História O Ignorante e o Gentil - 2Jae - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Super Junior
Personagens BamBam, Heechul, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Kim Heechul, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae
Visualizações 453
Palavras 1.437
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente só eu que fico 24 hrs por dia com fome? Jinsuis num é possível, parece que eu tenho buraco na barriga '-'

Boa leitura e Desculpa qualquer coisa

Capítulo 16 - Voltou de Daegu


Fanfic / Fanfiction O Ignorante e o Gentil - 2Jae - Capítulo 16 - Voltou de Daegu

Acordei sentindo alguém me dando leves chutes. Me virei pro outro lado e tentei dormir mas o infeliz continuou me chutando.

— para com isso. — falei com voz de sono.

— JaeBummie eu tenho que falar mesmo pra minha mãe? 

— tem agora para de encher o saco. — falei sem abrir os olhos.

— mas...

— vai logo YugYeom. — então ele parou de me chutar.

Abri um pouco os olhos e percebi que ele tinha ido embora. Deitei novamente na cama e tentei voltar a dormir mas não adiantou.

Então a campainha tocou, acho que o YugYeom foi abrir.

— YOONGI!!!!!! — ouvi um grito do YugYeom vindo do andar de baixo.

Levantei meu corpo e cocei meu olhos, respirei fundo e fui pro banheiro tomar banho, a única coisa que estava me deixando feliz naquele momento era que hoje finalmente era sábado.

Após tomar banho coloquei uma camisa que ficava um pouco grande em mim, uma calça jeans e fiquei de chinelo mesmo. Sai do banheiro e vi o Yoongi deitado na minha cama olhando pro teto.

— sai da minha cama inferno.

— vem me tirar daqui então. — eu revirei os olhos e deitei do lado dele.

— o que você tá fazendo aqui?

— vim te visitar.

— já chega de gente me visitando, ontem o Jungkook apareceu também.

— sério? Que ruim pra você.

— nem me fale.

— de qualquer forma eu não vou ficar muito tempo em Seul.

— que bom.

— eu tô pensando em morar em Daegu por um tempo indeterminado, e eu queria que você é o YugYeom fossem juntos comigo.

— não.

— então tá. — ele levantou da minha cama. — quer ir no Starbucks comigo? Vamos aproveitar pra colocar os assuntos em dia.

— tá, tá. Só deixa eu colocar um tênis.

Eu coloquei um tênis qualquer e sai com o Yoongi.

O Yoongi é um amigo, eu não gostava de admitir que ele era meu amigo, mas ele era. Estudamos na mesma escola, ele tem uma personalidade parecida com a minha, por isso na escola o povo shippava a gente, mas o Yoongi é hétero e eu nunca gostei dele desse jeito.

Estávamos no Starbucks tomando um caputino na maior tranquilidade.

— me fala as novidades. — Yoongi falou tomando seu caputino.

— fiz novas amizades.

— sério? Você fazendo amizades? Tá mudando hein.

— nem me fale. Como eu queria continuar sendo aquele garoto da escola.

— vou confessar que também mudei um pouco. Agora eu brinco com as pessoas, mas continuo dando patadas.

— eu também, mas costumo ser gentil demais com meus amigos e eu não gosto disso.

— sei como é. Mas é o BamBam?

— nós terminamos faz uns 3 ou 4 anos.

— caralho, eu fiquei tanto tempo fora assim? 

— cara, você se mudou pra Daegu quando eu tinha 14 anos. Foi alguns meses depois de eu ter perdido a virgindade com o BamBam.

— ah verdade. Mas e o seu irmão? 

— Jungkook? Eu espero que ele queime no inferno.

— eu fiquei sabendo da treta de vocês. — eu revirei os olhos.

— se eu já não tinha paz antes, é agora que eu não vou ter mesmo.

— ainda bem que ele não é da minha família. 

Senti meu celular vibrar, vi que a minha tia tava me ligando.

— espera um pouco aqui Yoongi. — sai de lá.

Suspirei e atendi a ligação.

— Im JaeBum! Que história é essa do meu filho ter transado com um garoto de 21 anos?

— o que mais você quer que eu explique além disso? Quer que eu fale como foi a transa? Desculpa mas eu não estava no meio dela.

— tenha educação garoto. Não foi assim que seus pais te criaram.

— meus pai não me criaram e você sabe disso.

— tá, tá. Só me faz o favor de deixar o YugYeom longe desse garoto viu? 

— tá bo...

— na verdade... Eu quero conhecer esse garoto, quero falar com ele pessoalmente.

— o que? Pra que?

— pra conversar caralho!

—  okay então, eu vou ver o que consigo. Pega leve com ele viu?

— não prometo nada. 

Eu desliguei e voltei pra perto do Yoongi, suspirei pois sabia que isso ia dar a maior treta.

— tudo bem JB?

— tá. E não me chama assim.

— por que?

— porque eu não gosto, ninguém me chama assim mais, só você e o Jungkook.

— tá então.

