1. Spirit Fanfics >
  2. Reshaping - (Long Fic - Imagine Jackson) >
  3. Capítulo 2

História Reshaping - (Long Fic - Imagine Jackson) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa noite anjinhos, eu particulamente gosto muito desse capítulo.


desculpe pelos erros e muito obrigada. 💘

Capítulo 3 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Reshaping - (Long Fic - Imagine Jackson) - Capítulo 3 - Capítulo 2

Depois que o Yugyeom chegou, o clima ficou bem mais leve e ficamos o dia todo jogando jogos de tabuleiro, eu como sempre ganhei todas, não é querendo me gabar mas sou a melhor.

Minha mãe me mandou mensagem dizendo que o jantar estava pronto, me despedi dos meninos e fui para a minha casa, como sempre meus pais estavam discutindo, dessa vez eles estavam falando baixo mas ainda sim me incomoda, então, dei uma desculpa falando que tinha trabalho da escola para fazer e jantei no meu quarto, mas na verdade só assisti alguns vídeos no YouTube. Estava tudo bem até me lembrar do que o bambam disse mais cedo, ele estava certo e eu sei disso mas, um relacionamento abusivo te destrói por completo e tira sua autoconfiança e confiança em outras pessoas, eu quero me curar sozinha não preciso de alguém que me ajude com isso, muito menos alguém que seja semelhante a quem me fez mal.

Jackson está absolutamente fora de questão.

Hoje é segunda e o dia vai ser cheio, vou para a casa do Jinyoung começar o trabalho e ainda vou ter que passar pelo Jackson na escola e eu tenho certeza que ele vai querer falar comigo, se ele for muito abusado já vou cortar as asinhas, não quero que ele entenda errado.

Quando já estava saindo de casa meu pai me chamou, disse que eu precisava trocar o tênis pois minha nova escola era uma escola de pessoas ricas e eu não deveria usar um tênis tão velho, disse que a noite me levaria ao shopping para comprar um novo, não reclamei é claro, eu realmente preciso.

Saí em direção a escola com a mão nas alças da mochila que cobriam meus ombros, o vento que batia em meu rosto era refrescante, como era primavera as ruas estavam floridas e as árvores mais vívidas.

Cheguei na escola um pouco mais cedo porque queria alugar um livro da biblioteca que eu precisaria para o próximo semestre, quando entrei na biblioteca dei de cara com o Jinyoung sentado em uma das mesas, lendo Hamlet de Shakespeare, ele parece ser tão inteligente, estou começando a invejar.

- Oi jinyoung bom dia.

- Bom dia S/n, quer se sentar ?

- Não obrigada, só vim pegar um livro e te vi aqui...... ótimo livro.

- Aah sim eu gosto muito de Shakespeare, você também?

- Eu na verdade gosto bastante, Otelo é minha obra favorita.

- É realmente incrível.

- Então...... hoje ainda está de pé?

- Claro, quanto mais rápido começarmos esse trabalho, mais rápido vamos terminar.

- Com certeza, bom, te vejo na aula, até.

- Até.

Peguei o livro e fui para a sala de aula, realmente me surpreendi não sabia que o Jinyoung poderia ser tão intelectual, isso vai facilitar bastante o andamento do trabalho, e acho que isso vai ser de fato um trabalho em dupla e não só eu fazendo como era na outra escola, eu sempre fazia tudo sozinha.

Passaram-se quatro aulas e estava a mesma coisa de sempre até o diretor entrar, nós nos levantamos e nos curvamos a ele e quando sentamos ele disse que tinha um comunicado a fazer.

- A partir de hoje os alunos, Wang Jackson, Choi Youngjae e Tuan Mark serão dessa sala.

NÃO É POSSÍVEL.

- Percebemos que esta sala está vazia em relação as outras do terceiro ano e decidimos traze-los então por favor se curvem e cumprimentem os novos alunos dessa sala.

