1. Spirit Fanfics >
  2. Other side of Klaus Mikaelson >
  3. CAPÍTULO 38

História Other side of Klaus Mikaelson - Capítulo 38


Escrita por:


Capítulo 38 - CAPÍTULO 38


Fanfic / Fanfiction Other side of Klaus Mikaelson - Capítulo 38 - CAPÍTULO 38

DANIEL ON

Eu queria realmente entender o que aquela voz ganha me fazendo fazer essas coisas, talvez a diversão dela seja me ver apanhar, ou sei lá, é a única explicação possível para mim. Não faço ideia de quem seja, ela só me fez aceitar aquela ideia absurda do meu irmão de dar uma festa, coisa que eu nunca faria normalmente, e depois me fez xingar o meu pai, outra coisa que eu jamais faria. É uma voz feminina, mas não sei dizer quem é, não é uma voz que eu consiga reconhecer... Só queria saber, como conseguiu o meu número? Ou por que eu?

Antes do meu pai sair do meu quarto, tentei contar a ela o que tinha acontecido, entretanto, tinha alguma coisa me impedindo de falar, era como se alguém estivesse controlando o meu corpo no meu lugar. Inventei uma desculpa pra tentar desconversar, meu pai pareceu satisfeito com a história e saiu. Depois disso, passei o restante do dia no quarto deitado, não estava a fim de fazer nada hoje, não quero ariscar me meter em outra confusão, já apanhei o suficiente pela semana.

- Dan? Posso entrar? – Escuto a voz suave do Peter na porta do quarto.

- Entra pirralho – Falo sentando na cama.

- Você chama o Josh de pirralho – Ele responde sentando na minha cama – Não eu.

- Vocês dois são pirralhos, mas tem razão... – Falo com ele deitando no meu braço – O Josh é mais.

- Papai brigou com você? – Ele fala mudando de assunto.

- O que você acha? – Pergunto irônico.

- Tá doendo? – Ele insiste.

- Relaxa aí irmãozinho – Respondo passando a mão no cabelo dele – Vantagens de ser vampiro, nem dói – Mentira, dói pra cacete.

- Até parece – Ele responde duvidando.

- Tá legal, dói sim – Falo a verdade – Mas relaxa.

- Eu falei pra vocês dois não fazerem isso – Ele fala convencido – Eu avisei.

- Veio ate aqui pra me dizer “Eu avisei”? – Pergunto e ele ri – Folgado! Sai daqui – Falo empurrando-o quase sem usar força.

- Eu tinha que falar para alguém – Ele se defende – Josh jogou o travesseiro na minha cara.

- Bem feito – Falo e ele me da um soco no braço – Aiii – Reclamo – Quando foi que ficou forte, hein?

- Eu não bati forte – Ele se assusta.

- Mas doeu – Reclamo e ele abaixa a cabeça – Já não devia estar na cama?

- Devia..., mas queria falar com você – Ele responde levantando – Agora que eu já disse, vou pra cama. Boa noite Dan.

- Boa noite folgado – Respondo sorrindo.

Assim que Peter deixa o meu quarto, volto a me deitar, mas escuto a vibração do meu celular em cima do criado mudo. Atendo a ligação e escuto tudo o que a pessoa diz, desligo o celular e levanto da cama. Eu definitivamente não quero fazer isso, mas eu não consigo controlar, eu preciso fazer.

Saio do meu quarto, observo todo a casa para garantir que estavam todos dormindo, vou ate o quarto da minha irmã e entro.

- Izzy! – Chamo tentando não fazer muito barulho – Acorda.

- Que foi? – Ele pergunta ainda sonolenta.

- Levanta, a gente vai numa festa – Falo e ela me olha sem entender nada.

- Que?

- Em uma festa, Isabelle – Falo como se fosse obvio – Música alta, bebida...

- Eu sei o que é uma festa, Dan – Ela responde rodando os olhos – Estou perguntando por que você vai?

- Eu não, a gente – Respondo – Vamos, vai ser legal. Eu prometo!

- Você ficou louco? – Izzy pergunta admirada – Não acha que já aprontou o suficiente?

- Papai não vai descobrir – Falo seguro – Eu vou me trocar e te encontro lá embaixo. Dez minutos.

Quando ela pensou em dizer não, eu saí do quarto, não dando chance de ela recusar meu convite. Entro no meu quarto, troco de roupa meio rápido, coloco o tênis e desço esperar a Izzy lá embaixo. Não demora muito e ela aparece toda arrumada.

- Isso é uma péssima ideia! – Ela fala se aproximando.

- Mas a gente vai mesmo assim – Respondo animado.

