1. Spirit Fanfics >
  2. Namore meu namorado 2: O intruso!. - NCT (Ji Sung Centric!) >
  3. Intruso!.

História Namore meu namorado 2: O intruso!. - NCT (Ji Sung Centric!) - Capítulo 25



Notas do Autor


Cheguei, mas é só choro.
Último capítulo gente...

Espero que gostem...
Boa leitura...

Capítulo 25 - Intruso!.


    Era uma cena muito chocante e emocionante aquele que viam, não imaginaram que uma confissão na Universidade acabaria com aquele tipo de cena, porém, nunca tinham imaginado que os pais ainda eram chamados por causa de algo que os filhos fizessem, bem, tempos modernos. Mas, agora pelo menos Ji Sung podia entender melhor o que tinha acontecido e o que motivava o Na a ter feito aquilo e, porque ele era mesmo paranoico com o assunto de atenção. Saber que o loiro tinha dificuldades e peculiaridades com o pai, o deixou bem triste, se fosse consigo estarão bem mal também e, pensando nisso abraçou os pais com força inconscientemente, em resposta foi abraçado de volta pelos mesmos.

■■■

Três semanas depois.:

    O tempo passou e, mais uma semana se iniciava. E nesse tempo todo nem sinal de Jaemin, desde o dia em que o loiro tinha saído acompanhado com o pai, ninguém tinha ouvido ou visto ele, nem mesmo Jeno tinha tido notícias do amigo e, diferente do que era esperado, o platinado estava bem, pois tinha certeza de que o amigo estava melhor onde quer que estivesse do que estaria se estivesse ali consigo. O justo era continuar com sua vida e com a se coisas da faculdade, mas claro como aquele era uma Universidade de renove e tudo mais, todo mundo já estava sabendo do que tinha acontecido naquela noite.

    Jeno já não tinha mais a sua companhia de anos, desde o acordar ao ir dormir e, era um pouco estranho. Tantos anos vivendo com o outro e agora esta sozinho era muito estranho, porém não podia fazer nada. Mas, “a males que vem para o bem”, esse ditado é um dos mais verídicos pois, depois de tudo o platinado acabou se “fixando” no grupinho de amigos, vulgos, Ji Sung, Mark e Taeyong que agora já não tinham mais nada contra ele, pelo menos Mark tinha parado com as 1000 ameaças diárias ou melhor reduzido para uma ao dia, já era um começo e, Taeyong tinha parado com a desconfiança sobre o platinado querer algo com o namorado mais novo.

    Era nem legal está com os três, pois por mais que fossem um Trisal – como sempre desconfiou e, que agora sabia – eles agiam como bons amigos, o que eram mesmo segundo Ji Sung, eles antes de serem namorados eram melhores amigos e, a amizade viria sempre primeiro. Talvez, devesse levar aquele ensinamento para a vida quando resolvesse entrar em algum relacionamento. Mas, por enquanto tinha que ser pasvineye e curtir o quanto fosse possível.

■■■

    As sombras daquele fatídico dia sequer atingiram Ji Sung, o mais novo sequer lembrava do que tinha acontecido, era muito bem pois os mais velhos tinham medo que ele acabasse ficando traumatizado com, mas felizmente não aconteceu. Agora estavam vivendo muito bem, já não tinham Jaemin para se meter com eles. Ji Sung podia até ter perdoado e entendido o que o outro fez, mas para Mark e Taeyong era algo que eles não podiam perdoar tão cedo e, por enquanto nem queriam pensar naquilo, queriam mesmo era viver suas vidas sem nem lembrar que um dia tropeçaram com aquele tal.

    Estavam se arrumando para irem para mais um dia de aulas, queriam ficar perfeitos para a primeira amostra de dança que fariam no fim do semestre, então não podiam perder tanto tempo assim, só que Ji Sung tinha outros planos, já que ele era o único que ainda não tinha sequer levantado, mas ao levantar sua camisa que usava para dormir estava com os botões parcialmente abertos, deixando seu ombro e clavícula esquerda a mostra e, junto com seu cabelo azul bagunçado o deixava ainda mais sexy que o normal. Vendo aquilo claro que seus namorados iriam acabar perdendo a cabeça e, Taeyong foi o primeiro a perceber as más intenções que o Do tinha.

- Ji Sung tem que se arrumar ou vai acabar se atrasando. – Por mais que tivesse notado, Tae nem olhava direto por medo de acabar não resistindo e, não podia se entregar, não naquele momento.

- Mas Tae hyung, não podemos faltar só hoje? Eu queria tanto faltar só hoje. – Disse voltando para a cama e ficando de quatro ali em cima. – Até o Mark hyung está concordando comigo. O amiguinho dele está até acenando positivamente. – Se referia ao “amiguinho” de Mark que pulsava, quanto o moreno lhe olhava hipnotizado.

