças.

Após toda essa provocação ela apenas revira os olhos e diz:

– O que eu não faço por você... 

Então me puxa para um beijo, me fazendo sorrir entre o mesmo por sua fala.

Depois de nos separarmos ela sem enrolar já se ajoelha, me olhando sugestiva. 

Então apenas abaixo minhas calças e a cueca, afinal não temos tempo a perder não é? 

Vejo ela corar um pouco, nunca vou entender isso nela, já fizemos isso algumas vezes, já namoramos a mais de 3 meses e essas bochechas ainda adoram se envermelhar por nada.

Sem mais enrolações ou vergonha, sua boca envolve meu membro, e eu sinto minhas pernas bambearem.

– Ahh, q-que delicia...

Então ela passa a língua de uma forma que eu sinto minha visão embaçar. Céus, como isso pode ser tão gostoso?

Ela continua, bem devagar, ora lambendo, ora chupando, então eu seguro seu cabelo com uma certa força, (claro que não capaz de machuca-la) e começo a literalmente fuder sua boca, impulsionando pra frente rápido e com meu ritmo.

Ela apenas forma um “O” com a boca me permitindo fazer da forma que eu quisesse às vezes sentindo o vibrar de sua garganta, pelo fato de ela se engasgar.

– Hmmm, que b-boquinha gostosa... 

Então ela para de ficar quieta e chupa minha glande de uma vez, o que faz minhas vistas escurecerem.

Sim jovens, eu vim, mas eu vim de um jeito tão forte que tive que me segurar pra não gritar seu nome.

Me apoio na pia ofegante, e ela se levanta, subindo minhas calças de volta para o lugar junto.

– Céus Manuela, você está cada vez melhor nisso... – Digo ainda sentindo alguns espasmos e a respiração desregulada

– Você que é gostoso como um doce Daddy – Ela sussurra em meu ouvindo

Ela realmente me chamou de Daddy? Senhor, me diz que estou sonhando, minha namorada é uma perdição.

– Não fala assim que tenho vontade de te jogar aqui mesmo no chão – Digo sorrindo 

– Você prometeu, vamos! Eu quero brincar com as crianças! – Ela destranca a porta e desce as escadas correndo.

Como alguém migra de sexy pra fofa tão rápido? Jesus! 

 


Notas Finais


Tá tudo bom de mais pra ser verdade né...
Pretendo estragar logo logo...
Comentem aí o que acharam

Bju bju ❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...