História Ontem eu não te queria, hoje te quero mais. - Capítulo 3


Escrita por: , Modare e Maraisa3456

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Visualizações 94
Palavras 4.632
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal aqui e a Maraísa,como a Modare mesmo falou eu tbm nunca pensei que algum dia eu estaria aqui escrevendo uma história, vontade e idéias eu sempre tive, mais nunca tive coragem pra postar nada, mais a Saky nos incentivou e nos incentiva até hj, quero deixar claro aqui que eu amo o Spirit pois ele me deu essa duas amigas maravilhosas que já amo muito. Agora sem mais delongas, espero que vcs gostem e desculpe qualquer erro.

Capítulo 3 - Como é que a gente fica.


Saindo das belas lembranças da maravilhosa noite que passei, passo a mão ao meu lado esperando encontrar o corpo da mulher que me deu os melhores orgasmos da minha vida, mas o que encontro me faz levantar a cabeça e abrir os olhos rapidamente.


 

Ao meu lado encontro a cama vazia.

Sento rapidamente e fico parado tentando ver se escuto algum barulho de água ou algo que possa indicar que ela esteja tomando banho, mas não escuto nada. Saio da cama apressado e vou até a cozinha, às vezes ela pode ter acordado mais cedo e ter ido fazer café para gente, mas qual a minha surpresa quando chego na cozinha e não encontro ninguém. Só aí minha ficha caiu, ela foi embora.


 

   -Porra eu não acredito nisso!.

 

Fico parado um tempo na sala quando escuto meu celular tocar, volto para o quarto e o pego. Assim que olho no visor vejo o nome do Dobe na tela e com nenhuma coragem eu atendo.

 

O idiota do meu melhor amigo nem mesmo espera que eu fale algo e ele já começa a gritar e tagarelar.

 

-TEMEEE QUE DEMORA PARA ATENDER HEIN. - Afasto o telefone um pouco do ouvido. - JÁ SEI TAVA EXPULSANDO A COITADA DAQUELA MORENA GOSTOSA QUE TAVA AGARRADA NO SEU BRAÇO ONTEM NÉ?

 

Deus me dê paciência como eu fui arranjar um melhor amigo tão chato assim.

 

-Naruto fala baixo, não precisa gritar eu não sou surdo merda, e eu não estava expulsando ninguém só estava dormindo.


 

-Tá foi mal. Agora abre a porta que  eu já tô chegando no seu apartamento.


 

E sem esperar mais nada ele desliga.

Eu tenho uma raiva quando ele faz isso.

Pego uma cueca, uma blusa e um short qualquer e visto, volto correndo para sala para abrir a porta antes que o Naruto chegue e fique batendo nela igual louco.

Quando abro o idiota já estava com a mão levantada prestes a bater.

 

-Nossa mais que cara é essa hein Teme?! Parece que passou um caminhão por cima de você.  Antes que eu possa o convidar para entrar ele já passa por mim e se joga no sofá.

Isso que dá você dar muita liberdade para pessoa, você dá a mão e a pessoa já quer o braço.

 

-Bom dia para você também Naruto e pode entrar e fique a vontade. - 

Digo com sarcasmo.

 

O idiota nem ao menos liga para o que eu falei e logo se esparrama pelo meu sofá. Mas eu já nem me importo mais se não for assim não é o Naruto.


 

-Mas então teme você ainda não tá arrumado? - Eu fico olhando para ele tentando entender o porquê dessa pergunta.

 

-Para que Naruto?

 

-Oras para que teme não vai me dizer que você esqueceu que hoje a gente marcou de almoçar na casa da tia Mikoto? - Nessa hora eu me lembro que realmente eu marquei de almoçar com a minha mãe, passo a mão nos meu cabelos de nervosismo, com esse gesto já foi o suficiente para que o meu amigo que me conhece desde criança perceber que eu realmente esqueci desse almoço.


 

-Sério que você esqueceu mesmo? Mano anda logo já são quase onze horas. 


 

Olho para o relógio e realmente falta pouco para às onze, eu acabei dormindo demais. 

