História Singulares - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aliens, Guerra, Super Herois
Visualizações 6
Palavras 1.517
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá leitores, aqui está a primeira parte (de três) do Prólogo da história. Boa leitura.

Capítulo 1 - Prólogo Parte 1 - Bem Vindo a ISO


Fanfic / Fanfiction Singulares - Capítulo 1 - Prólogo Parte 1 - Bem Vindo a ISO

10/03/2000
08:31
Pentágono.
Base Secreta Subterrânea.


William: Bom dia, General. (Continência)

Jared: Bom dia, amigo.

William: Porque a pressa, Jared?

Jared: O Bill tá vindo aqui, de novo...

William: Puta que pariu, de novo? O que ele quer agora?

Jared: E eu sei lá? Esse cara é doido.


Pov. Jared.


Meu nome é Jared, General das Forças Ultra Especiais Jared Lancer Ross Jr. Estou com meus 45 anos e atualmente atuo no ramo de missões secretas. Tecnicamente um general deveria ter uma idade maior, mas eu não sou um general comum, no ramo em que trabalho, não existe idade para ter experiência.
Antes do homem pisar na lua, declararam ter visto objetos brilhantes parecidos com asteróides se distanciando da Terra. E câmeras provaram que a tripulação não estava louca. Após a criação da NASA, esses eventos ficaram cada vez mais fáceis de ver, porém menos frequentes a medida do tempo. Não se sabe ao certo o que são, mas estamos nos preparando para o pior. Eu já não acredito que estamos sozinhos nesse universo já faz bastante tempo.
Já tivemos guerras das mais variadas, eventos com bombas nucleares, mas nada comparado aos eventos atuais de pessoas com certas "habilidades". Acredita-se que essas pessoas estão ligadas a esses objetos. Pois a medida que os objetos se tornam raros, o índice de pessoas diferentes tem aumentado. E eu, Jared Lancer, acredito na existência dessas pessoas, e a 7 anos, venho lutando para o sucesso de uma organização, ISO, para ajudar, e compreender essas pessoas.

William: Tá certo, ele acabou de chegar, Senhor.

Jared: Lá vem dor de cabeça.

Bill(falando com a atendente): Ora, eu quero falar com o general, onde ele está?

Jared: Eu estou aqui, senhor presidente.

Bill: Ótimo, eu preciso conversar com você.

Jared: Sem problemas, me acompanhe até meu escritório.

Jared: William, me aguarde aqui fora. (Fecha a porta)

Bill: Enfim, a sós.

Jared: Em que devo a sua visita?

Bill: Eu estou ficando sem tempo.

Jared: Algum problema senhor?

Bill: A tecnologia, general, a tecnologia. O mundo está evoluindo, e as pessoas então cada vez mais desconfiadas da existência de pessoas com poderes. Câmeras estão filmando com mais frequência as ações dessas pessoas.

Jared: E o que o senhor quer que eu faça?

Bill: Me de uma solução! Como que vou explicar toda vez que mando homens de terno para revistarem as câmeras?

Jared: Bom, na verdade somos nós que revistamos as câmeras, senhor...

Bill: Não importa. A verdade é que, eu estou louco para soltar ao público a existência desses... Singulares, como vocês os chamam.

Jared: Senhor, me desculpe, mas não é recomendado fazer isso. A humanidade pode entrar em uma crise.

Bill: Mas então o que quer que EU faça?

Jared: Bom, o senhor pode...

Bill: Não venha me dar ordens, Jared, eu sou o presidente dos Estados Unidos Da América.

Jared: Sim senhor...

Bill: E a minha equipe?

Jared: O senhor está falando do Projeto Ômega, senhor?

Bill: Sim sim, a equipe com esses estranhos.

Jared: Estamos na procura de integrantes, senhor.

Bill: E até agora nenhum avanço?

Jared: Senhor presidente, ainda estamos nos recuperando da grande perda de 2 anos atrás, nos falta soldados, esse ano termina o treinamento básico dos recrutas da ISO.

Bill: Grande perda de 2 anos atrás? Está se referindo ao incidente nuclear no qual vocês foram totalmente responsáveis? Por que eu lembro de ter sido vocês que foram para o deserto do México atrás de um terrorista e se enfiaram nesse buraco que não conseguem escalar.

Jared: Sim senhor. Mas como eu disse, 75% da nossa organização foi perdida nesse acidente, ainda estamos nos recuperando. Esse ano iremos ter os novos recrutas, vamos voltar a uma quantidade de 60% de agentes que haviam antes. E assim poderei reativar o Projeto.

Bill: E cadê aquele capitão que era responsável pelo recrutamento?

Jared: O Jack... ele morreu, senhor. No acidente.

Bill: Ah é... me esqueci. E cadê aquele loirinho que está no lugar dele?

Jared: Está na procura de uma singular vista em Nova York.

Bill: Pelo menos isso.

Jared: Como assim?    


Bill: Esquece. Bom, espero que vocês recrutem meus singulares, quero uma equipe dessas pessoas o mais rápido possível, devemos mostrar para o mundo que os Estados Unidos já está ciente e preparado sobre essas pessoas.

Jared: Como queira, senhor.


Bill: Bom, já estou de saída, foi bom conversar com você e esclarecer as coisas. Espero que você tenha entendido.

Jared: Sim senhor, a saída é por aqui.


Bill(saindo): Estou de olho em vocês, Jared.

