1. Spirit Fanfics >
  2. O Zelo Do Uchiha >
  3. Capítulo 35

História O Zelo Do Uchiha - Capítulo 35


Escrita por:


Notas do Autor


espero que gostem...<br />*aviso*<br />hentai até demais

Capítulo 35 - Capítulo 35


Fanfic / Fanfiction O Zelo Do Uchiha - Capítulo 35 - Capítulo 35

Sasuke on

Depois de chegarmos a nossa casa na Grécia Sakura já foi dando em cima de mim e vamos ser realistas eu gostei mas achei muito estranho, garota bipolar

-Vamos ter um bebê- ela falou do nada depois de termos transado

-Você quer um bebê?- acariciei seu rosto

-Quero ter uma família com você- sorri, o que eu mais quero é uma família com a Sakura e saber que ela também quer isso me deixa tão feliz mas lembrei da minha conversa com a tia dela e meu sorriso foi se desfazendo- Você não quer ter uma família comigo?

-O que eu mais quero é passar todos os minutos ao seu lado e ter um bebê com você seria a coisa mais incrível que me aconteceria- falei sinceramente 

-Então vamos fazer isso se tornar realidade, eu quero ser sua para sempre, me torne sua e vamos ter um bebê- se ela insistir nisso eu vou acabar cedendo 

-Você tem 18 anos e eu 21 não quero te prender a algo assim, você tem muito o que fazer- falei cravando o maxilar

-Eu falei que eu não to nem aí pra isso, desde que você esteja ao meu lado eu faço tudo por você- ela encostou no meu rosto mas eu abaixei minha cabeça

-Vou preparar algo pra gente comer ou você quer sair?

-Tanto faz- ela falou virando o rosto

-A gente tem muito tempo para falar sobre isso, Sakura...- ela não está me olhando, segurei no seu rosto fazendo ela me olhar- Eu te amo- falei e a Sakura só me olhou com seus olhos brilhando, dei um sorriso de lado e mesmo ela não me respondendo e fazendo essas carinhas fofas dela eu me sinto feliz e triste ao mesmo tempo, dei um beijo na sua testa e me levantei. Fomos almoçar e depois visitamos alguns lugares e voltamos para casa onde transamos até a Sakura não se aguentar de quatro

-Xeque mate- Falei, estamos no deque da piscina jogando xadrez 

Faz uma semana que estamos aqui e visitamos alguns lugares mas como a Sakura está no período dela ela está bem sensível e normalmente não quer sair

-Tá empatado- ela falou comendo o morango com a nutella dela

-Você sabe que não tá- falei 

-Aquela não valeu- ela falou e eu neguei com a cabeça sorrindo de lado

-Mas uma para desempatar então

-Amanhã- ela se levantou e me abraçou, me virei de frente para ela e abraçei a sua cintura 

-Tudo bem?- perguntei 

-Uhum só... to cansada- ela falou alisando o meu cabelo, me afastei dela e olhei em seus olhos

-Vai deitar, vou preparar algo para comermos e levo na cama pra você- ela sorriu e me deu um selinho

-Você é perfeito senhor Uchiha- ela falou sorrindo e saindo andando, fiquei olhando para aquela bunda, ela está com a minha camisa 

Me levantei e preparei macarrão com molho branco e um suco natural de laranja. Terminei e levei em uma bandeja pra ela que está deitada assistindo tevê, voltei e busquei a minha e me sentei do lado dela

-Ta muito gostoso, obrigada- ela falou limpando a boca e tomando suco

-Tá sujo no canto da sua boca- falei e ela me olhou passando o dedo e o enfiando na boca chupando ele com malícia 

-E agora?- sorri de lado e virei pra tevê

Quando terminamos de comer eu levei as coisas para cozinha, lavei e depois voltei pro quarto e me deitei do lado da Sakura que estava de lado com os olhos fechados

-Faz cafuné no meu cabelo?- ela falou e se deitou no meu peito e assim eu fiz- Você promete nunca me deixar?- ela falou e eu cravei meu maxilar

