1. Spirit Fanfics >
  2. Perdão 2 >
  3. Delicado(14)

História Perdão 2 - Capítulo 14


Escrita por:


Capítulo 14 - Delicado(14)


Eles voltaram para casa Miranda e Evandro estavam jogando Dama.

Evandro : parece que alguém vai ter que arrumar meu quarto a semana toda.

Disse debochando depois dela ter perdido a segunda vez para ele.

Eles estavam rindo junto.

Miranda : droga.

Mila apareceu estérica.

Mila : por que falou para o papai sobre oque aconteceu comigo e com ele aqui antes do casamento,por que quis me prejudicar.

Miranda : irmã ,minha intenção não era essa.

Mila : Sempre faz tudo para me prejudicar,e eu pensando que você estava melhorando.

Mila saiu magoada ,Henrrico saiu atrás de Mila.

Miranda foi correndo para o quarto dela.

Evandro foi atrás de Miranda.

Ele bateu na porta.

Miranda : não quero falar com ninguém.

Evandro : nem com um amigo.

Ela abriu a porta.

E se agarrou em seu abraço.

Miranda : ela estar com raiva de mim,eu não queria por meu pai contra ela .

Evandro : eu acredito em você,ficar chorando não vai resolver nada vamos comer.

Ela riu.

Ele a trouxe para cozinha a deixou ali e foi pegar uma rosa no jardim e voltou e a deu.

Evandro : para você.

Miranda : ela é linda.

Envandro : você é muito mas que ela.

Miranda riu.

Miranda : é você fala oque pensa.

Evandro ficou sem jeito.

Miranda : isso é bom.

Ela riu e ele achou lindo como ela sorriu.

Evandro ficaram conversando a tarde toda.

No outro dia de manhã eles sairam não queriam dizer para onde.

Henrrico : cuida da Miranda ,tudo bem vamos sair ,para ter um momento nosso.

Evandro : tabom.

Eles nem se despediram de Miranda quando foram.

Ele mandou um café na cama para ela.

Ela ficou toda boba.

Ele foi tomar o café com ela.

Miranda : ninguém fez algo tão fofo por mim.

Evandro : é as empregadas foram a igreja ,já que não deixaram nada pronto oque custava eu fazer para você também.

Miranda : eles já sairam.

Evandro : sim.

Miranda : nem se despediram.

Evandro : não fica triste.

Miranda : vou tentar.

Evandro : para te animar ,vamos fazer assim arruma o meu quarto e quando eu voltar do seu serviço ,agente sai vamos numa daquelas grandes festas do centro oque acham?.

Miranda : uma idéia ,muito boa.

Ele deu um beijo na bochecha dela e foi ela arrumou o quarto gostou e arrumou a casa toda.

Maria : inacreditavel como estar tudo tão limpo.

Miranda : eu arrumei e fiz a comida também.

Carla : nossa muito obrigada.

Miranda : me desculpe por as vezes ser chata e mandona.

Carla : que isso menina,mas que se arrepender o importante é reconhecer o erro.

Carla a abraçou.

Maria : não precisava também fazer tudo ,agente ama o nosso trabalho,me diz algo que queira comer para que possamos fazer e ficarmos quitis.

Miranda : Evandro tem sido tão bom comigo que eu queria agradece-lo,vocês podem fazer para mim o doce favorito?,é que não sou muito boa com doces.

Elas riram.

Maria : melhor iremos te ensinar.

Foi oque fizeram,depois que acabaram ela foi se banhar e dormir.

Mas tarde ele chegou e foi até o quarto dela e acordou.

Como ele achou lindo o jeito ela acordou.

  Miranda : vou me arrumar.

Ele pos uma sacola do lado da cama dela.

Ela olhou.

Parecia um vestido de festa caro e curto o vestido era prata.

Ela adorou.

Miranda : que lindo.

Ela deu um beijo nas mãos dele e agradeceu .

Ele foi se arrumar mas antes comer.

Evandro : oque tem hoje para comer maria ,confesso que estou com muita fome.

Maria : tem ,risoto de frango e pudim.

Evandro : pudim eu adoro pudim,me dá dois pedação.

Carla : deixe para a Miranda já que foi ela que teve a idéia de fazermos para o senhor.

Ele riu.

Carla : vejo que gostou da surpreza.

Evandro : até que ela tem suas virtudes.

  Depois de comer todo o pudim foi se arrumar.

Quando terminou ela estava sentada na sala,já arrumada.

Evandro : nossa.

Miranda : gostou?.

Evandro : parece uma princesa.

Ela riu.

Miranda : vamos.

Eles foram.

Chegaram lá oque fizeram foi dançar ,dançaram até não aguentar mas.

Evandro : nunca pensei que fosse tão legal.

Miranda : nem eu .

Eles chegaram perto um do outro e se beijaram.

Miranda : isso não era para acontecer.

  Evandro segurou a mão dela.

Evandro : você vai continuar negando oque estar acontecendo?.

Miranda : eu sou mulher do seu irmão.

Evandro : isso é só no papel.

Miranda : não sou pura,para você.

Evandro : eu não me importo com isso,amor é uma conquista diaria eu sei que consiguirei fazer com que me ame,mas admita que gosta de mim.

Ela sorriu.

Miranda : eu gosto ,mas é errado.

Evandro : talvez o errado seja bom.

Fez carrinho no rosto dela.

Miranda : talves eu esteje louca.

Evandro : talves ,queremos ser feliz.

Ele voltou a beijar.

E depois disso voltaram a dançar.

Chegaram tarde em casa e foram direto para seus quartos

Ela fechou a porta e tocou no seu labio lembrando daquele beijo tão delicado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...