1. Spirit Fanfics >
  2. My good teacher. (Taekook-Vkook) >
  3. Café da manhã.

História My good teacher. (Taekook-Vkook) - Capítulo 42


Escrita por: Jin_Ho

Notas do Autor


Eu só queria ser a panqueca ;-;

Será que é pedir muito?

Capítulo 42 - Café da manhã.


Fanfic / Fanfiction My good teacher. (Taekook-Vkook) - Capítulo 42 - Café da manhã.

Era por volta das 6:30 da manhã, quando Jeon Jungkook despertou do seu sono profundo com o cheirinho de café fresco nas narinas. Pois o castanho havia se levantado primeiro na intenção de preparar o café da manhã, vendo isso, ele acabou se esgueirando até a cozinha mas acabou sendo surpreendido pela imagem dos sonhos.

"Tão lindo!"....

- Bom dia! você dormiu bem? - Já que o homem usava um avental rosa bebê, enquanto fazia panquecas. Era como se ambos estivessem casados.

- Bom dia Hyung! eu acho que nunca dormi tão bem em toda a minha vida! - Respondeu com um sorriso de canto, e por alguns segundos eles ficaram se olhando como dois bobos apaixonados. - Eu vou usar o seu banheiro! - Completou levando a mão na boca pra checar o hálito, e em resposta o outro apenas fez um gesto de ok. 

- Será que eu coloco um pouco de canela na massa?!....

Por fim, quando o moreno finalmente saiu do cômodo, foi arrumado pra encarar a bendita faculdade, inclusive o seu cabelo estava um pouco molhado o que formava a vista mais bonita do mundo, pelo menos pro Taehyung que já foi servindo a caneca dele todo tímido. 

- Você gosta de leite? - Ele não tinha nenhuma segunda intenção por trás dessa pergunta, mas é óbvio que o Jungkook não deixaria essa passar. Tanto que o jovem parou na frente do seu amado e usou as duas mãos para prendé-lo entre ele e a bancada da cozinha americana, dizendo. 

- Só se for o seu!  - O rostinho safado era um verdadeiro deleite.

 "O... O que?!" Nesse instante o artista engoliu seco, e como dois tomates a sua bochecha foi tomada por um vermelho intenso, porém antes mesmo que ele pudesse retrucar o rapaz selou seus lábios com um beijo simples. Primeiro entregando um celinho, e logo depois usando a língua. 

"Ainda é de manhã, mas ele é impossível!..." Essa ação deixou o Taehyung totalmente entregue, a ponto do mesmo retribuír as carícias, pois além de passar os braços pelo pescoço do Boy ele também deu passagem pra ter a boca completamente explorada por ele. Era bom, e intenso. Principalmente pela forma que o Jeon pressionava as mãos na sua cintura, pra manter os dois corpos bem colados entre sì.

"O seu cheiro me deixa tão perdido! e cada gota da sua saliva me faz desejá-lo sem escrúpulos!" Pensou, agora apertando a bunda do pintor por cima de um pijama fino, logo que o mesmo ficava extremamente sexy de avental, tanto que o JK não se conteve em interromper o beijo e virá-lo pro balcão, na tentativa de aproveitar o melhor que a cozinha tinha a oferecer.

- E.... Espera! você precisa tomar café antes de ir pra faculdade!.... - Ele acabou batendo na caneca de tanto nervoso, e as panquecas então nem se fala. 

- É exatamente isso que eu estou fazendo Hyung! - Em uma questão de segundos o mais velho teve a sua bundinha redonda bem exposta. E sem pensar duas vezes o Jungkook caiu de boca naquele cuzinho apertado, nesse instante o castanho fechou as pálpebras e logo depois gemeu baixinho com a sensação da língua quente na suas pregas. 

- Hã!!!.... céus.... 

"Gostoso!" Em contrapartida o outro apenas se delíciava, alternando entre lamber ao redor e invadir o interior macio dele. E é óbvio que o garoto acabou de pau duro nesse processo, afinal ninguém é de ferro, então após passar mais um tempinho relaxando aquele local. Ele abriu as calças dizendo. 

- E... Eu posso meter? - Sua respiração já estava levemente agitada, como um adolescente explodindo em êxtase.  - Por favor!... - Completou, praticamente punhetando o pênis com a mão. 

"Droga, eu me sinto tão excitado agora que ele poderia fazer tudo que quisesse comigo!" O castanho por sua vez se debruçou na bancada, e de bom grado empinou bem as nádegas pro moreno encarar tamanha perdição. 

- Sim! mas seja rápido, ou você vai se atrasar!...  

- Ok!

