1. Spirit Fanfics >
  2. Pokémon Sword Shield - Galar Rebirth >
  3. Motostoke: Team Yell

História Pokémon Sword Shield - Galar Rebirth - Capítulo 9


Escrita por: wmhogwarts

Notas do Autor


Boa leitura a todos. E obrigado por acompanhar. Sério mesmo. Eu escrevo para mim mas eu fico muito feliz que gostaram da história.

Capítulo 9 - Motostoke: Team Yell


Fanfic / Fanfiction Pokémon Sword Shield - Galar Rebirth - Capítulo 9 - Motostoke: Team Yell

Atravessando o portão de Motostoke , Gloria e o seu Scorbunny adentram a cidade , que era uma cidade industrial moderna de cores púrpura e marrom predominantes , que poderiam ser vistas muitas torres e com a maioria dos edifícios com telhado cônico. Se dirigiram ao Centro Pokémon.

- Boa noite. Eu vou deixar os meus pokémons aqui e amanhã eu passo para pegá-los de volta. - diz ela entregando as suas pokébolas à enfermeira.

- Será um prazer cuidar deles. - fala a enfermeira recebendo os pokémons.

A menina foi até o PC e faz uma chamada de vídeo para a sua mãe.

- Olá , filha , como está? E porque está toda empoeirada? - pergunta a mãe.

- Eu estou adorando , mommy. Hehehe eu enfrentei uma tempestade de areia.

- Que bom que esteja gostando , porque você não sabe a saudade que sentimos de você. - fala a mãe quando surge o Munchlax na tela e começa a chorar junto a ela. A garota constrangida ao ver isso olha para os cantos do Centro Pokémon para ver se tinha alguém vendo aquela cena.

- Então tchau , mãe. Outra hora nos falamos mais. Tenho que tomar um banho e já está tarde.

- Ok , filha. Agora você está sempre com pressa mas não se esqueça da gente.

- Tchau , mommy.

Ela desligou o PC e foi até onde estava a Joy.

- Eu poderia tomar um banho rápido? - pede saltitando e juntando as mãos.

- Claro. Pode usar a banheiro a vontade. - fala Joy lhe mostrando a direção do banheiro.

Gloria deixa o Bucca no balcão com a enfermeira que o acha muito fofo e começa a brincar com ele. Ela sai dando risada por causa da cara de repulsa do seu pokémon que não gosta que as pessoas o achem fofo.

Algum tempo depois Gloria retorna do banho vestida diferente. Agora ela usa um top branco com listras pretas e veste uma minissaia verde e está usando uma boina verde também e luvas simples brancas. A jovem se dirige até o balcão e pega das mãos da  enfermeira o seu pokémon inicial , que se sente aliviado por se separar daquela pessoa carinhosa.

- Tchau. Te espero amanhã. - se despede Joy acenando para ela.

- Até. - responde a menina de cabelos castanhos escuros.

Então ela se dirige até o alojamento do Centro Pokémon e faz a sua cama lá e dorme junto ao seu Scorbunny.

No dia seguinte , a treinadora deixa o alojamento após escovar os dentes e sai Bucca até onde estava a enfermeira de cabelos rosas.

- Bom dia! Deseja comer algo? Sobre as mesas do refeitório estão alguns biscoitos e também há ração para os pokémons. - convida ela.

- Ok. Obrigada.

Gloria chega até as mesas e senta-se com o seu Scorbunny. Ela come os biscoitos com leite e ele consome a sua ração.

De repente alguém ao lado da jovem diz:

- Ei , esse é o seu Smart Rotom? Capa legal. - fala elogiando a capa rosa toda florida do smartphone de Gloria.

- Ah , obrigada. - agradece Gloria sem dar importância.

- Você é muito deslocada , mocinha. Eu liguei e mandei várias mensagens para você e nada de me responder.

- Uhm? - Gloria se assusta com o comentário e olha para ver quem era. - Sonia?

- A própria. Eu soube por alguém que você estava aqui. Sabe , hoje às dez tem um evento de inscrição da liga. Você não pode faltar. - explica Sonia. 

- É? Obrigada por me avisar. Nossa que risco que passei. - diz Gloria toda atrapalhada.

- Relaxa. Parte do meu trabalho é orientar os treinadores novatos , mesmo que eles não atendam ligações ou sei lá o que fazem com os smartphones.

- Tudo bem. Vou estar lá. - diz Gloria ruborizada.

- Ótimo. Quer ir conosco? - convidou Sonia.

- Eu prefiro ir sozinha mesmo. - fala Gloria desanimada.

- Então ok. Já vou indo. Nos encontramos lá.

- Até. - fala ela ainda sugando o leite com o canudinho.

Após terminar a refeição , Gloria pega os seus pokémons , compra uns laços e colares de enfeite para pokémons e se despede de Joy.

Na rua , ela vai ao canto direito do CP e lá libera da pokébola a sua Pelipper.

- PEELIPPEER

Grita o pokémon voador enérgico.

