1. Spirit Fanfics >
  2. Pomba >
  3. Branco de vazio.

História Pomba - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Esse tipo de delírio costuma acontecer mesmo, de boa. Só quando me sinto meio na bad e escuto músicas aleatórias-

Mas enfim, escrevi isso sendo uma centric do Jeff e o sentimento de loucura perante a morte do irmão - ou o assassinato, no caso. Realmente deve estar meio confuso, mas foi porque utilizei a letra da música por si só que trás essa sensação

Se por acaso não tiverem entendido, sem problemas virem me perguntar sobre~

A música: https://youtu.be/ECqdp_PKYvY


Boa leitura!!! <333

Capítulo 1 - Branco de vazio.


Andando pela cozinha, contornando o balcão. Ele se perguntava porque nada havia mudado. Alimentava seu amigo pombo com um bizarro sanduíche de picles. Rasgando as unhas em cordas velhas de uma guitarra abandonada, ele se lembrava da sua fronha feita de dinheiro.

Ele se sentia falso quando acordava. Lenços de papéis usados para secar olhos, e uma parte sua se perguntava se podia fazer um castelo de papel com todos estes. O amigo cobra tinha a cópia das chaves de sua casa em pedaços.

 

Não teve tempo de se despedir como queria. Fechando os olhos, imaginava como tudo poderia ter continuado o mesmo. Queria tempo para escrever uma música para ele.

 

Sentimento confuso, aquele, e sentia a falta da cor verde. Por que nada podia ter permanecido?, adormecia se perguntando. Cabeça idiota, maníaca, queria a matar. Derreter e beber o que sobrou.

Ele não era uma fera, ele não era um monstro.

Não se importava com o que diziam. Você não pode ter pessoas ruins sem um herói, e ele tinha uma capa.

 

Sem tempo de dizer um adeus adequado, sonhando acordado com o que se passou. Um papel e um lápis para escrever ao seu irmão morto. Não sabia como iria viver sem Liu.

 

 

 

 

Mas ficaria forte por ele.


Notas Finais


- Daisy_akaFox🌼


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...