História Something Called Love - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, Red Velvet
Personagens BamBam, Irene, Jackson, JB, Jennie, Jinyoung, Jisoo, Joy, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rosé, Seulgi, Wendy, Yeri, Youngjae, Yugyeom
Tags A Love, Ficgot7, Igot7, Jaeladybug, Mark&vc, Youngnnie, Yugisa
Visualizações 103
Palavras 2.142
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Saga, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pela capa já tá bem claro de quem estamos falando não é mesmo?

Capítulo 41 - Infantilidade


Fanfic / Fanfiction Something Called Love - Capítulo 41 - Infantilidade

Capitulo anterior:


- Oque? Você tá bem? Oque eles fizeram com você?

- Não, nada, apenas me escuta..


Capitulo atual:


- Querem que eu saiamos? - Bambam fala se sentindo encomodado, antes de eu dizer um "não" por educação, Mark movimenta a cabeça levemente como sim, ele e Laila saem e fecham a porta

- Er... - Minhas mãos começam a suar - vou direto ao ponto! - Fiquei tão nervosa que nem soube como falar - Você vai ser papai! - digo em um sorriso emocionado, cada palavra que saia da minha boca, pareciam tão simples palavras, mas tão significativas. Mark fica sem expressão, ele simplesmente parou no tempo

- V-você, tá.. G-grávida? - ele me olhava como se estivesse sonhando acordado, eu chacoalho a cabeça como um sim bem claro, por uns segundos depois cai a ficha pra ele e uma lágrima alegre cai do seu rosto

- EU VOU SER PAAI! - Me assusto ao berro dele e o mesmo beija minha testa se levantando - Já volto, não sai daqui! - sorrio ao escutar aquilo, o mesmo sai do quarto correndo, feliz da vida

Limpo minhas lágrimas e passo as mãos na barriga que logo logo estaria enorme 

Laila entra, sozinha, ele me olha confusa

- Oque tá acontecendo? - Senta na beira da cama - Para o Mark tá gritando por aí? 

- Sério mesmo que ele tá gritando pelo hospital? - Sorrio e ela assenti - Então, é que..  - Digo ainda com as mãos na barriga 

- S-sério? Parabéns S/n.. - Se aproxima de mim e me abraça acompanhada de um beijo na bochecha, conversavamos sobre meu bebê, e até decidi que Laila seria a madrinha, como ela e Bambam estão namorando a 4 semanas, ele seria o padrinho

- Mas cadê o Bambam? - Pergunto eu

- Foi atrás do Mark que tava gritando - Assim que ela fala os dois entram, Laila se levanta da cama e vai até Bambam perguntar se ele aceitaria ser o padrinho do meu filho

- Porque eles estão cochichando? - Mark pergunta se sentando na poltrona ao meu lado

- Porque aqui é um hospital e aqui exige silêncio, senhor Tuan! - falo 

- Pois é, com tantas placas de silêncio por aqui, as pessoas ainda saem gritando, que falta de respeito! - Seguro a risada e Laila junto a Bambam se aproximam

- Sim S/n, aceitamos ser os padrinhos do seu filho! - Bambam e Laila dão as mãos e sorriem

- Ué, eu só dei uma saidinha, dai quando eu volto descubro que vou ser pai, e que esse mané vai ser o padrinho! 

- Amor! - Falo eu - Qual o problema de ser eles os padrinhos? 

- Olha, a Laila até vai, ela é carinhosa e amorosa, cuidaria bem do meu filho..

- Ou filha*! - interrompo

- É!, já o Bambam, iria ser uma má influência pro Claudinho! 

- Claudinho?, quem é esse? - O questiono

- O meu filho ué!

- Nem pensar!, vai ser um nome mais bonito!, e tá muito cedo pra pensarmos no nome dele, ou dela

- Dele, por que vai ser menino! e eu gostei de Claudinho

- Menina! - Falo

- Menino! - Ele completa

- Menina!! - Eu e Laila falamos, me impressiono ao ver alguém do meu lado

- Menino!! - apenas Mark fala, ele olha para Bambam sem intender - Poxa, não vai ficar do meu lado cara? 

- Na hora de me chamar de mané, e de dizer que eu vou ser uma má influência pra sua filha, não precisou da minha ajuda, e é filha mesmo, porque vai ser menina! - Mark me olha e faz um bico de cachorrinho solitário

- Owwn, não me olha assim! - evito olha-lo, mais é difícil conter esse rostinho, pego suas bochechas aperto-as e beijo seus lábios volumosos



(...)



