1. Spirit Fanfics >
  2. Novas Formas de Viver >
  3. Primeiro Balanço

História Novas Formas de Viver - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Primeiro Balanço


Fanfic / Fanfiction Novas Formas de Viver - Capítulo 3 - Primeiro Balanço

Topo de um Prédio em Berlim, 17:30

Qual é, isso não pode ser tão difícil assim, não é?

Tipo estar no topo de um prédio, se preparando para pular do topo de um prédio e ficar se balançando pela cidade não é impossível para alguém como eu.

Tá bom, já chega, não foi você que quis esses poderes? Agora conviva com ele.

O simbionte forma uma réplica do traje negro de Peter Parker em meu corpo

Gabrik: 1...2...3

Pulo do prédio

Gabrik: Ah!!!i

Caio com tudo de cima do prédio, poucos metros antes de cair de cara no chão disparo uma teia que se prende em um dos prédios

Consegui balançar pelos prédios, as pessoas nas ruas e nos prédios tirando fotos e fazendo vídeos

Meu mundo não está acostumado com esse tipo de coisa, afinal tudo é normal aqui, ninguém tem superpoderes.

Ou melhor ninguém tinha até agora

Parei na parede de um prédio e desci até um beco onde o simbionte se converteu em uma camisa de manga longa e calças pretas

Comecei a andar em direção a minha casa

Tinha se passado apenas dois dias desde minha consulta e que para os outros fui curado.

Chego na minha casa e quando abro a porta vejo que diversas pessoas que conhecia, uma boa parte da sala, Hallana, Paul e meus pais

Gabrik: O que exatamente significa isso?

Hallana: O que você acha?

Gabrik: Que isso é uma espécie de festa para comemorar que não morri.

Paul: Acertou! Parece que vamos ter que aguentar sua arrogância por muito mais tempo.

Gabrik: Na verdade sou eu que vou ter que conviver com seres tão atrasados intelectualmente

Claro que todos ali sabiam que isso era tudo uma brincadeira, nós sempre nos tratávamos assim desde crianças.

Com o tempo as pessoas foram indo embora até que só sobrou meus pais, Hallana, Paul e eu

Hallana: É bom saber que vai viver!

Gabrik: Pode acreditar que também estou muito feliz com isso!

Meu pai chegou na sala

Karl: Já está ficando um pouco tarde, vocês querem que eu ligue para os pais de vocês e pergunte se podem dormir aqui essa noite?

Paul: Nós podemos?

Evelyn: Se quiserem! A propósito Hallana, tenho um novo vestido para uma coleção e queria sua opinião

Hallana: É claro tia!

Essas duas quando começam a falar sobre moda não param mais.

Meu pai foi ligar para os pais deles e depois voltou

Karl: Eles deixaram! Vocês podem ficar cada um em um dos quartos de hóspedes

Minha casa tinha dois quartos a mais

Gabrik: Se me dão licença vou tomar um banho!

Evelyn: Vai rápido!

Gabrik: Pode deixar!

Subi para o meu quarto e antes de ir tomar banho liguei a televisão

Televisão: Os assaltantes do banco estão fugindo pela avenida principal, se conseguirem chegar na rodovia eles conseguirão fugir

Quer saber, que maneira melhor de provar minhas habilidades?

Nunca achei que ia fazer isso, mas pulei a janela e cai do segundo andar da casa sem ao menos sentir o impacto

Tem certas graças em quebrar a física

Quando estava em meio aos prédios, comecei a me balançar já com o traje

Vi o carro dos assaltantes e pulei em direção a ele aterrissando no teto

Assaltante: O que é isso?

Gabrik: Seu pior pesadelo!

Segurei um deles quebrando o vidro da janela e o joguei no asfalto

Depois quebrei o vidro da frente e acertei um soco no motorista que desmaiou

A frente vi duas pessoas que seriam atingidas pelo carro se eu não fizesse nada

Saltei para frente segurando-as e as desviando do caminho do carro descontrolado

Quando elas já estavam em segurança prendi uma teia no para-choque do carro que o parou

Em seguida fui até lá e tirei o criminoso que estava dirigindo desacordado e o joguei no chão perto do outro

A polícia chegou

Gabrik: Já podem agradecer!

Os policiais começaram a apontar as armas para mim

Policial: No chão agora!

Gabrik: Eu os prendi! Fiz metade do seu trabalho e é assim que me agradece?

Policial: No chão, senão eu atiro!

Gabrik: Saibam que essa cidade tem um novo protetor!

Usei as teias e subi até o alto de um prédio, eles tentaram me seguir, mas não preciso dizer que não conseguiram

Comecei a ir até minha casa me balançando

Eu sabia que não entenderiam, então por que eu tentei?

As vezes queria não ser tão humano! Afinal de conta eu os ultrapassei, como diria o antigo imperador romano Marco Aurélio “A perfeição e superioridade não são dadas, mas sim conquistadas!”

E foi o que eu fiz conquistei minha superioridade aos demais, enganei a própria morte

Cheguei em casa e entrei de novo pela janela

O traje se converteu em uma camiseta e calça preta

Desci para o jantar

Evelyn: O que eu te disse sobre não demorar?

Gabrik: Como se o mundo acabasse enquanto estava lá.

Paul: Está quase acabando!

Gabrik: Do que você está falando? Cadê meu pai?

Evelyn: Teve que ir para o parlamento.

Hallana: Dá uma olhada aqui na televisão.

Eu olhei e percebi o que eles estavam falando

Televisão: Um acontecimento histórico marcou o dia de hoje, provavelmente o primeiro mutante teve sua presença confirmada.

O apresentador entrevistava um especialista em quadrinhos 

Televisão: Esse ser possui habilidades parecidas com o personagem fictício da Marvel Homem Aranha, na verdade praticamente idênticas, inclusive o traje.

Ele fez uma pausa e depois continuou

Televisão: Esse uniforme negro é geralmente assimilado a um traje mais poderoso, porém ao mesmo tempo mais violento do Homem Aranha, então eu me pergunto se não é isso que ele quer passar, sinceramente não vou mais me sentir seguro sabendo que existe alguém com essas habilidades.

Dessa vez um professor foi quem falou

Televisão: O que precisamos entender é se essa foi uma mutação natural ou artificial, ele pode ter sido apenas o primeiro de muitos, existe também a possibilidade de o traje lhe dar tais habilidades, mas considerando que seja apenas genética, essa pessoa acabou de criar um novo estágio evolutivo, essa pessoa vai ter filhos um dia e esses filhos herdarão essa mutação, chegará certo dia que todos da espécie terão esse gene.

O apresentador agradeceu aos dois e cortou para uma imagem de meu pai no parlamento

Karl (Televisão): Não sabemos quem é ele, mas está operando fora da lei e estamos todos empenhados a captura-lo inclusive eu mesmo

Ótimo meu próprio pai está contra mim

Mas não parou por aí, o apresentador voltou a falar

Televisão: Acho que a pergunta que todos estão a se fazer é...

Ele fez uma pausa dramática, típico de apresentadores que precisam olhar o roteiro de novo

Televisão: A humanidade está pronta para isso?

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...