A jovem pega o colar de flores azuis e coloca no pescoço do pokémon que o abaixa. Em seguida , ela tira da bolsa o laço azul e branco e prende no canto direito da cabeça de Pelipper.

- Você ficou linda. Vou te chamar de Grace. - diz ela abraçando o pescoço da pelicana.

- PÉEE

Grita a pokémon alegre. Depois a treinadora a chama de volta à pokébola.

A castanha comprou meias e luvas xadrez verde e vermelhas e as vestiu. Após deixar a boutique , ela seguiu o caminho de frente e chegou à frente do estádio. Pegou o elevador e chegou no lado de dentro do estádio e foi recebida pelo mascote , o Ball Guy.  A jovem tirou uma selfie com ele com o smartphone. Ela caminhou pelo corredor e encontrou com Leon.

- Então você está aqui. Vamos lá. Hop já se registrou. Eu tenho aqui um Charcoal , que é um combustível para pokémons tipo fogo. Lhe vai ser muito útil para dar um boost nas chamas do seu Scorbunny. Você quer? - oferece Leon.

- E-eu não quero mais nada de graça. Eu pago um mil nele , o que acha? - diz Gloria um pouco envergonhada retirando o dinheiro da bolsa.

- Se você prefere assim. Trato feito. Você já está pensando como uma adulta , hein. É bem menos mimada que o Hop. - ao Leon falar isso ela fica com mais vergonha ainda. Então ela entrega o dinheiro e ele entrega o item.

Gloria fica curiosa com um garoto de cabelo marshmallow e vestido de rosa e roxo que sorri estranhamente ao olhar para ela. Leon indica o balcão , eles se aproximam do balconista e ela começa a fazer a inscrição depois de entregar a Carta de Recomendação que recebeu de Leon no começo da jornada. Pediram para ela entregar o uniforme para colocarem o número de inscrição nele , e assim o fez. Após terminar todo o processo , ela recebeu o seu League Card com o registro na Liga. Leon a guiou de volta para a saída do estádio para um corredor chamado Budew Drop Inn. Nesse lugar havia estágio superior que era ligado ao nível inferior por duas escadas e no meio delas havia uma estátua maciça de um guerreiro antigo com capacete com chifres viking e saiote metálico. Então descem as escadas e encontram-se com Sonia e Hop.

- Já fez a inscrição , querida? - pergunta Sonia se dirigindo à Gloria. Gloria apenas olhava para a estátua. - Pelo visto sim. - percebe Sonia olhando para Leon que confirmou com a cabeça.

- Você gostaria de saber sobre a lenda dessa estátua , minha jovem? - pergunta docemente Sonia para a menina.

- Essa história de novo! - reclama Hop.

- Claro que sim. - corta ele Gloria.

  - Há muito tempo ... uma grande tempestade negra cobriu a região de Galar.  As pessoas o chamam de “o dia mais escuro”.  A terra foi atacada por pokémons gigantescos ... mas eles foram derrotados por um único jovem herói carregando uma espada e um escudo.  A estátua aqui pretende representar o jovem herói daquela lenda.  Ainda não entendemos que tipo de espada e escudo o herói realmente tinha.  E o que essa “tempestade negra” deve ser é apenas outro mistério ... Seja o que for, ela obscureceu os céus por todo Galar.  Suponho que seja o dia mais escuro, mas ainda assim ...

Gloria prestava atenção a cada detalhe da história , aquilo parecia a interessar tanto quanto aquele dia que ela presenciou aquele pokémon misterioso em Slumbering Weald.

- A história do meu irmão é mais interessante. - fala orgulhoso Hop.

- Não é pra tanto , campeãozinho. Algumas pessoas não acreditam em mim. - diz ele e pisca para Gloria para evidenciar isso. -  Mas nessa lenda as pessoas costumam acreditar religiosamente. Não temos muito mais tempo , Não é , Sonia? Vocês já estão reservados no hotel aqui então amanhã às 10h eu quero vê-los no estádio para acompanhar a abertura e apresentação. - Leon entregou aos jovens as reservas com os números dos quartos que eles ficariam no hotel. Leon e Sonia se despedem e deixam eles. 

- Vou lá fora treinar os meus pokémons e talvez batalhar contra outros treinadores. Você quer vir? - convida Hop ansioso por batalhas.

- Vai você. Tchau. - Gloria apenas acena para ele.

- Então tá. Vou indo. - sai Hop desanimado. E chuta o ar dizendo entre os dentes. - Aquela estátua estúpida.

Quando ele saiu , dois jovens góticos surgiram onde ela estava , o garoto era um gordo de moicano rosa com o resto da cabeça careca. Ele tinha uma faixa horizontal rosa pintada entre os olhos e um xiz negro desenhado na cara. E usava a jaqueta preta aberta com a camisa por baixo e calça também preta com detalhes rosados  segurava uma corneta de dois canos rosa. Do seu lado , uma garota de cabelo muito curto rosa com uma faixa vertical pintada na cara e com um xiz no rosto da mesma maneira que o amigo. De miniblusa preta e pink com jaqueta aberta negra de short aberto preto acinzentado e cinto preto metálico com leggings rosa. Ela segurava uma faixa de torcida com a imagem de uma garota.