-Prometo chorona

-Não sou chorona... Sasuke se você nunca desistir de mim eu nunca desistirei de você- ela se encolheu no meu colo, dei um beijo na sua cabeça 

-Acho que deveríamos parar de fazermos promessas que seremos incapazes de cumprir- falei minutos depois e segurei forte no seu braço a trazendo para mais perto do meu colo- Eu prometo que mesmo se nós separamos eu vou te procurar e ficarei ao seu lado, custe o que custar

-Não vou me esquecer dessas palavras- ela me olhou, achei que ela estava dormindo- Então procure cumprir a sua palavra- ela encostou na minha boca, sorri assim como ela e dormimos juntos

Acordei com a Sakura se debatendo na cama

-Sakura- chamei ela

-Sasuke não- ela falou se debatendo, estranhei

-Sakura é um sonho- me sentei e segurei nós seus ombros e comecei a balançar ela

-Por favor não- ela falou 

-Sakura acorda- ela abriu os olhos e me deu um tapa no rosto, não foi tão forte mas... fiquei um tempo com meu rosto virado

-Sasuke me... eu... sinto muito- ela falou encostando sua testa no meu peito- Eu não queria- ela falou chorando- Me desculpe, me desculpe Sasuke- ela não parava de falar enquanto chorava

-O que você sonhou?- perguntei sem encostar nela, fiquei olhando para parede enquanto ela me abraçava e chorava

-Nos meus sonhos você é sempre violento comigo e está sempre bravo mas a gente só discutia e sempre que passávamos disso eu acordava mas hoje...- ela chorou, cravei meu maxilar- Você fez a mesma coisa que o Utakata e o Sasori

-Então não é a primeira vez que você sonha comigo assim?

-Uhum- ela me abraçou mais forte- Eu fiquei com medo de você mudar comigo se soubesse que eu voltei a ter os pesadelos ainda mais com você- agora tudo está explicado o porque dela ter ficado distante esses últimos dias- Me desculpa

-Eu... não sei o que dizer- falei colocando minha mão nas suas costas e a outra na sua cabeça- Pela primeira vez eu não sei o que dizer Sakura

-Diz que vai ficar tudo bem e que você não vai desistir de mim agora, diz Sasuke, por favor, fala

-Eu não vou te deixar- abracei ela em um abraço apertado 

Sakura voltou a dormir já eu não consegui, fiquei olhando para a água que escorria na porta da sacada

-Oi- Sakura falou encostando no meu braço- Está chovendo? estragou nossos planos pra hoje- ela falou naturalmente, olhei pra ela- Seu rosto está vermelho aconteceu alguma coisa?

-Você teve algum pesadelo?- perguntei 

-Não que eu me lembre, foi eu quem fiz isso com você?

-Não, eu que dormir demais desse lado- sorri e dei um beijo na sua testa

-Aí- ela gemeu de dor

-O que foi?

-Colica do nada- ela falou encostando na barriga

-Vou preparar a banheira pra você- me levantei e fui ao banheiro e comecei a encher ela então senti os braços da Sakura no meu peito, ela está me abraçando por trás 

-Eu quero tanto você dentro de mim- ela falou, Sakura é tão bipolar

-Quando acabar seu ciclo a gente pode brincar à vontade

-Fala de outro jeito, não gosto quando você usa palavras normais isso não me excita- ela passou sua mão pelo meu peito, me virei de frente pra ela e segurei no seu rosto

-Eu vou te comer de um jeito que até as pessoas do outro lado da cidade vão escutar você gemer, no dia seguinte você não vai conseguir andar pois não vai sentir suas pernas e sua buceta vai ficar tão sensível que quando eu te fuder de novo você vai...- eu finalmente me toquei no que eu estava falando e prestei atenção nós seus olhos que brilhavam 

-Eu vou...

