1. Spirit Fanfics >
  2. Moonlight Lovers - Beliath >
  3. O Moondace

História Moonlight Lovers - Beliath - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Em breve terei a ilustração

Capítulo 4 - O Moondace


 “O que aconteceu comigo?”

Eloise se questionou diante da situação, está de noite e sentada na praça, ela percebe exatamente o ocorrido do jantar com Beliath isso deu a ela que não queria ter afeição ao vampiro que salvou sua vida.

Olhando para a praça de noite lembrando que não queria ter ido para cama com o belo vampiro, se sentia culpada e magoada além da sua sem reação do que fez, a jovem tenta decidir, sobre sua relação com Beliath. A jovem pergunta se pode estar sofrendo síndrome de Estocolmo lembrando da história de vitimas que se afeiçoaram.

Enquanto estavam perseguindo Beliath por estar em suas saídas, a jovem relembra da sua conversa com Vladimir já que os dois tem uma relação de cão e gato, a jovem conta um pouco o ocorrido, o vampiro vitoriano mostra que firme e calmo explicando a personalidade do belo vampiro. Ficando surpreso com as intensões de Beliath como cálice da jovem, já que foi ela que o escolheu para salvar sua vida, compreendendo, quando explica das saídas noturnas do belo vampiro contando que gosta de jovens com belos sorriso e saias.

Decepcionada pelo vampiro, a jovem percebe que foi seduzida como as jovens que ele e Ethan saiam, Vladimir conta que Ivan tem a ajuda de Aaron, explicado os padrões de sede dos vampiro, dando a entender que a jovem foi facilmente seduzida, já que Beliath deixava as jovens bêbadas para beber o sangue.

Vladimir explica o controle e os limites de Beliath pela sede de sangue, levando um golpe que aproveitando de sua inocência usando a bebida, Eloise se sentia revolta e frustação, esquecendo do temperamento sedutor do belo vampiro.

A jovem reagi decepcionada pensando que se entenderia com ele, mas foi enganada Vladimir responde para não ser muito apegada ao belo vampiro, quando questiona a necessidade por sangue o vampiro vitoriano como mais velho não sente tanta sede como o Ivan sem menciona-lo.

Voltando a calada da noite, além da raiva por ver o belo vampiro com duas moças esbeltas lembrando de que foi uma conquista por seus truques de manipulação, quando o vê entrando num lugar chamando “Moondance”, as letras escritas iluminando em um tom violeta brilhante, com uma música alta e vibrante, quando a porta abria poderia ouvir e quando fechava poderia ouvir as batidas suaves da música.

Parada de frente a boate, Eloise lembra que não tinha idade para entrar naquele ambiente, até ouvir um assovio e uma voz tocando em sua cintura, com um empurrão e um pulo vê Ethan que se vangloria sua presença ilustre e questionando o que a jovem faz fora da mansão.

Quando estava com raiva de Beliath, isso mudou para ela já que agora a raiva se dissipou quando o seguiu e ficou de cara com o vampiro mais próximo do belo vampiro, o inteligente e maldoso Ethan com sua aparência diabólica em seu sorriso irônico.

Enquanto Ethan sabendo exatamente o que passa por Eloise já que é o cálice dele, mostra sua diversão perversa em seu olhar ao ver na rua seguindo Beliath, quando a jovem justifica com sua curiosidade para saber o local do belo vampiro, mas o vampiro inteligente pede permissão de fazer a pergunta para a jovem.

Com uma risada maliciosa e um sorriso bem largo dando ironicamente querendo saber o próximo passo da jovem já que a boate tem um convite especifico e exclusivo para clientes, além da roupa que a jovem está usando duvidando de como entrar já que o porteiro permite entrada apenas que possui o convite.

Mesmo com deboche dos trajeis de Eloise, Ethan mostra um olhar de que queria presenciar algo agradável para ver a reação do belo vampiro, lembrando que possui poderes para entrar de penetra do Moondance além de que percebeu que a jovem na sua frente tem uma personalidade que o agrada.

