História Prova de amor camren( 1 e 2 temporada) - Capítulo 68


Escrita por:

Postado
Categorias Ariana Grande, Ashley Benson, Camila Cabello, Cara Delevingne, Demi Lovato, Fifth Harmony, Justin Bieber, One Direction, Riverdale, Sasha Pieterse, Shawn Mendes, Shay Mitchell, Taylor Swift, Troy Ogletree
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Ausmila, Carmen, Choni, Emison, Larry, Laurmila, Norminah, Semi, Shawmila, Trolly, Vercy
Visualizações 71
Palavras 2.874
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, LGBT, Luta, Mistério, Orange, Romance e Novela, Saga, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Opa turum bom bolinhos?.
Espero que sim, e espero que gostem do Cap, boa leitura nos vemos nas notas finais.

Capítulo 68 - Don't delay mom


Fanfic / Fanfiction Prova de amor camren( 1 e 2 temporada) - Capítulo 68 - Don't delay mom

                    "Camila pv"

Camz você tem certeza que quer fazer isso?.- Lauren pergunta pela milésima vez.

Sim lolo eu tenho, eu preciso colocar um ponto final nisso.- falei sincera.

Eu estou com você pequena, estarei logo atrás.- ela susura selando nossos lábios em um selinho prolongado.- se não se sentir bem, não está obrigada a ficar.- ela pediu preocupada.

Obrigada lolo por está ao meu lado sempre que preciso.- a olhei e juntei nossas mãos.- eu preciso fazer isso.- falo sincera.

Sra Jauregui, estão solicitando sua presença?.- um dos oficiais que viria me buscar para que eu deposser no julgamento do Mendes aparece na sala onde só estava eu a lolo.

Eu já vou lolo.- falo selando nossos lábios pela última vez e seguir o oficial, passamos por duas portas antes de chegar ao salão onde se encontra o juiz, o júri popular, Mendes, o advogado dele, o promotor, shay, o escrivão estava do outro lado, e as pessoas que veio ver o julgamento.

Sra.- o oficial fez sinal para o lugar onde eu deveria senta e assim fiz sentada ao lado do juiz e ficando de frente para todos.

Sra cabello Jauregui jurar dizer a verdade, somente a verdade, nada mais que a verdade?.- o promotor pergunta já em pé me olhando.

Juro Sr.- respondo levantando a mão direita.

Sra cabello Jauregui, a Sra foi de fato obrigada a ir com o réu ou foi por sua vontade para a Itália?.- ele pergunta sem desviar seus olhos do meu.

Eu fui obrigada, eu estava saindo do quarto quando fui abordada por Bruce um dos ajudantes, ele se passou por um dos empregados da pousada, ele colocou um pano em meu nariz, e eu perdi a consciência.- explico o olhando.

E oque aconteceu depois disso?.- ele pergunta me incentivando.

Quando eu acordei já estava em outro lugar na Itália, ele me levou para uma casa fora da cidade.- falo e vejo de relance a minha mulher senta ao lado de sasha.

Ele a Sra que dizer o réu shawn Mendes?.- o promotor pergunta é volto a olha-lo.

Sim.- respondo secar, eu sinto nojo dele.

E depois oque aconteceu, ele ti ameaçou para ficar com ele?.- ele pergunta é solto um suspiro assentindo com a cabeça, eu sentia vergonha de me mesma.- sim ou não Sra?.- ele pergunta se aproximando mais de me.

Sim Sr, ele me ameaçou,  ameaçou meu filho, e me fez menti para meu pai.- respondo séria.

Oque o réu mandou a Sra fala para seu pai?.- ele pergunta demostrando curiosidade.

Protesto vosa excelência, o promotor está coagido a testemunha.- o advogado do Mendes falou tentando para o promotor.

Protesto negado, continue a pergunta.- o juiz falou batendo o martelo.

Oque o réu mandou a Sra fala para seu pai?.- o promotor volta a pergunta.

Que eu teria arrumado outra pessoa, e que tudo foi um plano para minha esposa não saber que eu a traia.- explico e corro meus olhos até encontrar os verdes que me observava preocupada.

E oque aconteceu na casa onde o réu a mantinha presa Sra?.- ele pergunta é volto a olha-lo.

Ele abusava de me todos os dias, e sempre havia alguns dos seus seguranças para me vigiar.- falei sentindo meu estômago embrulha por lembrar de tudo oque aconteceu entre nós dois sem minha vontade.

Vosa excelência isso é tudo.- o promotor falou para o juiz e volto para senta ao lado da shay.

Advogado de acusações fará alguma pergunta a testemunha?.- o juiz pergunta a shay.

Não vosa excelência.- shay fala com um sorriso amigável.

