História Por Amor - Capítulo 41


Escrita por:

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Caleb Rivers, Emily Fields, Hanna Marin
Visualizações 54
Palavras 3.057
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Mistério, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 41 - Coisas boas se vão, para que melhores acontecam.


POV EMILY

Dias depois... 

As coisas fluía de vento em popa, começamos a construção do terreno onde seria meu próprio negócio. Minha mãe dava todas as coordenadas e me deixou uma pequena quantia pra já ir comecando a construir. Porém eu precisava de um bom arquiteto, enquanto conversava com a Ali, começamos a pesquisar alguns momes de arquiteto na net mesmo, vimos algumas opções, mas nada que tenha nos tocado de imediato. Porém, teve um que de alguma forma se destacou, na verdade era mulher e tinha o contato. Resolvemos ligar e pra nossa sorte conseguimos conversar alguns minutos e desde já me imprecionei com o profissionalismo da mulher, pela voz me parecia jovem, mas tinha um certo domínio no falar e logo de cara me interessei muito. Combinamos de nos encontrar ainda hoje no final da tarde, marquei no local da obra, pois queria que ela olhasse todo o terreno de imediato. 

ALISON: Entao amor, o que achou dela?

EMILY: Gostei muito, sei que nao podemos decidir nada assim logo de cara. 

ALISON: Justamente esse encontro vai tirar nossas duvidas e talvez fechamos acordo com essa arquiteta. 

EMILY: Ali, eu nem sei como te agradecer todo o apoio que tem me dado. 

ALISON: Eu nao podia fazer diferente meu amor. Disse enquanto a abraçava 

EMILY: Obrigada, você não existe. 

ALISON: De nada. A proposito, as meninas onde estao? 

EMILY: Aria e Spencer? - Estão na casa da Hanna, ficamos de almoçar lá hoje. 

ALISON: E você por quê nao foi com elas? 

EMILY: Porquê eu preferi passar a manhã com você. Fiz mal? 

ALISON: Nunca, jamais! 

EMILY: Por acaso a Cris vai demorar? 

ALISON: Hum, e por que o interesse em saber da Cris? 

EMILY: Se ela demorar mais um pouco eu posso aproveitar mais um pouquinho a minha namorada.

ALISON: Eu acho uma excelente ideia. - a gente pode começar agora mesmo! 

EMILY: Ah, é? Disse enquanto a beijava intensamente

Estavamos no sofá, que por sinal era muito aconchegante e espaçoso, fiquei por cima dela e depositei varios beijinhos com mordida. Hora beijava seus labios, hora seu pescoço. 

ALISON: Assim fica dificil resistir.

EMILY: Então nao resista! 

Mais uma vez a beijei intensamente, paramos pra recuperar o fôlego, nos encaramos com tanto desejo, que a vontade de amá-la parecia urgente. E foi assim que a gente se amou no sofá de seu apartamento. 5 minutos depois a Cris aparece. 

CRIS: Demorei?

ALISON: Foi o suficiente Cris! 

CRIS: Suficiente pra que querida?

EMILY: Nada Cris, a Ali quiz dizer que você não demorou tanto assim. Falei enquanto a Ali se divertia me vendo sem graça. 

CRIS: Vou preparar algo pra gente almoçar. 

EMILY: Infelizmente nao posso ficar, combinei de almoçar com a Hanna e no final da tarde irei ver a arquiteta. 

ALISON: Claro. - Quer que eu vá com você? 

EMILY: Não precisa meu anjo. Será breve! 

ALISON: Esta bem, qualquer coisa me liga?

EMILY: Pode deixar, ligo sim. Beijo! - Tchau Cris!

CRIS: Tchau querida! 

Passei em casa, tomei um banho e fui direto pra casa da Hanna que ja tinha mandado varias mensagens. Cheguei, toquei a campanhia e fui recebida com travisseiradas. 

HANNA: Por quê demorou tanto criatura?

EMILY: É assim que vocês me recebem? Suas mau agradecidas. Demorei por que passei no mercado e comprei aquela sobremesa que você adora. 

HANNA: Não me diga que...

EMILY: Sorvete de pavê!

HANNA: Ai não! - Eu amo.

EMILY: Eu sei, por isso mesmo que trouxe. 

SPENCER: Podemos comer? - Estou morrendo de fome. 

HANNA: Claro, passou a manha inteira no quarto com a Aria. Fazendo nao sei o quê!

