História O segredo das Esmeraldas - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruto, Sasusaku, Segredos
Visualizações 79
Palavras 1.662
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie amores mil bjks e boa leitura a todos !

Capítulo 6 - Querida esposa


Fanfic / Fanfiction O segredo das Esmeraldas - Capítulo 6 - Querida esposa

~ Sasuke On ~

 

 

       Estávamos deitados no sofá ela repousava a cabeça sobre meu peito e eu a acariciava,até tentei assistir ao filme mas não conseguia parar de olha-la o cheiro doce dos cabelos dela invadiam minhas narinas e o toque dela ao meu corpo me fazia querer te-la ao meu lado para sempre,algum tempo depois a vi adormecer em meus braços porém continuei a observa-la dormir serena,levei a ponta dos dedos até seu rosto a acariciando e ela se aconchegou ainda mais ao meu corpo lhe dei um beijo ao topo da cabeça e fechei os olhos adormecendo.

            Algum tempo depois acordei dolorido devido ao pouco espaço do sofá,sorri ao vê-la agarrada ao meu corpo e com cuidado a segurei nos braços e a levei para o quarto.A deitei na cama com sutileza a última coisa que queria era acorda-la,a cobri com um lençol e me dirigi ao banheiro precisava urgente de um banho.Entrei no chuveiro e fechei os olhos enquanto sentia a água escorre por meu corpo fiquei assim por algum tempo até que senti mãos pequenas me acariciarem as costas,sorri de leve enquanto ela me abraçava me virei para a mesma a puxando pela nuca iniciando um beijo lento.

      Minhas mãos percorriam aquelas curvas acentuadas enquanto minha boca explorava seu pescoço ela soltava alguns gemidos enquanto eu a pressionava contra a parede do box estávamos indo a loucura,arfei transbordando de desejo quando senti aquelas unhas me arranharem as costas,mordiquei os lábios ao vê-la me olhar de forma provocativa enquanto se ajoelhava a minha frente,com maestria me masturbou de um jeito gostoso enquanto me olhava e lambia os lábios,soltei um gemido alto quando ela abocanhou o meu membro,a segurei pelos cabelos a ajudando com os movimentos enquanto arrepios intensos me subiam a espinha.

- Porra,isso é maldade . - Resmunguei em meio a um gemido.
 

              A safada apenas sorriu em meio a uma lambida generosa,eu estava prestes a gozar quando a levantei com cuidado e a pus em meu colo a pressionei contra a parede e voltamos a nos beijar,a penetrei lentamente enquanto a observava gemer alto e ofegante ela era incrivelmente gostosa e o jeito como sussurrava o meu nome era instigante,segurei aquele bumbum farto com vontade enquanto ela quicava gostoso,meu membro pulsava loucamente dentro daquela bucetinha apertada comecei a estoca-la mais forte,senti ela me apertar em meio a um gemido alto e finalmente gozamos juntos,sorri de lado enquanto ela se desmanchar em meus braços e deitava a cabeça sobre meu peito.

   A desci com cuidado e lhe dei um beijo terno,tomamos um banho calmo com direito a caricias e selinhos um dos melhores banhos que eu já havia tomado em toda minha vida e algum tempo depois voltamos para o quarto,conversamos um pouco tentei descobrir algo mas ela como sempre se mantinha misteriosa,mas confesso que estava adorando aquele jogo de sedução.

 

- Que horas devem ser ? - Perguntou em meio a um bocejo.

- Não faço ideia . - Me sentei na cama e a coloquei sentada no meu colo. - Por que está pensando em ir embora? 

- Não seu bobo . - Me roubou um selinho enquanto sorria graciosamente.

- Que bom por que eu não iria deixa-la ir. 

 

Nos deitamos e começamos a fazer amor novamente...

 

❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃❃

 

 

~ Sakura On ~

 

 

       Depois de passar uma noite incrível acordei com alguns raios de sol que entravam por uma brecha da cortina,notei que estava de conchinha com o Uchiha tomei todo o cuidado para levantar sem acordá-lo,fui até o banheiro e quando já estava prestes a sair escultei o toque do celular ecoar pelo quarto.

- Puta que pariu,quem é que está me ligando ? - Resmunguei baixinho 

- Será que esse bem dito aparelho não vai parar de tocar nunca ?!  - Reclamou mal humorado.

-  Me desculpe. - Me aproximei dele com um sorriso forçado,peguei telefone e ao visualizar a hora quase surtei . - Que merda eu preciso ir. - Me joguei na cama desanimada enquanto ele se aproximava.

- Até que minha camisa lhe caiu bem . - Me envolveu num abraço enquanto me olhava nos olhos . - Não vá agora .

-  Eu também não quero ir. - Sussurrei deixando o celular de lado . Prometo que voltarei. -  Respondi desolada e lhe beijei o ombro.

- Isso é tortura. - Reclamou me puxando para um beijo.

 

       Depois da luta para para deixa-lo sozinho naquela cama espaçosa o desafio era encontrar minhas roupas,rodei pelo quarto até conseguir acha-las já estava quase pronta quando finalmente achei minha camisa embaixo dele de forma astuta.

- Poderia me jogar por favor ? 

- Por que não vem buscar. - Sorriu de jeito sacana como se planejasse algo.

