História Por Amor - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Caleb Rivers, Emily Fields, Hanna Marin
Visualizações 74
Palavras 1.112
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Mistério, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Quem vê cara não vê coração


Por Emily

Fique com a pulga atrás da orelha depois que encontrei o Elliot no parque. Será que ele está me perseguindo? Acho que estou vendo coisa onde não tem. Preciso ligar pra Alison.

- Oi Emily meu anjo. Que bom ouvir sua voz. Eu estava agora mesmo pensando em você. 

- Jura? Coisa boa?

- Claro, sempre. 

- Como você está? Tudo bem na sua casa? 

- Tudo bem Emily, por que a pergunta?

- Outro dia encontrei seu marido no parque pela manhã

- Sim, ele me falou. Disse que resolveu voltar a praticar atividade física.

- Sério? fiquei com a pulga atrás da orelha, pensando se ele sabe de algo sobre nos Alison. Não acha estranho ele querer voltar assim do nada praticar esporte?

- Ele não sabe de nada Emily, fica tranquila. Eu vou resolver meu casamento assim que passar a festa da empresa.

- Certo. Só me diz uma coisa, você não tem notado ele estranho? Por favor Alison não me esconde nada.

- Claro que não meu anjo. 

- Você acha que ele te esconde algo?

- Não sei. Ja pensei muito sobre isso e não acho nada. Emily, talvez agente esteja se preocupando atoa.

- É, pode ser. 

- Foi maravilhoso ouvir sua voz meu anjo, mas agora preciso desligar. 

- Ta bem. Beijo! saudades do teu cheiro.

- Também, muitas saudades. Beijo

Autora narrando

Alguns dias antes

Eram exatamente 20hs de um dia qualquer, o Elliot parecia perdido, cheio de pensamentos estranhos sobre sua esposa Alison, e resolve dar uma volta. 

Parou exatamente no restaurante Tempero Regional, o mesmo oferecia uma ampla estrutura, ele decidiu ficar numa área mas reservada onde serviam diversos tipos de bebidas, resolveu ir ate o balcão e pedir uma cerveja. 

- Garçon, por favor uma dose de uísque. 

- Fez uma ótima escolha, aqui tem os melhores uisques da região. 

- Bom saber! 

- A moça tem nome?

- Paige, muito prazer! 

- Elliot, ao seu dispor.

- Ah, então você é o famoso Elliot Dillaurents? Já ouvi falar muito de você na cidade. 

- Coisa boa espero. Mas você não me parece ser da região. 

- Sou de Nova Yorque, vim a passeio.

- Veio a passeio em Rosewood? Esse lugar não me parece fazer o seu estilo. 

- Realmente não faz. Mas e você, vejo que é casado, está de aliança.

- Sim. Mas acredite, minha esposa não dá a mínima pra isso.

- Não acredito, você é um homem muito charmoso, sabe como agradar uma mulher.

- E você está sozinha? 

- Sim, mas não pretendo estar por muito tempo.

- Então veio atras de alguém?

- Vem cá, você é sempre assim inoportuno?

- Calma Paige. Estamos só conversando, talvez eu conheça quem você esta procurando. 

- Dúvido muito, ela também não é daqui. 

- Mas esta morando aqui, certo?

- Sim, como sabe? 

- Não tem nada nessa cidade que eu não saiba minha cara. 

Os dois se olharam, e ela pediu mais uma dose, ficaram conversando algumas horas. 

- Parece que estamos nos entendendo bem Paige. Mas você não me disse quem veio procurar aqui em Rosewood.

- Emily Fields. 

- Claro. A senhorita Fields! E você me parece gostar muito dessa moça. Vejo que fala dela com brilho nos olhos. 

- A Emily veio pro lugar errado, o lugar dela não é aqui, estavámos muito bem em NY.

- Sabe Paige, eu concordo com você. A senhorita Fields não tem o perfil dessa cidade. 

- Eu vou fazer de tudo pra tirar ela daqui. 

- Se precisar de qualquer coisa pode me procurar. Não sei se está sabendo, mas ela está trabalhando na escola da cidade. 

- Sim, fiquei sabendo, mas será por pouco tempo, a Emily não vai se acostumar com esse lugarzinho medíucre. 

- Me parece que vocês se dão muito bem. 

- Por que tantas perguntas? Onde quer chegar?

- A lugar nenhum. Vamos pedir outra bebida? 

Beberam até a madrugada. 

- Bom, Elliot chegou minha hora. E você precisa ir embora está bebado.

- Bebado eu? Nao, não, não. 

- Eu preciso mesmo ir, obrigada pela noite. Foi um prazer conhecer o homem mais rico da cidade. 

Entao ela escreveu algo num papel e o entregou. Falou algo em seu ouvido e foi embora. Ele ainda permaneceu no restaurante mas 10 minutos e decidiu ir embora. 

Faltavam dois dias pra festa da empresa, já estava quase tudo pronto, pela primeira vez seria festa a fantasia. Tudo ordens do Elliot que estava cada vez mais estranho. 

- Detetive Ray! É o Elliot que tá falando. 

- Olá Elliot, é um prazer falar como você, manda as ordens!

- Então Ray, eu preciso de algumas informaçoes sobre uma pessoa. Quero saber tudo, o que puder encontrar sobre ela não deixe de me falar. 

- Qual o nome dela?

- Paige McCullers. 

- E você sabe alguma coisa dela? 

- Sei que ela mora em Nova Iorque, mas esta na cidade a alguns dias. Vou te mandar uma foto dela e quero que descubra tudo ao seu respeito Ray. Preciso dessas informacões até amanhã, ok?

- Ok Elliot. Até logo

Preciso saber o que essa garota veio fazer em Rosewood e o que tem com a Emily Fields.

Vespera da festa e o Elliot estava ansioso. 

- Não foi correr hoje Elliot?

- Bom dia querida! Hoje tenho algumas coisas importantes pra resolver, a corrida fica pra outro dia. 

- Ok. A Cris falou que já está praticamente tudo pronto pra festa de amanhã. 

- Otimo! Ja fez as contratações? Quero que esteja tudo pronto.

- Estará Elliot não se preocupe. Sempre fizemos a melhor festa da cidade e dessa vez não será diferente. 

- Muito bem. Estou indo pra empresa, mas tarde agente se fala. Tchau

- Ok.

No caminho para empresa, seu celular toca, é o detetive Ray.

- Bom dia Ray! Espero que tenha ótimas notícias pra mim. 

- Tenho algumas informações interessantes meu amigo. Eu chequei varias fontes e fui pessoalmente a Nova Iorque.

- Então Ray, o que descobriu?

- Paige McCullers, 26 anos, reside em Nova Iorque, trabalha como balconista e nas horas vagas é Dj, mora num apartamento próximo do trabalho. Mas tem algo que me chamou bastante atenção. 

- Diga, estou ouvindo.

- Ela tem um relacionamento com uma moça chamanda Emily Fields segundo informações dos próprios vizinhos. Elliot, as inrformações são todas precisas, você sabe que não costumo falhar. 

- Claro que sei meu amigo, sempre confiei nas suas informações e até agora não me decepcionei.

- Mas alguma coisa?

- Já está ótimo Ray, manteremos contato. Tchau

Bingo! Eu sabia que tinha algo de errado nessa história. Então quer dizer que a Paige tem um caso com a Fields. 

E agora? 

Será que ele contará pra sua esposa? 

Será que agora ele descobre q a Alison esta tendo um romance com a Emily?

o.O

Até o próximo capítulo!






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...