-Quem sabe o que pode acontecer com ela?- eles brilharam mais

-Só você que sabe me excitar com palavras Sasuke- ela colocou a mão no meu peito e me beijou num beijo desesperado mas lento e gostoso com direito a mordida, segurei na sua bunda forte e ela acariciou meu pau por cima do meu moletom

-Tome seu banho- falei parando o beijo

-Toma comigo, o Sasuke jr. já está acordado deixa eu terminar o que comecei- ela falou segurando na barra do meu moletom

-Eu tenho que fazer um negócio agora- ela me olhou com os olhos estreitos

-Humm tá- ela me deu um selinho e eu sai dali a deixando sozinha no banheiro e desci para o deque perto da churrasqueira onde não estava chovendo, acendi um cigarro e liguei para Tsunadele

ligação on

-Oi Sasuke, aconteceu alguma coisa?

-Sakura teve um pesadelo e me deu um tapa quando ela acordou depois eu perguntei se ela se lembrava de algo ela disse que não 

-Quanto tempo ela tem tido os sonhos?

-Ela falou que faz um tempo mas não me contou

-Ela já não precisa tomar remédios pois a psicóloga tirou

-O que eu devo fazer? 

-Eu não sei, só tente consolar ela mas vocês brigaram pra ela tá sonhando assim?

-Não, a gente não brigamos exceto uma vez mas ela teve os pesadelos comigo antes disso

-Ela deve estar nervosa porque quando voltar conversaremos sobre a faculdade 

-Ela ainda não falou sobre isso comigo

-Você sabe como ela é 

-Tenho que ir, qualquer coisa eu te ligo

-Obrigada por ter me ligado, tchau Sasuke

ligação off

-Sasukeee- escutei a Sakura me gritando, apaguei meu cigarro e subi para o quarto indo ao banheiro 

-Que foi?

-Esfrega as minhas costas?- ela estava com a esponja na mão me olhando, ela se arrumou e eu fui até ela e passei a esponja nas suas costas e passando a minha mão no seu ombro, virei ela fazendo que me olhasse e a beijei, levei minha mão ao seu peito onde apertei e ela deixou sua mão no meu pescoço

-Falta quanto dias pra acabar?- perguntei me sentando na ponta da banheira 

-Não sei a minha é desregulada- ela estava brincando com a água- As vezes uma semana, um mês ou três dias depende mas eu to me entupindo de água então logo logo deve acabar

-Hum- coloquei a minha mão na borda da banheira e senti sua mão sobre a minha, ela a pegou e colocou no seu rosto

-Ainda está chovendo?

-Sim- falei

-Bom vou fazer comida pra gente, toma banho- ela se levantou e tirou a água da banheira 

-Eu faço não, precisa...

-Você tem feito muito por mim, deixa que eu faço a comida hoje- ela sorriu e saiu do banheiro

Fui ao chuveiro e tomei um banho gelado e depois troquei de roupa e fui até a cozinha onde a Sakura está fritando linguiça e fazendo arroz e outras coisas. Comemos e realmente ficou bem gostoso

Se passou mais 4 dias desde o sonho que a Sakura me bateu

-Bom dia- ela falou se sentando no meu colo e me dando um selinho, deixei minha mão na lateral da sua coxa, estou sentado na mesa tomando café 

-Bom dia como foi a noite?- perguntei 

-Legal e a sua?- ela pegou um morango

-Boa também 

-Vamos fazer alguma coisa hoje?

-Sim, visitaremos alguns lugares, to doido para ver o Templo de Poseidon 

-Então vamos ver- ela saiu do meu colo e se sentou do meu lado e começou a comer 

Depois que comemos trocamos de roupas e fomos ver vários lugares como a Acrópole de Atenas, Cnossos, a Olímpia e o Templo de Poseidon

-Vamos para mais algum lugar?- perguntei então a Sakura segurou bem forte na minha mão olhei para ela que está com a mão dela na cabeça 

-Vamos ver a Creta?

-O que foi?- perguntei então ela me olhou

-Nada, vamos- ela sorriu

-Não acho..

