História O irmão desaparecido - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 7
Palavras 980
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - A decisão esta tomada


Hoje está fazendo seis meses que meu irmão mais novo desapareceu. Todas as noites sonho com ele, esperando com que ele apareça o mais rápido possível. Os detetives que minha mãe contratou para ir atrás dele dizem que ele está morto, mas eu sei que não está. 

***

-Bom dia Filho - Diz minha mãe toda animada mas logo mudando seu ânimo- O que aconteceu filho? 

-Nada não! Só estou pensando na vida.- Disse enquanto me sentava na mesa do café 

-Está pensando em seu irmão de novo? - minha mãe disse preocupada.

-Estou! - Disse abaixando minha cabeça sobre a mesa.

-Calma filho! Ele esta bem,... eu sei que está!

***

Terminei de tomar o café e fui me arrumar para ir para a escola (O único lugar em que eu esqueço que meu irmão desapareceu). 
Chegando na escola entrei na sala de aula e coloquei a minha mochila sobre a cadeira e fui beber água, no bebedouro estava uns dos meus melhores amigos, Faustão. 

-Oi Faustão. - Disse meio desanimado 

-Opa!.. o que que aconteceu? - Faustão disse preocupado igual minha mãe hoje mais cedo 

-Nada, só... só lembrando do Yuri! 

-Cara esquece isso, os polícias disse que ele esta morto! 

-NÃO, ELE NÃO ESTÁ! - Disse gritando mas logo me acalmando - Foi mal, não quis falar assim com você 

-Esta tudo bem! 

Fomos para a sala, era aula de história e lá estava ela, a professora mais linda daquela escola, a Professora Angelina Jolie. Fiquei o apreciando a sua beleza a aula toda. O sinal tocou e a professora saiu, nossa turma ficou sozinha dentro da sala. Enquanto esperávamos o próximo professor entrar em sala, aparece o diretor

-Guilherme, você pode me acompanhar por favor! - disse o diretor ofegante, parecia que tinha corrido uma maratona. 

-Claro.

O diretor me levou até a sua sala onde havia dois policiais

-Olá, eu sou o Detetive Silvio Santos, mas pode me chamar só de Silvio. 

-Olá. - eu falei meio confuso, não estava entendo nada o que estava acontecendo.

-Bom, eu sou o detetive responsável pelo caso de seu irmão, Yuri Miranda, você pode nos acompanhar até a delegacia? 

-Mas é claro. 

Chegando na delegacia o Detetive Silvio me levou para uma sala escura que só tinha uma mesa e duas cadeiras 

-Então Guilherme, sente-se e me responda algumas perguntas... Quando foi a última vez que viu o seu irmão? 

-A exatamente seis meses

-Ok - e continuamos o interrogatório, ele perguntou qual foi o último lugar que eu o vi e esse tipo de coisa. Depois disso tudo ele me levou para casa, onde eu fui direto para o meu quarto sem nem olhar para os lados. Escuto minha mãe conversando com o Detetive e depois escuto a porta bater muito forte. 

-Mãe? O que ele te falou? 

-Nada de mais, só que...

-Só que o que? 

-Só que eles vão sessar o caso do Yuri. - Disse enchendo os olhos de lágrima 

-O que? Eles não podem fazer isso! 

-Filho se acalma.

-Não, não vou me acalmar, ele me tirou da minha aula para...

-Ja tomei minha decisão, Não precisamos mais dele!!! - Disse minha mãe aumentando o tom de voz e logo depois diminuindo 

-Como assim não? 

-Vamos procurá-lo sozinhos.

-Ta, mas como? 

-Vamos sair essa noite e procurá-lo, se não acharmos, saímos de novo e assim até nós conseguirmos encontrar o meu filho! Só precisamos de mais duas pessoas! 

-Já que é assim, eu topo! Mas quem vamos chamar? 

-Chame um amigo seu e eu irei chamar uma amiga minha que também é policial! 

-Tá bom, vamos achar o Yuri 

***

Ligação on 

-Alô, Faustão? 

-Oi Guilherme, está mais tranquilo?

-Estou, preciso de você! Você pode vir para a minha casa agora? 

-O que? São 21:30, meus pais não vão deixar!!! 

-Minha mãe vai te buscar, aí você dorme aqui em casa hoje! 

-Tá bom! Vou falar com meu pai, espera um pouco 

-Ta bom 

-...Pronto falei com ele! Ele deixou 

-Ótimo! Quando chegar aí eu te ligo! 

-Ta bom, vou arrumar minhas coisas 

Ligação off


-Pronto mãe, chamei o Faustão, mas temos que buscar ele!!

-Sem problema, a gente busca! Minha amiga chega daqui a uma hora! 

***

Já tínhamos buscado o Faustão estávamos só esperando a amiga da minha mãe chegar para poder explicar o que íamos fazer. A companhia toca e eu vou correndo abrir a porta e lá estava ela... Angelina Jolie, nossa professora de história 

-Professora o que está fazendo aqui? 

-Oi Guilherme, sua mãe me chamou! Por que a surpresa? - perguntou a professora com cara de confusa 

-Nada não, pode entrar! 

A professora entrou, comprimento o Faustão e a minha mãe também! 

-Beyonce amiga, quanto tempo! - diz a professora 

-Angelina, que bom te ver de novo!

-Ok gente, chamamos vocês dois aqui para vocês nos ajudarem com uma coisa... achar o Yuri! Vamos sair essa noite para procurá-lo! Só precisamos que vocês dois nos ajudem!

-Eu topo! - os dois falaram juntos 

-Ótimo! Estou confiante que hoje a gente acha o meu filho!

-Mas o que a gente precisa fazer? - pergunta Faustão confuso

-Vamos levar comida e armas! Se algum bicho tentar atacar ou alguém nos ameaçar, atacamos com as nossas armas . - disse minha mãe confiante 

-Hmmm - disse Faustão de um modo que estivesse totalmente esclarecido 

-Mãe, a senhora falou que ia chamar a sua amiga policial... Cadê ela? - falei baixo para que só minha mãe ouvisse 

-Uai! Esta ali conversando com o Faustão 

-Não mãe! Aquela é minha professora de história! 

-Mas a noite ela é policial! Isso que importa agora! 

-Então ta! 

-Estamos prontos - diz Angelina com um sorriso no rosto 

-Ótimo vamos! - minha mãe abre a porta de casa e vai andando até o carro, enquanto nos vamos atrás dela! - Primeira parada... Bosque de Whinderburg!
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...