Advogado de defesa fará alguma pergunta a testemunha?.- o juiz pergunta para o advogado que se levantar caminhando até me.

Sra cabello Jauregui, se a Sra realmente não estava com meu cliente por vontade própria, por que várias vezes a Sra foi vista com ele saindo do apartamento dele aque em Miami, ele saindo do seu apartamento, e ainda tem as viagens que vocês fizeram juntos para cacum, por que está se passando de vítima, se a Sra mesma já foi vista com ele várias vezes?.- ele pergunta andando de um lado para o outro, ele estava tentando colocar dúvidas no júri.

Eu protesto isso é irrelevante, ele está colocando minha cliente como culpada.- shay falou olhando para o advogado a minha frente.

Protesto aceito.- o juiz falou batendo o martelo.- tem mais alguma outra pergunta advogado?.- o juiz pergunto o olhando sério.

Sim vosa excelência.- ele falou e volto seu olhar acusativo para me.- a Sra foi violentada pelo meu cliente o isso é só mais uma mentira das muitas que já inventou?.- ele pergunta, e olho surpresa para o mesmo.

Como assim mentindo, eu não seria tão baixa, sim ele me violento, mais alguma dúvida Sr?.- pergunto irritada.

Não Sra.- ele me olho por uma última vez e volto para seu lugar,  shawn estava de cabeça baixa.

Sra cabello Jauregui, a Sra está liberada pode voltar para seu lugar.- o juiz mandou e assim fiz, sair do lugar que estava e caminhei até meu lugar ao lado de shay, entre ela e o promotor.- Que entre a Próxima testemunha, Tyrone William Griffin.- o juiz mandou observando a porta pela qual passei.

Você foi ótima Mila, e bem arrogante quando o risoto pergunto aquela coisa nojenta.- shay fala se referindo ao advogado do shawn,  não sei por que ela coloco esse apelido nele.

Foi muito desconfortável a pergunta dele, juro por Deus que se eu não estivesse em um julgamento teria pulado em cima dele.- falei sincera, e vejo que Ty já estava sentado, e o promotor já iria começa às perguntas. Sentir mais firmes em meus ombros e olhei para trás vendo minha morena com um sorriso em seus lábios.

Te amo.- ela susurou baixinho.

Também te amo.- susurei para a morena que aumentou mais seu sorriso, e voltei a olhar para frente.

Sr William o Sr assumi que ajudou o réu shawn Mendes a sequestro Ângelo Pietro cabello Jauregui junto com Alexa Ferrer?.-o promotor pergunta para o mesmo.

Sim eu ajudei Sr.- ele falou cabisbaixo, Lauren fez um acordo com ele para conta toda a verdade. 

O Sr também ajudou a sequestra a Sra cabello Jauregui?.- ele pergunta apontada para me.

Sim também ajudei.- ele responde me olhando, começou alguns buburinhos no salão.

Silêncio.- o juiz falou batendo o Martelo fazendo todos ficarem em silêncio.- promotor continue com às perguntas. - o juiz ordeno.

O Sr matou Alexa Ferrer a mandado do réu?.- ele pergunta aponta para o Mendes que estava olhando sério para Ty,  que não se intimidou,  ele já estava na lama mesmo.

Sim, ele mandou eu matar Alexa, e fazer parecer suicídio.- ele respondeu sem remoço.

Onde o Sr estava no dia que a Sra cabello Jauregui foi baleado por Austin Mahone?.- ele pergunta olhando para o moreno.

Eu estava no carro esperando Alexa volta com o dinheiro.- ele responde.

Vosa excelência não tenho mais perguntas.- o promotor falou antes de da as costas para o juiz e volta para seu lugar.

Advogado de acusação fará alguma pergunta?.- o juiz pergunta a shay que se levantar.

Sim vosa excelência.- ela falou já próximo de ty.

Sr William oque o réu pretendia fazer com minha cliente cabello Jauregui?.- shay pergunta é a olhei sem entender.

Ele não pretendia nada, só fazê-la mulher dele a força.- ele falo dando de ombros,  olhei para o advogado do Mendes que não dizia nada, ele já percebeu que o Mendes era caso perdido.

A Sra cabello Jauregui era mantida no quarto vinte e quatro horas por dia?.- ela perguntou.

Sim Sra, sempre tinha vigilância em cima dela, e as refeições ela fazia no quarto tudo era feito no quarto.- ele falou com tom malicioso, ouvirmurmuro vindo do júri popular eles pareciam chocados.

O Sr se arrepender de ter ajudado o réu em tudo?.- ela pergunta em tom curioso.

Não eu não me arrependo, e se eu volta se no tempo faria a mesma coisa ou pior.- ele responde sem esboçar reação, outros susuros saíram do júri.

