História O diário de Star - Capítulo 39


Escrita por:

Postado
Categorias Asa Noturna, Batman, Novos Titãs (Teen Titans)
Personagens Alfred Pennyworth, Asa Noturna, Bruce Wayne (Batman), Ciborgue, Coringa (Jack Napier), Dick Grayson, Estelar, Mutano, Ravena, Richard John "Dick" Grayson
Tags Ação, Aventura, Dick, Hentai, Heróis, Jovens Titans, Kory, Robstar, Romance, Terminada
Visualizações 94
Palavras 826
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Hentai, Literatura Feminina, Luta, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 39 - No Quarto de Kory


Dick vai em direção ao quarto onde está a garota, ele bate na porta mas não obteve resposta. 

(Dick): Olá podemos conversar?

Silêncio....

(Dick): Assim fica difícil pra mim, tentar te reconhecer. Vamos lá !

Kory sente um aperto em seu coração um medo de abrir a porta e ser tratada como uma estranha pelo rapaz que ela tanto ama.

Ela pensa um pouco ainda com medo e insegura ela vai até a porta.

(Kory): Boa noite.

Com uma voz que demonstrava um pouco de  tristeza e insegurança. Ela olha para o chão sem coragem para encarar o jovem mascarado a sua frente.

(Dick): Podemos conversar?

(Kory): sobre o que ?

(Dick): qualquer coisa que demore o suficiente para você mudar de ideia e fique aqui.

Ambos coram e Dick abre um sorriso de canto deixando a moça toda sem jeito e vermelha, ele sentia uma sensação estranha um desconforto em seu estômago, um aperto em seu peito.

(Kory): Eu não tenho mais nada para fazer aqui... 

Ela olha novamente para o chão.

(Dick): Bom, eu não penso assim.Acho que devia reconsiderar e conversar comigo .

Kory abre mais a porta deixando livre a passagem pra Dick entrar.

O quarto onde kory estava não era tão grande tinha uma escrivaninha no canto esquerdo perto da cabeceira da cama. Tinha um roupeiro na parede direita e uma mesinha com um abajur e um livro. Tinha uma cadeira nessa mesinha uma cadeira preta com rodinhas. As paredes era um tom pastel escuro. Algo bem sombrio para kory. A cama ficava com a cabeceira encostada na parede bem centralizada ao meio do quarto, com cobertores cinza e travesseiros brancos. Havia também uma janela com uma cortina longa branca.

O quarto era simples ao ponto de vista de Dick mas não questionou nada sobre isso.

(Dick): Então você é uma alienígena...

(Kory): Eu era uma princesa de Tamaram, até ser vendida como escrava pela minha própria irmã. Na tradução do seu idioma o nome dela seria Estrela Negra, eu acho.

(Dick): ual! Uma princesa, e na minha casa.

(Kory): eu fui vendida para  os Gordanianos uma civilização muito ruim. Me fizeram escrava durante anos.

(Dick): Gordanianos?

Kory então respira fundo e começa a contar, a tristeza aumenta e Dick peecebe nas palavras de Kory o quanto ela sofreu.

 (Kory) :A raça dos Gordanianos é uma civilização situada ao sudeste de Gordane, um continente do planeta Karna (Sistema Vega), lar de outra espécie inteligente: os Felinos Karnianos, e dos seres aquáticos Ssilithiss. Os Gordanianos governavam com autoridade e liderança militar. Sua cultura cresceu em meio aos escravos capturados. Aliás, a escravidão era sua principal característica.

Vários milhares de ciclos atrás, a Cidadela entrou em contato com os Gordanianos oferecendo-lhes a possibilidade de escravizarem os mundos dominados pela Cidadela, assim como criar colônias nestes mundos conquistados, em troca de se sujeitarem como exército da Cidadela. 

Algumas lágrimas escorrem no rosto de kory e Dick num movimento involuntário as limpas depressa.

(Dick): Eu sinto muito....não queria trazer essas lembranças tristes para você. Desculpe.

(Kory): Ta tudo bem.

Kory força um sorriso deixando Dick pior. Então ele a puxa para perto e a abraça. Kory se asusta com o movimento tão rápido de Dick mas retribui o abraço.

(Dick): Ta tudo bem, ninguém nunca mais vai te fazer mal. Eu prometo.

Dick não entendia essa vontade enorme de proteger aquela garota que ele não lembrava para ele, havia acabado de conhecê. Mas ja se sentia responsável por manter ela segura.

(Kory): eu fico grata mas eu tenho que ir embora.

Dick não pode simplesmente deixar ela ir, sentia que não devia permitir isso.

(Dick): Não ! Pfvr fique pelo menos mais uma semana....

(Kory): ok apenas isso.

Dick imagina uma maneira de convencer ela a não ir embora e fica feliz de ter mais uma semana para tentar convence lá.

Ambos ainda não se separam do abraço, o perfume de kory embriaga Dick a cada respirada. O cheiro do shampoo de morando nos cabelos de kory é maravilhoso e o sabonete na pele da moça vai deixando Dick louco.

Aos poucos Kory adormece nos braços do rapaz que apenas admira a garota de cabelos ruivos em seus braços.

E Dick apenas se deita na cama com kory em seu colo com a cabeça encostada em seu peito. Dick a cobre e kory se sente segura então apenas dorme tranquilamente. Sob a vigilância de Dick.

 Que Com um unico pensamento se ajeita na cama encostando na cabeceira da cama de Kory...

(Pensamento de Dick)

"Estelar.... Tão frágil como foram capazes de ferir uma Pessoa assim? Tão meiga,  eu juro que ninguém nunca mais irá te fazer mal.  Não deixarei você em perigo! Princesa......."

"Porque me sinto assim??? O que ta acontecendo cmg? Porque você me faz sentir isso? Esse desconforto no estômago e ao mesmo tempo essa felicidade que me da ao escutar suas palavras, esse seu sorriso que me deixa bobo. Seus olhis verdes brilhantes me atacam a cada olhar seu ..... Seu perfume me deixa louco, seu toque me causa arrepios ...."

Mergulhado em seus pensamentos Dick não percebe e acaba dormindo com kory em seus braços na cama de cobertores cinza.



Notas Finais


Eu sei que demorei pra postar novos capítulos, mas eu prometo que não vou abandonar a fanfic.
O que acharam??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...