-Vamos logo- ela pegou na minha mão e fomos ao carro e depois de alguns minutos estávamos na Creta- Que lindo- Sakura falou olhando- Foi aqui que Zeus nasceu

-Vamos para outra ilha e ficar no meu iate?

-Vamos- ela colocou o braço no meu pescoço ficando de frente pra mim- Você vai me rejeitar igual da última vez?- coloquei minha mão na sua cintura

-Não, pelo contrário vamos fuder em tudo qualquer canto lá 

-To começando a gostar- ela falou e me deu um selinho

Voltamos para o carro que se dirigiu até a ilha de Lefkada, saímos do carro e fomos até meu iate. Adentramos e como sempre a Sakura começou a olhar cada canto

-Podemos ir senhor Uchiha?- o capitão falou

-Quantas pessoas têm aqui?

-Quatro contando comigo senhor, reduzi as pessoas como o senhor mandou

-Ok, pode ir e fala pra alguém mandar martinis pra mim depois- falei com a mão nós bolsos e o mesmo saiu, fui até a ponta do iate. 

-Ele é muito lindo- Sakura falou me abraçando por trás- Tem nome?

-Sakura- falei

-Meu nome é o nome do barco?- olhei pra ela e segurei na sua mão 

-Gostou?

-Sim- ela me deu um selinho 

-Aqui senhor Uchiha- um empregado trouxe nosso martini, peguei as duas taças e ele foi embora

-O que é isso senhor Uchiha?- Sakura perguntou 

-Martini- falei e ela pegou 

-Quer me embebedar? era só ter me dado dois copos de caipirinha

-Bom saber- ela riu e se segurou na barra de ferro do iate, fiquei de lado olhando pra ela, o vento assim como bagunçava meu cabelo jogava o dela para trás, ela fechou os olhos e depois me olhou e me beijou, segurei a sua taça e a minha e a peguei no colo indo para dentro

Dei a taça para um dos empregados no caminho e fui ao quarto, deitei a Sakura na cama e tirei a minha camisa e fiquei entre as suas pernas 

Ela inverteu as procissões ficando no meu colo rebolando enquanto nós beijávamos, deixei a minha mão na sua coxa e subi ela e tirei o seu vestido a deixando só de calcinha 

Troquei as posições e beijei seu pescoço e fui descendo os beijos com lambidas e mordidas até seus seios onde brinquei com os bicos 

-Só nisso eu já to toda molhada- Sakura falou, olhei para ela e sorri, a beijei e desci minha mão para dentro da sua calcinha massageando seu clitóris 

-Toda molhada e eu nem fiz quase nada- falei com minha mão no seu rosto e passando meu dedão na sua boca, ela o chupou

-E está demorando tanto assim para fazer porque?- ela falou quando terminou de chupar meu dedo

-A pressa é inimiga da perfeição- sorri de lado e ela me puxou para um beijo, enfiei dois dedos nela e os movimentei lentamente 

-Hummm- Sakura gemeu durante o beijo

Me levantei e tirei a minha calça e cueca, segurei nas coxas da Sakura e a trouxe perto de mim e enfiei nela, comecei a movimentar lentamente- Sasukee- ela falou segurando no lençol 

-Minha cachorra safada, continua gemendo meu nome- coloquei uma mão na cama e uma mão na sua cintura e subi ela para o seu pescoço 

-Mais rápido Sasuke haaaah- Sakura gemeu. Acelerei as estocadas enquanto beijava e apertava seu peito- Que perfeito, seu pau está tão duro dentro de mim

-E olha que eu não to nem perto de gozar- ela jogou a cabeça para trás e gemeu

Coloquei meus dois joelhos na cama e abri suas pernas continuando a meter bem forte e fundo

-Eu consigo ver desse jeito, ele entrando e saindo dessa buceta gostosa- falei massageando seu clitóris 

-Não Sasuke-kun... isso annwww... é muito vergonhoso não olhe- Sakura falou, olhei pra ela que está corada 