ARIA: Gente, não se pode mais ficar no quarto até tarde? 

Nos levantamos e fomos direto pra mesa, o cheirinho tava ótimo. 

SPENCER: Lasanha de frango!

EMILY: Jura! - Hum, que cheiro maravilhoso Spencer, nao me diga que foi você que fez.

HANNA: Ah, ela bem queria ter esses dotes culinários. 

ARIA: A Spencer cozinha muito bem pra sua irnformacao Hanninha. 

SPENCER: Pois amanha o almoço é meu e vou mostrar meus dotes. 

EMILY: Hum, combinado! 

Enquanto comíamos, conversavamos  varias coisas, uma delas foi sobre a construção da escola de natação. Expliquei passo a passo de como eu queria que ficasse e as meninas adoraram a ideia. 

SPENCER: Do jeito que ta falando vai ficar perfeito. - Mas precisa de um bom arquiteto, um que tenha uma visao ampliada do projeto. 

EMILY: Com certeza, combinei de me encontrar com uma arquiteta no final da tarde, achei seu perfil na internet e ela me parece interessante, pelo menos no telefone foi muito bem. - Hanna? Hanna? Alô!

HANNA: Desculpa gente, do que estavam falando mesmo?

SPENCER: Hanna, o que esta acontecendo? - Tenho reparado que anda um pouco desanimada. 

HANNA: Não é nada gente! 

EMILY: Hanna, fala logo! - Eu te conheço. Anda, fala!

HANNA: É o Caleb! - A gente não ta muito bem ultimamente e eu sinto que ele tem outros planos. 

EMILY: Como assim Hanna? - Vocês sempre foram a tampa e a panela um do outro. 

HANNA: É, eu também pensava assim, mas ultimanente ele anda pensando em trabalho 24h por dia e praticamente me esqueceu. 

SPENCER: Já falou com ele? 

HANNA: Já andei conversando, mas parece que entra num ouvido sai no outro. 

ARIA: Xi amiga! 

HANNA: Em, lembra do meu sonho de abrir uma empresa de moda? Lembra que sempre te falei isso? 

EMILY: Claro que sim, inclusive eu sempre acreditei em você. Seus desenhos são maravilhosos Hanna.

HANNA: Pelo visto o Caleb não pensa assim. - Outro dia falei pra ele que talvez esse fosse o momento pra investir nesse meu sonho e ele simplesmente desconversou. 

SPENCER: Sério? 

EMILY: Hanna, eu to surpresa, ele sempre te apoiou em tudo. 

ARIA: É, mas talvez ele temha seus próprios planos Hanna. - Ja parou pra pensar? 

HANNA: Mas não significa que ele não possa me apoiar Aria. 

SPENCER: Claro, você tem toda razão. Ai amiga, não sei nao, mas não te vejo assim tão feliz como achava que tivesse. 

EMILY: Conversa com ele novamente Hanna, pode ser que ele te apoi dessa vez. Mas agora muda essa carinha senão vai ficar sem sorvete. 

HANNA: O quê? - Mas nem morta! kkkkk

E foi assim que passamos o resto da tarde nos divertindo e colocando o papo em dia e por volta do horario combinado fui até o terreno e sem atrasos a arquiteta aparece, e por sinal é bastante jovem e muito bonita. Conversamos pouco mais de 20 minutos, ela me passou uma confianca incrivel, me mostrou cada detalhe de como seria o projeto conforme eu queria. Pra minha surpresa a Ali aparece enquanto estávamos finalizando alguna detalhes.

ALISON: Boa tarde! - Atrapalho? 

EMILY: Ali? É claro que não atrapalha. - Que surpresa! 

ALISON: Achei que pudesse precisar de alguma coisa. 

Confesso que ficou um clima um pouco estranho, mas depois que apresentei as duas, a Ali também gostou bastante do projeto e acabamos fechando negocio com a arquiteta. Nos despedimos, e seguimos pra minha casa. 

ALISON: O que achou da arquiteta?

EMILY: Eu gostei bastante, apesar de ser jovem ela carrega uma excelente experiencia.

ALISON: Não falo apenas disso Em. - Nao achou ela bonita?

EMILY: Sim é muito bonita! Falei enquanto olhava a expressão de seu rosto.

ALISON: Ok

EMILY: Ali, meu amor! - Não me diga que esta com ciúmes?

ALISON: Eu? Ciumes? - Emily, por favor!

EMILY: Ah, nao? 

