História Quero seu amor. ♡ Fanfic Jeon Jungkook. - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang
Personagens G-Dragon, Jimin, Jungkook, Suga, V
Tags Bts Yoonmin Jungkook
Visualizações 50
Palavras 1.348
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


¡Boa leitura!

Capítulo 6 - Lagrimas.


Tirei os seus longos dedos da minha cintura, empurrando-o para longe.

- Por favor, não faça nada comigo. - Retrocedi passos atrás, ate encostar na parede, o que fez ele se aproximar ainda mais a mim.

- Não tenha medo. – O garoto que cobria metade de seu rosto me disse  rodeando-me com seus braços, impedindo-me de fugir e me olhando fixamente.

- Por que esta fazendo isso? – Encarei seus profundos olhos castanhos, reconhecendo esse brilho.

- Senti sua falta. –Sua voz agora calma me fazia lembrar alguém. Será ele? Tirei rapidamente a tela que cobria o seu rosto ¡Não pode ser! Olhou-me com seus olhos cheios de lagrimas juntando nossos corpos em um delicado abraço. Seu cheiro, sua voz, o calor de seu corpo, me fizeram cair em chanto. Estava com tantas saudades disso, que foi inevitável.

Pouco a pouco nossos olhares voltarão a se encontrar, cada vez seus lábios estavam mais pertos dos meus, percebendo sua intenção abaixei meu rosto.

- Por que você esta aqui? Depois de um tempo decide aparecer. Tem Idea do quanto isso me machuca? Você sabe cantas noites perdi o sonho por chorar ao me lembrar você beijando lábios que não eram meus? – falhei em um tom alto limpando as minhas lagrimas.

-Por favor, me perdoe, eu não queria que nada disso acontecesse, aquela garota que você viu... ela não significava e não significa nada para mim. Eu ainda te amo e quero arrumar as coisas com você, se me permitir. Aquela noite que  liguei ao seu celular, queria te ver não aguentava ficar nem um minuto a mais sem você.. Mas  não atendeu, e na escola você nem notou minha presença. Você nunca me deixou explicar as coisas. Por isso estou aqui hoje. Por favor...

- Não, por favor, você. Pare eu não quero escutar mais nada. Agora não consigo pensar direito, você apareceu tão de repente sem avisar e misturou todos os meus sentimentos. Sai do banheiro o deixando a sós. Sentei-me no me lugar e tentei dissimular as minhas lagrimas ao máximo. Mas Tzuyu percebeu o meu estado. Abraçando-me só com um braço para que as pessoas não percebessem a situação

-  Me desculpe mas como você estava demorando no banheiro, fui te buscar e escutei sua discussão. Podemos ira a outro lugar para você se sentir melhor E se quiser poder se desafogar comigo.

-  Obrigada por se preocupar por mim, mas prefiro ficar aqui, vendo o jogo. - Queria me desafogar, mas Tzuyu não era a pessoa certa, ela parecia ser uma amiga boa, mas eu a conheci esta manha e não tinha confiança suficiente para conta-lhe coisas importantes da minha vida.

 

Tentei assistir o jogo. Já que esse era o motivo de eu estar aqui, então tentei disfrutar o momento e me unir à torcida. Durante o jogo inteiro ate terminar Junkook olhava para mim com cara de preocupação, pelo visto ele tinha percebido que pouco tempo atrás eu estava chorando.

A equipe vermelha tinha ganhado o partido 4/3. Junkook e sua equipe toda celebravam a sua vitória. Ver o Jungook sorrindo de felicidade era o que eu estava precisando. De algum jeito já tinha-me encarinhado dele em tão pouco tempo. Incrível não?

Jungkook percebeu que eu estava esperando-o, e veio em minha direção, imitei-o e  caminhei ate ele.

- ¡Parabéns Kooki... Vocês mereciam ganhar! – Droga, deu par perceber que minha voz tinha saído forçada.

- Posso falar com você? –Assenti em resposta. Pegou-me pela mão me levando ate seu carro.

- Vi que você estava chorando, aconteceu alguma coisa?

- Você se lembra do garoto pelo que chorei e você me consolou? G-Dragon, ele esteve aqui me pedindo perdão.

Como se esperava Jungook como um bom amigo me escutou e consolou-me do mesmo jeito que tinha feito dias atrás. Chegamos de volta a nossas casas em seu carro. Mas não entrei na minha porque jungook tinha me invitado para passar o tempo com ele. Adentramos na casa que estava bacia, devido a que todos trabalhavam ate tarde na coreia. Seus pais e os meus só chegariam de noite.