Não tenho mais perguntas, deixo para os senhores e senhoras resolverem, junto com vosa excelência.- shay falou antes de volta para o lugar.

Advogado de defesa fará alguma pergunta?.- o juiz pergunta para o advogado do Mendes.

Não tenho perguntas vosa excelência.- o advogado respondeu parecendo derrotado.

Sr William está liberado,  podem levá-lo.- o juiz mandou e dois policiais o tiraram do salão.- agora ouviremos o réu shawn Mendes.- o juiz falou e dois policiais pegaram o Mendes que estava algemado e o colocou sentado ao lado do juiz.- Sr shawn Mendes o Sr se declara culpado ou inocente?.- o juiz faz a pergunta para o Mendes.

Culpado.- ele respondeu abaixando a cabeça, todos começaram a murmura chocados.

Silêncio.- o juiz esbravejo irritado.- promotor fará alguma pergunta?.- o juiz pergunto.

Não vosa excelência.- ele falou negando com a cabeça.

Advogada de acusação fará alguma pergunta?.- ele pergunta pra shay. 

Não vosa excelência,  ele mesmo já se declarou culpado.- shay falou sorrindo.

Advogado de defesa fará alguma pergunta?.- o juiz pergunta olhando para ao risoto como shay o chama.

Sim vosa excelência.- ele falou se levantando porra ele não iria desistir.- Sr shawn Mendes, o Sr está bem mentalmente?.- ele pergunta olhando para o Mendes.

Protesto,  não estamos aque para pergunta da saúde dele é sim, dos crimes que ele cometeu.- shay esbravejo irritada, já havíamos pensado na possibilidade dele usar alguma doença metal para livra o Mendes da cadeia.

Protesto aceito.- o juiz bateu o martelo, droga eu odiava quando os juízes fazia isso.- mais alguma pergunta advogado?.- o juiz pergunta para o mesmo.

Não vosa excelência.- ele respondeu voltando para seu lugar.

Voltaremos em trinta minutos para da a sentença final.- o juiz bateu o martelo,  se levantando em seguida e saindo pela porta onde o júri popular o segui. Me levantei juntei com shay e seguimos para fora, Lauren me acompanhou junto com os outros.

Me diga que ele será condenado hija.- mamã pedir me abraçando de lado.

Acalme-se mamã  vamos esperar o juiz da a sentença.- pedir, eu não sabia ao certo quanto anos ou se seria perpétua ou corredor da morte, ou ele poderia ser absorvido ao basta um dos júri na concorda mesmo ele declarando culpado. Sair dos meus pensamentos quando senti os lábios da minha mulher tocar minha bochecha.

Quer come alguma coisa?.- Lauren pergunta é beija o topo da minha cabeça.

Não lo, não estou com fome.- falei sorrindo para minha morena, obviamente não trouxemos o nosso filho o deixamos com Lupi,  já quer Lauren dispensou a babá.

Você não tomou café da manhã amor você vai acabar passando mal.- Laur fala colocando uma mecha do meu cabelo atrás da minha orelha, os outros já tinha saído deixando só nós duas no pé da escada quer da para o segundo andar.

Passamos em uma lanchonete, ou em outro lugar eu prometo quer comerei algo, mais agora não.- respondo e seleno nossos lábios com carinho.

Você promete?.- ela pergunta em dúvida, e assinto com a cabeça. As mãos da morena foram para minha sintura,  e descansei minha cabeça na curva do seu pescoço.- vamos amanhã pela manhã para Nova York, Chris ainda não me disse qual é o problema que ele está envolvido para solicitar minha presença.- ela susura em meu ouvido.

Talvez ele só esteja querendo tirar algumas dúvidas, ainda tá muito recente para ele pegar o jeito como presidente.- falei sincera.

Eu sei,  por isso vou ajudá-lo.- ela respondeu fazendo um carinho gostoso nas minhas costas.

Você a uma irmã mais velha muito foda.- susurei para a morena que está abraçada ao meu corpo.- ele conseguiu superar a morte da Alexa?.- pergunto curiosa.

Ele não quis fala comigo sobre o ocorrido,  mais eu sei que ele sofreu muito quando ficou sabendo.- ela responde sincera.

Vamos voltar para o salão, o juiz já irá da a sentença.- shay apareceu atrás da Lauren nos chamando.

Já vamos.- Lauren respondeu para shay que nos deixou sozinhas.

Vamos lolo eu quero enterra logo isso.- pedir selando nossos lábios com carinho.