Dois meses depois da notícia no hospital, já em casa, depois de todos saberem, ninguém queria manter distância de mim, eles achavam que se me deixassem sozinha, o bebê nasceria uma criança isolada, o que foi difícil pra Mark, ele não queria ficar longe de mim nas suas folgas, e quando ia trabalhar, me ligava a cada uma hora pra saber se eu estava bem

Ainda bem que a faculdade deu umas férias a todos, eles falaram que precisavam de reformas, sorte a minha, assim eu ficaria mais tempo cuidando da minha gestação

Mark agora praticamente mora comigo, ele sempre depois do trabalho vem pra minha casa, e muitas vezes dorme aqui, acho que depois que o bebê nascer iremos comprar uma casa pra nós dois, dois não, três!

Mas o mais difícil vai ser contar pra Hoseok que ele vai ser tio, nem consigo imaginar a expressão dele, a única coisa que me vem a cabeça é o túmulo do Mark..

Hoje era uma daquelas tardes de sempre com a Lisa, Jennie não estava em casa como de custume, Joy começou a trabalhar e também quase nunca aparece em casa, e depois do curso, Laila viria pra cá. Estavamos na sala até que começamos a falar de coisas aleatórias, ela fala do anel de compromisso que Yug deu pra ela, e me veio em mente aquele trato que fiz com a Yeri, que a muito tempo não aparecia pra pertubar, não fazia ideia de como fazer oque ela me pediu, até me brotar algo na mente

- Saudades da Rosé.. - Lisa suspira e eu chacoalho a cabeça saindo das nuvens

- Também... e se, agente ligasse pra ela? - Dou uma ideia

- Como? eu não tenho mais o número dela, se tem? - Ela pergunta pegando meu celular na mesinha como eu havia pedido

- Ora, nós dá um geito.. - Desbloqueio a tela
Ligo pra Somin que agora era minha amiga, ela seria nossa solução. 

Uma vez ela me disse que conhecia a Rosé, quando ela era do oitavo ano elas eram inseparáveis, e que elas aprontavam muito juntas, Somin disse que Rosé encobria ela quando saiam escondidas, e até mesmo quando Rosé perdeu a virgindade, Somin foi cúmplice desse segredo e até agora me pergunto, porque a Rosé nunca nos disse tanta coisa do passado dela? Elas se viam de vez em quando, e das vezes que Rosé saía quando morava aqui, ela ia pra casa de Somin ou pra casa de Yeri, e que a amizade com Somin era um segredo das duas, e por algum motivo as duas pararam de se falar.


- Então tudo bem você vir aqui hoje? - Falo com Somin ao telefone - Isso! trás seu filho - Sorrio e Lisa me olha confusa, finalizo a chamada

- Filho? Ela tem quantos anos? 

- Também foi um choque pra mim, mais ela não é nada velha como você tá pensando não tá? - Rio soprado - Me traz uma esfirra? - Falo ao ver Lisa se levantar, ela se vira pra mim com um olhar assustado 

- Mais um? - Digo um "Sim" suave - Meu Deus do céu, essas grávidas de hoje não tem nada pra fazer além de comer e dizer quando a criança chuto!

- Nada ver! eu também sinto desejo e sono! - Ela me encara com um olhar que dizia: "Tá isso mudo oque?"


(...)


Atendo a porta já que Lisa estava no banho, eram Laila, Somin e o filho dela, que por sinal era lindo, seus olhinhos eram castanhos claros e puxados, cabelos lisos e castanhos, parecia a mãe em versão menino 

- Oi S/n! - Laila fala sorrindo 

- Oi gente podem entrar! - Falo e todos entram, o sol estava se pondo, e junto dele caía uma brisa fria, fechei a porta e entrei - Oi pequeno! - Falo com o menor me sentando no sofá, ele me olha tímido, e não responde - Não precisa ter medo.. - Ele abraça a mãe - Olha, sabia que aqui dentro tem um bebezinho? - Falo referindo ao meu Mark jr., ele me olha curioso e se aproxima

- V-você comeu ele? - ele passa a minúscula mão em minha barriga que já tinha seu tamanho alterado, sorrio de sua inocência e daquela carinha fofa

- Não.. daqui uns dias, ele vai estar como você, mais ainda tá em fase de crescimento! - falo da maneira mais fácil possível, ele parecia já perder a timidez

- E qual o nome dele? - Ele se aproxima e fala com uma voz extremamente adorável

- Hum.. Não sei, quer escolher? - ele faz uma carinha pensativa batendo seu dedinho indicador no queixo

- Que tal... Taehyung? - Paro no tempo com o nome que ele fala

- T-Taehyung?, Mas.. Não acha melhor outro?