-Tá com vergonha agora safada? você quase implora pra mim te comer e tá com vergonha?- fui devagar mas fundo, coloquei minhas duas mãos ao lado da sua cabeça, ela entrelaçou sua perna na minha cintura, toquei no seu rosto e beijei ela que me arranhava

-Sasukee me bate- ela falou e assim eu fiz, dei um tapa no seu rosto deixando minha mão no seu pescoço e acelerando as estocadas- Eu acho que to no... meu limite- Sakura falou sem fôlego

-Mas já?- falei no seu ouvido e mordendo seu pescoço, desci minhas mão ao seu clitóris e o massageei e a Sakura gemeu alto dando o aviso que gozou- Eu não falei que você podia gozar- tirei meu pau dela que está todo melado

-Desobedeci você senhor Uchiha, vai ter que me castigar- ela se levantou ficando igual uma cachorrinha e veio andando até mim, segurou no meu pau e passou a língua nele

Segurei com força no seu cabelo o puxando para trás, ela sorriu safada de um jeito que só ela sabe, trouxe ela para mais perto e enfiei ele na sua boca e comecei a controlar os movimentos enfiando no fundo da sua garganta, sua boca que me aperta me fazendo quase gozar 

-Desse jeito eu não aguento- Sakura falou quando eu tirei meu pau da sua boca

-Esse é o seu castigo agora me chupe com muita vontade- ela continuava a sorrir, quando terminei de falar seus olhos brilharam, ela abriu sua perna ainda sentada e segurou no meu pau

Passou sua língua na minha cabeça fazendo movimentos circulares enquanto me olhava e o enfiou inteiro na boca depois bateu uma

-Seu pau é tão gostoso- ela falou e chupou só a cabeça, estava quase gozando na sua boca, coloquei seu cabelo para trás e só segurei ele pois apesar de tudo Sakura sabe fazer um boquete digno sem que eu controlasse e olha que ela falou que não tinha experiência nisso

Ela estava usando a boca e mão, ambos estavam apertando meu pau. Sakura segurou na minha cintura e começou a enfiar no fundo da sua garganta 

-Hum- gemi e joguei a minha cabeça para trás, coloquei meu pau inteiro na sua garganta até não ver mais nada dele e gozei absurdamente na sua boca, transbordou gozo da boca dela, tirei meu pau todo melado da sua boca e toquei no seu rosto fazendo ela olhar pra mim

Ela passou a mão no canto da boca limpando o vestígio de gozo e chupou seu dedo, seu olho lacrimejando 

-Sasuke não precisa se segurar, pode fazer o que quiser comigo eu quero que você realize suas fantasias comigo hoje- ela falou me olhando nós olhos, cravei meu maxilar, fui indo para trás e a Sakura também até ela ficar deitada e eu sobre ela, comecei a beija-lá 

-Quer tanto que eu domine você?- perguntei segurando seu pulso sobre a sua cabeça 

-Quero

-Implora, você não me implorou o suficiente 

-Me domine Sasuke, quero ser fodida amarrada... me use e abuse de mim eu quero você e realizar seu fetiche- beijei ela, meu pau ficou duro

Coloquei ela de quatro e enfiei na sua buceta, dei um tapa na sua bunda e ela se empinou toda pra mim abrindo mais sua perna

-Você é perfeita, a cachorra que eu sempre quis a puta safada que eu sempre desejei- falei movimentando rápido enquanto seguro na sua cintura e dou tapas 

-E eu sou toda sua Sasukeeee- ela gemeu pegando a minha mão e colocando na sua cabeça, segurei forte no seu cabelo e eu fui mais rápido

-Repete pra mim, pro seu dono vagabunda

-Eu sou sua cachorra, só sua senhor Uchi... haaaa

-Só minha- joguei minha cabeça para trás e comecei a ir devagar mas a Sakura tomou controle da situação e começou a ir rápido enquanto rebolava

Fiquei fudendo aquela buceta com ela de quatro pra mim por longos minutos, sua bunda já estava bem vermelha assim como as suas costas toda arranhada, Sakura está toda curvada para mim e contraindo sua buceta no meu pau

