História O herdeiro da família Jung ( Jung Hoseok) - Capítulo 21


Escrita por:


Capítulo 21 - Capítulo XX: Promessas eternas


Fanfic / Fanfiction O herdeiro da família Jung ( Jung Hoseok) - Capítulo 21 - Capítulo XX: Promessas eternas

Foram anos ignorando a consequência de seus atos, mas dessa vez ele não conseguiu escapar. Ela estava ali, na sua frente, o encarrando com seus intensos olhos verdes. Cecília era dona de uma grande beleza, cabelos longos e castanhos, olhos verdes, cintura definida e tinha baixa estatura.

- Quanto tempo, Kim - Taehyung ainda estava surpreso, ele sabia que Cecília poderia chegar em qualquer momento, mas a sua chegada era inimaginável.

- olá, Cecília...

- Te procurei por tantos lugares, meu amor. Não sabes quantas saudades eu sinto sua- Cecília acariciava a nuca de Kim, deixando o garoto levemente arrepiado.

- Por favor, Cecília, aqui não.

- Preciso falar convosco, querido. É urgente

Taehyung levou a moça para perto do estábulo, ele sabia que as únicas pessoas que ficavam por alí já tinham ido embora.

- O que desejas aqui, Cecília?

- É sobre nós, sobre a nossa família.

- Família?- Kim sorriu em tom de deboche- Nós não somos uma família

- Ele é o nosso filho, Tae. Ele precisa de um pai - Mesmo que Taehyung quisesse fingir que essa criança não existia, ele não teria coragem de abandonar o garoto.

- Eu não posso ficar com ele, eu vou me casar, e eu não quero que ninguém saiba que eu tive um filho.

- Vai abandona-lo, assim como fez da última vez, é isso?- Cecília estava começando a ficar com os olhos cheios, Taehyung não seria capaz de fazer tão crueldade

- Não- Taehyung olhou no fundo de seu olhos esmeraldas- Eu posso mandar dinheiro. A cada mês eu vou mandar uma quantidade de dinheiro, suficiente para sobreviverem.

- Achas mesmo que dinheiro irá substituir vossa presença?- Seu olhar não era mais de chorar, e sim de desprezo- Quando te conheci, Taehyung, parecia impossível de cometer tão ato, vejo agora que eu estava terrivelmente enganada.

- Tens total razão - Taehyung abaixou a cabeça, derrotado- Vou entregar, pessoalmente, todo mês uma quantia de dinheiro. Vou passar o dia todo com ele, também levarei presentes e quando ele crescer incluírem era como um dos meus herdeiros. O que achas? - A garota sorriu, ela concordou. A mesma iria entrar novamente para pegar seu filho, mas Taehyung a chamou, fazendo-a olhar para trás- Qual o nome do meu filho?

- Pietro

...


Cecília, Jungkook e o jovem Pietro já tinha ido embora. Taehyung estava sozinho em seu quarto escrevendo algo em seu velho caderno quando a porta foi brutalmente aberta. Era Louise, a burguesa estava com o sorriso mais vitorioso em seus lábios, que fez Taehyung sentir um leve medo.

- Pietro é uma linda criança, aposto que quando crescer ficar belíssimo, igual ao pai. - Ela sabia, ela sabia do segredo que Taehyung lutou para esconder. Kim levantou de sua cadeira, virando para Louise com uma expressão de espanto- Seria uma pena se as pessoas soubessem, não é mesmo Taetae?

- Como soube disso?!

- As paredes tem ouvidos, amorzinho. Deveria aprender a falar mais baixo.

- O que quer para ficar em silêncio? - Taehyung sabia que Louise não iria guardar essa informação de graça, ele queria alguma coisa, sempre quer.

-Algo muito simples- a burguesa chegou mais perto do ouvido do garoto, falando baixo o preço de seu silêncio - Eu quero que case comigo.

- O que?! Estás ficando louca?! Nunca me casaria convosco!!

- Seria uma pena ver Elizabeth chorando por saber que foi enganada pelo homem que dizia que amava ela, não é mesmo?

- Ela irá chorar do mesmo jeito se souber que eu a troquei para ficar convosco!!

- Não se disserem que o senhor seu pai proibiu o casamento - Louise estava atrás de Taehyung, passando as mãos pelo seu abdômen, tentando o provocar sexualmente - As lágrimas serão inevitáveis, meu amor. Mas as lágrimas que ela irá derramar seram menos pesadas do que se ela chorasse se fosse enganada.

Ela estava certa, ver Elizabeth chorando de decepção séria demais para Kim. Mas qual seria a melhor opção? A decepção de Elizabeth seria inevitável, mas Kim poderia diminuir seu sofrimento.

