História Segredo de Alfa - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Abo
Visualizações 29
Palavras 335
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 21 - Capítulo 21


-Então quer dizer que seus olhos sempre mudaram de cor? -perguntei depois que ela me explicou parte da história.

-Desde que conheci seu pai.

-Eu ainda não entendi isso -resmunguei completamente confuso com o que tinha ouvido.

-Preste atenção -pediu paciente recomeçando a explicar - Quando eu tinha 15 anos eu conheci o seu pai, nós viramos amigos e ficamos muito próximos. Depois de umas semanas eu percebi que estava gostando mais dele, mais do que um simples amigo, mas eu guardei isso pra mim por 2 anos. Com 17 eu confessei tudo pra ele e fui correspondida, nesse dia ficamos muito felizes em nossa bolha de sentimentos que ninguém podia entrar -ela contava com os olhos marejados e um brilho que nunca me permitiu ver: saudade. Ela é durona demais para me deixar ver seus sentimentos, mas agora eu vejo.

-Alguns meses de namoro depois ele me contou seu segredo, seu mistério mais profundo e foi quando nos unimos pela primeira vez. Quando acordamos seus olhos estavam em um tom de avermelhado com amarelo e quando fui ver os meus estavam azuis. Percebemos que sempre que sentíamos algo forte demais, nossos olhos mudavam de cor, não bruscamente como do azul pro vermelho, mas sim do azul para uma cor bem mais fraca que se misturavam.

-Tá, mas como os meus mudam de cor assim?

-Eu não sei, só sei que eu sentia meu corpo mais forte quando estava perto do seu pai, eu me sentia viva, forte e especial, então percebi que meu lobo o havia escolhido como nossos antepassados faziam há 200 anos atrás, a maneira mais pura: pela alma. E acho que é por isso que sempre fui tão apaixonada pelos olhos dele afinal, os olhos são a porta para a alma.

Fiquei quieto por um instante. Por incrível que pareça, em toda a história dos meus pais, a única coisa que pensei foi em Milla. E por mais que isso me assustasse eu finalmente percebi e admiti.

-Eu estou apaixonado pela Milla.


Notas Finais


Boooom! Bomba jogada com sucesso! Voltarei mais tarde para ver os afetados ok? Ok kkk
Desculpe o cap pequeno demais é uma parte importante pra história.
Qualquer coisa errada ou dúvidas
Avisem ok? Ok..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...