Mas depois daquela noite de ontem com aquela rosada maravilhosa eu não tenho  o que reclamar.

 

-Okay espera aí que eu vou tomar um banho rapidinho Dobe e a gente já saí. 


 

Deixo Naruto na sala e vou para o meu quarto tomar um banho, entro no banheiro e tiro minha roupa mas quando olho no espelho me perco em pensamentos outra vez, quando olho aquelas marcas de unhas nas minhas costas. Marcas essas que foram resultado de uma noite regada de muito sexo. Novamente meus pensamentos vão até aquela linda mulher que só agora me dou conta que nem o seu nome eu sei.


 

Que merda a única mulher que realmente me fez sentir algo além de muito prazer e que eu adoraria repetir novamente a foda não tem nome.

E pelo jeito o nome dela ficará como Rosada gostosa mesmo e bota rosada nisso até lá ela tem uma listrinha rosa, essa que me deixou maluco ontem.

Saindo dos meus pensamentos tiro o resto da roupa e entro no box. Encosto a cabeça na parede e mesmo tentando evitar aquela rosada não saí da minha cabeça. 

Lembro dela de quatro e eu enfiando meu pau naquela buceta maravilhosa e dando tapas naquela bunda branquinha que ficou linda toda vermelha com meus tapas, a tatuagem de pimentinha no coccix, tatuagem essa que eu fiquei fissurado ontem, lembro dela gemendo, aqueles gemidos que são músicas para os meus ouvidos.


 

Droga porque você foi embora?! Porque não me esperou acordar?!


 

Que sentimento ruim é esse de ser deixado? Agora entendo as outras mulheres com quem transei, agora realmente percebo como eu fiz elas se sentirem como um lixo, um nada.

Porque é esse sentimento que eu tenho agora, um lixo que foi usado e jogado fora, sem serventia nenhuma.

Como pode um cara que nem eu que tem tudo o que quero e quem quero, agora não tenho a mulher que nesse momento eu muito queria.

Para não prolongar esses sentimentos ruins saio do banho.

Eu precisava parar de pensar nessa mulher.

Me enrolo na toalha e vou até meu closet coloco uma cueca da Calvin Klein branca e pego meu terno preto e relógio da Louis Vuitton e meu perfume da Armani e estou pronto.


 

Saio do quarto e vou para sala assim que passo pela porta encontro Naruto tentando acompanhar a coreografia de uma banda de k-pop. Eu fico parado sem reação assistindo ele na tentativa falha de dançar igual aos integrantes da banda. 

Sem conseguir evitar começo a rir da vergonha que ele tá passando.

 

Ele para na hora e me olha todo suado.


 

-Ah agora sim você tá apresentável hein. - Olho de cima a baixo o Naruto e só agora reparo que ele está com um terno laranja.

 

Laranja?! Meu Deus um terno laranja tinha que ser o Naruto mesmo.

 

-Pena que não posso dizer o mesmo de você né. - Digo revirando os olhos. - Você tá horrível Dobe com esse terno laranja, que graça você vê nessa cor?

 

-Ah para Teme, nem tá tão ruim assim. E para sua informação laranja é a cor do momento e tá na moda. - Ele faz um bico igual uma criança. - Eu que te pergunto que graça você vê na cor preta? Eu hein parece que vive de luto só vive de preto.

 

Finjo que nem escuto esse seu comentário sobre meu gosto por preto e eu viver de luto e principalmente sobre a cor laranja estar na moda e vou saindo, porque se eu for ficar brigando com ele por causa disso a gente vai demorar mais e eu tenho certeza que a dona Mikoto já deve estar brava comigo pela demora.


 

Assim que saio do elevador vou direto para o hall do prédio para perguntar sobre a rosada gostosa.


 

-Bom dia senhor Toshi, o senhor sabe me dizer se uma mulher passou por aqui hoje mais cedo de vestido preto, cabelos rosados, olhos verdes, muito bonita? - O velho fica parado me olhando um tempinho enquanto pensava. 

 

Quando ele finalmente abre a boca para falar me encho de esperança que ela talvez tenha deixado algum bilhete, número de celular ou endereço da casa dela para mim.


