1. Spirit Fanfics >
  2. Meu professor - Taekook >
  3. Risco

História Meu professor - Taekook - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Apenas tenham uma ótima leitura!
:)

Capítulo 8 - Risco


Jungkook estava tão imerso no prazer que lhe estava sendo proporcionado que não conseguia raciocinar direito. As costas de JK logo foram de encontro a mesa.

Taehyung cada vez mais que explorava o corpo do garoto, o desejava de todas as maneiras possíveis.

A camisa de botões já estava toda aberta deixando exposto o abdômen de Jeon, sua pele branca, sem arranhões ou marcas, parecia tão convidativo para o Kim. Não demorou para que desse atenção aos mamilos de Jeon, lambia e chupava um, enquanto o outro usava a mão, em seguida invertendo.

Ok, existia um risco de a qualquer momento alguém entrar naquela sala, mas as chances eram mínimas já que naquele horário – além dos dois – Só haviam o diretor e o zelador, então para Taehyung estar correndo aquele risco, tornava tudo bem mais interessante.

Jungkook, bom, estava naquele turbilhão de novos sentimentos e sensações que nem se passava em sua cabeça a possibilidade de serem pegos.

- Alguma vez alguém te tocou assim? – perguntou o Kim. Nem ao menos deixou que respondesse, logo mordiscou o mamilo direito de Jeon que soltou um leve gemido – Me atrevo a dizer que não. Estou certo? – voltou a olhar para o rosto de JK que estava levemente ruborizado – O que foi, o gato mordeu a sua língua? – soou rouco ao pé do ouvido do outro que se arrepiou por completo, ainda teve o nódulo de sua orelha mordida.

JK estava literalmente encurralado, preso em uma armadilha. Os encantos de Taehyung conseguiam deixá-lo sem reação alguma. Sua respiração já estava ofegante, e o coração já batendo em ritmo um pouco mais acelerado, quando sentiu o botão da calça ser aberto então engoliu seco.

Tae logo abaixou a calça junto da cueca de Jungkook, deixando o membro alheio exposto, assoprou a glande vendo JK se estremecer com o ato.

- Já recebeu boquete de alguém, Sr. Jeon? – perguntou circundando a glande do pênis com o indicador, que já expelia o pré gozo. Jungkook tomou coragem para ao menos responder alguma coisa, não queria que o mais velho pensasse que lhe faltava experiência ou algo do gênero – não que isso fosse de alguma importância para o mais velho.

- S-sim, mas de uma garota... – disse a última parte baixo, mas em um tom o suficiente para que o Kim pudesse escutar.

- Hm... Então irei lhe mostrar qual é a sensação de um homem fazendo isso. – falou em seguida segurando a base do pênis e o abocanhando. Jeon soltou um ar pesado ao sentir seu membro ser coberto pela boca de Taehyung, foi só um movimento que para Jeon foi o suficiente para ir do céu para o inferno em questão de segundos. Quando começou a chupar a extensão dele então...

- Porra... – Jungkook curioso se sentou novamente, queria ver com seus próprios olhos. Subia e descia com toda a sensualidade possível, ainda fazia questão de chupar a glande olhando para si, o Kim sabia provocar e sabia muito bem o que estava fazendo.

De fato, Taehyung não era uma garota e Jeon estava bem com isso, na verdade estava adorando. Nunca pensou que gostaria tanto de um boquete, e se sentiria tão mais livre com aquilo.

Estava próximo de chegar em seu ápice, mas o Kim parou o que fazia e JK soltou um muxoxo em descontentamento, porém logo teve os lábios tomados.

O Kim queria que Jungkook viesse até si por vontade própria então deu apenas um selar, e foi se afastando aos poucos. Jeon o olhou confuso.

- Eu mereço atenção agora, não acha? – disse olhando para baixo. JK olhou na mesma direção, era possível ver um volume considerável formado por debaixo do tecido, engoliu seco. Desceu então da mesa e se ajoelhou entre as pernas do Kim.

Taehyung percebeu que o outro parecia um tanto nervoso enquanto fazia todas as tramas para descer a sua calça.

- Não quer fazer? – perguntou. Não é que ele não quisesse fazer.

- Eu nunca fiz nada disso antes, então...

Taehyung°•°

Mas é claro que ele nunca fez isso antes, o garoto até então se dizia hétero, obviamente que ficaria nervoso.

- Está tudo bem. Você também tem um pau, então sabe muito bem os cuidados que deve ter na hora do oral, certo? – assentiu – Pois então, é só fazer no seu ritmo.

Nessas alturas eu já estaria fodendo ele, mas o Jungkook me faz querer apreciar tudo nele. Apesar do seu gênio forte, nesse momento é nítido a sua insegurança, isso é aceitável afinal é seu primeiro contato tão íntimo com um homem.

Finalmente ao descer a minha boxer, senti o alívio por estar livre daquele pano. Vi a sua feição de surpreso

- Será que eu vou evoluir até esse ponto? – comecei a rir de seu questionamento. Tantas coisas que poderiam ser ditas é isso que ele pergunta?

- Como você está ainda em fase de crescimento, sim. – tinha que ser ele mesmo. Umedeceu os lábios para então abocanhar meu membro, desceu até onde conseguia lentamente e subia de novo.

Apesar de não ter experiência alguma, Jeon sabia usar muito bem aquela boquinha e puta merda que boca, seus beijos eram bons mas desta maneira... Argh!