Jackson passa por mim com um sorriso e vai para o fundo da sala com os amigos dele, mas nem deu tempo dele se sentar e o sinal para o intervalo começou a tocar, peguei minha bolsa e já ia sair da sala quando o Jackson me chama, me viro com uma cara nada boa.

- S/n, eu sei que a gente não começou com o pé direito e que eu meio que invadi sua privacidade pedindo seu número pra um amigo ao invés de pedir pra você.

- Meio?

- Ok, eu invadi totalmente sua privacidade.

- Olha Jackson, eu não sei o que você quer comigo mas isso tudo está passando dos limites, você me mandou mensagens o fim de semana todo, a gente mal se conhece.

- Eu sei disso me desculpe, eu só te achei muito legal e queria ser seu amigo, desculpe se eu fui longe demais.

Foi aí que olhei para atrás do Jackson e vi que o Jinyoung ouvia tudo.

- Tudo bem sermos amigos, só respeita o meu espaço, não me mande mensagens com frequência e não seja tão cara de pau quando falar comigo.

- Eu entendi tudo, obrigada por me ouvir, ah e você está linda hoje- diz ele saindo da sala dando pulinhos.

- Ele não aprende mesmo.

Olhei para o Jinyoung e ele logo desviou o olhar.

- Você não vai comer?

- Tô sem fome obrigado.

Ele falou tão baixo que quase não ouvi. Fui para a cantina comprar alguma coisa para comer e ouvi algumas meninas da fila cochichando

- Aah Jackson oppa vai jogar hoje, aposto que vai acabar com o outro time

- Você já viu os braços dele?

- Ele é incrível!

É exatamente sobre isso que eu estou falando, todas essas meninas no pé dele e muito mais bonitas, não faz sentido ele gostar de mim, o Bambam está errado, o Jackson só quer alguém para encher o saco ou de fato só queira uma amiga.

- Yug cadê o Bambam?

- Disse que não queria vir hoje.

- Desde criança matando aula, um dia vão descobrir ele, ele vai levar uma coça.

Dei a primeira mordida no kimbap que estava em minhas mãos e o Yug olha para mim.

- O que foi?

- Você me acha bonito?

- Por que isso do nada yug?

- É que eu meio que tô gostando de uma menina aí e você sabe, não tô muito seguro de chegar nela, os amigos dela parecem ser tão legais, não sei se valho a pena.

- Você é do time de futebol americano Yug, as meninas ficam loucas com atletas.

- Mas do que adianta se eu vou sempre pro banco reserva ? e eu não quero usar isso de futebol pra atrair as meninas, quero que seja por eu mesmo.

- Que isso, meu pequenininho virou um homem.

- Ce sabe como é né – diz todo convencido.

- Não se empolga demais não, mas olha, eu te acho bonitinho sim, fica tranquilo e se levar um fora eu tô aqui para te consolar.

- Obrigado pelo apoio hein, você é tão otimista que me surpreende.

- Eu sei disso- dei uma piscadela.

- Falar em fora, quando estava descendo ouvi o Jackson falando de você pros amigos dele.

- O que isso tem haver com fora?

- Porque eu sei que você vai dar um fora no coitado antes mesmo de ele tentar alguma coisa.

- É verdade, mas diz aí, o que ele estava falando de mim ?

- Eu não ouvi direito, mas pela cara dele, ele estava falando muito bem de você.

- Conversei com ele mais cedo e disse para ele não passar dos limites.

- Eu não acho que ele vá parar de te provocar.

- A mas ele vai!

- Olha S/n é ela, é ela. – Disse com um sorrisinho no rosto e dando tapinhas no meu braço.

- Ela quem yug?

- A menina que eu gosto.

Os olhos do Yugyeom brilhavam quando olhava para a menina, que de fato era muito bonita mesmo.

- Aproveita que ela tá sozinha e vai lá falar com ela, é sua chance.

- Vou mesmo aaaah Deus me ajude.

- Kim Yugyeom NÃO ASSUSTA A MENINA.

-Pode deixar S/n -fez sinal de jóia com a mão e saiu correndo em direção a menina me deixando sozinha na mesa.