 

-Olha menino Sasuke eu vi sim sair uma moça de cabelos rosas muito bonita por sinal é sua namorada? - Nessa hora o Naruto que já estava de olho na conversa arregalou os olhos.


 

 -Não, não senhor Toshi. É apenas uma amiga. - Me apresso em dizer. - Mas ela por acaso não deixou alguma coisa para mim não? - Dou um sorriso pensando que se ele a viu é porque ela deixou algo para mim.


 

-Não. Ela não deixou nada não. Ela só passou e saiu. - Quando ele falou isso o sorriso que eu tinha sumiu.


 

Saio de lá sem nem mesmo agradecer cheio de raiva por ela não ter me deixado nada.

 

-Espera Sasuke. Que história é essa de cabelo rosa, cara? A moça que você estava ontem não tinha cabelo preto?

 

-Dobe é uma longa história depois eu te conto. 

 

Não espero ele falar mais nada e pego minha Ferrari vermelha e parto para casa da minha mãe. Durante o caminho todo eu não conseguia parar de pensar naquela mulher.


 

Chego em frente a casa da minha mãe e avisto um tanto de carro e rezo para que ela não tenha convidado toda a família porque eu não tô com saco para aguentar ninguém falando sobre minha vida pessoal, sobre eu arrumar uma esposa.

Fico esperando o Dobe chegar para irmos juntos. Eu sentia ele me olhando curioso querendo saber sobre a história da tal rosada. Realmente, minha mãe não convidou a família toda, mas convidou metade dela oque já é um saco.

Vejo tia Kushina, mãe do Naruto, vindo em nossa direção assim que ela chega vem direto me dá um abraço. Ela é uma das poucas pessoas que eu permito que me abrace.

 

-Oi Sasuke. Tudo bem querido? A sua mãe tá uma fera porque vocês demoraram.

 

-Oi tia, tudo sim e com a senhora? Imagino mesmo, eu conheço muito bem a mãe que tenho. - Digo fazendo uma careta.

 

-Tudo ótimo querido. - Ela sorri e se vira olhando para o Naruto com um olhar severo pela demora. Mas logo seu olhar muda e ela o olha com muito amor e vai em direção a ele e o abraça também.


 

-Aí Naruto você não tomou banho não? Você está fedendo suor. - Ela tampa o nariz e eu caio na gargalhada porque eu sabia o motivo dele está fedendo desse jeito.


 

-Nossa mãe não fala assim com seu filho. Eu tô precisando de amor e de carinho sabia.


 

Como ele era fingido, penso revirando os olhos.


 

-Não seja dramático Naruto. -  Ela dá um cascudo nele e eu tento disfarçar uma risada. 


 

A minha alegria dura pouco porque vejo dona Mikoto vindo em minha direção e pela carranca dela ela não está nada feliz comigo. 


 

-Isso são horas de chegar Sasuke? Achei que vocês não vinham mais. Afinal porque demoraram tanto? - Antes que eu possa dizer algo, o Naruto como sempre abre a boca para falar merda.


 

-Tia é tudo culpa do Sasuke. Eu cheguei lá e ele nem tinha arrumado ainda, mas dá um desconto para ele que eu acho que ele ficou muito tempo pensando na rosada dele. - Pronto. Foi o Naruto falar isso para todo mundo parar de fazer oque estava fazendo e olhar para mim.


 

Valeu Naruto, valeu mesmo.


 

-Quer dizer que meu irmãozinho tolo tá amarrado? - O desgraçado fica rindo da desgraça dos outros ainda.


 

-Uma mulher Sasuke?! - Dona Mikoto dá um sorriso. - Acho que posso te perdoar por esse atraso dessa vez. - Minha mãe estava até com os olhos brilhando de felicidade achando que realmente ela tem uma nora.


 

Mãe para. Você não tem uma nora, pelo menos não po-r minha causa. Não é Itachi?! - Fico encarando meu irmão. - Não, eu não estou amarrado. Por tanto podem parar de falar da minha vida e continuar fazendo o que vocês estavam fazendo antes porque não tem nada para vocês saberem. - E assim todo mundo voltou ao que estava fazendo. 