- Mas esse é o nome do meu pai! - Ok.. existem muitos Taehyungs no mundo, não é quem eu tô pensando que é! 

- Aah... olha, depois nós pensamos num nome ok? - Suspiro e sorrio - E qual seu nome? 

- Suk, e o seu? - Ele diz apontando seu dedinho pra mim, sorrio assim que ele pergunta, e o respondo dizendo meu nome - Seu nome é muito bonito tia, s-sabia que a minha mãe chama Somin- Ele fala alegre

- Sim sabia pequeno, muito bonito por sinal!

Agora eu entendo o porque tem um "T" junto a um "S" tatuado em Somin, T-Taehyung e S-Somin!

Lisa desce já nos avistando, e ela logo nota o pequeno Suk, e conhecendo a Lisa ela vai se encantar com ele em um seg...

- Quem é esse serzinho fofo? - Lisa fala e Suk sorri inocente

- Oi Lisa, esse é o Suk, meu filho - Diz Somin (N/A: como a S/n é amiga da Somin agora, ela meio que já conhece todo mundo ok? ok!)

- Oi Somin, que fofo seu filho! - Fala agachada na frente do pequeno - Não vejo a hora do meu sobrinho nascer!

- Que sobrinho? - Digo

- Ué seu filho!, esqueceu que eu sou quase sua irmã? 

- Ata.. por falar em irmã, cadê a Jennie? - Falo levando o copo d'água até a boca

- Ela falou que tinha uma coisa muito importante pra fazer - Lisa fala se levantando do chão onde estava agachada 

- Ô Lisa, aqui tem sorvete? -  Suk puxa Lisa pela barra do vestido, ela sorri ao ouvir a voz fina e adorável do mais novo

- Tem sim Suk!

- Filho, o que eu falei pra você sobre pedir sorvete? - Somin da uma de mãe educadora e corrigi-o

- Tudo bem Somin, ele tá com fome, só isso! - Lisa o pega no colo levando para cozinha - Você prefere de morango ou chocolate?..

- Er.. Somin, e o pai do Suk e você? Se nunca me falou dele - Pergunto

- Então, a gente tinha se separado, só que não chegou a casar nem nada, só que a uma semana nós nos reconciliamos - ela fala sorrindo - Ele não vê o Suk à dois meses, por causa dos shows, e isso fica um pouco difícil pra ele

- Shows? ele canta? - Laila questiona

- Sim!, ele faz parte de um grupo de garotos - Não pode ser o mesmo Taehyung, seria muita conhecidencia se não fosse, e por que o Tae nunca disse nada!?.. sei lá, isso tudo tá muito estranho 

-Sorvete de morango com chocolate e toddynho é mó doidera tio! - Lisa fala com uma voz noiada entrando na sala com um pote de sorvete numa mão e na outra segurava Suk

- Vocês misturaram sorvete com toddynho? - Falo me levantando do sofá para vê-los melhor

- Sem contar o granulado cololido e os mms! - Suk fala com a boca toda lambuzada

- Meu santo GD! - Passo a mão na testa imaginando o estado da cozinha - Lalisa Manoban! Você por acaso não teve essa idéia estúpida, teve?

- Ah, falto um pouquinho de cereal e cereja pra da um último toque! - Lisa sai correndo pra cozinha e logo volta com uma caixa de cereal na mão pondo tudo no pote de sorvete dela e do mais novo

- Olha Somin, se seu filho tiver alguma reação do tipo louca, anormal, e esquisita, é tudo culpa da Lisa!

- Minha nada S/n, culpa do toddynho com sorvete de morango, chocolate com granulado colorido, cereal e cereja! - Reviro os olhos e vou para cozinha calmamente (Por enquanto)

- LALISAAAA!! - (Meu grito ok?) acho que deu pra ouvir lá do Brasil

- Ok, a grávida explodiu!, vamo simbora Suk! - Lisa sai de fininho e leva Suk para o quarto

Já devem ter imaginado a cena da cozinha não é?, Então, é isso que da deixar a Lisa junto com uma criança, isso é a mesma coisa que deixar um bebê com outro!


Continua...




Notas Finais


Kizus babys 


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...