1. Spirit Fanfics >
  2. Real Life; Famous. >
  3. Strange day

História Real Life; Famous. - Capítulo 108


Escrita por:


Capítulo 108 - Strange day


Fanfic / Fanfiction Real Life; Famous. - Capítulo 108 - Strange day

Nina: O Ian é um folgado mesmo, sempre deixa as roupas dele no varal passando do ponto! Não sei porque faço questão de pegar. - resmungo e vou ate o quarto do Ian. Nem bato na porta, entro, jogo as roupas na cama dele e vejo que o bonito tá tomando banho. Resolvo dar uma olhada.... Vou até lá e percebo que é uma mulher, agora pronto. Quem engole isso Bixo? Pra piorar tudo era a Kat!!! Ela abre os olhos e leva um susto - Agora deu pra você fazer programa é? Vagabunda!

Kat: Pro Ian eu faço de graça, amor. - Pisco pra ela e ela me encara indignada. - O que é? Vai ficar me olhando tomar banho agora?

Nina: SAI DAQUI AGORA! Rala peito, vaza, vai para aonde o sol não bata! - grito.

Kat: Você é meio surtada, né?! Não está vendo que a intrusa aqui é você? Supera, garota.

Nina: Minha filha, eu moro aqui. Você que é o rato atrás de comida. - fecho o registro fazendo a água parar, pego as roupas delas e jogo da sacada - Se vira, meu bem! - saio com um sorriso no rosto.

Kat: Mas o q... AAAAH VADIA!!

/Ian: De quem é isso aqui que caiu na minha cabeça lá fora? - Entro já mansão e mostro uma lingerie vermelha, muito sexy por sinal, e um vestido.

Camila: Acho que de ninguém, assim que eu saiba não. Porém eu nunca vi ninguém dessa casa de lingerie, exceto uma pessoa, para deixar bem claro.... - eu sempre vejo as pessoas de lingerie.

Demi: Eu vi uma morena subindo, achei que era até invasora, mas os guardas deixaram ela entrar, então...

Ian: Uma morena? Ah... - Dou de ombros. - Caiu em mim, agora é meu. - Elas riem e eu subi as escada, e quando chego dou de cara com a Nina saindo do meu quarto. - O que você tava fazendo aí?

Nina: Resolvendo um assunto pendente. Boa sorte. - ri e sai.

Ian: ??? - Entro no meu quarto e arregalo meus olhos com o que vejo. - Uau... - olho ela de cima a baixo. - Quero dizer, é-é... O que tá acontecendo hoje?

Kat: Eu também não sei. Era pra ser uma surpresa, mas a mal amada da Nina estragou tudo! - pego uma roupa do Ian e visto - Eu vou embora. - falo enfurecida e saio.

Ian: Aaaah, continua a surpresa!! - Ela bate a porta com força. - Vish...

//

Camila: estavamos rindo da situação, e rimos mais ainda quando ela passou por nós - Nunca ri tanto. - falo limpando as lágrimas. Depois disso conversamos um pouco e a Demi subiu deixando eu e a Lauren sozinhas - Gostei daquela sua música....

Lauren: Tive muita inspiração pra ela. Quis mostrar um pouco, que uma pessoa consegue seguir em frente e ser feliz sozinha.

Camila: Sim, o amor próprio é primordial. Porém é tão bom amar alguém e quando é recíproco então... só maravilhas.

Lauren: Sim, é muito bom. As vezes faz falta ser amada por alguém...

Camila: Posso suprir essa sua falta. - me aproximo mais dela.

Lauren: Camila... Não sei se... - Ela se aproxima mais e beija meu pescoço me causando arrepios, uso todo meu auto controle e falo. - É melhor você parar... Não estraga o que já está bom.

Camila: Ok. - me afasto bruscamente, chateada. E ficamos naquele climão.

Lauren: Não fica chateada. Eu sei que nós nos beijamos na praia e tal. Mas nesse tempo sozinha... Eu percebi que somos muito imaturas, muito jovens ainda para entendermos o que realmente é amor. O que tivemos foi incrível, e não me arrependo de nada. Mas temos muito o que aprender ainda...

Camila: Isso é a verdade, pura e triste verdade. Saiba que uma parte do meu coração sempre será sua. - pego em sua mão - Assim, já que não podemos ser namoradas... Podemos ser amigas.

Lauren: É claro. - Fizemos um toque de mão.

//Dia seguinte;

Demi: Você vai fazer falta. - A abraço de lado. Estávamos fazendo uma mini festinha de despedida pra Natália.

Vitória: Vai mesmo. Apesar de eu te confundi sempre com a Nina.

Ana: Não liga, Nat, ela é lerda assim mesmo. Vou sentir muita falta sua, mermã. - nos abraçamos.

