1. Spirit Fanfics >
  2. Segredo De Amor (Hot Lésbico) >
  3. Não Tenho Medo De Você

História Segredo De Amor (Hot Lésbico) - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Boa Leitura Meus Cheiros ❤️✨

Capítulo 17 - Não Tenho Medo De Você


 Continuação....

Milena: Mei, oque faz aqui

Mei: você tá muito ocupada, e que eu queria conversar um pouco com você

Milena: tô ocupada não, entra pode entrar (ela entrou) senta, me diz oque foi?

Mei: eu sei que eu não te falei mas vou te dizer, eu sou casada

Milena: casada, como assim com quem?

Mei: o nome da minha esposa e Geovanna mas estou me divorciando dela, mas ela não quer assinar os papéis e isso tá me deixando louca

Milena: porque quer se divorcia dela?

Mei: ela me traiu, e eu também não a amo mas ela (botei minha mão em meu rosto) eu tô cansada sabe, faz um ano que meu divórcio não sair por causa dela isso tá me estressando

Milena: calma Mei, ela vai assinar não ficar assim isso não vai fazer bem pra você, só relaxa

Mei: vou tenta

Milena: e vocês duas tem filhos?

Mei: sim, um menino nome dele e Reymond

Milena: nome bonito diferente, com certeza que não foi você que pensou nesse nome (risos)

Mei: não, foi a Geovana (risos)

Milena: eu tinha total certeza disso (risos)

Mei: (risos) tô me sentindo bem melhor (peguei na sua mão) obrigada por me entender, conversar comigo

Milena: você sabe que eu tô aqui pra você sempre (cheguei bem perto da sua boca) em todos sentidos

Mei: é?

Milena: sim (segurei seu rosto e te beijei loucamente)

Mei: ei ei melhor a gente, parar pura aqui

Milena: porquê (voz ofegante)

Mei: porque você e casada, e ainda por cima a gente e irmã, você ainda não entendeu isso

Milena: não, eu também não sou feliz no meu casamento, faz tempo que a gente não... (Suspirei) esqueci

Mei: separa dele, encontre alguém que te faça feliz, você e uma pessoa incrível

Milena: Você acha?

Mei: sim (cheguei bem perto do seu ouvido) também acho que devemos ir pro seu quarto agora (beijei seu pescoço)

Milena: pensei que você não quisesse (ela continuou beijando meu pescoço)

Mei: você sabe que eu mudo de ideia fácil (voltei beija seu pescoço)

Milena: como sei (ela me beijou loucamente)

Levei a Mei até o meu quarto e joguei ela na cama, comecei tira minha roupa em sua frente até eu fica totalmente nua, me sentei em seu colo e te beijei loucamente e fui tirando suas roupas até ela fica sem nada, por um minuto eu parei e fiquei olhando seu rosto e voltei te beijar loucamente trocamos de posição ela ficou por cima de mim beijando meu corpo inteiro, até ela descer pra minha intimidade, quando o celular dela começa a tocar não queria deixa ela atender

Mei: eu preciso atender

Milena: não, deixa tocar (te abracei)

Mei: pode ser importante

Milena: sério

Mei: sim, e rapidinho

Milena: ok

A Milena me soltou eu paguei meu celular que estava no chão, quando eu olhei no visor era a Laura, eu atendi na hora

Mei: alô

Laura: oi, mei

Mei: oi

Laura: tudo bem?

Mei: tudo sim, e você?

Laura: tô bem, eu acho

Mei: hum...

Milena: MEI, VEM AMOR

Laura: Acho... Que você tá ocupada, vou te deixa em paz

Mei: sim, estou muito ocupada agora

Laura: dá pra ver (tom de ciúmes)

Mei: e só isso que você queria?

Laura: não, eu queria te falar que...

Mei: que...

Laura: nada, esqueci, fica bem tchau

Mei: tchau

Ela deligou e não me falou oque queria realmente, será que era importante

Milena: Ei oque foi, quem era?

Mei: ninguém importante

Milena: então... Vêm cá

Fiquei com a Milena mas pensando na Laura, no que ela queria, depois que eu fiz amor com a Milena eu fui pra casa da Laura preciso saber oque ela quer de verdade, chegando na casa da Laura toco diversas vezes sua campainha mas ninguém me atendeu, até um dos seus funcionários vim me atender

- posso te ajudar?

Mei: sim, a Laura está?

- não, ela está viajando

Mei: você sabe pra aonde?

- Londres

Mei: assim, Obrigada

Peguei meu celular e liguei pra ela, enfim ela não me atendeu deixei pra lá, comprei uma passagem pra Londres, quero ver meu filho também, fui pra casa fazer minhas malas chegando em casa dou de cara com a Geovana na sala, ela começou a falar comigo mas não liguei muito pra ela e subi, chegando no quarto peguei algumas roupas e joguei encima da cama

Geovana: pra onde você vai?

Mei: (em silêncio)

Geovana: tá me escutando (peguei no seu braço)

Mei: me solta (puxei meu braço)

Geovana: vai me responder ou não vai

Mei: não te interessa pra onde eu vou

Fiquei olhando pra Mei quando eu vir um chupão em seu pescoço, fiquei furiosa

Geovana: porra e essa, que chupão e esse ai, tá me traindo

Mei: entenda uma coisa, eu sempre te trair

Geovana: (peguei no seu rosto) melhor você esconder bem essa sua amente, porque se eu descobrir, ela vai se arrepender por ter se deitado com você (soltei ela)

Mei: não tenho medo de você

Geovana: melhor você passar a ter, quer dizer sua amante (sair do quarto)

Será que eu devo ficar preocupada com a Geovana



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...