Ela está extasiada de tanto prazer, por um instante eu parei de meter e ela caiu pro lado, sem forças nem para se manter em pé, então a coloquei de frente novamente e fiquei em pé no chão e a puxei para a ponta da cama, chupei ela é dava para sentir a buceta vibrando na minha boca com um gosto delicioso e quente, me dediquei no oral, chupando e metendo meu rosto, língua é inevitavelmente a Sakura gemeu segurando no meu cabelo, ela gemeu meu nome bem alto. Meti nela de novo

O fogo da Sakura não apagava, foi como ela disse uma vez, juntos botamos fogo em tudo

-Me xinga e me bate Sasuke- ela implorava entre gemidos, apalpei seus seios enquanto metia bem rápido nela

-Que buceta deliciosa você tem vagabunda- falei dando um tapa no seu rosto e enfiando um dedo na sua boca que estava aberta- Seus peitos saltitando me deixa com tanto tensão, sabia que eu gosto do seu corpo? ele é extremamente perfeito- ela me olhou e revirou os olhos, arqueando suas costas e segurando no lençol da cama, segurei na sua cintura e a mesma gozou de novo, me deitei na cama vendo que a Sakura estava sem forças mas mesmo assim ela se sentou no meu colo enfiando meu pau na sua buceta 

-Achou que eu não ia cavalgar pra você?- ela perguntou com a mão no meu peito indo para frente e para trás 

-Então cavalga bem gostoso safada- segurei na sua cintura e me sentei dando lambidas no seu peito

E ela cavalgou mesmo, bem gostoso. Entre tapas e mordias ela rebolava, ia lento e rápido, para cima e para baixo, frente e para trás me deixando louco e quase gozei mais quem continuou gozando foi ela

Quando ela não aguento mais saiu de cima e deitou novamente, eu já estava chegando no meu limite para não gozar

A coloquei de quatro de novo e comecei a socar nela bem violento, dava tapas na sua bunda e puxava seu cabelo, Sakura só gemia mais alto e implorava pra eu gozar na sua boca falando que já iria gozar de novo, comecei a ir mais rápido e não consegui me controlar e acabei gozando junto com ela, enchendo a buceta dela de leite gemendo alto assim como ela

Quando acabou me deitei ao lado dela todo soado, puxei ela para se deitar no meu peito dei um beijo nela e fiz carinho

-Você é tão gostosa- falei no seu ouvido e só isso foi o suficiente para arrancar um sorriso de tanta surra de pau que dei nela

Sakura está toda mole, aparenta estar bem cansada então melhor acabar com o sexo por hoje

-Já acabou?- ela perguntou 

-Você tá cansada, descansa- falei fazendo cafuné no seu cabelo 

-Eu ainda posso...

-Se você aguentar quicar em mim vem que eu te fodo até o amanhecer- Sakura me olhou e sorriu

-Tá eu estou cansada- ela colocou a mão no meu peito e seu rosto sobre ela

-Você cansou rápido, temos que ver isso

-Eu andei demais hoje, to bastante cansada mas prometo que da próxima vez eu vou aguentar mais- ela me olhou e me deu um beijo- Você não fez o que te pedi- ela falou, a deitei na cama e fiquei por cima dela

-Você não aguentaria Sakura, estou te poupando- mesmo eu falando que faria isso quando ela pedisse eu não consigo ainda mais eu sabendo que ela tem pesadelos assim comigo

-Quem disse que quero ser poupada? eu quero você- sorri de lado, acho que ela entraria em pânico se usasse algemas afinal ela já usou e não foi bom

-Sua buceta tá doendo?- perguntei olhando pra ela

-Não

-Ela não dói quando transamos demais?

-As vezes, para de fugir do assunto

-Você aguenta mais uma vez? 

