1. Spirit Fanfics >
  2. MMO: Isekai no RPG - A Virtual Life In Another World >
  3. Aldeia MeiMei

História MMO: Isekai no RPG - A Virtual Life In Another World - Capítulo 56


Escrita por:


Notas do Autor


Capítulo 56 está no ar, Boa Leitura.

Capítulo 56 - Aldeia MeiMei


Fanfic / Fanfiction MMO: Isekai no RPG - A Virtual Life In Another World - Capítulo 56 - Aldeia MeiMei

Hytori: -Ezek? – ouvindo a voz do anão.

Hytori tenta se levantar mas a garota que ajuda a curandeira o proíbe de sair.

-você não pode ir, a senhorita disse... – na frente da porta.

Hytori: -deixa eu passar. – de pé.

La fora Ezek e a curandeira se olham.

Ezek: -Madoka Guren.

Uma mulher vestindo roupas com adereços de construtores.

Sarina: -Madoka?

-não, não , você não, não! – negando algo enquanto anda de um lado para outro.

Aysa: -nossa, o que você fez para ela ficar assim?

Kamero: -de certo foi arrogante com ela.

Ezek: -do que estão falando seus humanos imprestáveis?

-senhorita conhece eles?

Senhorita: -...

Ezek: -Madoka, sou eu.

-o que está acontecendo aqui?

Um homem de aparecia idosa desce da grande árvore MeiMei, suas roupas vermelhas com branca eram bem chamativas no meio de todo aquele verde, fumando um velho cachimbo e portando uma criatura mágica em sua cabeça que parecia uma coruja.

-senhor. – se ajoelhando.

Os outros homens que estavam ali bem como os curiosos aldeões também se curvam.

Aysa: -nossa, e eu pensei que os construtores fossem chamativos.

Kamero: -fique quieta.

-Egred, quem são eles?

Egred: -pajé, eles foram flagrados derrubando uma das árvores, então...

Pajé: -então deduziu que eles são responsáveis pelas outras quedas e queimadas?

Egred: -bem sim...

Pajé: -veja aquilo. – apontando para a mão de Yashina.

Egred: -um sinal de invocação...

Pajé: -ninguém que faria mal a essa floresta teria um sinal como esse, além do mais ela se prontificou a receber as penas por seu ato afim de poupar seus amigos.

Egred: -...

Yashina: -me desculpem por aquilo, não era minha intenção.

Pajé: -esta perdoada, pequena estrela.

Yashina: -pequena estrela?

Egred: -esse nome é dado a quem tem como animal espiritual um ser de luz como o seu, uma ninfa é sempre um sinal de grandiosidade.

Pajé: -soltem todos.

Egred: -sim senhor!

Aysa: -até que enfim.

Sarina: -para onde ela foi?

Ezek: -Madoka...

Hytori mesmo com dificuldades está de pé.

-senhorita disse que você não conseguiria andar por dia, é um milagre.

Hytori: -do que você está falando?

A curandeira entra na cabana rapidamente e começa a reunir suas coisas.

-senhorita o que está fazendo?

Senhorita: -Mirna, me ajude a pegar minhas coisas, tenho que sair daqui agora.

Mirna: -porque?

Senhorita: -não faça perguntas ta. – olhando para ela.

Hytori: -pra onde você vai?

Senhorita: -já estava me esquecendo de você... – ola para ele. -o que está fazendo de pé?

Hytori: -Madoka.

Senhorita: -esqueça esse nome, será melhor para ambos.

Hytori: -precisamos de sua ajuda. – tentando andar. -viemos aqui por você.

Senhorita: -eu já lhe ajudei, esta até de pé, sou demais. – terminando de colocar suas coisas em uma mochila. -o que eu podia fazer por você eu já fiz. – saindo do quarto.

Hytori: -o que deu em você? A pouco tempo estava tentando me matar. – sem entender nada.

Senhorita: -...

Mirna: -senhorita.

Senhorita: -me desculpe, mas eu não posso. – uma lagrima escorre por seu rosto. – sai rapidamente da sala mas Ezek segura seu braço.

Ezek: -Madoka!

Hytori: -pessoal estou aqui!

Aysa: -Hytori? – vendo ele enfaixado.

