História Reconstruindo nossas vidas - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter, Saga Crepúsculo
Personagens Hermione Granger, Jacob Black
Visualizações 113
Palavras 1.591
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 18 - Depois da tempestade


POV Hermione

Os Cullen saíram e levaram o corpo e a cabeça do Valentine para queimarem na floresta, só para garantir que ele realmente não voltará. Harry embrulhou o corpo e a cabeça de Greyback, usando o flu, foi para o ministério inglês...eu me sentei no sofá, ao lado da minha irmã, que olhava a mancha de sangue no chão da sala...junto conosco estavam Jake e Paul que nos olhavam preocupados, enquanto se aproximavam da gente.

- Acabou, Diana, estamos seguras – passei meu braço pelos ombros dela que começou a chorar, antes de me abraçar de volta.

- Sim Mione, acabou, estamos definitivamente livres...sinto como se um peso, uma sombra saiu de perto de mim – ela se levantou com a energia renovada e tirou o glamour de si mesma – vamos Mione, vamos nos vestir, temos um lugar para ir.

 

POV Diana

Levantei-me e corri em direção as escadas, Paul, Jake e Mione vieram atrás de mim...

- Diana calma, aonde vai com tanta pressa? – entrei no meu quarto e abrindo o meu guarda-roupa puxei uma calça e um suéter verde escuro...em uma mochila coloquei uma muda de roupa limpa, pijamas e alguns itens de necessidade básica, antes de me virar para a minha plateia.

- Aonde eu vou? Eu vou ver os meus bebês, então me deem licença para poder me trocar – vi os olhos da Mione se levantar, antes dela puxar Jake para o próprio quarto...Paul entrou e fechou a porta do quarto, se sentando na minha cama. Não me importei de me trocar na frente dele, porque tenho certeza de que um dia ele verá, tocará, beijará muito de mim, sem contar que ele me viu dando a luz. Depois de me trocar andei até a cama e o beijei...seu espanto durou pouco, senti seus braços se enrolarem na minha cintura e ele aprofundou o beijo – vamos eu tenho alguém muito importante para ver, eu quero o meu bebê nos meus braços.

Saímos do quarto e Mione e Jake estavam prontos para sair.

- Vamos? – Mione perguntou...saímos da casa e tranquei tudo com magia...entramos no carro e fomos em disparada...em alguns minutos estávamos estacionando em frente a casa da Emmily e antes que alguém me impedisse sai do carro e corri para os meus bebês.

Lá na sala da casa, estava Emmily segurando o meu pequeno Draco, enquanto Teddy brincava em um cobertor no chão...senti meus olhos se encherem de água... Emmily sorriu para mim e me passou o meu bebê.

- Ele acordou faz alguns minutos, parecia saber que a mamãe estava vindo vê-lo – pelo canto de olho, vi Mione se abaixar para abraçar Teddy – agora acabou Drake, podemos viver tranquilos, aqui.

Andei até o Paul que parecia sem saber o que fazer e o puxei até o sofá...depois que ele se sentou passei o bebê para os seus braços, mesmo ele protestando contra isso.

- Ele é muito pequeno, não vou saber segura-lo.

- Bobagem, você foi ótimo com Teddy, então sente para conhecer o seu filho, afinal você quer uma vida comigo certo? – ele acenou, tentando não se mexer muito – o Draco faz parte do pacote, se você me quer, terá que tê-lo também...eu vou fazer...fazer com que o Drake jr conhecer tudo sobre o pai, mas ele precisará de um pai aqui com ele também...então me responda você quer construir uma vida comigo? Mas comigo você vai ter que crescer e se responsabilizar por uma família, então pense bem em que tipo de relacionamento você quer ter comigo.

Levantei-me e fui até Hermione...ela e Jake fingiram não ouvir, o que foi muito legal da parte deles.

- Tudo bem Didi? – Mione acomodou o Teddy nos braços.

- Sim, mas acho melhor irmos dormir – olhei para o Jake – então Jake, podemos dormir na sua casa hoje?

- Claro, vamos! – nos despedimos de todos e olhei para o Paul que parecia perdido sentado no sofá.

 

POV Jake

Fomos caminhando para minha casa, doeu um pouco ver meu companheiro de matilha, mesmo que seja o Paul, sofrer, mas dá para entender o lado da Diana, porque ela não está sozinha e tem que pensar no filho. Chegando em casa, Mione e eu olhamos as crianças, enquanto Diana tomava um banho...meu pai foi dormir assim que nos viu, então ficou só eu e a Mione na sala, bem, junto das crianças...Teddy parecia cansado, mas queria ficar vendo o bebê...brincamos por um tempo até que a Diana veio falou algo bem baixinho no ouvido do meu impriting, que corou uma bonita cor de vermelho e levou as crianças para o antigo quarto das minhas irmãs...Hermione foi para o banheiro e eu fiquei uns minutos na sala, antes de ir para o meu quarto dormir.