Natália: Aaah, vocês são umas lindas. Um dia eu volto pra visitar vocês novamente. - Vou cumprimentar os outros.

Paul: Vou sentir saudades, Paulinha. Você é a versão que eu jamais pude pensar que iria ver da Nina. - Nos despedimos com dois beijinhos.

Chay: Tata, boa viagem e volte sempre. - nos abraçamos, inclusive ela bem cheirosa.

Camila: Nat, foi um prazer enorme te conhecer.

Natalia: Igualmente. - nos abraçamos e eu quase como o cabelo dela. Ó mulher pra ter cabello.

Chay: Tata, boa viagem e volte sempre. - nos abraçamos, inclusive ela bem cheirosa.

Camila: Nat, foi um prazer enorme te conhecer.

Natalia: Igualmente. - nos abraçamos e eu quase como o cabelo dela. Ó mulher pra ter cabello. Me despedi de todos os outros, e fui até meu ex casal favorito. - Tchau, maninha. Não esquece do que conversamos, e pensa bem por favor. - Abraço ela bem apertado, do jeito que ela mais odeia hihi.

Nina: - aff, odeio quando ela faz isso, parece que é de propósito - Vou pensar, maninha. Te amo demais, tá? Toma cuidado na viagem, abestada.

Natália: - Sorri com os olhos. - Pode deixar, feia. - Viro pro lado. - Tchau, cunhadinho. - Abraço ele. - E olha... - Olho para os dois. - Se resolvam logo, ok?! É engraçado vocês dois brigando pelos cantos da casa, mas todo mundo sabe que vocês foram feitos um para o outro. - Deixo eles dois vermelhos, fofos.

Galera: É verdade, concordo.

Ian: Gosto que ela tem umas viagens loucas na cabeça.

Nina: As vezes o indivíduo está louco na droga. - eles riem. Depois disso a festa continuou e fui deixar a minha maninha no aeroporto, deixar ela foi como deixar una parte de mim ir embora. Nunca pensei que ia sentir falta dessa pirralha. Voltei pra casa e a maioria ou tava bêbado ou tava dando pt. - Isso tá pior que rave. - subo pro meu quarto não dando a mínima.

//Aeroporto;

Natália: Droga! - Estava quase na hora do embarque, porém estava chovendo e o vôo teve que ser atrasado. Sentei ali e fiquei a espera da chamada.

X: Que chuva forte, em. - puxo papo - Não vai terminar tão cedo. Opa, não me apresentei. Prazer, me chamo Chace.

Natália: Prazer. - Olho para o rosto do rapaz. - Eu te conheço de algum lugar...

Chace: De onde? - sorri simpático.

Natália: - Uau, que sorriso... - Aaah, você era o Stefan da série que minha irmã faz. Nina Dobrev, sabe? - Ele assentiu. - Prazer, sou Natália. - sorri de volta.

Chace: Ah, você é irmã da Nina?! Bem que eu conhecia esse rosto de algum lugar, rs. Nome bonito, em. E cá entre nós você é bem mais bonita que ela. - ela ri, já tá na minha.

Natália: Gentileza sua. Mas por que mesmo você saiu da série? - Eu já cheguei a perguntar pra Nina, mas ela sempre ficava inquieta e fugia do assunto. - Penso.

Chace: Problemas pessoais, sabe? Não estava me sentindo muito bem com a morte da minha mãe e tive que sair. - minto e finjo está recentido.

Natália: Oh... - Sou uma idiota. - Sinto muito... Mas vai ficar tudo bem. Vai passar. - Tento consola-lo.

Chace: Espero que sim. Foi difícil, mas ela não aguentava tanta dor. - enceno um choro.

Natália: Oh meu Deus. - Instantâneamente eu o abraço para poder passar um conforto. Tadinho, não merecia passar por isso.

Chace: ela é tão diferente da Nina, tão trouxa - Preciso me distrair. Quer tomar um drink?

Natália: Aaah, não sei de dá temp... - Antes que eu pudesse falar alguma coisa ele me puxou me fazendo o acompanhar. - Ok. - ri internamente.

Chace: - limpo as lágrimas falsas e fomos em um bar no aeroporto mesmo. Conquisto essa menina em uma noite -

// Estúdio;

Camila: Acho que nessa letra falta algo... - falo só, estava no estúdio apenas escrevendo musicas sozinha, as meninas estavam gravando músicas, essa era uma das minha punições diárias.

Simon: O que temos aqui? - Apareço do nada.

Camila: Olá, já estou quase terminando a música que você me pediu. - tento ser simpática.

Simon: Hmm. - A encaro. Ela estava com uma saia curta e eu não pude deixar de observar... Dou um sorriso de lado e falo: - Tem noção do quão sexy você fica assim?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...