- Hmm... Você poderia esperar alguns minutos? Tenho que tomar banho estou suado pelo jogo.

-Claro, ate isso prepararei algo em casa para comermos enquanto assistimos a um filme. – Entrei em casa e preparei pipoca doce, peguei umas barras de chocolate e alguns paquetes de Pocky, deixando tudo sobre a meça.

Como vi que ainda sobrava um tempo, desedi tomar um banho. Coloquei uma roupa confortável e sai de casa levando os doces e a pipoca. Subi as escadas, procurando pelo Jungook, já que ele não estava na cozinha, então bati na porta de seu quarto.

-Junkook você esta ali?

- Pode entrar. – abri a porta e vi que ele estava sentado sobre a cama, com pipoca e algo para beber.

- Você não se incomoda se assistirmos ao filme aqui?

- Não. Falei sem muita animação, o que eu queria estar fazendo agora, era estar sozinha em meu quarto enrolada pelas cobertas e comendo todo tipo de doces, ate que essa amargura que  sentia passa-se.

 Deu umas palmadinhas ao lado da cama me convidando para sentar perto dele. Fui ate o lugar e deixei os doces sobe a cama. Apagamos as luzes do quarto iluminando com a luz da tv a cama que ficava em nossa frente. O filme mal tinha começado e eu já estava terminando todos os doces.

- Não entendo como uma pessoa tão pequena como você consegue comer tanto. - disse entre gargalhadas, servindo mais bebida em meu copo.

- Desculpe não estou deixando nada para você. Sempre tibe o costume de comer muito  coando não me sinto bem.

 – Não se preocupe se isso te faz sentir melhor, então eu trairei mais doces. - obrigada.

Senti uns dedos geladinhos brincarem com os fios do meu cabelo. Me despertei, e me sentei na cama ainda meio dormida.

- O que aconteceu?- falei com a voz sereia.

- Você adormeceu e o filme já terminou .

-Me desculpe, hoje foi um dia muito...

- Te entendo. Não precisa me disser nada, nossos pais chegarão dentro de pouco e melhor você ir dormir logo, amanha tem escola. – me levantei da cama ao mesmo tempo em que Jungook, ele me acompanhou ate a porta da casa e me despedi dele.

- Que tenhas bons sonhos Kookie.

- ¡Durma bem! Ate amanha.

Fiz minhas higienes e votei um  pijama vermelho. Estava sem sonho, hoje era mais uma daquelas noites em que tinha que tomar uma pastilha de insonio, se não dormir seria imposibel.

 Não conseguiria dormir a noite inteira pensando em seus olhos lacrimechosos... Suas palavras que me ferirão e confundiram. Em fim de tudo tomei as pastilhas e esperei que fizessem efeito.

 

                         ____________**____________

 

Terminei tudo e passei corretor pelas grandes olheiras que apareceram na noite passada. A maquiagem faz milagres mesmo.

 Entrei na escola torcendo para não me encontrar com ele. G-dragon.

A alguns metros avistei Junkook e alguns meninos mais. Caminhei ate chegar a eles e cumprimentei cada um.

- Bom dia- falei me sentado no lugar que estava bacio do lado de Jungkook.

- Bom dia Bey. - todos disseram amavelmente.

- Bom dia princesa. Dormiu bem?

- Sim obrigada... Oh aquele garoto não e o ji...?- Não consegui terminar a frase devido ao Jimin.

- OH... Bey  bom dia! Comprei isto para você. – O menino com bom aspecto físico estendeu a mão para mim, me dando a bebida de chocolate.

- Obrigado e minha favorita. - Jungook disse pegando o achocolatado e bebendo tudo. Dando um sorriso de satisfação e desafiante para Jimin.

Nunca tinha pesado que Junkook fosse tão descortes com alguém. Jimin só ignorou a situação e sento se a meu lado. Entregando-me  seu achocolatado.

-Obrigada Jimin. – Sorri fofamente em agradecimento. O que provocou que ele fizesse o mesmo.

Nunca contei para ninguém, mas tenho gostos muito estranhos, sempre tive atracao por pessoas que tinham um dente levemente torto. Estranho ne? E essa pessoa era ele. Definitivamente ele era perfeito. Um anjo. Que seu unico "defeito" era seu dente levemente torto.


Notas Finais


Comenten o que acharan, ate o próximo capitulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...