História Nosso casamento arranjando (imagine Jeon Jungkook - BTS) - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 202
Palavras 687
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura <3

Capítulo 16 - 16


Fanfic / Fanfiction Nosso casamento arranjando (imagine Jeon Jungkook - BTS) - Capítulo 16 - 16

Olho pro lado e vejo um homem, bem vestido apresentava ser novo ainda, seu rosto era familiar mais não lembrava quem era.


- Sim, quem e você? 

- Pera você e Gabrielle Williams? - falou arregalando os olhos.

- Sim, por que? - levanto as sobrancelhas confusa.

- Nada, minha irmã curte você. Sua filha? - aponta para Alicia.

- Sim, bom manda beijo para sua irmã. Tchau.


Aceno para ele e saiu da cabine pouco intrigada, ja que percebi que o mesmo tava mentindo. 


         POv. Kim Seokjin 


Saiu do carro correndo, entro na casa do Jungkook e paro assim que vejo o mesmo sentando com os meninos. Respiro fundo e vou até Yoongi e o puxo levando para fundo da casa.

- Solta caralho, fala oque você quer? - cruzou os braços e me olhou.

- Cara você não sabe quem acabei de ver.

- Fala logo porra.- disse irritado me fazendo bufar.

- Gabrielle, em carne e osso.

- Pera, a Gabrielle do Jungkook? Ela está aqui? Aonde?

- Encontrei ela no elevador daquele hotel que nois leva as garotas. Se o Jungkook descobrir ele vai pirar.

- Sim, você enviou o convite para ela? - perguntou me fazendo pensar por uns segundos.

- Sim, do baile, certo?

- Isso, então talvez ela esteja aqui pelo baile.

- Não e so isso.- coço a nuca nervoso.

- Odeio essa sua enrolação.

- Ela tem uma filha.- falo rapido o fazendo arregalar os olhos.

- Filha? E do Jungkook? 

- Talvez, parece ter um ano no máximo não passa, e tem olhos pouquinho puxado.

- Deve ter puxado para Gabe, vou ligar pro Taehyung, não deixa isso escapar Seokjin.


Ele sai rapido, entro na casa e vou até os garotos que conversavam animados. Me sento no sofa e engolo em seco assim que olho pro Jungkook.


- Cara ta tudo bem? Está pálido, parece que viu fantasma.- falou Jungkook rindo me deixando mais nervoso.

- Nada não, so estou passando por uns problemas ai.- disse tentando nao gaguejar.

- Precisar de qualquer coisa, so contar comigo.

- Eu sei, tenho que ir embora, amanhã nois se fala.


Me levanto e saio rápido dali, não poderia ficar ali como se não soubesse de nada. Entro no meu carro e ligo dando partida.


       POv. Jeon Jungkook 


Me sento no degrau da escada e fico olhando todas aquelas pessoas montar as coisas para baile. Queria que isso fosse uma festa para minha filha ou filho, daqui uma semana se nosso bebê tivesse nascido, taria completando um ano, se não tivesse feito que fiz, ela não teria perdido e hoje nois taria juntos com nosso pequeno ou pequena. Seco meu rosto quando sinto alguém sentar ao meu lado, olho de canto e vejo minha mãe me olhando sorrindo.


- Sei que ainda doi filho, mais não deixa isso continuar te consumir assim. Isso não te fará bem amor.

- Eu sei mãe, mais ela não sai da minha cabeça. Doi muito mãe.- abaixo minha cabeça e vejo as lágrimas cair pingando no chão.

- Não fica assim meu amor, no futuro quem sabe você terá chances de consertar seu erro.


Levanto a cabeça e olho para ela tentanto buscar acreditar em suas palavras, tudo que quero e que suas palavras aconteçam.


        [...]


Pego uma bebida com garçom e me apoio no parapeito e olho todas aquelas pessoas fúteis e nariz em pé na sala em baixo. Vejo os caras subindo as escadas e vindo até a mim, todos me olhava parecendo que viram fantasmas.


- Vou nem perguntar oque vocês tem hoje, sei que vão desconversar.


Volto para onde estava e olho para porta de entrada, vejo uma mulher loira com vestido branco entrar, atraindo vários olhares, como atraiu o meu. Me levanto e sinto meu corpo todo se aprepeiar, quem e aquela mulher?. Olho para meus amigos, todos olhavam para mesma mulher mais bancos que o normal, eles se entreolham se olhando assustado me deixando irritado, por estarem desse jeito e nenhum abrir a boca.


- Quem e ela? Dessa vez não quero nenhuma enrolação.




Notas Finais


Desculpa pelo capítulo curto, vou deixar para fazer capítulo maior no 17. Nesse capítulo acontecer muitas coisas esperem.


Próximo capítulo sairá quinta 05/12 às 20:00.


Até a próxima \o


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...