William: Eai? Foi tão ruim assim?

Jared: Nada que já não tenha sido...

William: Tá, mas o que ele queria dessa vez?

Jared: O de sempre, queria saber sobre o projeto Ômega.

William: E por que eu acho que ele quer por logo as mãos nessas pessoas?

Jared: É porque é isso que ele quer fazer.

William: Ele sabe que nossa organização não é de nenhum governo né?

Jared: Sim, mas enquanto esse filho da mãe ficar calado, melhor pra gente. Ele só está pisando aqui porque preciso que ele fique calado e não fale nada para a mídia.

William: Entendi. Mas o projeto Ômega está em andamento?

Jared: Em partes. Smith está atrás de uma Singular dando problemas em Nova York, se ele for bem sucedido acho que podemos dar início ao Projeto.

William: Certamente.

Jared: Saudades do Jackson...

William: Eu também.

Jared: O Bill já foi?

William(olha no PDA): Deixa eu ver...

William: Ahm... Sim. Ele acaba de sair.

Jared: Como está a equipe?

William: Preparada desde quando você me mandou o email.

Jared: Ótimo. Reúna a equipe. Quero todos daqui a 30 minutos na sala de reuniões.

William: Para onde vamos mesmo?

Jared: Empresa Wolf. Nosso informante disse que as fichas que estamos procurando estão lá.

William: Ótimo. Mas como que vamos entrar lá?

Jared: É o que eu vou falar na sala de reuniões. Tenho um plano. E ele tem que dar certo.

William: Tá certo, mas quem é o informante?

Jared: Isso é extremamente sigiloso... até para a nossa amizade.

William: Magoou...

Jared: Vai se ferrar, Will.


Mais tarde. Na sala de Reuniões.
Pov. William.


Jared: Alguma dúvida?

Jonathan: Certo, mas como que vamos subir no outro prédio?

Jared: O prédio ao lado fecha as 22 horas, as 23 horas a gente entra.

Jonathan: Sim sim, mas e as câmeras e guardas?

Jared: Há apenas 5 guardas no prédio ao lado, vocês passam por eles como quiserem, porém, sem nenhum alarde. Os snipers subirão e darão apoio para a equipe alfa que entrará no prédio Wolf.
E sobre as câmeras, o William cuida do recado.

William: Lembrando que, eu só consegui hackear as câmeras do prédio onde os snipers vão subir, ou seja, as câmeras do edifício Wolf vão ter que ser removidas manualmente.

Jared: Alguma outra dúvida?

Jonathan: Não senhor.

Nicolle: Não senhor.

Gardner: Não senhor.

Jared: Ótimo. Nicolle, prepare a sua equipe, quero quatro snipers usando as armas P5.

Nicolle: Sim senhor.

Gardner: Aquelas armas experimentais?

Jared: Sim, foram aprovadas pelos nossos engenheiros a dois dias.

Gardner: Ok então.

Jared: Se preparem, quero a equipe pronta até as 21 horas.

Após os outros saírem, fui falar com o Jared.

William: Ei.

Jared: Fala.

William: Vai ficar comigo nessa missão? Tipo, guiando atrás do monitor?

Jared: Você sabe que não é assim que funciono.

William: Sim sim. Mesmo velho você ainda gosta de uma ação. Você sabe que não precisa ir né?

Jared: Claro que sei. Mas eu não sou um líder de esperar o sucesso de uma equipe. Eu sou um líder que luta junto a equipe para o seu sucesso.

William: Tá certo...

Jared: Olha, Will, eu sei que você tá com medo desde o incidente com Jack... mas já foi, já passou. Não podemos mudar isso. E eu tô aqui agora, e não pretendo ir embora. Tá bom?

William: Tá tudo bem...

Jared: Agora levanta essa bunda e vai falar com o Smith sobre a missão e ver se ele descobriu mais alguma coisa.

William: É pra já.

Depois de falar com Jared, fui em minha sala e mandei um sinal para o PDA de Smith. Após ele retornar o sinal, eu liguei para ele.

William: Alô, Smith?

Smith: O que você quer?

William: Quanto tá o programa?

Smith: Filho da puta sem mãe.


William: Hahaha, calma cara, eu fiquei preocupado, sabia?

Smith: Wont, que graça, agora fala o que você quer porquê eu já estou de saída.

William: Jared quer saber se você tem algum avanço aí.

Smith: Bom, pensei ter encontrado o "esconderijo" dela. Realmente eu encontrei, mas não encontramos ninguém lá. Mas estamos perto, eu sinto isso.

William: Tá bom, por enquanto é só?

Smith: Sim, mais tarde mando o relatório semanal para seu PDA.

William: Beleza então.

Smith: Estou perto de encontrá-la, eu sinto isso, e quando eu encontrar, eu vou levá-la para vocês. Fiquem tranquilos.

William: Tá certo então. Aguardo o relatório. Até mais.

Smith: Até.


Ok. Agora é só organizar esses papéis, ver se ainda estou conectado nas câmeras do prédio e tá tudo pronto. Vamos lá. 


Notas Finais


Como é o prólogo, não há muitas informações sobre a trama da história ainda, mas saibam que cada informação entregue em cada capítulo é de grande importância, então fiquem atentos haha.
Será que a missão será um sucesso?
Quando é que veremos um singular em ação?
Quem diabos foi Jackson?

Não percam os próximos capítulos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...