 

Me virei para minha mãe e ela ainda estava com uma cara desconfiada mas deixou passar.

 

-Okay então. Vamos almoçar. - Ela saiu me puxando para sala.

 

Passei pelo meu pai e pelo tio Minato, comprimentei os dois e assim todos fomos almoçar.


 

O almoço correu bem, sem ninguém me perguntar nada mas mesmo assim sentia minha mãe me olhando toda hora preocupada comigo pois viu que eu não estou muito bem nem eu mesmo sei porque estou assim não sei se é porque a rosada gostosa me tratou como nada ou se é porque eu tenho a foda mais gostosa da minha vida e não sei nada sobre a mulher que me proporcionou isso. Nem mesmo o nome dela eu sei.

Saio da sala e vou para a mesa que tem na varanda de casa, e novamente me vem flashes da noite maravilhosa que eu tive, ela rebolando no meu pau como nenhuma outra rebolou, aquela buceta maravilhosa engolindo meu pau, os gemidos que não saí da minha cabeça, ela deitada e eu por cima as expressões sexy dela, ela mordendo os lábios os cabelos rosados espalhados pelo travesseiro os olhos verde belíssimos, os seios balançando a bunda enorme mas o melhor de tudo oque eu não consigo esquecer aquela tatuagem perto da bunda no seu cóccix aquela pimentinha. Droga eu vou ficar louco de tanto pensar nessa mulher, quando percebo minha mãe se sentou ao meu lado.


 

-E então vai me contar oque aconteceu com você? Porque você está assim? - Ela passa as mãos nos meus cabelos me fazendo um cafuné, eu adoro o cafuné dela eles sempre me acalmam.


 

-Mãe não tem nada acontecendo. Não precisa se preocupar. - Tento mudar de assunto mas pela cara dela ela não acreditou.


 

-Sasuke eu sou sua mãe, te carreguei nove meses na barriga, acha mesmo que eu não sei quando algo acontece com você e com o seu irmão? - Pelo visto ela não acreditou mesmo no que eu falei.


 

-Ontem a noite eu fui em um bar com Naruto e uns amigos e lá eu conheci uma mulher e eu passei a noite com ela o problema mãe é que eu gostei muito de transar com essa mulher e também não consigo parar de pensar nela por isso eu esperei encontrar ela de manhã na cama comigo mas eu tive uma surpresa, ela não estava lá e ela nem me deixou um bilhete, um número sei lá. Ela não me deixou nada e eu não sei o que pensar logo eu o cara que tem todas que quiser mas eu só sei que eu estou me sentindo diferente por causa disso. É a primeira mulher que eu não queria mandar embora e ela foi sem se despedir sem nada e isso está me deixando maluco mãe. - Despejei tudo oque estava sentindo nela. Ela me olhou um pouco e depois sorriu.

 

Como assim eu aqui desesperado e minha mãe rindo da minha desgraça?! Oque aconteceu com a mãe amorosa?! Acho que os Aliens abduziram minha mãe, olha eu pensando em Aliens, isso é culpa do Naruto que só fica falando sobre merdas para gente.


 

-Hum… Agora sei porque você está com essa cara. Um dos motivos é porque você está com o ego ferido. Por mais que eu não concorde com essa sua atitude você sempre dorme com as mulheres e no outro dia você expulsa elas mas pelo que eu vi essa moça fez a mesma coisa que você, só muda que ela não expulsou ninguém mas mesmo assim deixou bem claro para você do mesmo jeito que você deixa claro para as outras mulheres que isso que vocês tiveram não passou de uma foda. Não é assim que vocês jovens falam? - Ela dá uma risada. - O segundo motivo para você está assim é que pela primeira vez na minha vida eu vejo que você está sentindo algo por uma mulher mais do que somente atração e desejo, pelo que eu vejo você realmente gostou dessa moça. Mas tá chateado porque você não tem o número dela e ela não te deixou bilhete nenhum, mas me fala uma coisa filho porque você não procura saber pelo nome que ela te deu? Quem sabe você não acha alguma coisa. - Como que eu vou falar para minha mãe que eu nem mesmo perguntei o nome dela?!