ALISON: Não, não estou! 

EMILY: Que bom então, por que a partir de amanha estaremos mas proximas.

ALISON: Ah, e? - E você acha que vou deixar que fique sozinha o tempo todo com ela? 

Juro que estava me divertindo venho a Ali com ciúmes. Ela ficava ainda mais linda confesso, e eu tava adorando o momento

EMILY: Você pode ficar lá a hora que quizer meu amor. - Ali, ei, olha pra mim. - Eu to brincando. - Mas agora vou falar sério, não tem mulher nenhuma que me faça deixar de sentir o que sinto por você. 

ALISON: Você promete? 

EMILY: Eu prometo meu amor. - Prometo o que você quizer. 

A Ali acabou dormindo aqui em casa, passamos a noite namorando, comendo pipoca e vendo netflix. Ah, e as meninas não paravam de mandar msgs...


POV HANNA

No dia seguinte fui pra fabrica como de costume, diferente do Caleb eu não passava o dia todo enfiada trabalhando. Trabalhava apenas meio periodo, eu ficava encarregada de conferir as peças e se apresentava algum defeito. As meninas como estavam de ferias, intercalava entre minha casa e a casa da Em.

HANNA: Caleb ja estou indo almocar, nao quer me acompanhar? 

CALEB: Ah, nao querida, prometo que amanha a gente almoça juntos. 

HANNA: Ok. Tchau

CALEB: Não esta esquecendo de nada? 

HANNA: Que eu saiba não! 

Então ele fez um gesto pra que eu o beijasse me lembrando que eu iria sair sem se despedir. Depositei um selinho meio aguado e fui embora, ainda ia passar a tardezinha na obra pra conhecer a construção da futura escola da Emily, passaria em casa e ia junto com as meninas. Acabei almoçando sozinha, a Aria e a Spencer tinham saído logo cedo. Logo a tarde chegou e combinei das meninas me buscar em casa pra ir ate a obra. Pouco tempo depois ja estavamos lá, o lugar era excelente, os homens contratados estavam trabalhando a todo vapor, a Emily nos viu chegar e veio ate nos.

EMILY: Que bom que vieram!

HANNA: Eu nao ia perder o inicio da construcao do seu sonho amiga. 

SPENCER: Isso aqui parece que esta indo de vendo em popa. 

EMILY: Acabou de comecar, mas os trabalhos já estao adiantados. 

HANNA: Que ótimo, logo logo estará funcionando. 

EMILY: Se Deus quizer! - Ontem mesmo fechei acordo com a nova arquiteta. Aliás, meninas que mulher linda, que a Ali não me ouça falar isso. 

SPENCER: Nossa, por quê não nos apresenta essa deusa? 

ARIA: Eu estou aqui Spencer!

SPENCER: Eu sei meu amor, falei brincando. 

HANNA: Suas assanhadas, todas comprometidas e já estao de olho na tal arquiteta? 

EMILY: Hanna, admirar não tira pedaço. - Quero apresentar ela a vocês, venham! 

Seguimos até o interior da obra, a mulher esta de costas dando algumas instruções aos homens.

EMILY: Meninas, essa é a Melissa!

Assim que a Emily pronunciou esse nome que olho pra mulher, tive uma grande surpresa quando percebi que era a mesma garota, ou melhor, minha vizinha. 

EMILY: Melissa, essas são Aria, Spencer e Hanna, são grandes amigas e vieram conhecer um pouco da obra.

MELISSA: Muito prazer meninas. - Oi Hanna! 

EMILY: Perai, vocês se conhecem?

MELISSA: É, a Hanna e eu somos vizinhas. Me mudei a algumas semanas!

EMILY: Nossa, eu não sabia, a Hanna nao me falou nada. Que conscidência!

SPENCER: Que surpresa boa, não é Hanna?

HANNA: E como vai o andamento da obra Melissa?

MELISSA: Bom, esta tudo dentro dos conformes, os trabalhadores são excelentes e acredito que em breve a Emily inaugura a escola. 

ARIA: Poxa, que noticia boa!

SPENCER: Não imaginava que você era arquiteta. 

MELISSA: É, as pessoas não acreditam muito ate me verem em alguma obra. - Bom, eu preciso voltar ao trabalho meninas!

EMILY: Claro. 

Realmente ela nos surpreendeu muito, principalmente a mim que nao esperava que fosse justo ela a arquiteta.

EMILY: E aí meninas, o que acharam? 

