História Meu monstro eu sou seu (yaoi) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Yaoi
Visualizações 280
Palavras 1.016
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishounen, Comédia, Drabble, Drabs, Mistério, Romance e Novela, Saga, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 2 - Cap 2


°'°VISÃO CHUNG YUKIO°'° 2

 

Ele está completamente louco nunca vou o chamar de "amo" ou até mesmo "mestre" ele quer me fazer de bichinho de estimação ainda por cima , eu não quero ficar preso aqui sendo feito de escravo e oque esse maníaco vai fazer comigo, será que ele vai me estrupar eu não posso fazer isso nunca fiz isso nem com garotas antes eu tenho que fugir das garras desse maníaco antes que eu acabe enlouquecendo.

Yukio- yukito mas você. , oque você p-pretende fazer c-comigo? - falei assustado esperando sua resposta com certa anciosidade

Yukito- eu vou me divertir com você até eu ter de me alimentar novamente ai você vai me servir de alimento - ele ri sadico- não se preocupe demora no mínimo seis semanas para eu me alimentar então você ainda tem um bom tempo de vida , digamos assim se você me agradar posso até te dar mais um tempinho de vida - ele me encara com desejo

Yukio- m-mas e-eu n-não posso - eu não tenho oque dizer nesse momento então entro em desepero e finalmente minhas lagrimas escorrem de meus olhos mostrando minha fraqueza

Yukito- é tão prazeroso ver você chorar assim , temos que ir venha logo humano- eu tento me afastar

ele me pega no colo e me carrega para fora daquele comodo escuro que era o sótão da casa que fora daquele comodo escuro não era tão amedrontadora , mas tinha roupas sujas de sangue , papeis e embalagens por todo chão estava completamente desorganizada ele me joga em um sofá com uma mancha de sangue , ele matou alguém aqui e vai fazer o mesmo comigo eu quero fugir e escapar das garras dele mais eu tenho medo eu não sei oque fazer .

Yukito- eu quero que arrume esse lugar e queime todo esse lixo e inclusive moveis que estiverem manchados com sangué , faça isso rápido temos que sair daqui e não deixar pistas para ninguém e se for preciso queime a casa

Yukio- como assim , tem alguém atrás de você?- eu sou curioso e me arrependo metalmente por perguntar isso pra um maníaco macabro

Yukito - não alguém e sim um demônio que quer meu sangué para aumentar seus poderes , agora adiante eu tenho que ver para onde eu vou fugir e você vai vir junto comigo entendeu humano- ele me olha de cima abaixo

Eu me recusei a fazer oque ele me pediu no começo mas ele me socou na barriga diversas vezes e me obrigou a limpar tudo aquilo eu não imagino oque ele fez nessa casa mas isso está me fazendo enjoar ver tanto sangue e esse cheiro é tudo tão triste saber que ele deve ter matado tantas pessoas é horrivel pesar nisso e como isso é injusto .Terminei de limpar tudo aquilo ele me obrigou a mostrar onde ficava minha casa e agora ele vai morar aqui comigo isso está ficando pior do que eu poderia imaginar . Eu estava fedendo a sangue podre então fui trocar essa roupa suja e me lavar .

Yukio- água quente isso é a única coisa que me acalma agora

Terminei meu banho e fui me trocar , coloquei um moletom longo e fiquei só com um box por baixo do moletom fui indo em direção da minha cama querendo discansar um pouco o poder tirar tudo isso da minha mente pelo ao meno por algumas poucas horas que estarei apagado.

°'°VISÃO YUKITO°'°

Estou nesse lugar a poucas horas e já estou entediado como a vida de humanos pode ser tão monotona sinto falta de um pouco de emoção a adrenalina correndo em minhas veias , Por sinal está casa está silenciosa demais , aquele humano falou que ia tomar banho mas não ouço barulho de água, subo correndo para o segundo andar e procuro ele no banho oque me faz pirar de raiva corro em todos os quartos atrás daquele humano até, finalmente achar ele dormindo em um dos cômodos, me aproximo dele e vejo sua expressão serena

Yukito - como seria bom ver essa carinha serena gritar de dor - encosto em seu rosto com as costas das mãos e aliso suavemente seu rosto

Yukio- s-seu pervertido oque você está fazendo no meu quarto- ele acorda assustado e recua para trás

Yukito- oque está querendo esconder de mim atrás dessa coberta ? - minha curiosidade  me mata

Yukio- eu n-não quero esconder n-nada - ele puxa a coberta mais para cima e isso me irrita

Puxo a coberta dele e a jogo no chão vejo ele com as bochechas avermelhadas tentando puxar o moletom que estava usando mais para baixo ele está me irritando mais

Yukito - vamos levante isso AGORA

yukio- n-não posso - ele abaixa a cabeça apertando o pano do moletom

Pego seus pulsos e os seguro ele se debatia e me pedia para não levantar o seu moletom mas tinha alguma coisa ali embaixo então eu simplismente levantei o moletom e oque eu vi foi muito agradavel e bonitinho ele com uma box preta apertadinha dando destaque a sua bunda enorme e carnuda outra coisa muito agradavel aos meus olhos

Yukito- era isso que não queria que eu visse que bonitinho - suspendo ele pelos seus pulsos

Yukio- purfavor , não eu ...- seu rosto estava em desespero

Ele me chuta e solta seus pulsos correndo atrapalhado para fora do quarto logo corri atrás dele e vejo ele se trancar no banheiro , humano idiota realmente achando que uma porta vai me deter , quebro a porta e vejo ele encolhido no canto

Yukito- venha aqui ou eu vou ter que te pegar - me aproximo e ele está tremendo isso é tão gostoso de se ver

Yukio- purfavor yukito e-eu não quero ter que fazer aqui e-eu nunca fiz isso- ele coloca as mãos para tapar seus olhos como se fosso uma criança idiota em desespero como se tudo fosse o machucar naquele momento chega a dar pena desse humano vuneravel , frágil e inútil um humano totalmente previsível .







 


Notas Finais


Obrigada por ler


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...