Ethan puxa pelo ombro deixando mais perto dele, além de suas roupas que não são bem adequadas para o ambiente da festa, a jovem então decidi dar o que o vampiro quer um espetáculo, mas o vampiro inteligente é mais evasivo para informar que esteja como ele como as jovens que Beliath levou para a boate.

Eloise concorda em silencio lembrando que a vergonha se estenderá quando entrar na boate junto com Ethan para provocar o belo vampiro, disfarçando pela roupa que usa.

Passando por uma multidão desagradável graças ao Ethan que empurra de forma inusitada para entrar na porta da boate quando o vampiro arrogante chama o porteiro com seu nome Gaston, depois Ethan mostrar ser agradável ao segurança que a conversa leva para as jovens que o rapaz já levou a boate, quando recebe um tapa na nadega levando um susto o comportamento de Ethan e sua arrogância.

Pagando na mesma moeda com o tapa de Ethan, Gaston ria do jovem que fica surpreso dando a ele o gostinho da vingança simples pelo comportamento desagradável do jovem, além dos truques de lidar com o tipo de Ethan.

Surpresa na entrada no Moondance deixando a jovem surpresa e maravilhada pelo ambiente festivo do lugar, sentimentos e sensações de algo novo entrou quando ouvia a música e seu corpo ressoando ao ambiente que o tempo parava nesse lugar.

Acostumada com as luzes ofuscantes e eletrizantes com um ambiente inacreditável, o cheiro de álcool e a o forte gosto do ambiente do famoso Moondace como indescritível, a noite está presa nesse ambiente eterno de bebidas e a música.

Ethan amostra de um sorriso cínico e sincero, quando questiona a reação de Beliath a ver a jovem, Eloise o ameaça que se encostar nela se veria com ela e também não gosta muito desse estilo de lugar, fazendo o jovem mostrar seus desagrado em sua personalidade. A jovem então procura por Beliath diante da multidão já que é por sua curiosidade em saber sobre suas atividades.

Procurando por Beliath, ela tenta encontrar as belas moças deixando com raiva, mas Ethan interrompe para ela parar de caçar o Beliath e aproveitar a festa com uma bebida paga pelo vampiro cínico. A jovem avisa que não deseja algo forte que a deixa vuneravel, Ethan concorda dizendo que não desejaria ver a jovem vomitar ou até mesmo segurar seus cabelos para vomitar no banheiro femino.

Ethan avisa sua experiência com bebida alcoolica se orgulhando de ser o “general do pileque”, deixando de lado a jovem observa discretamente com o Ethan como sua companhia, mas isso a deixava com vergonha de seu comportamento atrás do belo vampiro, imaginado o medo ao ver ele.

Ethan servindo dois conquiteis e brindando com a jovem, para comemorar o que vem essa noite, com coragem algo desperta ao beber, além das brincadeiras maldosas de Ethan, a jovem chora discretamente mergulhando os lábios no copo, o liquido com gosto agradavel além das notas frutadas. Depois do gole e pousando o copo na mesa, os olhos de Ethan a observava com sua ironia.

O vampiro cínico faz questão de perguntar o conteúdo da bebida, com um sorriso Ethan descreve que a bebida possui lichia, maracujá, manga e um pouco de vodka, com um tom de que a bebida possui um lado normal, considerando sua personalidade arrogante, com mistura de cafajeste agressivo e sem pudor nenhum. Eloisa mostrou surpresa que encontrou um rapaz jovem e normal.

Questionando sua mudança repentina, Ethan responde de forma clara que não se importa com a jovem e está aproveitando da jovem para, mas ele mostra surpreso que Eloise é surpreendente e divertida do que imaginava.

Com um olhar analítico, ele informa que está se habituando a jovem na mansão como Ivan que tenta já fazendo um mês que a jovem está morando na mansão, que informa o obvio para ela. A jovem questiona se o jovem vampiro arrogante não a detesta como antes ou apenas aceita que a jovem mora sem o incomodar, Ethan mostra o desagrado informando que não desejar ser simpatido na mansão fazendo a entender.

