História O Anjo Caído - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 9
Palavras 1.058
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Luta, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 9 - O Primeiro Beijo


Era exatamente hora que todos estava nos corredores da faculdade, avistei Laura em seu armario e quando eu ia em sua direção aquele pilantra do Peter colocou uma de suas mãos no armário de minha laurinha e começou a falar com ela e pelas reações dela tava esnobando e tentando sair dali, Jacob e Yuri notaram o que tava acontecendo e olharam para Alex, andei até eles com as mãos fechadas e abri elas respirando fundo

-Heeey minha armyzinha finalmente te encontrei ein *peguei na mão de Laura *vamos precisamos resolve algo na biblioteca esqueceu? *tentei levá-la comigo e senti alguém segura sua outra mão *

P. B-Ei.. ei não vê que estou conversando com essa bela garota? *segurou a mão dela me olhando sério *

-Engraçado mas preciso dela agora não percebeu? *olhei para ele irônico *

P.B-Sabe o que é mais engraçado, eu te socando se não solta ela

- Por acaso é namorado dela meu amigo?

P. B-Não mas se ela quiser sou todo dela *piscou para ela fazendo com o que meu coração dispare de raiva *

-Solta ela que preciso urgente conversar

P. B-Mas eu cheguei primeiro

L-Ja chega *soltou nossas mãos olhando seria *acha que eu sou o que caralho? Algum brinquedo pra vocês segura desse jeito e começa brigar como duas crianças? *todos começaram a olhar curiosos *Pelo amor de Deus meninos que isso, não é assim que se trata uma garota e você sabe disso Filipe

-Perdão armyzinha *beijei sua mão *

L-Para *tirou sua mão da minha *escuta eu não sou brinquedo e muito menos te quero ne Peter me poupe, você é muito enjoado e mauricinho, sou bem mais o Filipe vem fe, vamos para esse nosso "compromisso " *pegou em minha mão e me puxou enquanto andava revoltada *

A-Ui levou um fora da princesinha da faculdade

P.B-Cala boca moleque *aponto para ele enquanto olhava para nós dois juntos *aquele Playboy ainda me paga *socou o armário e saiu andando *

A-Acho que ele se revoltou *rio *o bichinha

P. B-O que disse? *voltou e olhou nos olhos d e Alex *

J-Alex

A-Isso mesmo chora não bebezinho

Yuri-Alex para

P.B-Escuta aqui moleque *pegou ele pela gola *Você nunca mais repita essas palavras ouviu?

A-Nao tenho medo de você panaca *engoliu seco enquanto olhava sério para ele *

J-Solta ele Peter não começa novamente

P. B-Cala a boca que com ele me resolveu seu bicha.

A-Nao... não me bate por favor oh meu Deus, que medinho *disse com tom irônico *

P.B-Hora seu *levantou sua mão e antes de bater em Alex sente alguém segurar *

N-Estou atrapalhando algo aqui? *olhou para Peter e Alex *

P. B-Sim não está vendo garota intrometida, é linda mas não devia ter feito isso *olhou para ela *

N-Ah sério? Foda-se Peter eu e você sabe que se tocar em mim vai ter uma pequena consequência, devo lembra? *olhou para ele sério *

P. B-Nunca posso me divertir *apontou para Alex * da próxima te pego

A-Nao gosto de homem desculpa *diz sarcástico e Luany ri baixo *

P. B-Para de rir idiota

N-Como é Peter? *olhou para ele seria *

P.B-Ok... tchau seu palhaço *saiu bravo *

A-Obrigado mas não precisei de ajuda *passou a mão em sua jaqueta limpando *

N-Ah não? Para de marra vai Alex qual é, você não em manda mensagem ontem, não conversou comigo o dia todo e acha que não ia te procura? Precisei de tu vivo pra querer sabe dessa putaria

A-Nossa, achei estar solteiro Nataly? *rio olhando para ela

N-Alex *pegou ele pela gola e colocou contra o armário *Não me testa Alex

J-Acho que vamos procurar o Filipe e Laura

P-Melhor não, entrei na biblioteca e o clima ta tenso *segurou Yuri e Jacob pelo braço e levou os dois *

Nataly era conhecida como Girl Power igual Laura, uma morena linda, dos olhos azuis,andava sempre som uma jaqueta e aquelas luvas que tem os dedos para fora sabe, Alex diz que são amigos, não duvido muito pela maneira deles juntos e as brincadeira, mas ele diz esta apaixonado por Luany, uma menina simples, educada e branquinha das bocas rosadas (o Alex diz e eu acho nojo ele falando )enquanto isso na biblioteca a me colocou contra a parede

-Misericórdia Laura que porra é essa? *olhei sem entender *

L-A gente ta ficando e tu nem me beija garoto, ta com medo de mim? *olhou em meus olhos e para minha boca disfarçadamente

-Medo? De você Laura? *logo virei deixando ela na parede *não tenho medo, por que acha que te chamei pra cá? *aproximei meus lábios ao dela *

L-Pa... Para estuda? *baixou a guarda dela e ficou com respiração ofegante *

-Claro estudar do jeito diferente *dei um sorriso de canto *

L-Fi... Filipe assim não é ju... justo ok? *olhou para minha boca e para meus olhos *é golpe baixo poxa

-Uhum que mais?

L-Voce mudou mesmo, nunca pensei que era assim, gostei *deu um sorriso *

Ficamos naquele clima e começamos nos beijar lentamente, coloquei uma de minhas mãos deslizando para sua nunca, onde senti ficar arrepiada, colocou suas mãos envolta de meu pescoço enquanto seguia o ritmo daquele beijo, quando ouvimos o som da discórdia para a próxima aula, paramos o beijo com selinhos e a olhei sorrindo, limpei o canto da minha boca que tava de Baton devagar e dei uma piscada para ela

-Acho que alguém borrou batom armyzinha *sorri de canto e sai com meu material *

L-Filho da mãe *se olhou no espelho retocando seu Baton e maquiagem *ele me paga esse peste *saiu com suas coisas logo atrás *

Entramos na sala de aula ao mesmo tempo e vimos o jeito que Alex me olhou com aquele sorriso desconfiado que só ele sabe fazer e só eu sei o que significa "Playboy vagabundo ", dei um riso baixo e sentei ao lado dele prestando atenção na aula, senti Nataly cutucar meu ombro e olhei para trás

-E ai girl, que manda? *olhei disfarçado pro lado sem o professor perceber para ouvi-lá *

N-Onde você tava?

-Na biblioteca, precisei de uns livros e pedi ajuda

N-da Laura? *olhou para mim virando meu rosto *

-precisei tirá ela daquele babaca

N-Peter? Só se acha o macho alfa

-Mas é você aparece que abana o rabinho depois da surra que deu nele *ri baixo *

N-Exatamente, por que demorou?

-Difícil de achar *olhei para Laura sorrindo de lado e vendo ficar corada *

N-Playboy safado *deu tapa em minha nuca rindo *



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...