História Mother's love - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Adoção, Camilacabello, Camren, Cantora, Fifthharmony, Laurenjauregui
Visualizações 94
Palavras 656
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - 7


Chegou o grande momento, a entrega dos presentes, estava animada para ver a reação dos meus avós e tia... Tá a Sofi nunca podera ser considerada como tia, não mesmo é estranho! Eu só espero que gostem, o presente do vovô é o mesmo da vovó... Estou amando chama-los assim, avós.

- Acho que a pessoa mais animada por esse momento deva começar, não acha mamãe? - me senti envergonhada e escondi meu rosto no pescoço da Lolo, ela tinha um cheiro bom,  acho que vou ficar aqui para sempre!

- Também estou achando isso... Lena não quer começar querida? - sim, estava animada para esse momento, mas não, começar agora não. Recusei com um menear de cabeça - Não? Tudo bem, começo!

- Impreciona querida... - Alejandro falou, e eu não entendi, e ao olhar para a confusão estampada no meu rosto pareceu meio envergonhado. Vai entender...

- Sei que agora é apenas uma entrega de presentes, mas este Natal é especial, pois temos um novo membro na família, a algumas semanas ganhei uma neta... Espero que goste querida, é meu e de seu avô - a caixa tinha um tamanho mediano, com um embrulho dourado, não contendo minha ansiedade meus dedos rasgaram o embrulho e meus olhos se encheram de lágrimas. Lauren me abraçou forte, e mamãe acariciou meus cabelos como forma de mostrar que estava comigo... Para sempre, de relance percebia os sorrisos dos meus avós e Sofi. O presente era simples, mas significativo, um livro em branco, ele era personalidade com as minhas iniciais, minhas novas iniciais. H.C., agora eu poderia escrever minha nova história.

- Eu amei... Obrigada vovó, obrigada vovô - corri para abraça-los, estava tão feliz! - Espero que gostem do meu presente, espero que seja especial... - susurrei para que apenas eles me ouvissem. Sai do abraço e corri até o sofá onde deixei meu presente - Ele também é simples.

O meu presente era algo que simbolizava a minha nova família, eram dois pingentes que se completavam, uma família. Percebi pelo olhar deles que amaram, até Sofi amou o presente que dei em seguida! Todos estavamos felizes... Quer dizer quase todos, mamãe estava desconfortável e eu sei por que.

- Eu sei que não era muito esperado, mas quando eu estava a caminho daqui, por incrível que pareça tinha uma loja aberta... Espero que goste Lena - Lauren me entregou um presente pequeno, ao abri-lo grande foi a minha surpresa ao encontrar um dragão... Um lindo dragão.

- Eu amei! - a envolvi em um abraço apertado, percebi que mamãe sorria, todos sorriam - Eu queria ter algo para te dar também... - fiquei triste e meu rosto mirou o chão.

- Está tudo bem meu anjo aposto que seu sorriso é o presente dela, não é Lauren?

- Claro Camz... Camila... - ela ficou sem graça assim sorrindo torto. Estava tudo lindo e maravilhoso, era Natal, meu primeiro Natal em família, mas eu estava com fome, e minha barriga anunciou isso me deixando envergonhada. Valeu barriga! Claro que estava sendo sarcástica comigo mesma.

- Está com fome meu amor! Acho que tem um mostrinho ai dentro - minha mãe resolveu que seria legal fazer cosquinha em mim, eu literalmente estava chorando de rir.

- Não tenho 5 anos para ter um mostrinho aqui...

- Não... - seu sorriso singelo aqueceu meu coração.

O resto da noite foi, como posso dizer, boa? Não. Foi maravilhosamente feliz, os presentes, a ceia... Lauren até dormiu aqui, claro depois de quase encenar um choro, acho que mamãe ficou com ciúmes, seu olhar dirigido a Laur na hora que pedi que dormisse comigo foi assustador, infelizmente, no caso para ela e felizmente para mim, também a queria comigo e Lauren na cama e como boa mãe ela cedeu. Não sei se elas conseguiram ter uma boa noite de sono, só sei que para mim, fui dormir com os anjos. Literalmente falando...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...