- Você é uma competidora , não é? Não parece ser capaz de rivalizar com Marnie , a maior treinadora do mundo. - fala o garoto gordo e toca a corneta no ouvido de Bucca que estava nos braços de Gloria. O Scorbunny e a treinadora ficam irritados.

- Vai Ziggs! - e um pokémon guaxinim preto e branco com listras alternadas em ziguezague surge. - Use Lick , Zigzagoon.

- Evasiva e Ember , Bucca! - grita firme a treinadora e o seu pokémon desvia do ataque tipo fantasma do oponente e com raiva cospe fogo contra o oponente que não resiste e cai sendo queimado.

- Droga! - resmunga o garoto forte.

- Deixa comigo. Vai Nickic. - a garota punk lança da pokébola um pequeno pokémon raposa vermelho caramelado. - Quick Attack. -    Nickit acerta um golpe rapidamente no coelho.

- Scorbunny , Ember. - assim o pokémon de Gloria atinge o Nickit com o fogaréu que desmaia.

- Não pode ser.

- Mas ainda duvidamos de que vença a Marnie. - fala o gordo.

- Ela é a maior treinadora do mundo. - completa a garota.

- Essa Marnie pode vir também porque o meu Scorbunny está muito animado hoje. - estava dizendo Gloria quando chegou uma uma jovem esguia com olhos verdes esmeralda, cabelo preto escuro e pele muito pálida. Ela tem um penteado estranho, com o lado parcialmente raspado, tufos de cabelo que lembram chifres e rabo duplo bagunçado amarrado com fitas vermelhas. Sua franja também está do lado direito e cobre parcialmente seu olho. Para as roupas, Marnie usa uma roupa que parece ser uma mistura de um estilo resistente e fofo. Ele consiste em uma jaqueta gótica preta com tachas, um minivestido rosa com orifícios triangulares cortados na parte inferior e botas pretas e rosa combinando com saltos pontiagudos, três grandes tachas e um bico apontado para cima. Como acessórios, ela usa uma gargantilha preta em volta do pescoço com um círculo e três pontas do lado de fora, junto com um piercing na orelha em forma de diamante vermelho . Ela também carrega uma pequena mochila vermelha que combina com as fitas de seu cabelo. Era a garota da faixa da Yell Grunt. Junto a si estava um roedor com braços e pés curtos e atarracados, um par de bolsas nas bochechas circulares rosa, um nariz muito pequeno, duas orelhas em formato de amêndoa com um único tufo de pêlo sob cada orelha e o corpo amarelo e caramelo. Também havia um par de Yell Grunts do lado dela muito parecidos com os que já estavam ali.

- Falavam de mim? - pergunta a treinadora recém chegada. Gloria olhou para ela e ficou maravilhada com o estilo dela e com os seus torcedores. "Ela só pode ser muito forte de verdade para eles serem tão fanáticos por ela assim" , a castanha pensou. - Ei , você. Venha comigo. - Gloria com medo aceitou e ela e Marnie passearam pelo corredor enquanto conversavam , seguidas pelos quatro punks.

- Esse é o Team Yell. Eles gostam de causar problemas para os meus adversários porque eles têm uma grande devoção por mim e depositam a fé em mim para representar a nossa cidade , Spikemouth. Então eu tenho que ser a melhor para continuar com o respeito deles. Você está hospedada por aqui? - Marnie pergunta.

- Sim. Por que?

- Que tal irmos até o seu apartamento? Eu tenho uma roupa bem mais cool que essa sua aí. Depois podemos passear juntas?

- Tudo bem então. - " será que ela quer ser a minha amiga? " , Gloria pensou.

Enquanto conversavam Gloria via na Pokédex o curioso pokémon de Marnie.


     #344  Morpeko

Pokémon de duas formas

Altura: 0,3m     Peso: 3,0 kg

Tipo: Elétrico / Noturno


Habilidades: Hunger Switch: O Pokémon muda sua forma, alternando entre Full Belly Mode e Hangry Mode após o final de cada turno.


Chegaram no apartamento , Gloria vestiu o vestido presenteado por Marnie e pegou uma blusa preta para combinar. As duas saíram pela cidade vestidas iguais , com sempre os membros do Team Yell as acompanhando. Tomaram sorvete no Battle Café , foram ao salão de beleza (onde Gloria se recusou veementemente a alterar o seu corte de cabelo) , compraram itens para os seus times e comeram no restaurante. Foram na loja de artigos musicais ver CDs dos artistas que o time Yell gostava (Gloria ganhou um a contragosto) e assim passearam até se despedir.

Gloria chega de tarde no apartamento , tomou um banho , trocou de roupa , comeu um pouco , vestiu uma camisola e foi dormir com o seu Scorbunny.




Notas Finais


Mais uma vez eu tive a ajuda do meu amigo @Marverick
Cara top
Essa fic é muito d+
Leiam-a também
https://www.spiritfanfiction.com/historia/pokemon-geracoes-diamond-e-pearl-20573615


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...