Yashina: -Hytori! – o abraçando.

Hytori: -Yashina...

Sarina: -... – vendo aquela cena.

Yashina: -que bom que você está bem. – soltando ele.

Ezek: -não temos tempo para isso agora. – segurando o braço de Madoka.

Senhorita: -me solta, você não deveria ter vindo aqui.

Hytori: -então é ela mesmo.

Ezek: -sim. – solta o braço dela. -se não fosse importante, eu não tinha vindo atrás de você.

Senhorita: -...

Mirna: -senhorita?

Senhorita: -me deixe a sós com eles Mirna...

Mirna: -sim senhorita.

Kamero: -senhorita?

Senhorita: -quem são eles? – olhando para Ezek.

Ezek: -o motivo que me fez vir até aqui.

Madoka: -pois bem, seja lá o querem eu não posso ajudar.

Sarina: -meu pai, esta mau. – dando alguns passos à frente.

Madoka: -esse rosto...

Ezek: -Madoka, ela é filha de Saruka.

Madoka: -Saruka...

O corpo de Madoka começa a tremer e ficar pálido de repente  e a ficar sem ar, e desmaia.

Ezek: -Madoka!

Algum tempo depois, fora da cabana Kamero e os outros estão sentados em bancos de madeira.

Aysa: -ela vai ficar bem?

Sarina: -espero que sim.

Kamero: -Bartolomeu nos contou que ela teve um grande trauma, a propósito como veio para aqui? Hytori.

Hytori: -eu... – sendo interrompido.

Egred: -essa eu repondo, minha filha o encontrou caído na floresta, e o trouxemos para cá para ser tratado.

Yashina: -tratado?

Hytori: -eu meio que cai sobre um ninho de arranhas e fui picado por uma.

Mirna: -ele quase morreu.

Yashina: -me desculpa.

Hytori: -pelo que?

Yashina: -eu cortei aquela árvore, por isso você ficou assim.

Sarina: -ela tentou me matar.

Hytori: -han?

Yashina: -eu não tentei matá-la.

Sarina: -não foi o que pareceu.

Kamero: -não vamos voltar a esse assunto.

Aysa: -Ezek já está a um tempão lá ne. – com uma vareta na mão. -o que será que ele está fazendo?

Dentro da cabana onde Madoka vive, Ezek está ao lado da cama onde ela está repousando.

Madoka: -por que?, vocês me prometeram.

(pensamento)

Madoka: -eu não posso continuar aqui em SeisMet, não depois daquilo.

Ezek: -se esconder não lhe trará paz.

Madoka: -tenho que tentar, por favor me prometam.

Bartolomeu: -se é assim que deseja, nós vamos cumprir nossa parte. – se levantando da poltrona. -nós iremos cobrir seus passos e impedir quem vier atrás de você.

Ezek: -ta bem, você nunca mais saberá de nos.

Madoka: -obrigada. – escorrendo uma lágrima. -Von-Dum. - saindo da sala.

Dr. Von-Dum: -tem alguma forma de faze-la reconsidera?

Madoka: -receio que não. – se aproxima dele. -essa mascara, eu não gosto dela.  – tirando a máscara de corvo de Von-Dum e o beijando. -me desculpa, tenho que me afastar de tudo e de todos.

Dr. Von-Dum: -Boa sorte. – recolocando a máscara.

(presente)

Madoka: -vocês me prometeram que nunca iriam vir atrás de mim, que iriam cobrir meus passos. – com a mão sobre a cabeça.

Ezek: -eu sei o que prometi, mas os tempos mudaram. – olhando pela janela.

Madoka: -o que mudou? Eu ainda continuo a sentir dores, ânsia, medo e sem meu braço. – mostrando um braço de madeira com mecanismos de steampunk.

Ezek: -eu lembro de quando fiz isso... – fechando os olhos. -foi logo depois que voltou daquele trágico dia.

Madoka: -você foi testemunha de tudo que passei, não posso passar por aquilo de novo, Ezek. – ficando sentada na cama. -não posso.

Ezek: -Sarina tem o mesmo dom de Saruka.

Madoka: -o que?

Ezek: -ela é uma santa...

Madoka: -mais um motivo para me afastar.

