1. Spirit Fanfics >
  2. My teenage love- Percabeth >
  3. Resultados

História My teenage love- Percabeth - Capítulo 17


Escrita por: Melo8000

Capítulo 17 - Resultados


 

Pov Percy

Já faziam 2 semana desde que Annabeth havia feito o teste, os resultados já haviam chegados, mas ela se recusa a abrir por medo e por conta desse medo ela tem passado mal, por estar ansiosa pra saber o resultado, porque eu sei que mesmo que ela não queira ser mãe do filho de um cara que a agrediu, ela jamais abandonaria a criança. Todos na casa estavam ansiosos, mas ninguém queria falar nada, só que eu já não aguentava mais vê-la mal, por isso decidi por um fim a tudo isso.

Fui pro quarto onde Annabeth estava e a encontrei deitada na cama ainda dormindo, ou mais especificamente, fingindo que estava dormindo. Me aproximei dela, e assim que cheguei lá comecei a beijar seu pescoço o que a fez abrir os olhos virando pra mim, assim que ela me viu ela sorriu, mas logo virou pro lado e fechou os olhos de novo.

-Estou com sono Percy. –Fala e rio

-Não você não tá. –Falo e ela me olha incrédula. –Eu te conheço Annabeth, minta pra quem quiser, mas não tente fazer isso comigo. –Falo

-O que você quer? –Pergunta

-Resolver isso de uma vez, sua ansiedade tá te deixando mal e isso é ruim porque se você realmente estiver grávida pode afetar o bebe e se não só vai estar passando mal por nada. –Falo e mordo sua orelha

-Percy aí não. –Fala e me seguro pra não rir

-Me deixa ver os resultados? –Pergunto deitando do seu lado.

-Tudo bem. –Fala e pega um envelope que estava na cômoda, mas antes que ela me entregue ela me olha de cima a baixo e depois se olha negando em seguida. –Passa pra cá. –Fala

-Minha blusa? –Pergunto e ela concorda, reviro os olhos e tiro a camisa dando pra ela.

-Fica mais bonita em mim, não acha? –Pergunta

-Acho que fica mais bonita sem nada. –Murmuro

-O que? –Pergunta

-Disse que fica linda com ela. –Falo e ela ri

-Seu mentiroso. –Fala e me dá o papel deitando de novo, mas com a cabeça encostada no meu peito.

Abro o exame e o leio, eu não sei se ela vai amar ou se decepcionar.

-Só uma pergunta. –Falo e ela faz um som em concordância. –Se você estiver eu dou parabéns e se não eu também dou? –Pergunto e ela ri

-Não sei, acho se der negativo você faz uma piada ou não sei, qualquer coisa. –Fala e sinto ela se apertar contra mim

-Ei você sabe que eu to com você pra tudo né? –Pergunto

-Sim, mas não é que eu não vá amar meu filho ou filha é só que eu não queria que eles tivessem um cara tão falso e manipulador como pai. –Fala e beijo sua cabeça

-Pois não se preocupe, você não tá grávida. –Falo e ela se levanta me olhando

-Tá falando sério? –Pergunta

-Sim Annabeth, você não tá grávida. –Falo e ela se joga em cima de mim me abraçando, mas meu telefone começa a tocar e ela me olha assustada. Ela pega meu celular e olha pra mim como pedindo confirmação pra atender, assinto e ela sorri atendendo

-Alô?... Sim ele tá aqui... Ah certo... Claro... Vou passar pra ele. –Fala e me olha confusa

-Alô? –Falo ao atender

-Namorada nova Jackson? –Ouço a voz de Hylla

-Antiga na verdade. –Falo e ela ri

-Consegui o que você queria. –Fala

-O que pode me falar? –Pergunto

-Ele tá no seu hotel e parece que vai sair em 1 semana. –Fala

-Certo, obrigado,te pago ainda essa semana. –Falo

-Okay, seja lá o que você for fazer tente não ser preso. –Fala

-Não se preocupe Hylla isso é provavelmente é impossível de acontecer. –Falo

-Certo. –Fala e desliga, olho pra Annabeth que estava com um bico no rosto, mas sem me olhar