Quando ia tirar minha camisa ouvi a porta do meu quarto ser aberta com cuidado, olhei e ali estava ela, meu impriting, com a pele um pouco vermelha, não sei se é pela água quente ou por vergonha, vestindo a mesma camisa que usou, quando dormiu aqui...ela entrou no quarto e me olhou de cima em baixo, antes de fechar a porta e com a varinha murmurar algo.

- Um feitiço de silencio, para não sermos incomodados – ela apontou a varinha para o próprio abdômen, que foi envolvido por uma luz suave de rosa – um feitiço contraceptivo, acho que não queremos bebês no momento.

Ela andou até mim e me beijou e nesse instante eu sei que só preciso dela para ser feliz.

 

POV Hermione

Diana terminou de se preparar para dormir e veio pegar as crianças, que estavam com Jake e eu...ela ostentava um sorriso muito Malfoy, antes de sair ela sussurrou no meu ouvido:

- O quarto das irmãs do Jake será ótimo para as crianças e eu...agora eu sugiro que para você, um bom feitiço silenciador e o quarto ocupado pelo cara alto, moreno e gostoso, será muito mais confortável.

Senti meu rosto ficar vermelho e olhei para o Jake...não tem como negar, ele realmente é alto, moreno e gostoso, me troquei no banheiro, vesti a camisa dele que tinha usado quando dormi aqui...respirando fundo, abri a porta do quarto...só para desejar boa noite, antes de ir para junto da minha irmã, mas lá estava ele, começando a tirar a camisa, ele parou e olhou para mim...deixei meus olhos vagarem pelas pernas fortes, os quadris estreitos, seu abdômen definido escondido pela camisa que ia tirar e seu olhar aquecido que me fazia tremer de desejo.

Fechei a porta do quarto e lancei um feitiço silenciador...apontei a varinha para o meu abdômen e lancei um feitiço contraceptivo...olhando para ele, lambi os meus lábios e falei:

- Um feitiço de silencio, para não sermos incomodados – um feitiço contraceptivo, acho que não queremos bebês no momento.

Aproximei-me devagar dele e ficando na ponta dos pés o beijei...seus braços se enrolaram na minha cintura me levantando...enrolei as pernas nos quadris dele...seu desejo é flagrante me fazendo queimar e me deixar mais úmida...sua boca se desgrudou da minha e vagou para o meu pescoço...ele me jogou na cama e olhando nos meus olhos esperou algum sinal de que estava tudo bem continuar...quando acenei o incentivando, ele se levantou e tirou a camiseta...seus músculos ondulando bem na minha frente, rapidamente tirei a camiseta que estava vestindo, ficando só de calcinha.

- Você ainda tem mais roupas que eu – ele tirou a bermuda e notei que ele estava sem cueca...sua excitação, que antes só senti, agora estava lá, na minha frente, livre e orgulhosa.

- Agora quem está muito vestido? – com delicadeza ele tirou a minha calcinha antes de beijar minha boca, morder meu pescoço, lamber meus seios e descer com uma pressa e fome que me deixava sem forças...a noite seria ótima.

 

POV Jake

Uma palavra para a minha noite: UAU...acordei nu, na minha cama...Hermione do meu lado, igualmente nua...em algum momento perdemos o lençol que nos tampávamos, por que ela estava arrepiada de frio e tentava se fundir a mim...me enrolei em volta dela e ouvi um suspiro satisfeito de quem estava confortável e feliz...deixei minha mão vagar pelas suas costas, pensando nas palavras da Diana para o Paul e imaginando qual seria o meu futuro com a Hermione...eu quero tudo, namorar, casar e envelhecer juntos.

- Volta a dormir, amor – ela sussurrou no meu ouvido me fazendo arrepiar, sua voz estava rouca e a profundidade deu um tom sexy a sua voz...eu podia me sentir endurecer...ela gemeu e mexeu a perna fazendo sua pele macia roçar na em mim – hum, acho que alguém está feliz em me ver.

Nessa hora nossos estômagos roncaram e ambos rimos...ela respirou fundo e gemeu mais uma vez.

- Acho que Diana está acordada e fazendo o café da manhã...pelo cheiro são suas panquecas especiais de chocolate.

Rapidamente nos vestimos e fomos seguindo o cheiro e a musica que vinha da pequena cozinha aqui de casa...meu pai estava perto da mesa com o bebê no colo...perto estava um cercadinho, onde o Teddy estava brincando com alguns blocos...era bom ouvir risos, musicas e vozes aqui em casa...dava para ver que o meu pai também gostava.

- Bom dia dorminhocos, espero que pelo menos tenham dormido – ela riu e terminou de colocar a comida na mesa...Hermione transformou uma cadeira em uma cadeira alta e colocou o Teddy, na frente dele uma tigela de frutas cortadas...olhei para mesa e minha boca se encheu de agua: bacon, ovos, panquecas, bolo, suco, chá e café – bem, vamos comer.

Diana colocou Draco deitado em uma cesta e todos começamos a comer...acho que posso me acostumar a essa rotina.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...