 

-Então mãe eu meio que não sei o nome dela. -  Dou o meu maior sorriso sem graça para ela.


 

-Como assim Uchiha Sasuke? Como você não sabe o nome da moça com quem você dormiu? Você está pior do que eu imaginava, tomara que essa moça bote alguma coisa boa na sua vida.


 

-Meu Deus era só oque me faltava, como que a pessoa transa com outra que não conhece. - Ela saí resmungando e eu só tenho a rir. Mas quando me lembro da suas palavras fecho a cara novamente. Como assim eu, Uchiha Sasuke, com ego ferido?! 


 

Acho que não é bem assim. Sobre ela ser diferente do que as outras para mim acho que não, realmente eu gostei muito da noite mas  ser mais do que uma foda não acho não, acho que é somente atração, mas nunca em minha vida toda até agora eu nunca quis repetir uma foda.


 

Sou tirado dos pensamentos novamente quando vejo Naruto, Itachi e meu primo Shisui vindo com cervejas na mão em minha direção. Eles chegam e sentam ao meu lado, Naruto me dá uma cerveja e já vou me preparar que agora vai ser a vez do Naruto perguntar. Não tenho receio de falar perto do Itachi e Shisui já que o primeiro é meu irmão e eu já confidênciei muitas coisas e ele também já me ajudou a esconder muitas merdas que eu fiz quando adolescente dos nossos pais e o segundo é um dos poucos da família que não fica se metendo na minha vida.


 

-E então Teme oque tá rolando? Pode falar da moça de cabelo rosas agora? - Não falei eu sabia que ele ia perguntar.


 

-É irmãozinho tolo fala aí sobre a moça eu também estou louco para saber sobre a sua rosada, a mulher que mexeu com sua cabeça. Você ficou todo nervoso quando o Naruto falou dela.

 

Nervoso eu?! Não só chateado mesmo, mas depois daqueles muitos orgasmos deliciosos que eu tive e a mina sumir sem me deixar nada realmente mexeu comigo e me deixou muito chateado coisa que nunca aconteceu.


 

- Viu Itachi e Shisui eu não falei para vocês. É só falar dela e ele fica assim ó, perdido em pensamentos, com certeza ela foi muito boa mesmo para ele ficar assim eu nunca vi ele desse jeito. -  O Naruto diz sorrindo.


 

-Ela foi Dobe, foi a melhor de todas. Eu nunca gozei tão gostoso na minha vida como eu gozei com essa mulher. - E de novo me vem à mente os momentos quentes que a gente passou no meu quarto.


 

-Hum, mas me explica Teme quem é essa mulher? Porque pelo que eu me lembre antes de eu sair você estava com uma morena.


 

-Realmente Dobe eu estava mesmo com outra mulher, mas eu estava cansado daquela mulher falando no meu ouvido tentando chamar minha atenção assim como todas fazem, mas quando eu olhei para a pista de dança que eu vi ela, a moça de peculiares cabelos rosados, e ela estava lá como uma deusa dançando e rebolando eu não consegui parar de olhar para ela e eu cheguei nela e aí vocês sabem né. Levei ela para o meu apartamento, e lá eu tive a melhor foda da minha vida, a gente transou em tudo que é posição. Ela me marcou todo. - Levanto a blusa para eles verem as marcas de unhas que ela deixou. - Deus... Eu lembro de cada momento de ontem, lembro de cada detalhe do corpo dela das expressões que ela fazia e dos gemidos, a noite de ontem foi insana mais foi a melhor noite em todo minha vida isso eu posso afirmar para vocês. Tanto que eu esperava encontrar ela de manhã na cama pra gente repetir tudo novamente, mas quando acordei eu só encontrei o vazio da cama, ela tinha ido embora e sem deixar nada para mim nem mesmo um bilhete com o número dela ou falando o porquê ela foi embora e isso tá me deixando puto, muito puto. Se fosse outras elas estariam implorando para mim transar com elas novamente, mas essa mulher não. Ela foi diferente ela me deixou lá não esperou amanhecer para tentar me bajular, e é isso que eu não tô conseguindo entender porque ela foi embora? Porque ela não quis ficar como as outras?