 

                       Não resisti aquele olhar me aproximei engatinhando sobre a cama e me sentei sobre seu quadril.Sacudi a cabeça levemente desfazendo o coque que prendia meus cabelos me senti como um imã sendo atraída por ele até que nossos lábios se encontraram.

- Eu não vou te deixar sair daqui.

            - Por favor S-Sasuke-kun não torne isso mais difícil. - Acariciei sua face tentando me controlar estava a beira de agarra-lo,até que o vi desviar o olhar.

- Me desculpe. - bufou desanimado . - Não vai me dizer qual seu nome ?!

       - E isso é realmente é importante? - Puxei com delicadeza a blusa que estava abaixo dele. - Como foi mesmo que me chamou ontem a noite?!.

- Bela,eu te chamei de Bela. - Se levantou um pouco para que eu pudesse puxar a blusa. 

-  Obrigada. -  sacudia blusa que parecia ter saído da boca de um boi . -  Nossa como está amarrotada. 

-  Você ainda não me disse seu nome. - Insistiu .

 Então sou Bela,sua Bela. ― Coloquei a blusa do jeito que estava e tentei desamassa-la um pouco. 

 

  Quando dei por mim já estávamos quase nos beijando de novo ele me olhava de forma intensa mordiscando de leves os lábios quase me convencendo a ficar com ele.

- Não se preocupe nos veremos de novo. - Suspirei desanimada pois queria ficar com ele toquei meus lábios com as pontas dos dedos e após toquei os dele. 

 

                Antes que pudesse mudar de ideia peguei minha bolsa catando meus poucos pertences entrei no banheiro  onde com um batom vermelho escrevi meu novo número de celular no espelho,senti o celular vibrar dentro da bolsa eu já estava atrasada então sai depressa do banheiro o roubei um beijo e sai do apartamento.

 

              Eu caminhava na calçada me lembrava que havia passado por um super mercado quando estava no carro e precisava comprar algumas coisas,depois de um tempo caminhando finalmente encontrei o bendito peguei uma cestinha de compras e entrei me perdendo em uma sessão de chocolates.Um tempo depois eu estava distraída lendo um rótulo de shampoo quando senti alguém me dar um tapa forte na bunda.Me virei furiosa pronta para matar quando dei de cara com a ultima pessoa que queria ver no mundo.

 

- Oi minha querida esposa . - Falou de um jeito debochado enquanto eu estava paralisada 

- Sa-Sasori . - Falei com voz embargada.

      Senti o desespero tomar conta de mim e virei rapidamente na intenção de fugir ele porém me segurou forte pelo braço me puxando de forma brusca e me pressionando contra as prateleiras,para minha infelicidade não havia ninguém por perto meu coração estava apertado e eu não sabia o que fazer.

- Você continua uma gata . - Se aproximou cheirando meus cabelos.

- Me solta agora ! - Fechei os punhos o olhando furiosa.

- Nossa bebê por que você está tão nervosa,não sentiu saudades ? - Apertou minhas bochechas e meu braço com força.

- Sasori me solta agora se não eu grito ! - Protestei enquanto ele me apertava cada vez mais forte.

- Grita pra você ver o que eu faço com você . - Sussurrou próximo ao meu ouvido enquanto encostava uma arma ao meu ventre. - Você esqueceu do que fez ? você me tirou o que eu mais amava. Falou entre os dentes apertando o cano da arma contra mim. 

- Eu não fiz nada,foi você acabou com a minha vida seu desgraçado !

 

        Num ato de desespero chutei a virilha dele com o joelho e corri o máximo que pudia,mesmo mancando o desgraçado corria atrás de mim  saí do supermercado como uma bala e atravessei o sinal sem nem ao menos olhar para os lados quase fui atropelada por um carro que graça a Deus conseguiu desviar eu estava ofegante e havia corrido uma boa distância,como não o vi mais parei para descansar um pouco achei que tinha me livrado dele até que uma moto preta se aproximou,não tive dúvidas que era ele tentei correr mas ele me encurralou desceu da moto e apontou a arma a minha direção.

 

- Sua vagabunda,eu vou te matar assim como você fez com o nosso filho !

- Então mata,pode me matar seu desgraçado mas quem matou nosso filho foi você ! - 

- Olha aqui sua puta de merda,você vai voltar comigo e tudo vai ser como antes.

- Eu prefiro morrer a voltar com você !

      Me puxou com força e tentou me beijar enquanto apontava a arma para minha cabeça,tentei me afastar daquele beijo nojento e quando ele finalmente ele me soltou o cuspi na cara.Ele limpou o rosto me olhando furioso e então me acertou um soco no estômago me fazendo cair de joelhos enquanto uma dor aguda tomava conta de mim,eu mal conseguia respirar enquanto ele sorria debochado até tentei me levantar mas minhas pernas não conseguiam suportar o peso do meu corpo,não tive dúvidas ele iria me matar.

 

- Por que você me obriga a fazer essas coisas hein ? - Me rodeou colocando a arma na cintura. - Tão linda quanto burra,é uma pena Sakura. . 

 

       Tudo parecia estar perdido até que ouvi uma voz familiar...

 

- EI SE AFASTA DELA AGORA !!! 

....

 


Notas Finais


Não percam o próximo cap...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...