1. Spirit Fanfics >
  2. Só Amigos? >
  3. As Patricinhas e o Primeiro Beijo!

História Só Amigos? - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Não tenho muito oq dizer
Aproveitem a história!

Capítulo 2 - As Patricinhas e o Primeiro Beijo!


 

Pov Brida ON

Estavamos andando pelos corredores conversando quando ouvimos a voz de um senhor nos autofalantes:

-Bom dia alunos, meu nome é Ancelmo e sou o reitor dessa universidade, todos os estudantes devem comparecer no refeitório, na qual do lado direito temos os doimitórios femininos e do esquerdo os masculinos, entrem e vejam onde cada um irá dormir, para que possam se organizar e trocar de quarto caso eu esteja de bom humor, hehe..Bom dia e tchau.

-Noossa q arrogância-Clara reclama

-Deve se um inferno-Eu falo

Todos concordam cmg e vamos ao refeitório.

-Tomara que a gente esteja no mesmo dormitório!-eu falo empolgada

-Ai sim!-Clara fala-eu n ia aguentar ficar longe de vcs

-Nem eu-iza fala

-Muito menos eu-Julia concorda

Nos dirigimos para os dormitórios, quando lemos as plaquinhas....

Quarto 11:

Clara, Izabela, Julia e Clhoe

-AH NÃO-Eu falo meio alto e logo abaixo o tom

-Mas que merda!-Julia reclama

Logo 4 meninas entram no dormitório e começam a ler as placas

-O QUE?! EU NÃO POSSO FICAR LONGE DA SABRINA, QUEM VAI FAZER MEU DEVER?

-Eita!o bagulho ta foda por ali-eu falo rindo

-Oq foi garota?! É VC que OUSA ME atrapalhar?

-Méee talvez..

-Brida!-Clara me da a cotovelada mais forte da minha vida, eu dou uma tussida desfarçada.

-COMO ASSIM?

-Qual teu nome?-eu pergunto

-NÃO MUDE DE ASSUNTO COMIGO!

-Calma clho...

-NÃO TENTE ME ACALMAR SABRINA!

Deu pra ver o "Classic" de filmes norte americanos né? acontece q amo irritar certas pessoas...e ela é uma delas kkkk..chuto que a da esquerda se chama trixie, ou beatriz.

-Ok!Vou te chamar de...hmm..deixe me ver..-tento pensar num nome bom enquanto minhas amigas tentam me impedir tentando evitar algo pior-que tal..garota qualquer?

-O QUE?!SABRINA, TRIXXIE-ahá muleuque! ta aí! trixxie, 1 pra Brida 0 pra Clhoe hehe!-deem um jeito nela!-ela faz um sinal apontando pra mim, e eu, com meus 5 meses de capoeira, alguns dias de boxe e 3 filmes do kung fo panda em mente, me preparo pra brigar:

Elas vem na minha direção, com cara de bravas, eu me mantenho imovel com uma cara de bunda olhando pra elas sem nenhuma reação, (n vou mentir, deu um friozinho na barrga sim) deixo elas virem.

-Oq vcs vão fazer em? me bat..

POW

Levei um puta soco, doeu mas to suave, na primeira oportunidade que tive levei meu punho até o rosto de trixxie ee..

-aé?toma ess-Clara me segura e pede para eu me acalmar, eu respiro fundo e volto a minha posição.

-Hhahah-Clhoe da a risada mais esnobe da minha vida-nem pode bater nelas..tadinha...TRIXXIE MAIS UM PFV!

Ela leva a mão no meu rosto, eu tento me defender, desvio do pior jeito possivel dando uma cabeçada na parede e tento agarrar o braço dela e "prender" nas costas na tentativa de evitar apanhar, eu consigo, msm q tenha sido muito broxante eu consegui.

-MAS O QUE?-Clhoe pergunta indgnada, eu solto o braço de trixxie que volta pro lado de Clhoe-Vamos meninas - ela fala tentando manter a calma-quero ficar no mesmo quarto que vcs, anselmo meu pai, vai deixar facil facil...

-Ta bem Brida?-Clara pergunta botando a mão no meu olho roxo-que vagabundas!

-Acho q to-eu respondo séria olhando pra trixxie que antes de sair pela porta, me encarou feio-foda se, eu desvie de um puta golpe daquela vadia!

-Ai Bridinha, sempre positiva!kk-julia ri com um ar de preocupação a respeito do meu olho.

-Se eu n for quem vai ser?-eu pergunto entrando no meu quarto.