SPENCER: Ta mais que aprovada Em. - Concordo com você em genero, numero e grau. 

HANNA: Será que vocês não pensam em outra coisa senao em algum rabo de saia? Disse enquanto saía de perto e fui olhar outras parte da obra. Papo chato, pensei comigo. 

POV ALISON

Cheguei na obra que estava a todo vapor. 

ALISON: Gente, o que deu na Hanna? - Ela passou por mim igual um furacão. 

EMILY: A Hanna esta estressada amor, deixa ela. - Que bom que veio!

ALISON: Oi meninas! Comprimentei

ARIA: Gente, o que teremos pra hoje? Já esta quase anoitecendo. 

EMILY: Já estao finalizando aqui. - A gente podia sair mas tarde, pegar um cinema. O quê acham? 

SPENCER: Por mim acho otimo! 

ALISON: Por mim esta fechado. 

ARIA: Vamos so confirmar com a Hanna e vamos todas pegas um cineminha.

Achei a ideia excelente, cineminha entre casais parecia ótimo. Aos poucos os trabalhadores já estavam indo embora, só restou a arquiteta que veio até nós. 

MELISSA: Emily, por hoje esta tudo finalizado. - Como vai Alison? 

ALISON: Muito bem, obrigada! 

SPENCER: Melissa, desculpa, você esta livre hoje a noite? 

MELISSA: Acho que sim, por quê?

SPENCER: Estamos indo ao cinema, se quizer esta convidada. 

Olhei pra Aria que parecia não esta tao satisfeita assim com o convite da Spencer pra arquiteta.

MELISSA: Vocês tem algum telefone que eu possa ligar pra confirmar alguma coisa? 

SPENCER: Claro, Emily passa seu numero por favor. 

ALISON: O quê? 

EMILY: Claro Spencer. 

O que a Spencer estava pensando com tudo isso? Por que ela mesma nao passou seu numero? Pensei comigo mesma. Tava muito estranho essa historia.

Parecia tudo acertado, a Hanna voltou até onde estavamos fazendo sinal pra irmos embora. 

HANNA: Vamos gente, já esta anoitecendo. 

SPENCER: Ja estamos indo Hanna. Alias, vamos todas pro cinema logo mais. 

HANNA: O quê? Cineminha entre casais? - Façam bom proveito. 

EMILY: Nada disso, você vai conosco Hanna. 

HANNA: Em, não estou disposta a segurar vela. 

ARIA: Liga pro Caleb e chama ele também.

HANNA: Faz-me rir Aria, acabei de recebe msg dele informando que vai ficar ate tarde na fabrica hoje. 

ARIA: Ai amiga, será que esse cara não se toca a garota maravilhosa que voce e? 

HANNA: Não sei Aria, acho que passei a ser invisivel pra ele.

SPENCER: Não tem problema Hanna, você não irá ficar de vela. A Melissa irá conosco.

HANNA: O quê? - Spencer se fez isso pra me arrumar companhia caiu do cavalo. 

SPENCER: Hanna, por favor. 

EMILY: Amiga, vamos, vai ser legal. - Você não merece ficar em casa sozinha. O Caleb não sabe o que ta perdendo! 

ALISON: Hanna, eu concordo com as meninas. 

SPENCER: Diz que sim vai...

HANNA: Ok, ok. Chega disso. Eu irei, mas não sei se serei uma boa companhia vou logo avisando. 

EMILY: O importante é esta conosco amiga. 

Derrepente a tal arquiteta se aproxima se despedindo.

MELISSA: Bom gente estou indo, qualquer coisa eu ligo e obrigada pelo convite!


POV HANNA

Algum tempo depois ja em casa, tomo banho e troco de roupa. Opto por um vestidinho soltinho e um tênis bem meninina. Adoro moda e sempre usei de tudo, variar os estilos é comigo mesma. Já passava das 19hs, iriamos pegar a sessao das 20hs. Segundo as meninas, o filme era de comedia e até que eu tava precisando mesmo dar umas boas risadas. Por volta das 19:40h ja estavamos todas no shopping, fiquei um pouco inquieta sem saber da Melissa, pois a Spencer falou que tinha convidado.

HANNA: Gente, a sessão começa em 10 minutos. O que estamos esperando aqui?

EMILY: Calma Hanna, gente a Melissa ligou um pouco antes de eu sair de casa. - Ela esta a caminho, pediu pra esperar ela. 