A gente conversou um pouco mas depois o Yoongi voltou para o hotel que ele tava. Eu fui pra minha casa e ao chegar lá vi o BamBam e o YugYeom se pegando no sofá.

— se sujar meu sofá de esperma eu mato vocês. — falei indo pra cozinha.

Peguei meu danone e como ele, após isso eu fiquei mexendo no celular até que vejo que recebi uma mensagem do YoungJae.

@irritante

— JaeBum-hyung.

@eu

— que foi?

@irritante

— quer vir na minha casa?

@eu

— de novo? Acho que já tô cansado de ir aí.

@irritante

— você não quer ficar com seu melhor amigo?

@eu

— desde quando você é meu melhor amigo?

@irritante

— eu sei que sou. Aliás eu queria te apresentar o meu "irmão", ele é filho da minha madrasta.

@eu

— Kim Namjoon? Muito obrigado mas quero ficar longe dele.

@irritante

— como você sabe?

@eu

— ele vai ser meu novo chefe.

@irritante

— ah verdade. Tinha me esquecido disso.

@eu

— hum. Depois a gente se fala.

@irritante

— VEM PRA MINHA CASA PORRA.

@eu

— ok, ok. Já tô indo.

@irritante

— Eba!!!

Sai do Kakao e fui pra casa do YoungJae.

πxπ

Chegando lá eu toquei a campainha e o YoungJae abriu, ele abriu em sorriso em sua boca ao me ver.

— vem entra. — eu entrei.

— você devia aprender a ficar um pouco longe de mim. Pelo menos um ou dois dias sabe.

— eu sei que você tava morrendo de saudades.

— nem tinha lembrado que você existia, tava ocupado demais falando com um amigo da época de escola

— e você tinha amigos lá?

— eu tinha uns 3 amigos contando com o YugYeom.

— você era pobre.

— continuo sendo pobre querido.

— eu estou dizendo que você era pobre em amigos.

— hum. — eu revirei os olhos.

Nós fomos pra sala e vimos o garoto alto de cabelo roxo.

— Namjoon-hyung! Quero te apresentar meu amigo. — o Namjoon olhou pra nós e não fez uma cara muito boa ao me ver.

— esse aí é seu amigo? — ele arqueou o cenho.

— sim, por que?

— você tem um amigo idiota.

— e ele tem um irmão irritante, igual a ele.

— hey! JaeBum-ah! Não seja mal. — eu revirei os olhos.

— tenho mais o que fazer. — falei subindo pro segundo andar.

O YoungJae veio atrás de mim, entrei no quarto dele e vivo Jungkook deitado na cama.

— o que a cria do capeta tá fazendo aqui?

— ahn? Ah oi JB.

— não me chama assim seu projeto de lixão.

— não trate o Jungkook assim. — o YoungJae falou sentando do lado dele. — ele falou que você não deixou ele ficar na sua casa então deixei ele ficar aqui.

— hum... Eu vou pra minha casa. — eu falei indo embora.

— não JaeBum!!! — YoungJae veio correndo até mim. — fica.

— não. Eu não vou ficar aguentando o meu irmão e o seu irmão num mesmo lugar, agora me deixa em paz.

Eu fui embora pra minha casa.

πxπ

Lá estava eu no meu trabalho fazendo o que sempre faço... Atendendo as pessoas. Pra minha felicidade o Namjoon não veio encher o meu saco, ele só ficou me observando a cada dois segundos e eu posso te afirmar que eu estava quase explodindo.

Acabou meu turno e eu fui pra minha casa, chegando lá vi o BamBam sem camisa assistindo TV. Sentei do lado dele e fechei os olhos por um tempo.

— vai dormir JaeBum.

— você não manda em mim. — eu abri os olhos.

— mas já é 02:00 da manhã.

— idai?

— idai que o YugYeom me disse você ficou com febre esse dias por causa disso.

— não preciso de você se preocupando comigo.

— só estou tentando ser gentil.

— gostava mais de você quando não tentava ser gentil.

— você deveria mudar sua personalidade.

— eu já estou mudando, só um trouxa que nem você que não percebe.

— mudando o caralho, continua o mesmo bostinha de antes.

— que bom que não perguntei né? Aliás, minha tia quer falar com você pessoalmente.

— o que? Eu não posso fazer isso. O que ela vai pensar quando me ver e descobrir que eu sou o seu ex?

— minha tia não faz mal nem a uma barata, imagina fazer mal a você. Fica de boa. — eu fechei os olhos novamente. — cadê o YugYeom?

— tá lá em cima com um amigo dele.

— que amigo?

— um tal de Taehyung.

— ata é o garoto mimadinho da escola.

— mimado? YugYeom tem amigos mimados?

— uhum. Esse Taehyung é chato pra caralho.

— ah, então vou evitar falar com ele.

— boa idéia.

Eu fiquei lá por um tempo até que adormeci lá mesmo.

CONTINUA...


Notas Finais


Eu espero que tenham gostado. Eu não estava muito inspirado mas acho que ficou bom :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...