 

E outra vez estou eu aqui nervoso tentando entender o porquê dela ter ido embora, sem eu esperar o Naruto começa a gargalhar e eu olho para ele com minha pior cara possível. É sério isso?! Toda vez que eu contar sobre ela alguém vai rir de mim, tô com cara de palhaço agora né.


 

-Do que você tá rindo idiota? Você pede para mim contar o que houve e fica rindo da minha cara. - Desculpa tia Kushina mas você vai ficar sem filho porque o seu eu vou matar.


 

-Aiai tá bom parei, é que Teme pensa que Irônico não. Você Uchiha Sasuke o solteiro mais cobiçado de todo o Japão, que usa as mulheres e joga fora no dia seguinte sofrendo porque uma mulher não ficou com você? Isso é meio irônico não?! Afinal não era você o cara que tinha todas mas nenhuma delas tinha você? Agora tá ai todo mexido por uma mulher?


 

O babaca ainda estava rindo de mim e depois dessa que ele falou até Itachi e Shisui riram de mim, eu devo mesmo estar com cara de palhaço.


 

-Vai te fuder Naruto, é sério eu aqui assim e você fica rindo caralho, - Eu ia levantar mas Itachi segurou a minha mão e me mandou sentar novamente.


 

 -Então é isso maninho. Você está assim porque a garota só fez com você oque era acostumado a fazer com as outras? Agora você entende o que as outras mulheres com quem você ficou sentiu. O que o Naruto falou realmente é irônico né, você que nunca quis se envolver com ninguém, que nunca quis as garotas com quem você dormiu, agora tá ai afim de uma mulher que não te quer, porque para ela tá bem explicado que não passou de sexo, mas para você pela primeira vez na vida você quer repetir a dose.


 

É meus amigos digo para vocês com toda certeza do mundo, acreditem naquele ditado que diz que o mundo dá voltas e oque você faz volta para você, porque eu tô aprendendo isso aqui e agora.


 

-É acho que eu tô perdido mesmo, eu me lembro de tudo, está tudo gravado na minha mente e eu não paro de pensar nela eu não sei oque eu faço.


 

-Então o chá de buceta que ela te deu foi boa mesmo hein. - O Shisui é outro que é idiota que nem o Naruto.



 

-Porque você não procura o nome dela Teme? Pesquisa na internet vai que você acha alguma coisa dela.


 

-O problema Naruto é que nem o nome dela eu sei, a gente já saiu da boate se pegando e eu nem me lembrei de perguntar para ela no caminho.


 

Meu Deus acho que tô ficando idiota que nem o Naruto.


 

-Aí complica né maninho, como que você vai fazer para achar ela agora? Você não tem nenhuma referência dela, algo que possa ajudar.


 

-Nada. Eu não tenho nada Itachi, a única coisa que eu sei é que ela transa bem pra caralho e tem os cabelos rosados e também a tatuagem que eu não consigo esquecer uma pimentinha no cóccix.


 

-Aí você também não ajuda né Teme o google não especifica quem transa bem e fora que tem bastante pessoas que têm tatuagens agora os cabelos rosas isso sim é novo, não tem muitas mulheres que têm cabelos rosas aqui no Japão não.

 

-Realmente o Naruto tem razão você não sai na rua e já encontra mulheres com cabelos rosas isso é raro de se ver, sempre tem as loiras as morenas e até mesmo as ruivas mas cabelos rosas é muito difícil.


 

-Mas ela não deixou nada? Nada mesmo. Qualquer coisa que você possa identificar ela ou procurar? - O Shisui fica me encarando.


 

-Não ela não deixou nada.

Ao menos se ela tivesse deixado um bilhete né.


 

-Aí fica complicado ajudar você Sasuke, você não tem nome, número, endereço nada, então não tem como. - Meu irmão diz colocando a mão no meu ombro.


