1. Spirit Fanfics >
  2. Reinado! III (Final) >
  3. Rainha dos mortos.

História Reinado! III (Final) - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Rainha dos mortos.


Fanfic / Fanfiction Reinado! III (Final) - Capítulo 6 - Rainha dos mortos.

 

S u A 

Depois que apaguei vi o cara na minha frente.

- Quem é você?

K -  Kleen o grande... porque nos invocou agora, pequena criaça?

- Ue... porque essa briga é de vocês três, vocês que se fodam pra resolver esse pepino.

Ele da risada  e olha pro punhal na minha mão.

K -  No momendo em que abençoava esta arma, eu cheguei a um impasse, Dar esta habilidade ao punhal rendia um sacrifício.

- Qual?

K - Aquele que chega no vale da morte perde sua sorte do don da vida, você nunca teve sorte não é?

- Não... eu sempre me estabacava, me machucava, sofria, eu sempre ficava com fome, com sede, frio...

K - Mais isso te tornou forte, perspicaz, persuasiva, todo seu sofrimento te tornou no que és hoje, reis e rainhas nunca te pararam, e você esteve acima até mesmo dos poderes ocultos das trevas,comeu com lobos, manipulou todos, e agora está aqui conversando com seu fundador.

- É... Eu sou foda hehehehe... e então, vai lá matar o cara.

K - O punhal está fraco demais pra voltar ao seu corpo, mas não se preocupe, já chamei meu livro e ele está a caminho.

- Onde estão os outros?

K - Bak  deve estar no corpo da descendencia dela...

- Dela?

K - Bak é irmã de Serath, o nosso inimigo... Han é minha esposa.

- Bem... seu povo se dividiu em 2... Kim e Lee... eu sou Kim e a pessoa que está com seu livro é Lee.

K - Seu sangue é o mais perto da minha linhagem.... sobre a criança que você sacrificou, ele tinha sangue da minha esposa.

- Longa história velhote, agora me fala, qual é minha parte?

K - No momento certo vo...

Ele some e eu fico full putassa, escuto a voz da SiYeon.

- O livro chegou... 

Suspiro e vou andar por aí, tinha uma barreira que eu não podia passar e então eu fiquei presa por um bom tempo só escutando as vozes das pessoas.

Treinei um pouco com o punhal, aproveitei pra conversar com as almas que ja tinham morrido por ele, as gêmeas Lee por exemplo, são pessoas muito legais, pena que a alma delas estava ligadas a aqueles demônios e elas pararam aqui de graça.

C - Então escutamos a moça falar que tinha pôneis no outro reino.

Ch - Ai decidimos ir até lá.

C - Foi quando eles comeram a gen...

Elas somem e eu me vejo no campo de batalha perto da Siyeon e meu corpo e o da JiU fazendo uma reza, olho pro inimigo e vejo Handong tentando se soltar dele.

- QUER UMA AJUDINHA AÍ?

H - AINDA PERGUNTA?... RÁPIDO, QUANDO ELAS ACABAREM EU TÔ FUDIDA JUNTO COM ELE.

Dou risada e corro até lá,  algumas almas me atacam no caminho e eu começo a fazer elas virarem pó.

- Pera lá, eu vou demorar só um pouquinho.

----------------------------------------------------------------

-------------------------------------------------------------------------

S I Y E O N

Enfim consigo chegar na Dami e peço pros lobos me darem cobertura enquanto curo ela, como o ferimento era grande e fundo, iria demorar bastante, corto minha mão e derramo bastante sangue ali.

- Majestade fica comigo.

D - E-então  você é a coragem?

- Acho que sim.

D - Y-Yoohyeon.

- Ela vai ficar bem,sabe que ela é super controlada.

D -  ela....m-matou o pai da minha filha.

Olho pro lado e vejo o corpo do Taemin no chão com a cabeça esmagada, sinto um aperto no coração e controlo o choro.

- N-Não a culpe.

D -  Eu o amava... eu.

Ola arregala os olhos e no reflexo deles eu vejo Thunder atrás de mim prestes a me atacar, foi quando virei empunhando a espada e o acertei no coração,...meu chão simplesmente sumiu, foi quando JiU e SuA pararam de falar e Yoohyeon expandiu a magia, a criatura começou a sair de Handong.

D - E-ele era o sacrifício?

-   N-Não... o que e-eu sentia era.

-------------------------------------------------------

-------------------------------------------------------------

H A N D O N G

Estava quase sendo selada ao meu corpo quando SuA me puxou no exato momento que os magos selaram a alma do mago ali, as trevas começaram a se discipar e eu olhei pro lado, Vi qual era o sacrifício.

S - Ela vai sofrer muito.

- Eu preciso de um corpo, me coloca lá.

SuA Assente e me leva até lá, esperamos Siyeon tirar a espada e fizemos juntas o ritual, SuA me colocou no corpo do jovem rapaz e eu acordei, Siyeon se assustou e suspirou.

Sy - Handong... que ironia.

- Consegue me ver?

Sy - Sim, o olho vermelho é mesmo olho da máscara.

Ela sorri e me cura, me sento e vejo todo aquele caos, Dami também levanta e junto com Siyeon, começam a ajudar os lobos.

------------------------------------------------

---------------------------------------------------------------------

S u A

Vejo Bak cravar a espada no peito de Handong, ela me olha e sorri.

Bak- Trapaceira igual seu pai, continue assim, nós temos orgulho de vocês, de todas vocês.

KleeM - Você não precisa escolher filha, fique com as duas.

O mago sai do corpo da Handong e eu pego ele pela barba.

- Olá pau no cu, eu queria dizer umas coisinhas pra você... vai tomar no olho do cu seu bosta despresível.

Cravo a adaga nele e foi quando o mesmo sumiu, as bolas de fogo pararam de cair e o céu ficou azul, os três se despediram e eu fui puxada pro meu corpo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...