- Porra Jungkook, você é um aluno que aprende rápido as coisas. – levei minha mão ao seus fios úmidos por conta do suor, levei-os para trás para não incomodasse Jeon. Um gemido rouco saiu de minha boca quando passou a lamber a extensão do meu membro, tão quente e úmida... Oh céus! Eu queria era foder a boca dele agora, mas quem sabe em um outro momento.

O que me impressionava ainda mais era sua expressão, parecia tão inocente fazendo isso. A que ponto eu cheguei? Eu Kim Taehyung.

O afastei de meu membro e o trouxe para cima tomando seus lábios. Essa boca devia ser preciosa, única, devia ser apenas minha. Ele mesmo estava fazendo questão de enrolar nossas línguas, para quem estava tímido parecia querer mais do que eu.

Seus braços envolviam meu pescoço, nossas ereções outra ou outra se esfregavam uma na outra, tomei a iniciativa de descer a minha mão de sua cintura para suas nádega, onde apertei com afinco.

Não teve protesto por sua parte então continuei, levei o indicador até sua entrada e pressionei levemente no local, novamente sem protesto algum.

- Jeon, eu posso ir até o final?

- Acha que chegamos até aqui para parar agora? – disse como se fosse óbvia a resposta – Você atiçou, então agora continua. – parecia sim convicto, mas o rubor tomou seu rosto.

- Espero que não se arrependa depois.

Taehyung off•

Jungkook foi logo virado de costas e se apoiou sobre a mesa. Sentiu as mãos grandes de Taehyung apalparem suas nádegas, logo foram levemente separadas pelo Kim. Jeon estranhou o ato em seguida estremeceu ao sentir o pênis ser esfregado no local, Tae apenas estava aproveitando o pré gozo que se formava.

Umedeceu dois de seus dedos e logo aproximou na entrada de Jeon, pôs o primeiro digito recebendo um leve gemido, depois o segundo.

- Relaxa Jeon – dizia ao pé do ouvido do mais novo que se arrepiou ao escutar aquela voz grossa. Taehyung simulou alguns movimentos com os dedos para que Jungkook se acostumasse, viu que o mesmo parecia estar bem com isso. Retirou-os. – Se achar que não vai dar, a gente para, tudo bem? – assentiu.

O Kim posicionou seu pênis na fenda de Jungkook, o mais novo respirou fundo e tentou ficar o mais relaxado possível, ao sentir o membro alheio lhe invadir um gemido rouco ecoou pela sala, felizmente aquela era uma das mais fechadas da escola.

- Tae-hyung... – respirou fundo. Logo sentiu selares em seu pescoço, ela uma tentativa de acalma-lo e estava funcionando, aos poucos o Kim impulsionava seu pênis contra a entrada de Jeon até finalmente estar por completo dentro do outro.

- Você tem jeito 'pra coisa. – de fato. Taehyung realmente estava surpreso com o garoto, para a primeira vez parecia estar bem relaxado, isso facilitaria ainda mais as coisas. Começou então a se movimentar lentamente, entrando e saindo.

Jungkook controlava seus gemidos, um ou outro acabava soando um pouquinho mais alto deixando o Kim de certa forma contente. A mesa rangia um pouco de acordo com o movimento dos dois.


Estava sendo um incômodo, parecia que estava sendo rasgado ao meio, mas também era prazeroso. Os corpos se chocando contra o outro, os sons que ecoavam pela sala propiciava um ambiente mais erótico.

Ele queria mais...

Ainda não era o suficiente...

- Mais... – foi a única palavra que consegui dizer. Céus, com certeza ele entendeu bem o que Jeon quis dizer. Logo os movimentos foram ficando mais rápidos gradativamente e com isso controlar os seus gemidos foi ficando mais difícil.

Taehyung ainda passou a masturba-lo, isso já era demais. Já estava perdendo as forças das pernas, e a qualquer momento acabaria gozando.

- Só mais um pouco.

Acelerou as estocadas no último minuto. Mais um pouco sentiu ser preenchido pelo líquido morno e juntamente gozou na mão de Taehyung, de sua parte um gemido extenso e rouco invadiu os ouvidos de Jeon

O Kim levou a mão em sua boca fazendo questão de sentir o gosto do garoto, lambeu tudo. Saiu de dentro de Jk e o virou para si, tomou sua boca  fazendo com que também sentisse do próprio gosto.

- Da próxima vez, farei com que chame pelo meu nome. – sorriu sacana.

...

Após se recomporem e se ajeitarem, deu o horário de término da detenção. O Kim ainda tinha um sorrisinho nós lábios, fodeu seu próprio aluno o que tinha na cabeça? Jungkook tinha gostado da experiência, e quem sabe eles não repetissem a dose uma outra vez, pensava Jeon na possibilidade. Perdido em seus pensamentos, Taehyung deu-lhe um breve beijo.

- Adorei estar nessa detenção com você, Sr.Jeon. Mas o que acha de sairmos um dia desses?

- E o que pretende, falar que quer me foder de novo?

- Voltamos ao nosso cronograma de me dar alfinetadas?

- Me dá o seu telefone. – disse e o Kim assim fez. Jungkook salvou o seu número no telefone de seu professor e o entregou de volta – Me manda mensagem, pelo menos irei me distrair um pouco.

- Ótimo!

Já tinha fodido com o próprio professor, então dar seu número a essa altura com toda a certeza era o de menos. Com ficaria a relação entre os dois dali em diante? Bom, isso só eles iriam decidir.


Notas Finais


Enton... Risus.

Espero que tenham gostado deste capítulo e até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...