Saímos de casa fazendo o mínimo de barulho possível e pegamos um taxi no caminho para a boate. Era inauguração de uma boate no centro, Emy tinha comentado sobre isso esses dias, ela disse que Tyler estava apavorando para eu ir e levar a Isabelle junto comigo, segundo a minha namorada, Tyler não conseguia tirar a minha irmã da cabeça.

Chegamos na boate, tinha uma fila enorme para entrar, entretanto, finalmente estou vendo vantagens em ser vampiro. Convenço o segurança da festa nos deixar passar na frente de todos e então entramos. Tyler não demorou nada a nos achar, ele praticamente surgiu na frente da minha irmã.

- É um prazer vê-la novamente senhorita Mikaelson! – Ele fala me fazendo rir.

- Nossa! Quanta cordialidade – Izzy responde sorrindo – É bom ver você também Tyler.

- Dança comigo? – Tyler pergunta.

- Não como se a gente tivesse no baile da escola – Falo e Isabelle ri.

- Dan – Meu amigo fala sério.

- Que foi?

- Cala a boca! – Ele responde – Eu estou criando um clima aqui.

- Idiota! – Respondo rodando os olhos – Cadê a Emy?

- La em cima no camarote. Verdade... – Ele tira duas pulseiras do bolso e nos entrega – A de vocês. Eu ate perguntaria como entraram tão rápido, mas era só falar seu sobrenome...

- Cala a boca Tyler – Respondo colocando a pulseira – Vou subir. Boa... “Dança” pra vocês.



NIKLAUS ON


- Finalmente nos encontramos, sobrinho – Dahlia fala entrando pela porta da frente da sala.

- Sua... – Respondo levantando com tudo e indo para cima dela – Você vai se arrepender!

- Não tão cedo, Niklaus – Ela fala fazendo um feitiço, impedindo que eu me movesse – Antes que preciso expressar a minha indignação com você.

- Do que está falando? – Pergunto irritado.

- Não notou nada de estranho? Algum comportamento diferente? – Ela pergunta cinicamente.

- Que? – Falo sem entender nada.

- Você realmente achou que o medroso do seu filho teria coragem? Coragem de provocar você? – Dahlia me encara com um olhar, como se estivesse se divertindo com tudo isso.

- O QUE VOCE FEZ COM ELE? – Grito em sua direção – O que você quer com ele???

- Calma, calma... – Ela me rodeia e para bem na minha frente – Eu tenho um plano e o seu garoto faz parte dele. Na verdade, ele é o plano.

- Se encostar em um fio de cabelo dele, EU JURO QUE TE MATO - Falo irritado.

- Me mata? Sério? E como pretende fazer isso? – Ela pergunta com um sorriso malicioso no rosto - Ah Niklaus... Você não vai fazer nada, não enquanto o Daniel estiver sobe o meu controle.

- Do que você está falando? – Pergunto sem entender o que ela quis dizer.

- Eu não te contei? Oh! Erro meu – Dahlia caminha e senta no sofá da sala – Eu controlo o seu filho, ele faz absolutamente tudo o que eu mandar. Inclusive, sabe onde ele está agora?

Mesmo usando toda minha força, a magia de Dahlia é muita forte e me impede de me mover. Eu não consigo entender o que ela quer com o Daniel, o objetivo dela sempre foi mais magia e a mesma tirou isso dele, passando tudo para a Izzy. Por que ela iria querer ele agora?

- O que você fez com ele?

- Bom, eu o fiz levar a minha querida Isabelle a uma boate, parece que era inauguração, alguma coisa assim – Ela fala fazendo pouco caso – Deve estar se perguntando o porquê. Eu explico, vou fazê-lo matar ela.

- Você não faria isso! – Falo com um certo desespero ao que acabei de ouvir.

- Na verdade, eu não so faria isso... – Ela fala se levantando – Eu já o mandei fazer isso, Daniel só está esperando uma mensagem... – Dahlia mostra o celular na minha frente.

- NÃO FAZ ISSO – Grito desesperado – Dahlia...

- Ops – Ela fala apertando o botão de enviar – Agora já foi, sinto muito sobrinho.

Acordo assustado, isso foi um sonho?

Levanto rápido da minha cama e corro até o quarto dos meus filhos, na esperança de tudo ter sido só um pesadelo. Porem, quando abro a porta do quarto do Daniel, ele não está lá e, nem Isabelle estava no quarto dela.

Entro no quarto do meu irmão, fazendo ele levantar assustado. Explico rapidamente ao Elijah o que aconteceu, o que Dahlia me disse. Meu irmão fica confuso com a maior parte da história, mas logo procura no celular uma boate que estivesse inaugurando e, então vamos até o local.


Notas Finais


OI GENTEEEE

Eu espero que tenham gostado do capítulo, pois esse é o penúltimo capítulo da história 💔

Vou postar o capítulo final na semana que vem

Então me contem nos comentários, o que vocês acham que vai acontecer???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...