-Annie. –Falo e ela me ignora. –Sabidinha. –Falo e nada, então decido beijar sua nuca a fazendo arrepiar. –Vamos olhe pra mim. –Falo e nada, mas percebo um leve sorriso em seu rosto. –Se é assim acho que eu vou ir embora. –Falo e começo a me levantar quando ela me puxa sentando no meu colo

-Eu te odeio, porque não continuou? –Pergunta e rio

-Porque eu sabia que ia ficar irritada. –Falo

-Eu te odeio. –Fala

-Você me ama. –Falo

-Infelizmente. –Fala e me beija, mas assim que começa a ficar mais quente ela tira a própria blusa ainda em cima de mim.

-Você tava chorando a pouco tempo porque não queria engravidar e agora quer fazer o ato que pode te engravidar? –Pergunto e ela revira os olhos.

-Eu não queria engravidar dele e eu não to na época. –Fala e rio, mas ela beija meu pescoço e mordisca meu abdômen levantando em seguida e me olhando

-Você quer? –Pergunta e viro-a a deixando em baixo de mim.

-Quero. –Falo e beijo sua barriga. –Você sempre me deixou louco sabia? –Pergunto e ela sorri. –O que você quer Chase? –Pergunto

-Não fique de joguinhos Jackson. –Fala e mordo seu abdômen

-Me diga o que quer ou não terá. –Falo

-Se não me dá eu pego. –Fala e tenta trocar de posições, mas a seguro prendendo ela na cama

-Nada disso ou fala ou não recebe. –Falo

-Eu te odeio. –Fala e mordo seu pescoço

-Resposta errada. –Falo

-Eu quero você. –Fala e sorrio

-Seu pedido é uma ordem. –Falo e tiro sua calsinha puxando com os dentes, ela levanta o quadril me ajudando e logo em seguida volta a ficar deitada, olho pra ela que estava com os olhos brilhando em desejo

-Alguns anos atrás você tentaria me impedir de fazer isso com tantas pessoas perto. –Falo

-Não ligo pra eles. –Fala e sorrio

-Perfeito, então só tente se controlar pra que não apareçam aqui. –Falo e a beijo enquanto a masturbo com minha mão. Ela solta um gemido entre o beijo quando a penetro com um dedo. Me afasto de sua boca e vou pro seu pescoço descendo logo até  seus seios, começo a brincar com seu mamilo enquanto a estimulo no clitóris. Ela solta alguns gemidos abafados pelo travesseiro.

-Percy, eu não quero brincar. –Fala

-Eu também não, mas é tai lindo ver seu rosto. –Falo e me posiciono próximo a sua entrada, antes de qualquer coisa, me abaixo e a beijo no seu clitóris, deixo uma leve mordida ali.

Levanto e vou na direção da sua boca, me encaixo na sua entrada e a olho pedindo permissão, ela só assente e a penetro. Na mesma hora a beijo, ela retribui rapidamente, assim que estou dentro dela vejo sua feição de dor.

-Até parece que você não transou nesses anos Chase o único que tava na seca era eu. –Falo

-É que o seu é muito grande. –Fala e rio

-O meu é de um tamanho razoável o do seu ex babaca que era muito pequeno. –Falo e ela revira os olhos.

-Convencido. –Fala.

-Não revire os olhos pra mim Chase, lembre-se que eu sou o único que sei todos seus pontos fracos. –Falo

-Como sabe que outras pessoas também não sabem? –Pergunta

-Porque você tá sensível aos meus toques. –Falo e começo a me movimentar

-Porque você tinha que saber? –Pergunta

-O que? –Pergunto

-Onde tocar. –Fala e sorrio

Começo a estocar dentro dela mais forte e rápido assim como ela estava pedindo, sinto minhas costas arderem e algo quente escorrer nela, continuei na mesma velocidade até que nós gozamos. Saio de dentro dela a pegando no colo e levando pro chuveiro, sei que ela não tava precisando de ajuda, mas eu sei que ela gostava quando eu fazia isso e ela não se contrariou, então já é um bônus. A ideia era o banho, mas acabou com uma rodada extra e depois o banho. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...