Então ela vem? Pensei comigo mesma! Não sei por que, mais algo dentro de mim parecia estranho. 

SPENCER: Hanna, você pode esperar enquanto ela chega? - A Em e a Alison entra e guarda nossos lugares, eu e a Aria vamos comprar nossas pipocas. 

HANNA: Eu? - Se ela vem mesmo ja devia ter chegado. - Não vou ficar aqui e correr o risco de perder o filme. 

EMILY: A Spencer tem razão. - Hanna, nao custa esperar uns 5 minutinhos. Se ela nao aparecer você entra. 

HANNA: Ok suas abusadas, estao   abusando da minha boa vontade. Falei enquanto elas saíam. 

Exatamente 5 minutos depois quando eu ja estava prestes a entrar ouço alguém chamar meu nome e quando me viro era ela sorrindo pra mim.

MELISSA: Hanna, desculpa pela demora, cheguei a tempo?

Ela usava um macacão esportivo lindo, que caiu muito bem em se corpo pois tinha curvas perfeitas. Eu simplesmente sorri de volta!

HANNA: O filme comeca em 5 minutos. 

MELISSA: Que bom então. 

HANNA: Vamos? - As meninas estao a nossa espera la dentro. 

MELISSA: Claro, vamos! 

O filme literalmente foi hilario, nunca tinha sorrido tanto em toda minha vida. Foram quase duas horas de muitas gargalhadas lá dentro. As vezes percebia as meninas trocando carinho, mas tentei focar no filme. A Melissa também não parava de rir, tinha uma risada tão gostosa que as vezes eu me pegava olhando e rindo. Assim que a sessao terminou levantamos e saímos, as meninas eram só carinho uma com a outra, fiquei um pouco constrangida e quando olhei pra Melissa ela estava da mesma forma. 

HANNA: Esperem pelo menos chegar em casa suas assanhadas. 

SPENCER: A gente tambem te ama Hanna. 

O problema foi que pra voltar pra casa nao cabia todas no carro da Emily.

SPENCER: Melissa você veio de carro ou de taxi?

MELISSA: Vim de taxi, mas nao  se preocupem. 

EMILY: Não ficaremos bem se for sozinha. - A Hanna pode te acompanhar, afinal vocês são vizinhas. 

Mas uma vez sobrou pra mim e lá vamos nós. Entramos no taxi e em 10 minutinhos ja estavamos na porta de casa. 

MELISSA: E entao gostou do filme? 

HANNA: Adorei. 

MELISSA: Achei que não fosse parar de rir nunca. 

HANNA: Fazia tempo que eu nao via um filme tao divertido. 

MELISSA: Achei que fosse com seu namorado. 

HANNA: Não, ele nao pôde ir. 

MELISSA: Que pena e que sorte a minha. 

HANNA: O que você disse?

MELISSA: Que sorte a minha que nao fiquei de vela. 

HANNA: Ah, claro! 

Confesso que fiquei sem graca, pensei ter entendido de outra forma. 

HANNA: Não sabia que era arquiteta! Tratei logo de mudar de assunto

MELISSA: É, fiz faculdade e Pós em Boston. Quando perdi meus pais, dei uma parada no trabalho, tive algumas dificuldades, enfim.

HANNA: Claro, entendo.

MELISSA: Bom, eu acho melhor a gente entrar. - As noites em Rosewood são bastante frias. 

HANNA: Um pouco. 

MELISSA: Mas uma vez, obrigada pela companhia Hanna. Disse enquanto depositava um leve beijo em seu rosto a comprimentando com um boa noite. 

HANNA: Boa noite Melissa! Tchau

Entrei em casa e as meninas me olhavam com ar de riso.

HANNA: Que foi? - Do que estao rindo? 

SPENCER: Nada Hanninha, esta tudo certo. - Vamos Aria?

ARIA: Claro. Boa noite Han! 

SPENCER: Tchaau! - Bons sonhos Hanna!

E agora, o que houve com essas duas? Pensei! Coloquei minha roupa de dormir e caí na cama. Demorei um pouco a dormir, me peguei pensando na noite divertida que tive com minhas amigas e a Melissa. Perai, a Melissa? Por que diabos estou pensando nela? Hanna, definitivamente você não esta bem! E esse foi meu ultimo pensamento até pegar no sono. 






Notas Finais


Espero que estejam gostando desse novo rumo que a historia esta atravessando. Beijos e boa leitura!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...