-Ei! esse é o teu-clara aponta pro quarto dela-foda se a placa entra aqui agora!

-kkkkk ta bom ta bom kkkk- eu entro dou um sorriso e ajeito minhas coisas.

TOC TOC

Eu abro a porta e me deparo com quem? Clhoe

-Pronto porra, ajeitei tudo, esse é seu quarto agora!E não me agradeça!

-Eu ia dormir aq de qualquer jeito- eu falo mudando o gelo de lado (que a julia buscou na enfermaria)-e obrigado kk-falo pra provoca-lá

-GRRR vc vai ver garota!Vc vai ver!- ela sai e vai pro seu quarto.

-Não provoca ela Brida!-Clara me xinga jogando meu livro nas minhas costas.

-kkkkkkk eu não resisto-eu falo

Ficamos conversando, tinhamos 30 minutos pra organizar os quartos antes das aulas começarem, ja tinhamos arrumado tudo, estavamos jogando conversa fora, mas de repente..

-BRIDA!

-É o Rafa! Ai meu deus!-Eu falo desesperada e com um frio na barriga.

-Hmm ja sabe ate a voz dele!-Clara me provoca, eu apenas rio, vou até a porta do dormitorio(garotos n podem entrar nos quartos, o mais longe que vão é a porta de enetrada) abro para ele que me abraça fortemente, o que faz eu me sentir no paraíso, no caso os braços dele...ai ai...Rafael..me derreto só de pensar.

-Ai Brida! O Luka é meu amigo, mas ele n calava a boca um segundo kkkk é o unico defeito dele kkkk.

-Ai!-ele me abraça de um jeito que n sei como, acabou apertando meu olho roxo-meu olho

Ele me olha confuso e logo se afasta um pouco

-Desculpa!Mas como vc fez isso? Quem foi o BABACA que eu dou um jeit..

-Foi a trixxie..-eu respondo botando a mão no meu olho.

-Ah não..a Clhoe...olha eu preciso te contar uma coisa sobre ela...- la vem ele gosta dela quer ver?-ela foi minha amiga desde o prézinho, os pais dela são separados, a vida dela é muito conturbada, ela sempre se apoia em mim, ent desculpa se ela for babaca com vc ta?

-Claro! Eu entendo..essas coisas são dificeis mesmo..

-Ah cara! por isso que eu te amo sempre entende tud..

Ele disse isso mesmo? Eu to surtando!!!

-Quer dizer-Ele tenta se explicar-Como amiga claro!

-Ah..-bom demais pra ser vdd-sim claro..

-Vc ta...triste?

-Não! eu to bem..só cansada..

-A aula é daqui a pouco, eu queria te acompanhar, se quiser claro..

-Por que não cavalheiro?-eu o provoco rindo.

-Mas é claro, por aqui majestade, kkkkk

Pov Brida off

Pov Clara on

AAAAI QUE FOFOS

Pov Clara off 

Pov Brida on

Que lindo, que gostoso e que deus lindo ele é, meu pai amado...

Vamos caminhando pelos corredores e ao chegar na nossa sala, olhamos o papel que indica cada aluno daquela turma.

-Ah o Maronese(sobrenome do Gabriel), n ta aq.

-Seu amigo?

-Sim

-Pera Maronese?-Rafael pergunta

-É, pq?

-Foi meu colega no ensino médio!

-Q massa!

TRIIIIIMMM

Antes que possamos conversar mais, o sinal toca e entramos na sala, ele escolhe uma mesa perto da minha, uma mais no fundo ao lado da parede.

-Brida..-Ele começa-Sobre..aquele selinho e os abraços de hoje...eu...

-Bom dia turma!-o professor sempre atrapalha né! bem na hora que ele ia me dizer algo foda!-meu nome é deividi e hj vamos começar com td!

Ele passa uma aula dando a história dos PCs, no recreio, Eu saio antes de todos, cabisbaixa por saber que o  Rafael não me ama como eu o amo...

-Brida!

-Oi Rafa...

-Eu n pude te falar.. mas eu ...eu gostei daquele selinho...sabe...

OI?EU TO OUVINDO DIREITO!CARALHO CACETADA NE FODENDO!UHUUUUUL!

-Sério?!-eu pergunto ja perdendo o folego de tanta alegria.

-É....Mas sei la...

-Oq foi..

-É q a Clhoe-ah não essa vagabunda de novo não-ela vai ficar bem puta.

-Não conta!-eu falo desesperada

-É que..