Por fim Jeon Jungkook deu uma bela cuspida no cuzinho dele, e logo depois encaixou o mastro a princípio devagar. Nesse instante o Taehyung mordeu a parte inferior do lábio enquanto o outro invadia cada centimetro do seu interior. 

- Nhm... t... tão grande! - Escutar algo sujo assim, enchia o vocalista de tesão, a ponto do mesmo mover os quadris em um ritmo continuo de vai e vem. - N... Não! hã Jungkook....

- Porra, você fica me puxando pra dentro! - Disse, já segurando o quadril do seu antigo professor com firmeza, pra ele sentir bem cada investida. 

"Meu deus porque com ele é tão bom?!" O que fez o nosso cheirinho de canela morrer de tesão, tanto que o pau dele passou a babar pela ponta indicando que o próprio teria um orgasmo em breve. 

- E... Eu tô quase.... argh!... - Sua voz falhou no meio da fala, e em resposta o rapaz aumentou a intensidade das coisas acertando o ponto sensível que o Taehyung tanto amava, nesse instante ele arregalou os olhos e com as pernas tremendo anunciou o ápice. - eu tô gozando! hãnm!... 

"Mas já?!"....

- Argh, apertado! - Era possível sentir as paredes do seu buraco contraindo, inclusive o mais novo acabou agarrando o cabelo dele no calor do momento, só pra continuar deflorando o pequeno botão de rosas. 

- Hãnm! e espera, eu acabei de.... J... Jungkook por favor hnm.... 

- Hyung!... arf... arf... - Disse, com a testa coberta de suor, pois cada celula do corpo dele desejava permanecer alí, em contrapartida o castanho estava quase chorando por causa da sensibilidade, tanto que ele resolveu ajudar o moreno com qualquer frase suja que pudesse  fazé-lo chegar lá. 

- V.... Você vai acabar comigo!... o seu pau vai me partir no meio hã!... - Kim Taehyung nunca sentiu tamanha vergonha, e em resposta o JK sorriu dando um tapinha na sua bunda, tudo isso enquanto segurava as madeixas do homem. Por sorte ele acabou gozando em seguida. 

- Argh, vai sair!.... - E mais uma vez, o cuzinho do outro foi completamente preenchido. - Eu amo você! arf... arf... - Afirmou, com um rostinho impagável de satisfação.

- E... Eu sei! agora coma o café da manhã eu realmente me esforcei pra preparar as panquecas! arf... arf... 

- Ok! - Disse, tirando o pênis devagarinho, afinal ele ainda queria ajudar o Taehyung a se recompor, já que o próprio quase caiu no chão sem força nas pernas.

Há, bendita juventude!......

__________

Depois de se despedir do seu Hyung, Jeon Jungkook foi pra faculdade de moto, e como de costume encontrou o Jimin na entrada para que ambos pudessem ir pra sala de aula juntos. Porém o assunto daquela ligação na tal festa ainda estava incomodando ele, a ponto do estudante não esperar muito pra tirar essa história a limpo.

- Ei! - Chamou, enquanto se acomodava na carteira dos fundos e de imediato o loirinho se aproximou com uma caneta atrás da orelha. - Naquele dia, você disse que eu passei mal! me explica isso direito, quem era a garota que atendeu o meu celular?

- O que?! ela atendeu o seu telefone?! - Assim que ouviu as palavras do moreno, Park Jimin deu o maior grito, mas logo ele abaixou o tom de voz quando percebeu o olhar dos demais. - Quer dizer, eu acho que a Nari pode ter aprontado alguma! 

- Nari?... 

- Sim cara! tipo não é segredo que ela quer te pegar e tals, e no dia da festa o lance todo foi muito estranho! - Em um período curto de tempo o Minnie explicou tudo que tinha acontecido, inclusive que a menina havia levado o Jeon meio apagado pro quarto dela, e é óbvio que o nosso vocalista ficou puto. - Mas não aconteceu nada entre vocês, eu tenho certeza que cheguei antes daquela louca te comer haha! 

"Putz ele não parece muito contente!"....

- Há, ok! - Invés de rir da piada, o moreno simplesmente levantou da cadeira já caminhando na direção da porta, o que fez o loiro entrar em pânico, pois todo mundo sabe que o Jungkook é impulsivo desde a época do colégio. 

- E... Espera aonde você pensa que vai? - Questionou, tentando puxar o amigo de volta pelo casaco. 

- Eu vou dar um basta nisso! o que ela pensa que eu sou, um tipo de troféu? - Mas infelizmente o outro era muito mais forte, tanto que ele passou pela porta da sala sem grandes problemas, em contrapartida o loirinho saiu correndo atrás dele pra evitar o possível estrago.......









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...