1. Spirit Fanfics >
  2. Pokémon Big Bang >
  3. Fofos e perigosos

História Pokémon Big Bang - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Sejam bem vindos! Para quem quiser ver a representação da Opening, segue o link: https://youtu.be/vvW-3b29EHU
A Opening segue a fase 1 da história, que vai do capítulo 1 ao 18.

Capítulo 9 - Fofos e perigosos


A floresta Pinwheel possui uma área imensa na parte inferior de Unova, conectando a cidade de Nacrene à ponte Skyarrow, porém, para chegar nessa ponta não se torna necessário que os viajantes a atravessem. Há uma estrada reta beirando a floresta que se conecta diretamente com a ponte, e como Pedro tem pressa de vencer o próximo líder eles optaram por não se aventurarem por entre a floresta, mas graças à isso Pedro tem que escutar os resmungos de Mary durante todo o caminho.

Mary: Awn... Queria pegar mais um Pokémon... Nessa floresta deve ter...

Pedro: Mary, por favor, não temos tempo para isso, então... PARA DE RECLAMAR!

  Mary fez uma cara emburrada.

Mary: Não grite comigo. Acha que é o único que quer ficar mais forte? Hunf!

  Já estavam se aproximando da saída da floresta, quando um grande barulho percorreu por entre as árvores e chegou aos seus ouvidos. Mary se aproximou de Pedro.

Mary: O que acha que é...?

  Quando a menina olhou para o rosto do rapaz, viu uma expressão assustadora de raiva. Ele com certeza estava pensando ser coisa da Nightmare. Pedro saiu correndo por entre as árvores, e Mary logo o seguiu.

Mary: Pedro! Espera!

  O menino não respondia, talvez nem sequer estivesse ouvindo seus chamados. Foi quando chegou à uma clareira, começou a olhar para todos os lados, como se fosse um animal caçando. Mary o alcançou alguns segundos depois.

Pedro: Saia daí! Vem lutar, Nightmare!

Mary: Pedro, calma, talvez nem seja ela...

  Vários Pidoves e Tranquills saíram voando das árvores conforme mais um estrondo ocorreu. Pedro percebeu a direção e voltou à correr buscando sua inimiga. Quando alcançaram outra clareira se depararam com algumas pessoas usando um tipo de uniforme de tom roxo. Estavam prendendo dispositivos em pequenos Pokémon que voavam pela área, e atrás deles estava um caminhão carregando um grande cubo de vidro, que era de onde esses pequenos Pokémon estavam saindo.

Pedro: Essa roupa... Parece muito a roupa da Nightmare! Ei vocês! Estão com a Nightmare, não estão!?

  Os sujeitos olharam para trás e analisaram Pedro.

Sujeito 1: Cabelo castanho, casaco azul e verde, esse é o garoto que vive perseguindo nossa líder. 

Sujeito 2: Vamos nos livrar dele logo, talvez sejamos promovidos!

Mary: Se a Nightmare é a líder deles... Então eles são um time vilão como o Team Plasma...?

Pedro: Sejam lá quem forem, vão pagar por atacar minha cidade como fizeram! Wimpod, vai!

  Todos os pequenos Cutieflys com dispositivos nas costas foram na direção do Wimpod.

Mary: Eles parecem estar sendo controlados.

Sujeito 1: Team Duskness não vai perder! Agimos na escuridão para trazer a luz à essa região, deveriam ser gratos!

  Wimpod parecia mais determinado e zangado dessa vez, com certeza não gostava nada desse pessoal. 

Pedro: Aqua Jet!

  Wimpod passa por vários Cutieflies, os derrotando, porém outros atacam com Fairy Wind, machucando um pouco o Wimpod, mas que ainda resiste. Mary lança Litwick para a batalha, e este ataca usando Flame Burst, acertando vários ao mesmo tempo. Os dois sujeitos correm com alguns Cutieflies e somem entre as árvores. Alguns Cutieflies restantes lançam um Dazzling Geam em direção à Mary, que estava distraída, Pedro a empurra para o lado, e quando ela cai ao chão acaba machucando a perna.

Mary: Ai!

  Wimpod derrotou todos os Cutieflies restantes. Pedro o chamou de volta e ajudou Mary a se levantar, mas ela não conseguia andar direito, então ele a apoiou em seu ombro e foram andando pelo caminho. Até que chegaram em uma caverna, de onde os barulhos estavam vindo. Haviam vários Butterfrees saindo dessa caverna, e quando entraram avistaram muitas flores e vários Cutieflies, os sujeitos também se encontravam lá. 

Sujeito 1: Seu Cutiefly inútil! Aumentarei a potência da máquina ao máximo!

  Com isso Cutiefly parecia sofrer, Mary não agüentava ver um Pokémon ser tratado assim.

Mary: Litwick, Shadow Ball!

  O homem saltou para trás e o Cutiefly seguiu para cima do Litwick, usando Bug Buzz. Litwick recebeu o golpe mas se manteve.

Mary: Use Fire Spin! Eu vou salvar esse Pokémon!

  Litwick prendeu o oponente com Fire Spin, e logo em seguida Mary lançou sua Pokéball, capturando o Cutiefly.

Sujeito 2: Droga!

Sujeito: Cara, achei! A Scizorite estava mesmo aqui, vamos embora!

  O teto da caverna se abriu e uma corda surgiu, levando os homens dali. Todos os Cutieflies com máquinas nas costas os seguiram, os que foram soltos durante a luta se dispersaram pela floresta.

Pedro: Mais uma pedra... O que eles querem com isso afinal...? Enfim, Mary, você está bem?

Mary: Ainda está doendo... Mas isso não importa, vamos ajudar esse Cutiefly. 

  Mary o soltou e ele a atacou. Mary o segurou e quebrou o dispositivo, deixando Cutiefly consciente de seus atos. Ele então viu que Mary estava muito ferida, por sua causa, e utilizou Aromatherapy, curando superficialmente sua perna, permitindo que pudesse andar sem muita dificuldade.

Mary: Muito obrigada!

  Cutiefly se sentia mal pelo que fez. 

Pedro: Mary, capture ele. Tenho certeza que ele também gostaria.

Mary: Será?

  Cutiefly pulava de alegria. Então Mary tocou a Pokéball no Cutiefly e o capturou.

Mary: Eba! Mais um amiguinho fofinho!

Pedro: Sabe que fofura não vence batalhas, não é? Ao menos ele parece forte...

  Os dois conversavam enquanto caminhavam pela floresta.

Mary: Você parece um velho ranzinza. Sabe do que você precisa?

Pedro: Do que?

Mary: De uma companheira, para te colocar no trilho, isso sim.

  Mary disse isso apenas porque de fato ajudaria Pedro a superar seus problemas, porém...

Pedro: O que está insinuando com isso...?

Mary: Hã? Ah! N-não foi o que eu quis dizer!

  Ambos estavam vermelhos agora, o assunto morreu nesse exato momento. Após uns minutos, chegaram na entrada da grande ponte, e ao observar o mirante foi possível ver o sol da tarde já quase se pondo por trás dos grandes arranha-céus de Castelia, que estava do outro lado da grande quantidade de água que dividia a parte leste do centro de Unova. 


Notas Finais


Mais uma vez, agradeço a atenção de quem puder e espero que gostem do rumo da história. Se quiserem deixar seus comentários, adorarei ler!
No próximo capítulo, os protagonistas chegam à cidade de Castelia, mas será que ela é tão bonita quanto parece?
Link da representação da Ending: https://youtu.be/N-6uwx4KR4M


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...