~🌺~

Nos jardins da propriedade um jovem casal repousava na grama, a tempos o jovem Jung não tinha paz, ele estava sempre pedindo em sua mente, estava sempre procurando respostas para seus sentimentos. Mas quando achou a jovem Teresa sua mente ficou mais clara, saiu daquele poço de escuridão e pode ver a luz novamente. Sim, deverás, o próprio Hoseok demorou para ver a luz novamente, ele era tão teimoso, tão estúpido e ingênuo, pois não via que poderia sair daquela escuridão a qualquer momento, bastava dá a mão a Teresa. Mas agora ele tinha finalmente enxergado a luz, a luz que estava do lado dele, agora ele só conseguia ver que existia algo além da escuridão.

- Eu sinto que será uma menina- disse Teresa. Ela estava sentada em cima da toalha xadrez, vestindo um lindo vestido amarelo, acompanhanda de um charmoso chapéu de palha.

- Ainda não escolhemos o nome- Hoseok levantou do colo de Teresa, onde estava com a cabeça apoiada. O burguês vestia calções e casaco verdes.

- Deverás...- o olhar de Teresa era de medo, medo do que aquela criança poderia fazer. Ela já tinha aceitado melhor a ideia de que iria ser mãe, mas ela sabia que não poderia mais de dedicar exclusivamente ao piano, não poderia mais ficar horas e horas na biblioteca, agora ela só seria mãe.

- O que foi, querida? O que te preocupas?

- Eu não estou pronta, Hoseok. Eu não estou pronta para ser mãe agora, eu tenho apenas dezessete anos!

- Eu sei, meu amor, somos bastante jovens, mas uma hora isso ia acontecer, seria inevitável.

- Eu... Não sei se consigo- aquilo era muito assustador para a pobre garota, uma hora ela ainda brincava com suas bonecas e agora seria mãe.

- Eu prometo que ficarei sempre ao seu lado, prometo que cuidarei de nosso filho- Hoseok juntou seus rostos, colando seu nariz com o da sua esposa- Eu prometo sempre te amar.

~🌺~

- Estás mentindo! Diga-me, por favor, que está brincando - Elizabeth segurava as roupas de Taehyung, esperando ele disse que estava mentindo- Não vai fazer isso comigo!!

- Me desculpe, Elizabeth, mas não podemos nos casar.

- Depois de tudo, de todas as brigas que deu tive com os meus pais, iras simplesmente me abandonar?!

- Não é por opção minha!! Seu meu pai não concorda com o nosso casamento, não podemos nos casar- As lágrimas de Taehyung caiam aos poucos, ele estava tentando ser forte, mas não conseguia.

- Então vamos fugir!

- Não podemos, eu não tenho nada, Elizabeth, nada!

- Saia! Saia daqui agora! - Elizabeth gritava na cara de Taehyung, as lágrimas que Elizabeth derramava eram demais para Taehyung, o coração dos dois doíam, doíam da pior forma possível.

- Por favor, meu amor...

- Pare de me chamar de "meu amor"! Nunca me amou, Nunca!

- Não é verdade!

- É sim! Se me amasse continuaria comigo- os olhos de Elizabeth se enchiam ainda mais, e lágrimas pesadas caiam- Saia daqui! Saia agora!!

Taehyung saiu do quarto de sua antiga noiva, no corredor estava Louise, sorrindo vitóriosa, o ódio que ele estava sentindo por Louise não cabia no peito.

- Foi a melhor coisa a se fazer, meu amor.

- Cale-se, Louise!

Taehyung estava decidido, faria daquele casamento o inferno, faria Louise se arrepender do dia em que nasceu.

...

- Preciso que faça uma coisa para mim- Kim estava em um dos bares da vila, ele iria colocar seu plano de acabar com a vida de Louise, mas precisava de ajuda.

- E o que seria?- perguntou o homem, cabelos loiros, mãos grande e alta estatura eram as características mais marcantes dele.

- Quero que se deite com uma mulher, não apenas uma vez. Quero que seja seu amante.

- E o que eu ganho em troca?

- Uma amante e dinheiro- O homem sorriu com a sua recompensa

- Eu aceito, mas não espere ela em casa tão cedo e, principalmente, não espere ela disposta- O homem apertou a mão de Taehyung e se levantou, porém Kim o chamou antes do mesmo passar pela porta

- Namjoon! Cuide dela com carinho- O homem deu a Taehyung um sorriso perveso antes de sair.

Louise irar para sempre amaldiçoar o dia que nasceu, e irá para sempre odiar Taehyung, pois ele o fará que a mesmo o odeie.



Notas Finais


Uau, nós já estamos no capítulo 20, meu deus. Obrigado a todos os que leram até aqui e eu espero que continuemos juntos até o final da história.
próximo cap 💜🌈
Playlist:
https://open.spotify.com/user/isabelle.suzane13/playlist/0QAazzO2QHx5c4hLQJi7Mi?si=T0Yfep5RQbKGViSsYyf-SA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...