■■■

    No final, mesmo com a resistência de Taeyong acabaram por faltar naquele dia a aula de dança, sabiam que como protagonistas iriam acabar levando um esporro do professor, porém Ji Sung nem ligava, estava mais interessado em levar um esporro dos namorados e foi o que ganhou, sua cara ficou branca de tanto que esporraram nela. Agora já era período da tarde e os três estavam indo em direção a cantina do lugar, pois com tudo que rolou acabaram não comprando o tal fogão, teriam que comer a “comida ourada" dali.

    Chegando lá encontraram com Jeno, que comia uma pratada de arroz com omelete, que só por Deus. Parecia que o menino não via comida a uns 30 anos, ele devorava o comer enchendo as bochechas igual a um esquilo, se não tivesse cuidado morreria engasgado e, como um sinal Ji colocou uma garrafinha d'água na frente do platinado que se assustou um pouco com a presença repentina do amigo.

- Cuidado, vai acabar se engasgado desse jeito. Porque está com tanta presa em comer assim? Não merendou hoje? – Perguntou Ji Sung vendo o mais velho engolir com a água dada, ao reduzir a quantidade de comida que dava para engolir.

- Sim, eu merendei. Mas, por causa do sumiço dos nossos outros protagonistas o professor surtou e colocou a gente para ensaiar até que nossas pernas tremessem e que ninguém mais aguentasse ficar de pé. Minhas pernas estão só o caiau, nem sei como consegui chegar aqui. – Acusou Jeno olhando nada bonito para os três sentados a sua frente.

- Desculpa Jeno, é que surgiu algo mais urgente hoje pela manhã, tivemos que esvaziar o depósito, estava cheio de um líquido espeço e viscoso. – Comentou Mark coçando discretamente seu “amiguinho”.

■■■

    No fim daquele dia por algum motivo Ji Sung quis sair da Universidade para caminhar um pouco, e chamou seus namorados para irem juntos, mesmo porque sabia que eles jamais deixariam que fosse sozinho, então agora estavam eles caminhado lentamente pela avenida com a lua começando a dar seus primeiros sinais de vida, era uma vista bem bonita ainda mais que a mesma vinha saindo por trás dos grandes prédios que residiam ali.

    Estava tudo bem, eles apenas aproveitavam a companhia um do outro, sem falar muita coisa só Ji Sung que vez ou outra dizia algo. Até que de repente viram um carro preto parar bem ao lado deles, no começo acharam que era sequestradores e que levariam Ji, porém logo tiraram aquilo da cabeça. Ninguém em sã consciência faria aquilo, Ji Sung era debochado demais para alguém aguentar. No fim, viram que era Jaemin.

- Olá pessoas, eu sei que devem está querendo me matar e tudo mais, mas eu só passei aqui rapidinho para me desculpar e dizer que vou me mudar com o meu pai para a florida, vamos recomeçar lá e bem, era só isso mesmo. Tchau. – Foi só o que o outro disse antes de ir embora tão rápido quanto apareceu.

- É muita ousadia desse filho da mãe, depois de tudo o que fez, some por sei lá quanto tempo, depois aparece do nada pede desculpas esfarapadamente, só para sumir de novo. Eu devia ter socado ele mais. – Disse Mark bufando.

- Tá tudo bem, eu já perdoei ele, vocês deveriam fazer o mesmo. Não sabemos a dor do outro, então não podemos julga-los. – Comentou Ji sorrindo, torcia muito que Jaemin fosse mais feliz agora.

- Você é uma pessoa incrível Ji Sung baby. Não é a toa que somos cadelinhos por você. – Falou Taeyong sorrindo.

- Sim, sempre foi um “namore meu namorado”. – Mark acrescentou.

- E o intruso!. – A voz de Jeno foi ouvida, os fazendo rir alto com aquilo. Era realmente um intruso.

FIM!!!


Notas Finais


Então neh...

Chegamos ao fim. Nem acredito que chegamos. Estou tão feliz e triste ao mesmo tempo... 😪😪😪😪

Mas, é aquele ditado: " Algo tem que acabar, para um novo chegar" ...

O mais importante é que nossos heróis, conseguiram seu final feliz...

Quero agradecer a todos que acompanharam, favoritaram e comentaram NMN desde sua primeira temporada até aqui... 🤗🤗🤗🤗 De verdade, muito obrigado... 💙💙💙💙

Espero ver vocês na próxima, e quem sabe eu traga um extra desses lindos. Nunca se sabe neh... 🤗🤗🤗🤗😘😘😘😘😘😘

Até prevê...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...