Além de não ser como Raphael e não desejar ser amiga, para não ter intensões maliciosas como prisioneira para ele, apenas uma bela declaração de amizade em tolerar um ao outro, isso foi o que a jovem concluiu pedindo outra bebida.

O vampiro informa que pagara outra bebida, mas tomando cuidando em não acabar passando mal no vaso sanitário, mas antes terminar a primeira bebida antes, além do comentário ser paternal, mas o vampiro arrogante usara a mascara desagradável, mas aprecia mais a parte festiva e simpática do jovem. Além de questionar sobre a personalidade do Beliath em relação ao ambiente do Moondance, precisando de alguns minutos para conhece o belo vampiro.

Eloise então pergunta sobre o jovem para falar um assunto, mas o vampiro arrogante pergunta se está o seduzindo já que esse assunto em falar sobre si, pode ser algo com seduzir para provocar um certo alguém com ciúmes. Negando o sorriso malicioso do jovem, ela responde por curiosidade além das velhas técnicas ultrapassadas de ser o misterioso da festa.

O jovem nega que funciona bem suas técnicas fazendo uma brincadeira para descobrir sobre mais o jovem, então conclui que seu cabelo tem um estilo europeu do norte, Ethan debocha com a falta de conhecimento da jovem que errou, além de fazer uma piada que não é velho. Além do Ivan sendo imaturo, depois dele vem ele o mais jovem da mansão se orgulhando do que é questionando da verdade.

Eloise questiona sobre a transformação da imortalidade, lembrando da sua conversa com Aaron da noite anterior, Ethan responde que para alguns dos moradores foi pior, em relação a ele que foi a falha para Aaron o ajudar a desintoxicar sem se culpa, já que o vampiro não se acostumou com os hábitos experientes do moreno. Foi Beliath que o ajudou além do respeito mútuo que tem por ele e amizade.

“O Beliath? Por quê?”

Eis a questão que a deixa curiosa em conhecer mais esse vampiro, Ethan responde que ele não desistiu da desintoxicação, mesmo sendo desafiador e infernal para ambos, sem o belo vampiro o jovem estaria perdido, por isso tem essa ligação e amizade um pelo outro.

Em seu ponto de vista, Eloise percebe um aspecto diferente dependendo do momento, como fosse uma face ou um personagem mantendo outros afastado, a jovem questiona quem Beliath é sua maneira de agir, Ethan o conhece tanto que admira esse vampiro.

Questionando sobre o Beliath, o vampiro sorri apontando rapidamente quando a jovem vira o encontra, o belo vampiro dançando com uma mulher bela, no ritmo da música começando, sua camisa clara e seu cabelo escuro no meio da multidão chamava atenção, a jovem o observava entre as pessoar que dançavam ao redor e não parava de olhar, como se destacava em seus movimentos.

Ethan chama atenção da jovem avisando sobre a exigência de Vladimir sobre o cheiro de bebida, se desculpando com o vampiro que está irritado, a jovem questiona como chama atenção, Ethan explica a habilidade do vampiro em seduzir e atrair os humanos chamado “passico”, além de ser uma fonte de vida e poder.

O jovem mostra ter um lado negativo de que teria em apagar a lembrança das jovens que tanto ele quanto Beliath se encontra com ambos, a jovem então pergunta se existem outros poderes que os vampiros possuem?

Ele concorda mostrando sendo pratico mas dificulta em apagar os vestígios quando morde suas vítimas, a jovem questiona por que as mulheres, já que pode ser qualquer um para servir de alimento.

O sorriso de Ethan estica que tanto ele quanto Beliath tem padrões de estilo, quando se alimentam não sentem prazer ou excitação, além de que terá que aceitar o habito do belo vampiro, até descobrir que o belo vampiro a seduziu, ele a elogia que não espanta, além do tempo do belo vampiro não ser exclusivo para.

