História Meus olhos estão em você - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 3
Palavras 681
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Meu grupo


Não pude deixar de ficar vermelha com aquela voz tão linda dizendo "algum problema ?" e aqueles olhos que agora posso ver que são castanhos, mas bastante esverdeados. No momento não soube o que responder, no entanto alguns segundos depois:

-- Não, problema nenhum!-- eu disse, com tanta confiança que até eu me impressionei.

-- Ah, ok, é que eu percebi que você não parava de me olhar. Sem querer ser grosso, mas se por um acaso estiver pensando em sentir alguma atração por mim, saiba que eu sou gay-- Ele afirmou, deu um sorriso sem mostrar os dentes e saiu em seguida, sem me dar tempo de pensar em um resposta.

Por incrível que pareça, sua afirmação não soou grosseira, entretanto fiquei com um pouco de raiva, porque em nenhum momento perguntei sua orientação sexual ou dei em cima dele. Mas antes que desse tempo para eu pensar demais sobre o assunto o sinal tocou e até que enfim eu tinha conseguido abrir o armário, com um enorme puxão, então rapidamente me ajeitei e fui correndo em busca da minha sala, que ficava no primeiro prédio, o qual ficavam apenas as salas do ensino médio. No segundo prédio estavam as salas dos menores.

Chegando na minha sala, mesmo sendo uma das primeiras a chegar, vi que o professor, o qual era coroa, loiro e um pouco alto, já estava lá, sentado em sua cadeira com uma caixa transparente cheia de papéis retangulares em cima de sua mesa. Nessa escola os lugares onde cada um deveria se sentar eram definitivos e escolhidos por sorteio, além disso os estudantes sentavam em grupos de quatro. Meus pais me colocaram nessa escola, por ela ser uma das melhores do nosso estado, além de ser perto de minha casa.

Sentei numa das mesas, que cabiam quatro e aos poucos fui percebendo a sala encher. Após 10 minutos, eram 7:30, foi quando o sinal tocou pela segunda vez e alguns alunos atrasados chegaram correndo para dentro da sala, dentre eles o mesmo que eu admirei hoje mais cedo, dando assim início à aula.

--Olá, pessoal --O professor disse-- Meu nome é Carlos e hoje na minha aula nós iremos realizar o sorteio que decidirá seus lugares nas mesas pelo resto do ano primeiramente eu vou sortear quatro alunos, os quais vão se sentar na primeira mesa e assim por diante.

Após várias pessoas acharem seus grupos, que foram sendo anotados no quadro, chegou a minha vez.

--Lauren, Bruna, Larissa e Arthur -- Disse Carlos.

Terminando o sorteio, cada aluno saiu de onde se sentava à procura de seu local definido, foi então que o vi. Não acreditei. Como aquilo estava acontecendo? Então o Arthur era o garoto, que estava achando que eu estava atraída por ele, o que realmente era verdade, faria parte do meu grupo pelo ano inteiro?!

--Oi, grupo, sou a Lauren, prazer em "conhecê-los" --falou a menina de cabelos crespos e curtos à toda mesa, fazendo gestos de aspas com as mãos-- Você é novata, certo?! -- disse, apontando para mim.

-- Sim, meu nome é Larissa, prazer em te conhecer.

-- Esse aqui é o Arthur e a Bruna, a gente já se conhece, porque já estudamos aqui desde o 6° ano -- Lauren afirmou e eu apenas concordei com a cabeça e acenei em sinal de "oi" para eles, fazendo com a reação dos dois fosse a mesma que a minha.

------------------

A hora do lanche chegou meu grupo me convidou pra comer junto a eles, acho que é porque eu sou novata e querem passar uma boa impressão.

A Lauren era a mais falante do grupo, Bruna mostrou ser uma pessoa bastante simpática e Arthur também era muito interessante. Todos nós rimos muito durante o lanche, na mesa em que estávamos sentados, porque a Bruna começou a contar alguns micos que passou nas férias. Não sei o porquê de Arth não ter recusado a proposta de Lala se ele ja possuía amigos, pelo que eu vi nos corredores hoje cedo.

Depois do lanche terminar, voltamos à sala e eu já me sentia enturmada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...