E como já era de se esperar, vi o menino de cabelos castanhos vindo em minha direção.

- O que você quer Jackson?

- Nossa senhora você me odeia mesmo hein?

- Não te odeio, mas você virou alvo fácil.

- Você tem personalidade S/n, eu gosto muito disso.

- É eu sei.

- Você ainda vai gostar de mim, eu posso te dar certeza disso.

- Veremos

- Quer apostar?

- Quero.

- Tudo bem, deixa eu pensar.... JÁ SEI. Quando sair da sua boca algum elogio a minha pessoa, você vai sair comigo.

- Isso não vai acontecer.

- Por isso é desafio, de fosse fácil não precisaria te desafiar.

- Okay, você tem 3 meses, mas se eu ganhar........

- O que você quer?

- Quero que você me deixe em paz.

- Feito.

Apertamos nossas mãos, isso vai ser moleza.

O Jackson ficou sentado na mesa comigo até o sinal bater e como agora ele era da minha sala, me seguiu até chegarmos. Já estou me arrependendo dessa aposta.....

O último horário era Educação Física, a matéria que eu mais odeio dentre todas, além de eu ser horrível nos esportes, temos um uniforme específico que é bem colado e me sinto patética em relação as outras meninas quando eu uso, elas ficam lindas e eu parecendo uma batata.

Me vesti e fui para o campo, hoje todos da sala teriam que fazer juntos, nos alongamos e o professor disse que hoje iriamos correr pelo campo todo porque ele percebeu que estávamos muito moles e ele queria rapidez. Com certeza absoluta eu seria um desastre.

Começamos a correr e eu estava decidida a ficar no meio das meninas mais lentas para não ser notada mas quando percebi, estava em último lugar e o professor começou a chamar minha atenção.

- S/N MAIS RÁPIDO, CORRE, CORRE.

Eu estava dando meu melhor mas eu era horrível em correr, vi que todos estavam dando a volta e eu ainda estava na metade do caminho, quando olhei para o lado e vi o professor bravo, olhei para frente e vi um obstáculo bem na minha frente, MALDITO OBSTÁCULO, caí igual a cocô no chão e como já estavam dando a volta, os mais rápidos me viram e começaram a rir, o Jackson veio todo preocupado até mim.

- S/n você tá bem ? vem eu te ajudo a levantar.

Nessa hora meu rosto estava um pimentão de tão vermelha que eu estava

- Eu tô bem, só não vi o obstáculo.

Ele gritou alto

- QUEM COLOCOU ESSE OBSTÁCULO AQUI ? SABIAM QUE ÍAMOS CORRER, ELA PODERIA TER SE MACHUCADO.

- Jackson para de gritar!

Ele me levou até a arquibancada ajoelhou na minha frente e começou a olhar minha perna, tinham vários machucados leves e ele perguntou ao professor se poderia me levar até a enfermaria, eu disse que não precisava mas ele insistiu

Chegamos na enfermaria e me deram gelo para os machucados, o Jackson não saiu do meu lado um minuto, ele pode ser muito legal quando quer. O sinal tocou e ele não se moveu.

- Você já pode ir embora, não é como se eu tivesse quebrado a perna.

- Amigos não saem do lado uns dos outros. -disse com um sorrisinho de bica fechada.

- Mas eu consigo andar muito bem.

- Fica parada aí, vou pegar sua mochila.

- Jackson eu consigo andar.

- Eu sei, mas seria perda de tempo você subir todas essas escadas pra pegar uma mochila, eu tenho que ir lá de qualquer forma.

Ele saiu da enfermaria e logo em seguida o Jinyoung.

- Oi S/n, você está bem?

- Tô bem sim, foram machucados leves.

- Desculpa não ter te ajudado, eu não vi na hora e quando vi o Jackson já estava te ajudando.

- Não tem problema Jinyoung, nem foi grande coisa, grande coisa foi a vergonha que eu passei.

- Todo mundo cai S/n.

- Diz isso para as pessoas que riram de mim.

- São todos uns babacas.