-Quantas vezes você quiser- ela me puxou para um beijo

-Então vou te mostrar pelo que te aguarda Sakura- me levantei e peguei duas gravatas, amarrei seu pé e sua mão- Se eu te mandar fazer algo obedeça se desobedece lhe darei um castigo mas se eu passar dos limites me mande parar, eu não sei o que posso fazer agora te vendo vulnerável a mim

-Só faça

Neguei com a cabeça e beijei ela, peguei sua mão amarrada e deixei levantada sobre a sua cabeça, apertei seu peito e a mesma gemeu, beijei seu pescoço e depois seus peitos enquanto uma de minhas mãos alisava seu clitóris 

-Sasuke- Sakura me chamou, segurei no seu pescoço e beijei ela

-Você quis experimentar e eu estou te mostrando, eu não cheguei na melhor parte ainda- falei e a coloquei de lado, lambi sua buceta e depois mordi sua bunda e dei um tapa bem forte

-Humm- ela gemeu

-Pronto?- perguntei e a mesma concordou e eu enfiei meu pau de uma vez nela, segurei na sua cintura e joelhos, meti lento e fundo

-Acelera e me bate- ela falou

-Quer que eu te bata safada?- falei dando um tapa na sua bunda- Gosta assim?- dei outro e outro

-Amo- ela gemeu, comecei a acelerar mais rápido e mais rápido, dava tapas sem parar e xingava ela, a coloquei de quatro e lubrifiquei a entrada de trás com a minha língua, enfiei um dedo e depois dois para não doer tanto quando enfiasse meu pau- Sasuke não...

-Você ficou bem apertada aqui, acho que meu pau não vai entrar- falei tentando enfiar ele

-Sasuke

-Relaxa se não eu não vou...

-SASUKEEE- Sakura gritou, parei e cai na real

-O que eu to...- a virei de frente e desamarrei seu pé e mão- Me desculpa- falei vendo seu olhar de desespero

-Que susto por um momento eu achei que...- ela ficou me olhando

-Sakura quando eu domino alguém eu faço o que vem na minha cabeça mas isso nunca aconteceu, desculpa 

-Ei tá tudo bem, a culpa foi minha, eu que pedi por isso

-Não... eu quase fiz você...

-Não, eu sei que você não faria isso eu só entrei em desespero pois eles fizeram isso comigo...

-Desculpa por tudo isso- abracei ela

-Não é culpa sua- ela falou- Mas deixa eu te recompensar, te fiz ficar duro- ela me olhou sorrindo e segurando no meu pau 

Me deitei e a Sakura quem fez tudo, me chupou com vontade até eu gozar no seu rosto, e olha que ela estava cansada

Nos deitamos e dormimos em seguida. Acordei e a Sakura não estava do meu lado, me levantei, tomei um banho e depois fui até a cozinha

-Bom dia senhor Uchiha- minha empregada falou

-Bom dia cadê a minha companheira?

-Está lá fora senhor- concordei e sai para fora, Sakura está sentada em uma poltrona com uma caneca na mão. Ela está com a minha camisa social que ficava na metade das suas coxas

-Bom dia- falei me sentando ao seu lado

-Bom dia dormiu bem?- ela perguntou me olhando

-Sim e você?

-Uhum

-Com licença senhor Uchiha quer que eu trague o café da manhã aqui?

-Não é necessário- ela saiu- Já comeu

-Não, vamos?- ela se levantou e me puxou, fomos para a mesa e comemos em silêncio- Estamos voltando?

-Uhum- falei

-Sasuke essas viagens foram tão legais pra mim eu gostei tanto- ela falou olhando pro lado

-Sakura...- ela me olhou e eu estava decidido em falar sobre a faculdade e sobre o que seria da gente mas quando vi o seu olhar meigo não consegui 

-Vamos brincar pelo barco?- ela falou colocando a mão na minha coxa e subindo ela

-Você é perfeita sabia?- coloquei minha mão no seu pescoço e subindo para o seu cabelo, beijei ela


continua...



Notas Finais


espero que tenham gostado, comentem o que acharam e favoritem. desculpa pelos erros de ortografia e até o próximo capítulo 🥰


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...