História One More Love (Mais um amor) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Historia Original
Visualizações 11
Palavras 903
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Naquela noite


Fanfic / Fanfiction One More Love (Mais um amor) - Capítulo 1 - Naquela noite

Karoline Mashiba: 17 anos, estudante do ensino médio. Cabelos longos negros. Altura: 1, 65m.'
    Bom tudo começou em uma noite de domingo.
    - Me solta!! - Eu gritava e me debatia. Estava assustada e com medo.
     Cinco caras me levaram para um beco escuro, começaram a rasgar minhas vestes, até que..., ele apareceu para me ajudar.
      - Eii!! Vocês soltem a garota.
    - Han?! - O 1° homem resmunga - Quem é você? - .... - Porque não vem aqui participar com a gente?
     - Não irei falar de novo.
      Foi em um piscar de olhos que "meu herói" começou a socar os homens. Aquilo tudo parecia cena de um filme, a via sangue em todo o chão.
     - Você está bem? - "meu herói" pergunta, ele estava sangrando e com a roupa toda ensanguentada. Eu não o respondi, estava aterrorizada com oque acabas de acontecer - Consegue andar...?
    Sinti-me tonta, vários pensamentos circulavam na minha cabeça e estava fraca. Tentei me levantar, mas voltei a estaca zero, desmaiando. A única coisa que me recordo e dos braços do homem que me ajudou, me segurar, e sua expressão de preocupação.


         Na manhã seguinte, já me sentia melhor, logo lembrei da noite passada. Perguntas voltaram a percorrer minha mente "Quem era aquele?, Porque me ajudou?, Ele me conhece?, Qual seu nome?...."
Antes que eu pensasse em abrir os olhos, Me perguntei onde estava. A porta do quarto ou sala, onde estava abriu.
   - Se sente melhor? - Uma voz família pergunta.
        Abri os olhos lentamente, encontrei um belo rosto a minha frente, (ele está muito perto), voltei na hora, afastei e cai da cama.
         - O-que? Q-quem é v-você? - Perguntei.          - Parece melhor... Eu me chamo Mark Almeida.-'Mark, Cabelos vermelhos. Olhos verdes. Altura: 1,80m. Chefe de um restaurante famoso, tem 21 anos. - E você é Karoline, certo?

- S-sim. - Ele é extremamente lindo - Por que estou aqui?
        - Você desmaiou noite passada por conta da fraqueza e também parecia muito assustada.. - O ruivo pausa - te perguntei onde morava, só que você não me falou, então trouxe você pra minha casa.
         - ... O-obrigada.
       - Está com fome? Fiz isso pra você - Ele me monstra uma bandeja com bolo, pão e amendoin e um copo de café - Eu não sei oque come de manhã, então se quiser outra coisa, Me avisa - Ele coloca a bandeja na mesinha que havia no quarto, em seguida sai me deixando a sós comigo mesma.
      Queria perguntar se ele trocou a minha roupa, mas isso séria estranho na meu caso. Termino de comer e vou até o banheiro, encontro algumas roupas na mini-estante, me visto, (roupa feminina? Em um banheiro de um homem.), desço as escadas e vou até a cozinha, vejo Mark preparando o almoço.
    - Mark? - Porque é tão difícil falar perto de gente bonita? - Posso te agradecer de alguma forma? Se for pedir dinheiro n-não tenho.
      - Não se preocupa com isso, você pode me pagar com seu corpo - Mark diz.
       - O-o-oque?!!.
  - Bom não é nada pessoal, mas to precisando de alguém pra me ajudar no restaurante - Pensei Merda.
       - ... Bom se for isso posso te ajudar.
       - Que bom, aparece aqui amanhã, ok.
      - Tá, bem Obrigada, vou indo. Minha amiga tá super preocupada.
       - Amiga de quarto?
       - Sim.
     Mark me acompanhou até a saída da casa, olhando por fora é enorrrrme.
    - Tchau - Mark grita acenando a mão. Eu aceno   de volta.
        Chegando em casa encontro May na sala, assim que ela me vê, me olha com olhar que tava me matando de medo.
      'Mayane Ioshino: ela é dos EUA, Cabelos: médio loiros ondulados. Altura: 1,67m. Estudante do ensino médio tá no 2° ano " na minha sala", trabalha de meio período junto comigo em uma cafetaria.'
     - Onde você tava? Fiquei preocupada você não avisou se iria demorar ou algo assim - Ela diz me abraçando. - Oque aconteceu?
     - Bom...
*Uma Hora depois*
       Quando acabei de explicar tudinho pra May, que tava com um olhar de fúria, mas feliz por eu te achado um cara gatão e que é dono de um restaurante famoso onde a mãe dela a levava.
       - Então você vai ter que ir na casa desse Mark amanhã? - May pergunta.
       - Sim.
     Já era umas 15:00 da tarde, eu e May estávamos no tédio não tinha nada pra fazer, o horário de aula seria mais lá pras 18:30, estudamos a noite. Recebi uma mensagem de Mark, perguntando se eu ia querer carona pra ir a aula, eu ia responder "não" May toma o celular da minha mão e respondi o contrário"Sim, eu ia adorar" e agora ele ta vindo.
    - Vamos nos arrumar!! - A loira corre pro banheiro pra tomar banho.
    Minutos depois, acabamos de arrumar infelizmente May me fez vestir uma roupa não muito agradável. Mark chegou, entramos no carro e seguimos nosso caminho, a escola fica a 3km da minha casa as vezes eu e May demoramos 2 horas pra chegar na escola.
        Chegamos May já entrou na escola e me deixou aqui nem me esperou.
     - Obrigada - agradeço, estava a sair do carro quando Mark segura meu braço - O-oque? - O ruivo olha pra mim com uma cara confusa.
     - Desculpa, tchau - Saí do carro e entrei na   escola.




Notas Finais


Galerinha se tiver algum erro ai me avisa..
Espero muito que tenham gostado!❤
😧 cansa... 😥😂Entt era só isso pra falar mesmo🖒 tamo junto✌💞


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...