1. Spirit Fanfics >
  2. Para a menina da trufa(vou sentir sua falta). >
  3. Chegada

História Para a menina da trufa(vou sentir sua falta). - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Não está nem um pouco bom,admito que eu sou péssimo escrevendo histórias assim,mas é pela Sara né,só fiz isso para ela mesmo.

Capítulo 1 - Chegada


Era uma manhã como qualquer outra,típico sol da terra brasileira abrasando a Cidade,uma leve brisa marítima característica da Capital cearense,um clima mediano e comum,à exceção de que era naquele dia que Sara finalmente se formava na faculdade de Medicina e já retornava de Recife para Fortaleza.
      Ao chegar,a recém-formada logo foi recepcionada pela a amiga dela,Milena.Milena era uma menina bastante alta,com cabelos pretos e lábios grossos,foi colega de Sara durante a época de colégio e,apesar de não ter ido para a mesma universidade que a amiga,sempre mantiveram contato.
      -Então,como está a nova médica?
      -Com saudades da terra,não acredito que finalmente acabou.
      Durante a viagem de carro,Sara notou uma aliança no dedo anelar direito de Milena,o que simbolizava noivado.
      -Isso é realmente o que estou pensando?
      -É sim,ele finalmente me pediu em casamento,iremos fazer a cerimônia religiosa já daqui há 2 meses- Respondeu Milena enquanto passava o dedo pela aliança,dando um breve sorriso.
      Enquanto a viagem prosseguia,as duas alternavam entre momentos de conversa e de silêncio,falavam sobre tudo,exceto sobre algo específico,algo que Sara não tirava da cabeça desde os tempos de colégio,pode-se dizer que era o maior sonho da vida dela,maior ainda que o desejo de ser médica.Milena,enfim decidiu quebrar o silêncio e falou o que Sara menos gostaria de ouvir:Mario estava finalmente casado.
      Mario era o antigo professor de geografia das meninas,desde o primeiro momento em que Sara o viu,ficou completamente apaixonada por ele.Contudo,além da clara diferença de posições,professor e aluno,Mario era 8 anos mais velho que Sara,além do fator mais importante,estava em um namoro de longa data desde o início de ensino.Tudo isso fez com que Sara,apesar de sempre demonstrar admiração pelo mestre,nunca tentasse nada e muito menos tivesse coragem de admitir os sentimentos para com ele,assim,viu o estudo em outra cidade a oportunidade para esquecê-lo,o que claramente não ocorreu.
       Quando enfim chegaram,Milena a ajudou a desfazer as malas,se despediu e foi embora.Sara tirou a roupa e foi preparar algo para comer,ela tinha essa mania,gostava de se sentir mais livre,e,como agora morava sozinha,podia ficar em casa despida sem vergonha alguma.Enquanto,comia e tomava uma boa xícara de café,ela pensava na conversa que teve com a amiga.Afinal,algumas coisas mudaram,sua melhor amiga estava noiva,suas outras amigas seguiram por caminhos diferentes e ela finalmente já era uma profissional,por que então deveria se preocupar com uma paixão que não deu certo?
         -Por que eu não consegui esquecer ainda?
        Após terminar a refeição,ela foi guardar as roupas que estavam dentro da mala,tirou o cilindro com o diploma e começou a se perguntar aonde deveria colocá-lo.Enquanto tentava achar um local,sua mente continuava inquieta:
        -Por que eu não consegui esquecer ainda?
        Quando pendurou o certificado,Sara encaminhou-se finalmente para o banho(sim,ela continuava andando pelada pela casa)quando,no meio do caminho,avistou sua antiga gaveta.Dentro havia antigas lembranças,fotos com as amigas,receitas de trufa e,para ela o mais importante,fotos e autógrafos do Mario(ela era meio stalkeadora,você já pode perceber).
        -Por que eu não consegui esquecer ainda?-Perguntou ela por uma terceira vez,quando seu coração começou a acelerar mais forte e uma pequena lágrima escorreu-lhe o rosto.
        -Mario,eu o quero,mas você não pode ser meu,eu preciso superar isso.
        Enquanto se perdia nesses pensamentos,a garota reparou,mais ao fundo,desenhos e mensagens de outro antigo amigo dela,Nicolas.Nicolas,apesar de não ser tão íntimo quanto Milena,também foi um bom amigo para Sara,sempre tentou ajudá-la nas investidas com o professor(apesar que ele levava isso de uma forma bem mais cômica do que romântica).Além disso,havia um detalhe fascinante,Nicolas teve uma paixão por Sara,até chegou a se declarar,mas ela nunca o correspondeu,apesar de gostar bastante da amizade do rapaz.Quando Sara partiu para estudar,eles mantinham contato muito raramente.
         Sara enquanto os desenhos e ria com as mensagens,notou a oportunidade perfeita para tentar esquecer o antigo professor:Iria investir em novo romance,e viu em Nicolas a oportunidade perfeita.
        Ela pegou o celular,e mandou uma mensagem para o rapaz."Oi sumido rsrsrsrs,eu voltei para Fortaleza".Após enviar,a garota se dirigiu ao banho.
       Enquanto estava lá sua mente não tinha outro foco que não fosse Mario,realmente estava virando uma obsessão,anos de paixão secreta,de amor,vontade de beijá-lo mas nunca podendo,sempre tendo que aceitar ao fato de que seu amado tinha uma namorada.Suas lágrimas iam se misturando com a água que descia do chuveiro,suas mãos tremiam e suas pernas balançavam.
        -Mario...Mario...
        Quando finalmente terminou o banho,pegou a toalha e saiu.Ao enxugar-se,pegou o celular e viu que sua mensagem foi rapidamente respondida pelo antigo amigo.Nicolas era bastante espontâneo e gentil,perguntava bastante como havia sido a viagem,se ela já havia comido alguma coisa,se ela já tinha descansado.Sara sequer respondia,apenas deixava as mensagens chegarem e continuava a se enxugar.Por fim,deitou-se na cama,deu um leve sorriso e simplesmente digitou para o rapaz "Vamos nos encontrar" e enviou,sem entrar em contexto com nenhuma outra mensagem que ele a havia enviado.Após isso,ela pensou pela última vez em seu amado,pôs a mão no coração e,por fim dormiu.
       
      


Notas Finais


Sara,não sei se vou continuar ou não,a história ficou bem ruizinha,mas te amo cabeça redonda.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...