Vamos.- ela susurou entre meus lábios e beijou a ponta do meu nariz, ela separou nosso corpos e buscou minha mão direita, entrelaço nossas mãos e caminhamos de voltar para o salão,  onde já se encontrava todos menos o juiz.- te amo.- Lauren susurou beijando minha mão antes de soltar e ir para seu lugar, fui para meu lugar é sentei ao lado de shay e do promotor.

Você parecer preocupada.- susurei para shay.

Impressão sua.- ela rebateu voltando sua posse seria.

Agora darei a sentença do réu shawn Mendes.- o juiz falou já em seu lugar de antes.-  réu shawn Mendes o Sr  e culpado  pelos crimes de sequestro de Ângelo Pietro cabello Jauregui, e de sequestra e abusar sexualmente Karla Camila cabello Jauregui, e por ser o mandante do assassinato de Alexa Ferrer, sua sentença e prisão perpétua, você cumprirá em um penitenciária  estadual na Califórnia. - o juiz decretou batendo o martelo e olhei para o Mendes que baixou sua cabeça.- julgamento encerrado.- o juiz volto a bater o diabo do martelo.

Sra Jauregui a justiça foi feita.- o promotor falou apertando minha mão em um comprimento.

Obrigado promotor.- pedir sincera e o mesmo assenti caminhando até shay ambos apertaram as mãos e conversaram entre sim.

Ei pequena,  agora vamos para lanchonete?.- Lauren pergunta parando em minha frente.

E melhor ir logo ou você não vai para.- rebato sorrindo.

Então vamos.- ela entrelaça nossas mãos, e seguimos para fora do salão antes de passar pela porta o advogado do Mendes impediu.

Sra cabello meu cliente está suplicando para falar com a Sra.- o advogado falou olhando me diretamente.

Avise para seu cliente que minha esposa não quer vê-lo quanto mais fala.- Lauren rosnou para o advogado e me puxou para fora do salão.

Minha heroína.- murmurei para tentar rouba-la um sorriso já que a mesma estava muito séria.

E continuarei sendo.- ela falou quando passamos pela porta, e paramos ao automaticamente.

Sra cabello como se sente sabendo quer a justiça foi feita?.- um paparazzi pergunta é vários fleshe são disparados em nossa direção.

Não tenho nada para falar.- respondi revirando os olhos.

Sra Jauregui e verdade que a Sra irá para Nova York com sua esposa e filho?.- outro paparazzi pergunta.

Sim e verdade, agora por favor.- Lauren pedir fazendo sinal para sairem da nossa frente. Passamos por eles e entramos no carro da Lauren.- a Lupi me mandou mensagem falando que o Pietro tá muito inquieto ele já bagunço grande parte da sala e o escritório.- Lauren murmuro sorrindo bobamente enquanto ligava o carro.

Carinha tá dando.- murmurei e beijei a bochecha da minha esposa.- deveríamos compra um cachorro para ele não se sentir tão sozinho.- falei pensativa.

Deveríamos.- lolo concordou e seguimos para nossa casa.

                           (...)

Carinha cadê você?.- pergunto adentrando nossa sala com Lauren logo atrás de me.

Aque mamã.- ouvir a voz abafada do meu filho e olhei para ele mesmo estava abraçando em algo peludo.

Oque isso?.- pergunto curiosa me aproximando do mesmo, e vejo que é um pequeno cachorro.

Mamãe me deu.- ele falou mostrando o cachorro e  olhei para a Jauregui curiosa, como ela arrumou um cachorro e eu não vir.

Eu mandei o rapaz do petshoop vim deixar.- ela fala parecendo ler meus pensamentos.

Um cachorro Lauren,  você deveria ter me perguntado primeiro.- falo séria.

Eu sei amor, mais era um presente surpresa.- ela sorrir e buscar o pequeno Dog o beijando. - ele é tão fofinho.

Sei.- murmuro cruzando os braços,  eu adoro cachorros mais ela deveriater ter me perguntado primeiro.

Vai dizer que não gostou da surpresa?.- ela pergunta curiosa,  e Pietro fica ao seu lado me olhando com seus olhinhos verdes miúdos.

Gostei.- falei a dando um selinho.- qual o nome dele?.- pergunto curiosa o pegando entre minhas mãos.

Catavento.- Pietro falou em animação e rimos do nome.

Catavento.- murmuro rindo e Lauren rir junto comigo.

Vamos brincar com o catavento?.- lolo pergunta ao carinha que saltitanta em animação.

Eu vou tomar um banho, depois eu veio.- falo entregando o filhote de volta lolo, e beijei a bochecha do meu filho rumando para as escadas.

Não demora mamã.- Pietro pedir e aceno com a cabeça rumando para os quartos.









Notas Finais


Opa como estamos?.
Oque acharam do Cap?.
Erros perdoem, voltarei logo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...