Conversamos por alguns minutos e logo em seguida o Jackson entra e me da a mochila, com uma cara séria e diz:

- Tenha um bom dia S/n, se precisar de alguma coisa me chame.

- Obrigada Jackson.

Ele sai da sala parecendo um bad boy. O que tira algumas risadas minhas.

- Acho que ele não gosta muito de mim.

- Que isso Jinyoung, ele nem te conhece.

- Acho que ele ficou com ciúmes de nós dois conversando.

- Claro que não, não tenho nada com ele é impressão sua.

- Se você diz.... vamos para a minha casa, é bem perto podemos ir a pé.

- Vamos sim

Andamos 5 minutos e ele disse que estávamos chegando, tínhamos acabado de entrar em um bairro bem nobre, será que o Jinyoung é tão rico assim ?

Paramos em frente a um portão branco enorme, ele abriu e quando entramos vi uma casa muito grande e um jardim muito verde, fiquei embasbacada quando entramos na casa, era muito grande e linda, tudo em mármore e só tinha um andar porém tinham vários cômodos.

- Vamos almoçar primeiro e depois estudamos.

- Tudo bem, onde é o banheiro? Preciso trocar de roupa, o uniforme de educação física me deixa desconfortável.

- É a porta no final daquele corredor- disse apontando para o corredor iluminado o qual eu segui.

A casa tinha várias portas, será que ele tem muitos irmãos ? entrei no banheiro e era luxuoso da mesma forma, me troquei e voltei para onde estávamos, não o vi mais e chamei bem baixinho

- Jinyoung....

E ouço a voz dele no cômodo ao lado

- S/n estou aqui, venha para a cozinha

Cheguei na cozinha e vi uma senhorinha pondo a mesa, me curvei e o Jinyoung disse que ela era a cozinheira da casa, A CASA TINHA UMA FUCKING COZINHEIRA.

Sentamos a mesa e eu não me segurei.

- Jinyoung cadê seus pais?

- Meus pais trabalham o dia todo, só vão chegar a noite.

- Você tem irmãos?

- Tenho, 2 irmãs que já são adultas.

- Aah sim.

Ele parece ser bem sozinho, queria perguntar mais coisas porém não queria parecer intrometida, seguimos nosso almoço calados e quando acabamos a senhorinha trouxe um doce que nunca vi na vida mas que estava muito gostoso, agradeci pela comida e o Jinyoung disse para irmos para o quarto dele, normalmente eu não iria para o quarto de um menino que eu mal conheço mas estranhamente ele me passava confiança então fui, o quarto dele não era nada diferente do resto da casa, luxuoso e sem muitas decorações a não ser a estante enorme de livros dele, começamos o trabalho e foi bem divertido, ele respeitou meu espaço e me deixou confortável, debateu comigo sobre o tema e ouviu minhas opiniões, foi bem produtivo.

Nem vi o tempo passar mas quando olhei o relógio já eram 17:40 eu precisava ir para casa, falei para o Jinyoung e ele me levou até o portão, me despedi dele e fui para o ponto de ônibus até porque minha casa era bem longe de todo esse luxo.

Quando cheguei abri a porta de casa e meu pai me puxou para fora.

- Você demorou S/n, esqueceu que vamos comprar o tênis?

Eu nem me lembrei disso

Entrei no carro e no caminho para o shopping meu pai resolveu conversar comigo.

- Você sabe que eu e sua mãe brigamos o tempo todo né.

- É eu sei....

- Eu acho que não somos mais como éramos antigamente, não tenho mais aquele sentimento que tinha a alguns anos atrás.

- Onde você quer chegar com isso pai?

- Eu e sua mãe estamos pensando em nos divorciar S/n.

Meu corpo gelou completamente, como assim divorciar ? meus pais se amavam tanto, tudo bem que eles brigavam frequentemente mas divorciar? Não estou pronta para ver meus pais separados......


Notas Finais


agora sim a história começou a fluir amooo

me sigam no twitter @yugwangx

Obrigada e ate mais. 💘🥺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...