Ezek: -ela perdeu mãe e agora o pai, se ponha no lugar dela Madoka. – olhando para Madoka: -você é a única que pode cura-lo.

Madoka: -eu não posso.

La fora Aysa brinca com sua aranha de estimação.

Hytori: -o que está fazendo com isso?

Aysa: -o que? Ela? Encontrei ela na floresta.

Hytori: -essa coisa quase me matou! – se lembrando da aranha que o picara.

Egred: -essa espécie, é muito conhecida aqui, elas ficam enormes com tempo e são mui venenosas, me admira ela está assim com você.

Hytori: -é repugnante.

Aysa: -oh Hyori pega nela vai.

Hytori: -tira essa coisa de perto de mim!

Kamero: -ai vem eles.

Ezek sai da cabana junto de Madoka que agora estava bem melhor.

Sarina: -Madoka. – se levanta do banco.

Madoka: -Sarina...eu sei que seu pai está doente, que Alfred lhe mandou aqui.

Sarina: -que bom, temos que voltar hoje mesmo, meu pai prec... – sendo interrompida.

Madoka: -eu não irei com você.

Sarina: -han?

Madoka: -não posso sair desse lugar, me desculpa. – abaixando a cabeça.

Sarina: -por que não?

Madoka: -... – mostrando o braço de madeira. -eu a não sou mais a mesma.

Hytori: -mas você me curou.

Madoka: -isso é diferente, tem gente lá fora atrás de mim, eu não posso me expor.

Sarina: -eu pensei que você fosse amiga da minha... – com os olhos cheios de lágrima.

Madoka: -Sarina...

Sarina: -mas pelo visto, você prefere ficar aqui morrendo de medo, se escondendo do passado, a ajuda meu pai. – chorando. -fui tola em vir aqui tentar salvar a única família que me resta.

Madoka: -me desculpa.

Sarina: -eu não desculpo não, minha mãe morreu para nos dá uma chance e você paga dessa forma – sai correndo.

Madoka: -... – perplexa.

Hytori: -Sarina! – correndo atrás dela.

Madoka: -irei me retirar. – voltando para a cabana.

Aysa: -e agora? Ela não vai nos ajudar?

Yashina: -nossa viajem foi em vão.

Pajé: -não sejam muito duro com ela.

Egred: -Pajé. – vendo o velho se aproximar.

Pajé: -quando senhorita, Madoka chegou aqui foi nossa salvação.

Kamero: -como assim?

Pajé: -nós tínhamos acabado de perder nosso curandeiro, estávamos com uma praga sobre nossas plantações e com muitos morrendo de algo misterioso, quando ela chegou isso mudou, elas nos curou e nos disse como matar a praga que nos assolava.

Ezek: -essa é a Madoka que conheço.

Pajé: -deem tempo a ela, serão meus convidados, podem ficar aqui o quanto quiserem.

Yashina: -muito obrigada senhor.

Sarina corre até o outro lado da árvore onde a luz da lua começa a surgir no céu noturno.

Hytori: -Sarina. – se aproximando.

Sarina: -me deixa em paz. – chorando.

Hytori: -para por favor, precisemos conversar.

Sarina: -... – parando.

Hytori: -que bom que parou, eu ainda não to muito bem pra correr. – ofegante.

Sarina: -por que veio atrás de mim?

Hytori: -eu sou seu namorado ou será que se esqueceu?

Sarina: -me diz você, aquele abraço da Yashina me pareceu que não.

Hytori: -do que está falando?

Sarina: -da minha vida Hytori, todos que eu amo vão embora um dia.

Hytori: -Sarina, para com isso ta bem, aquilo não foi nada.

Sarina: -não é a primeira vez que vejo.

Hytori: -se acalma, é muita coisa acontecendo eu sei, mas precisamos ter calma.

Sarina: -não me diz o que fazer! – com os olhos verdes.

A luz da lua é encoberta por algo, de repente e o clima fica frio e aterrorizante e uma sombras pode ser vista na floresta.

-risadas.

Hytori: -que isso?

Sarina: -tem alguém aqui.

-parece que encontrei brinquedos novos.


Notas Finais


O momento critico chegou...

Próxima semana tem capítulo duplo para encerar o arco, vcs não perdem por esperar!!!

DohkoFic.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...