-É o que Rafael?!-Clhoe interrompe tudo pra encher o saco-Posso saber oq ela ta fazendo com você?

-Não e da sua conta-eu falo bem séria

-Brida-o Rafa olha pra mim-deixa comigo.

ele me da um selinho esquecendo que a Clhoe tava logo atras da gente, ela surta e eles pasam o recreio tentando se resolver.

Eu portanto passei o mesmo sozinha...assim que bateu o sinal eu fui pra sala me sentei e logo depois que o Rafael sentou ao meu lado ouço nos autofaalnates:

Brida favor comparecer na minha sala, Anselmo.

Todos olham pra mim, eu os ignoro, Rafael tenta falar cmg, mas eu apenas vou na direção da sala dele, o Rafael me segue, ate o lado de fora da sala:

-Brida!

-Eu resolvo isso, agradeço pelo que tentou..

-Não é isso Brida vem ca!

-ja ja estarei aqui, calma.

-Não espera!-ele me puxa pelo braço me botando contra a parede ele me encara eu encaro de volta e de repente nos beijamos, tão profundo e...bom...nem acredito no que esta acontecendo....então a mão dele foi na minha cintura e meus braços seguram sua nuca puxando-o para mais perto de mim...não sei dizer se esse foi o beijo mais longo da minha vida...mas o melhor com certeza foi...

Ele me solta eu o solto também nos encaramos por um segundo.

-Nós...nos beijamos?...-Eu pergunto confusa

-É...acho que sim... e o reitor ta te esperando...-ele fala com semblante triste como se quisesse mais daquilo...

Eu agarro a nuca dele dou um leve beijo.

-Eu te amo....-e vou até a sala do reitor.

-Bom dia Sr Anselmo-eu o cumprimento.

-Esta atrasada..Bom dia

-Demorei para achar a sua sala Sr, peço desculpas..

-Não importa, oq importa é q vc esta roubando o namorado da MINHA filha... não quero vc encostando UM dedo sequer nele...caso contrário...sera EXPULSA da minha universidade, estamos entendidos?

Eu acho isso o CÚMULO da desgraça e da arrogância, mas sei que tenho artimanhas para manter esse amor pelo Rafinha em segredo, então apenas concordei.

-Sim senhor, prometo que não se repetira!

-Acho bom!

Eu volto para minha sala e o professor fala:

-Mas isso é um absurdo!-eu fico confusa n sei do q se trata o assunto-essa garota é louca, escute filha-o professor fala para mim-não interessa o que ele diga, siga sua vida como bem querer, ser amigo de alguem n faz mal a ninguém, ent mantenha td em segredo, e se ele descobrir eu estou com vc entendido?

-Sim!e obrigado professor!-fico feliz de ter apoiadores nisso td, o professor da ínicio a aula e o Rafael se vira para mim:

-Eu contei pra ele..n se importa né?

-Claro q não..e muito obrigado!

Eu olho para ele e logo quero beija lo novamente, mas agora isso seria impossível..no meio da aula não! se controla Brida seja forte!

-Eu n te respondi depois daquilo...-Rafael começa

-Depois do que?

-Eu tb te amo...-Ele olha pros lados e me da um selinho, que me causa um arrepio na espinha.

Apenas tento focar na aula e não no Rafael oq se torna muito dificil.

-Aliás, oq o Anselmo te disse?-Ele me pergunta preocupado

-Disse que devia me manter longe do "namorado" da filha dele se n ele me expulsaria da universidade..

-O QUE?-sim ele gritou...e...todos riram kkkk-o que?(repete só que mais baixinho agora)

- sim..eu sei..mas eu n quero te perder asism tão facilmente..

-nem eu Brida....nem eu...mas n fica assim pq eu ainda te amo!-ele diz isso e me abraça, oq aquece meu coração!

Pov Brida OFF

Pov Rafael On

Como nunca tinha conhecido ela antes???

Que garota incrível, eu ja a amo muito muito mesmo...ela beija bem pra porra, e é muito linda! caramba que garota, onde eu fui me meter!

O problema é a Clhoe e o Sr Anselmo, tão dificultando tudo..mas não posso abandonar a Clhoe assim, msm ela sendo arrogante e mimada, n vai ser abandonando que td vai se resolver...eu espero claro...

Mas foda se...enquanto ninguem perceber eu ainda vou amar a Brida!

 

 

-

 

 

 

 

 

 

-


Notas Finais


Oq acharam? vlw por ler flwwwsss!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...