História O Destino Nos Unirá Novamente - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Michael Jackson
Personagens Michael Jackson, Personagens Originais
Tags Drama, Michael Jackson, Revelaçoes, Romance
Visualizações 40
Palavras 725
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse capítulo promete! Finalmente cheguei com o capítulo 7, boa leitura!

Capítulo 7 - Sete


Nali ou Chris

Após alguns segundos, escutei um toc-toc, então fui atender.

-Meu amor, você nem se despediu!-disse Melanie me abraçando, e eu rapidamente desfiz o abraço.

-Melanie, eu queria a verdade, o que aconteceu comigo? Quem sou eu de verdade?-disse eu sendo direta.

-Que papo é esse em Nali? Arruma suas coisas, a gente vai voltar.-disse John.

-Voltar nada, vocês não são meus pais!-após eu dizer isto, eles se entreolharam com os olhos arregalados.

-Você está bem?-disse Melanie colocando o dorso da mão em minha testa.

-Estou ótima, eu só quero a verdade, apenas.-disse eu tirando sua mão.

-Tudo bem.-disse John.

-Mas John não pod...-foi interrompida por John.

-Você não vê que ela já sabe? É melhor contar a ela.-disse John.

-Então fala você.-disse Melanie de cabeça baixa.

-Seu nome verdadeiro é Christinny Thompson Jackson, pelo menos depois que você era casada com Michael Jackson. Você nasceu no dia 14 de janeiro de 1984. Sobre a sua vida a gente não sabe. Eu e Melanie trabalhávamos numa companhia aérea, a gente preparava os aviões que às pessoas usariam para chegar ao destino. Você usaria um avião da nossa cia, então uma uma mulher chamada Maya, mandou que trocássemos o avião que você usaria por um quebrado, ela nos ofereceu 25 mil dólares, e a gente não pode recusar. Mas antes de você entrar no avião, a gente te conheceu no saguão do aeroporto, e você era uma pessoa tão meiga, doce, gentil, bonita. A gente não conseguiu te levar até aquele avião. Mas você entrou, e sabíamos o que aconteceria em diante, então ficamos de olho no vôo completo, calculamos onde o avião cairia e fomos pra lá.

Flash Back

-Meu Deus!-dizia Melanie chorando ao ver tantos corpos, vítimas daquele trágico acidente.

-Não repara, só tenta achar a Christinny.-disse John procurando Chris em meio aos destroços do avião.

-EU ACHEI!-griteu Melanie, se abaixando para ver se seu coração batia-Ela está viva, temos que tira-la daqui!-disse ela tentando levantar Chris que estava desacordada.

-Não arrasta ela Mel, faz o seguinte, eu pego ela é você arruma um espaço no carro.-disse John pegando Chris no colo.

Eles a colocaram no carro e levaram-na até a casa deles. A irmã de Melanie era enfermeira, então cuidou de Chris por alguns dias, até John conseguir um helicóptero particular. Eles levaram Chris para Londres, e lá a internaram num hospital, e ela ficou lá durante 8 meses sob um coma induzido. Quando acordou não se lembrava de nada, então Melanie e John inventaram uma história, de que ela sofrerá um acidente de carro, e ficou esse tempo internada. Deram um outro nome para ela e arrumaram documentos falsos para ela.

Fim do Flash Back


-Isso é crime!-disse eu indignada.

-Não há nada que possamos fazer para reverter isso Nali, a gente se arrepende até hoje de ter trocado o avião daquele vôo, quantas pessoas morreram por culpa nossa!-disse Melanie em meio as lágrimas.

-A gente erra, nós erramos, e a gente se arrepende até hoje, entende?-disse John.

-Vai atrás de Michael, abraça ele, abraça sua filha, passa o maior tempo possível com eles, já tem 7 anos que ele não tem mais uma mulher, ele precisa de você. Você tem uma família!-disse Melanie segurando meu queixo.

-Eu vou ligar para ele agora mesmo.-disse eu limpando algumas lágrimas e pegando meu celular.


Michael

Eu iria acordar Eva, mas aí o telefone tocou, então fui atender.

-Alô?-disse eu.

-Michael, tem como você vir me buscar? Sou eu, Natalie, quer dizer, agora Chris.-meu coração se alegrou.

-Claro meu amor, Brandon está indo aí.-disse eu abrindo um largo sorriso.

Logo após ela desligou, e eu fui correndo falar com Brandon, que logo foi buscá-la. Meu amor estava de volta, depois de longos 7 anos, ela estava comigo novamente.

Depois de um tempo, ela apareceu na porta. Eu então a abracei, com toda minha saudade, eu queria ela novamente, minha Chris, só minha.

-Eu vou ficar com você Michael, eu quero ver Eva, ela é minha filha!-disse ela feliz.

-Mãe?-disse Eva paralisada na porta de seu quarto.

-Sim meu amor, eu sou sua mãe!-disse Chris emocionada.

-Você tá viva!-Eva foi correndo abraçar Chris, e aquela cena foi emocionante, o reencontro de mãe e filha.

-Você é linda, mais linda do que nas revistas!-disse Chris maravilhada com Eva.

-Ninguém vai separar a gente, nunca mais!-e eu finalizei com um abraço em família, tornando aquele momento único e especial. E eu tinha certeza, eu faria o que pudesse para que minha família não fosse desmontada novamente, que fosse eterna, era o meu sonho.


Notas Finais


Até o próximo capítulo!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...