História Projeto Y.O.L.O. - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Baekyeol, Bangtan, Bts, Jeon Jungkook, Kimnamjoon, Kimseokjin, Namjin, Taeyoonseok, Yolo
Visualizações 20
Palavras 976
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, pessoal. O que estão achando da fanfic? Estão boa? Ou está entediante? Seria ótimo saber o que vocês estão achando do rumo que a história está tomando.
Boa leitura ❣️
Tradução: Discussões

Capítulo 19 - Arguments


 

A situação que Taehyung se encontrava poderia se assemelhar com a primeira guerra mundial, e o garoto não exageraria, se disse que ele com certeza vai precisar de uma intervenção dos Transformers para parar a "luta" entre Yoona e Yoongi. 

 

Os sermões e ameaças da professora não foram o suficiente para deter a discussão entre os dois recemente descobertos irmãos. Jungkook puxava Yoona de maneira sútil, com a intenção de acalmar a garota em outra lugar e esperava que Taehyung fizesse o mesmo com Yoongi. 

 

-Você pode fazer a merda que quiser,Yoongi - ela berra se apoiando em um dos ombros de Jungkook para enxergar o irmão - mas você jamais será como eu! 

 

-Se toca, piranha! Eu não pretendo me tornar uma pessoa fácil e carente igual a você - rebate e antes de ser puxado por Taehyung, lança seu último veneno - não é atoa que papai te deixou para trás. 

 

Dito isso ele sai de cena, restando apenas os outros dois envolvidos e alguns telespectadores. Vendo que a garota logo irá desabar em lágrimas, Jungkook segura a mão dela e a guia até um lugar mais distante possível do local da briga. Yoona afasta sua mão do corpo de Jungkook e se encolhe na parede, encarando qualquer lugar, chocada com o que acabou de ouvir. 

 

-Como ele pode falar isso para mim?- a pergunta é num fio de voz pela mais baixa, não acreditando no que acabou de acontecer - eu sou a irmã dele, cara. Meu Deus. 

 

-Eu não sei como te ajudar nessa situação,desculpe - Jungkook admite. 

 

-Você é amigo dele? - questiona, encarando um moreno.

 

-Eu diria colega - dá de ombros - nos conhecemos a pouco tempo. 

 

-Cuidado com ele - ela o alerta - ele pode parecer um bom amigo, maneiro e foda-se para a vida,mas ele não é confiável.

 

-Por que ele não seria ? - indaga

 

Se tem uma coisa que ele odeia na vida é alguém difamar outro alguém pelas costas. Nossa, Jungkook achava abominável; se quer difamar alguém, que difame na frente da pessoa para que ela possa de defender.

 

-Não viu o que ele fez comigo ? Na primeira oportunidade roubou o que era meu! 

 

-Olha, só porque o cara era seu namorado não quer dizer que você era a proprietária dele e Yoongi não tem total culpa nessa história.

 

-Como pode defender alguém tão repugnante quanto o Yoongi?- a incredulidade na pergunta da garota é tão forte que Jungkook questiona os próprios conceitos - ele sempre estragou a minha vida de alguma forma e sempre saiu como a vítima da história.

 

-Não estou defendendo e sim sendo justo e vendo o óbvio: seu namorado te traiu porque quis e Yoongi não o forçou. E mesmo se tivesse forçado, seu namorado decidiria continuar ou não.

 

Yoona começa a balança a cabeça em negação varias e varias vezes, enquanto andava de um lado para o outro , não acreditando no que está ouvindo. 

 

-Você vai se arrepender se chegar perto dele - ela avisa apontando o dedo para o peito de Jungkook - e ele sorrateiramente vai acabar com sua vida, você não vai perceber logo de cara,mas quando isso acontecer será tarde mais. Se não acredita em mim, faça uma comparação de como a vida da Amethyst era antes de conheço-lo.

 

Ela deixa Jungkook para trás, correndo a procura de qualquer lugar escuro para chorar tudo que estava guardando.

Enquanto isso, Taehyung tenta acalmar Yoongi dentro do banheiro masculino, mas realmente não estava sendo uma tarefa fácil. 

 

-Isso faz mal para o coração, cara - Taehyung murmura , observando o mais baixo andando em círculos - você precisa se acalmar.

 

-Não tem como!- ele grita e ao mesmo tempo bate o pé no chão - aquela garota nem estuda artes cênicas ! Ela foi lá para me atormentar, não é possível. 

 

-E ela conseguiu porque você 'tá aqui surtando a verás - ele acusa e senta na pia do banheiro. 

 

-Argh! Não tem como não ficar puto com isso - ele grunhe e soca a porta da cabine - ela deve 'tá enchendo a cabeça do Jungkook de merda.

 

-Por que a relação de vocês é tão ruim? - questiona curioso com todo esse problema.

 

-Não vou explicar isso agora, se não vou ficar mais puto. 

 

-Eu posso contar uma coisa que provavelmente vai te acalmar? - oferece e Yoongi solta um som estranho, que Taehyung interpretou como uma confirmação - eu sempre tive ideias incríveis para passar o tempo.

 

-Pütz, lá vem - murmura.

 

-Ouve, não é tão ruim. Enfim, certo dia eu estava entediado na aula e queria fazer algo para não dormir , então decide perturbar o Jungkook. Na época, eu sentava atrás dele e era mais fácil irritá-lo. Nesse dia eu criei uma brincadeira chamada cabeça.

 

-Cabeça? 

 

-Você vai entender - se irrita um pouco com interrupção,mas logo volta a ficar animado em contar a história - voltando, eu cutuquei ele e falei : cabeça. Ele virou e me olhou como se eu fosse um louco, e nesse exato momento eu tinha jogado o estojo na cabeça dele,mas bateu na cara...- Taehyung começa a gargalhar no meio da história.

 

Yoongi tinha que admitir, aquela era a pior história e a pior brincadeira que já tinha ouvido na vida, provavelmente xingaria qualquer pessoa após ouvir um absurdo desses, mas estranhamente não sentia vontade de fazer isso com Taehyung. Até sentiu vontade de rir, não por causa da história e sim da risada do mais alto. 

 

Ele se permitiu rir pela primeira vez no dia e isso fez Taehyung gargalhar ainda mais, e no final os dois tiveram uma crise de risos sem lembrar exatamente o motivo. Por poucos segundos Yoongi se sentiu mal por julgado Taehyung tão ofensivamente. Estava bem óbvio que ele não é uma pessoa tão ruim assim.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...