 

-É Teme parece que você vai ter que ficar sofrendo pela mulher misteriosa como você chama ela?


 

-Rosada gostosa é a única coisa que eu consigo pensar para ela.


 

-A não ser que… - Ai droga o Naruto tá pensando tomara que ele fale algo de bom.


 

-A não ser que oque Naruto fala. - Digo já sem paciência.


 

-Você volte no bar aonde você encontrou ela, às vezes ela pode voltar lá novamente.


 

E não é que ele realmente pensou em algo bom, isso com certeza pode ajudar. Ela pode voltar lá no bar novamente ou alguém pode conhecer ela.


 

-É isso Naruto até que enfim você pensou numa coisa boa e útil hein.

 

-Ei qual é eu sempre penso em coisas boas e úteis, você é muito vacilão Sasuke eu aqui tentando te ajudar e você aí sendo cruel comigo, eu não vou ajudar mais ninguém vou deixar todo mundo se ferrar, ninguém reconhece meu valor.


 

E voltou o Naruto com o drama novamente. Ele sabe que foi de grande ajuda mais vamos deixar ele fazer drama um pouco.

Porque quando se trata da empresa o Naruto é muito bom e também quando algum amigo precisa dele ele sempre tá lá para ajudar.

Itachi, Shisui e eu damos risadas dos dramas dele.


 

Ficamos mais um tempo sentados conversando, bem eles ficaram conversando, eu fiquei mais é pensando na minha rosada gostosa, oque será que ela estaria fazendo nesse momento será que está pensando em mim assim como estou pensando nela?!


 

Eu fiquei na casa dos meus pais até a noite, minha mãe insistiu para que eu esperasse o jantar.

Eu esperei meus parentes ir embora porque se eles não fossem eu ia, Shisui veio falar comigo antes de ir embora e me desejou sucesso em encontrar a Rosada por aí mas o desgraçado ainda teve a audácia de tirar com a minha cara e disse que se ele a encontrasse irá pedir para ela dar a ele o mesmo chá de buceta que ela me deu para ver se realmente é tão bom assim, eu quase bati nele. Quase, mas eu sabia que era só brincadeira era só para tirar com a minha cara mesmo ele jamais faria isso.


 

A noite no jantar meu pai me perguntou sobre a rosada e eu disse que era uma moça com quem tinha ficado, e minha mãe não perdeu tempo e disse que eu estava gostando da rosada mas nem sabia seu nome.

Meu pai como um bom pai pediu para eu tomar cuidado pois existem muitas mulheres interesseiras por aí, isso eu sei só que não acho que a rosada seja esse tipo de mulher. Porque se ela fosse ela teria me esperado acordar e teria pedido para ficar comigo e passar o dia como todas as outras, mas nem mesmo um bilhete ela deixou por isso as chances dela ser uma interesseira é nula.


 

Depois do jantar voltei para casa, fui direto para o banheiro tomar um banho. Saí do banho e fui direto para cama, quando deito o cheiro de seu perfume vem em minhas narinas e eu inspiro forte o perfume doce e gostoso dela e novamente me vem as lembranças da noite anterior.

É parece que eu curti mesmo essa mulher eu não consigo tirar ela da cabeça não sei porque, agora eu me pergunto o que você fez comigo rosada?

Mais de uma coisa eu tenho certeza, eu vou te procurar seja aonde for, eu vou te achar.


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado e o próximo será da Modare, a música que eu escolhi para esse capítulo e do Henrique e Juliano que retrata um homem que achava que nunca iria se apaixonar, que ficava com um monte de mulheres, mais conheceu uma que mexeu com ele. Bom como a Modare mesmo disse não se espantem em encontrarem aqui músicas de épocas, antigas ou atuais, aqui vcs poderam encontrar de tudo, sertanejo, funks, pagode, rock, internacionais e muito mais,vou deixar o link da música aqui se vcs quiserem ouvir, agradeço por tudo pessoal, bjss para vcs
Até mais.

https://youtu.be/BA0x0ScUAvQ


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...