História Percy Jackson O guerreiro da escuridao - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Tags Pertemis
Visualizações 240
Palavras 976
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu sei que prometi postar de 3 em 3 dias mas não deu então me desculpem mais um capítulo agora com uma sequência de lembranças do Percy para esclarecer as coisas. Só avisando: elas vão terminar no capítulo 6.

Capítulo 3 - Cap. 3



Cap. 3

        Pov. Percy

-E por que você que sou eu este herói que eu saiba ainda deveria estar no tártaro depois do julgamento por àquele incidente - e antes que eu percebesse ou pudesse evitar cai em lembranças que a muito pensei que estavam perdidas:

Flashback On

         Estava debaixo da árvore de Thalia fazendo a ronda em volta do acampamento, que depois da guerra contra Gaia juntaram gregos e romanos  assim formando o acampamento sangue olimpiano, junto com Rena, Hazel, Nico e Frank quando vejo um menino sendo perseguido pelo minotauro então imediatamente entro em ação saco contracorrente e saio em auxilio do menino atacando o meu velho "amigo" chifrudo, assim permitindo que o garoto chegasse ao acampamento em segurança ao acabar com o minotauro fui ver se ele estava bem, mas ao chegar lá percebo que ele estava se vangloriando de ter matado o minotauro sozinho enquanto eu só olhava fiquei indignado, mas não falei nada, mas qual foi a minha surpresa ao descobrir que ele Mark era nada mais nada menos do que filho de Poseidon, ou seja, meu meio irmão, mas mesmo assim não liguei, pois tinha mais coisas para resolver, pois com a união dos acampamentos algumas alterações ocorreram como, por exemplo, os pretores de nova Roma continuam sendo os lideres do lado romano e eles são Reyna que por acaso esta namorando o Nico (longa historia) e o Frank que continua com a Hazel e os gregos também nomearam seus lideres o Jason que esta com a Piper e o Leo que esta namorando a Calipso (outra longa historia) e para que não houvesse, mas brigas entres os lados eles resolveram eleger um líder geral como se fosse o pretor sênior de todo o acampamento, mas eles disseram que deveria ser um herói tanto grego quanto romano e no final por voto eu fui escolhido como este líder tentei recusar falando que eu não era a melhor escolha, mas não adiantou fui levantado em um escudo e declarado como pretor sênior do acampamento e por isso tinha muito mais responsabilidades, o que minha sabidinha diz que vai ser bom para mim, pois vou deixar de ser cabeça de alga (da para acreditar que ela disse isso de mim?). Então como eu disse não tinha tempo para ficar desmentindo o meu "meio-irmão".
         Depois de algumas semanas eu estava procurando a Anabert, pois queria falar com ela já que tinha um tempo em que não a via e achava que ela estava me evitando, mas desta vez eu a iria surpreender, pois iria a pedir em casamento, mas não a estava achando então pedi uma informação paro o Quiron e ele me disse que tinha á visto, entrar na floresta então fui correndo atrás dela para ver se tinha acontecido alguma coisa e quando a encontrei vi que estava acontecendo algo, algo que eu não queria ter visto, lá no meio da floresta estava a Anabert sem roupa e de 4 com o meu "meio-irmão" Mark literalmente se comendo e pelo jeito estava bom a brincadeira já que estavam gemendo tanto que nem perceberam a minha presença:
          - Acho que o Percy esta ficando desconfiado- disse a Anny
          - Duvido que aquele cabeça de alga desconfie de algo- disse o Mark
          - Isso e o que você pensa Mark- digo saindo atrás dos arbustos que eu estava escondido
          Anny me olha desesperada e diz:
         - Percy não e nada disso que você esta pensando.
         - A não Annie- respondo com a voz mais ríspida e fria que eu consegui naquela situação- o que eu deveria pensar quando vejo a minha namorada, ou melhor, a minha ex-namorada, pelada de 4 com o meu "meio-irmão"- disse aquelas palavras como se fossem o pior insulto que existe e já virei para ir embora, mas parei quando a Anny falou:
          - Você estar certo o Mark e muito melhor do que você ele, e que deveria ser o líder do acampamento. Ele e perfeito ao contrario de você que não e nada, só fiquei com você porque era famoso, mas agora que os seus 15 minutos de fama acabaram você não e nada.
          Nisso o meu sangue ferveu, não acredito que ela disse isso para mim, mas não pude fazer nada, estava arrasado, pois a única pessoa que eu amava não era quem eu pensava, nisso virei para o fundo da floresta para correr ate que o Mark grita para que eu pudesse escutar:
          - No inicio ela era realmente apertada, mas agora esta larga ou como preferir arrombada.
         Apos isso perdi a paciência e os meus poderes começaram a sair do meu controle o chão começou a tremer com um terremoto que seria violento, mas antes que algo de ruim acontecesse vi que o acampamento seria afetado, e eu não poderia fazer isso com eles, pois eles não tinham nada com á historia. Então eu corri para o mais fundo da floresta onde ninguém ousava ir e lá despertei a minha fúria, uma fúria tão grande que nenhum monstro ousou chegar perto de mim e aqueles que eram corajosos ou burros o suficiente para fazerem isso foram desintegrados na hora.
Sabia que não poderia continuar no acampamento aquele não era mais o meu lugar eu tinha que fugir dali e só tinha um único lugar para que eu pudesse ir já que minha Mãe morreu na guerra contra Gaia eu iria para o palácio do meu pai.
Ao sair da floresta percebi que minha fúria foi maior do que eu pensava já que mesmo de tão longe onde eu estava antes ela acertou ao acampamento, tinha chalés e coortes rachados, fontes quebradas entre outras coisas, mas por sorte nenhum semideus ferido, nisto eu corri para o meu chalé peguei minhas roupas e uma mochila e fui para o mar, para o palácio do meu pai...
 


Notas Finais


O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...