Desejando sorte, já que o belo vampiro não possui afeição por humanos e sim apreciar o comportamento humano, como sua condição em cálice, como humana com limitações além de que possui em acostumar com novos hábitos. O vampiro arrogante revela que o belo vampiro não possui nenhuma afeição por nenhuma jovem nas quais da região que aproveitaram, durante 18 anos além da sua ironia por ser diferente com ela.

A jovem mesmo no ponto de vista mesmo sendo a realidade que Beliath em movimento com a jovem com o belo vampiro, tão sedutora e felina, em sincronia com o belo vampiro que se movia, suas mãos segurando sua cintura e aquele sorriso sedutor. A reação do belo vampiro não tinha desconforto, apenas mostrando realmente quem é o Beliath de sempre sedutor e charmoso com suas conquistas.

O barulho do copo que dando um susto, seu sorriso nos lábios, mostra algo suspeito, mas o vampiro paga outro por presenciar o vampiro aproveitando a dança, dando a entender como consolo para a jovem questionando sua atitude em consideração a jovem.

Mesmo com o coração que bata por outros, mas sua personalidade insensível, mesmo sendo um grande cretino de não compreender os sentimentos dos outros, ele reconhece uma desilusão e a decepção nos olhos de alguém dando um sorriso compreensível.

Ela question sua personalidade, ele afirma ter tido uma decepção, mas com os anos de imortalidade ele aprendeu ser um cafajeste, para nunca esquecer, a jovem pergunta em se esforçar em agir assim para não passar por situações com a decepção.

Com revolta de ouvir Vladimir, Beliath explica que ele apenas quer o atingir e não se preocupa com o bem-estar da jovem, a jovem mostra que não foi por causa da relação do vampiro nobre.

Tentando se mostrar de vitíma para jovem fazendo Vladimir ser o vilão, a jovem se recusa de ouvir o belo vampiro, lembrando do sofá no jantar de noite, lembrando da maneira que ambos estavam.

Voltando sua postura, Beliath responde de forma atrevida que a jovem não reclamou daquela noite que passaram, que a jovem responde se avia uma forma pacifica, mas apenas foi um jogo para ele, quando o provoca de quantas jovens passou na maneira que por seu jogo de sedução.

A jovem mostra que pode se justificar o quanto quiser que para ela é apenas alguém para beber seu sangue nada demais apenas um objeto, quando Beliath concluindo que é seu ponto de vista por ele estar com Naomie, mas a magoa de Eloise é mais forte, por causa da sua ligação a ele e por sua mascára em sua personalidade.

Exausta de suas explicações, Eloise é direta que pode trocar por qualquer outra que o satisfaz, foi esse seu ponto de vista, a jovem decidi que não quer mais ouvir o belo vampiro enquanto decidi se realmente deseja conversar com ele, mas o belo vampiro é categorico afirmando que o assunto não está encerrado.

Quando o vampiro a segura, mas a jovem é forte e o empurra dizendo que possa morder Naomie e perguntar com ironismo o sabor de seu sangue provocando a raiva de Beliath, mesmo acordando todos por sua histeria, mas a jovem é determinada escapando do poder de Beliath.

Um grito soou não era de Eloise, olhando pela ruela começou a correr, mesmo que Beliath também curioso em saber do suposto grito algo ocorreu um ataque, Eloise decidida e determinada a procura da jovem e sua origem do grito.

Encontrada pela luz da luz em uma calçada, com o sangue formando uma poça, o choque de Eloise levou a esconder seu grito deixando em choque com o cenário da jovem sem vida, a jovem bela é Naomie.

Um homem surgiu é Beliath, a jovem assustada quando o belo vampiro olhando para a jovem caida no chão, sem entender realmente o ocorrido.

“Você... a matou?!        “ – em choque pela noite, os belos olhos verdes, seu belo corpo caido no chão sem vida, ela jamais esqueceria essa noite, com a voz alta e com muito medo, Eloise é determinada avisando para o seu suposto assassino para não chegar perto da jovem.

Correndo em direção a mansão para longe do seu assassino no qual, ela sente o medo de desejar nunca conhecer aquele belo vampiro.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...