1. Spirit Fanfics >
  2. Storm (DRAMIONE) >
  3. Certezas

História Storm (DRAMIONE) - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Hey you, i hope you"ll good!

Hora de controlar (ou não) a diabetes

Capítulo 13 - Certezas


Draco se remexeu na cama ao acordar lentamente. Ainda tinha Hermione em seu colo - De uma forma mais desleixada, quase em cima do loiro. Ele não a afastou e continuou ali, despertando aos poucos e observando cada minuto traço relaxado no rosto de uma Hermione tranquila, serena. Um sorriso bobo estampou seu rosto e ele resolveu que não sairia dali naquele momento.

Obviamente a beleza da jovem não passara despercebida por Draco, que agora fazia um esforço homérico para não pensar bobagens com a posição de Hermione sob seu corpo. Outras mulheres, as do tipo que ele costumava sair antes da morena, sempre queriam o mesmo que ele:
Apenas sexo.
Mas ali, depois daquela noite, Draco estava descobrindo um lado seu que não conhecia. Um lado que considerava pensar num futuro, que  imaginava aqueles cachos voando pelo vento enquanto ele a abraçava no meio de um campo coberto de grama. Onde poderia dividir a vida com alguém, com ela, e estaria tudo perfeito,
pois era o que ele queria.

Mas e ela? Será que um dia sentiria o mesmo?

De repente Draco despertou. E se Hermione não o quisesse? Se achasse outro e o amasse de verdade? A possibilidade de estar fantasiando tantas coisas fez seu estômago revirar, então sua nova meta diária seria fazer os dias de Hermione ao seu lado os melhores que ela tivesse. Não a forçaria a nada, não era louco e essa ideia lhe dava náuseas. Queria mostrar seu eu, seu mundo a ela. Moveria o universo se preciso para vê-la sorrir, pois seu coração sentia que conhecia e amava a mulher em seus braços não apenas a quase um mês, mas já a várias e várias vidas se isso existisse. Sabia do que ela havia aberto mão de um grande sonho sem pensar duas vezes apenas para ajudar aqueles que amava, que estava sozinha numa cidade desconhecida e que era uma verdadeira força da natureza se precisasse defender o que acreditava e amava. Mas ali, deitada em seus braços, ela era a princesa por quem daria qualquer coisa. E para Draco, ela merecia mais que o mundo podia lhe proporcionar.

Hermione se remexeu sob o loiro, lhe tirando de seus pensamentos sorrindo sem abrir os olhos.
- 'Dia — Disse preguiçosa.— espero pelo bem da sua integridade física que haja algum analgésico nessa casa — Ameaçou num sussurro. Ela tinha bebido muito na noite passada, a cabeça deveria estar explodindo.

— Que tipo de hipocondríaco eu seria se não tivesse? Deixa eu levantar e buscar algo para nós dois.

Ele se levantou e foi até o criado mudo, de onde tirou duas aspirinas. Pegou o copo que estava na mesa de cabeceira e o encheu, enquanto Hermione tomava o remédio, se sentando ali para esperar o remédio fazer efeito. Então seu rosto se torceu numa expressão de pavor

— Draco, o quarto ontem estava escuro o suficiente para eu trocar de roupa?

— Nope. — Draco segurou o riso que ameaçou sair pela boca e continuou- Na verdade eu vi coisas boas o bastante para ficar feliz e de bom humor por pelo menos vinte e quatro horas...

Hermione choramingou baixinho, escondendo o rosto vermelho.

— Sorte sua que sou um gentleman e não fiquei te encarando. Apenas vi por acidente, inclusive, pode cometer mais acidentes assim se quiser.

— Mas você não perde uma chance de ficar calado... Vem, volta pra cama.
— Vou voltar, mas apenas até o remédio fazer efeito. Se importa? Me ajuda quando estou com a cabeça doendo.

Ele perguntou, tirando o violão de um lado da cama, começando a cantarolar baixinho.

— Claro. Mas por favor, não me mate de dor ou susto.
Draco rolou os olhos e começou a dedilhar em seu violão.


   
Time, is going by, so much faster than I,
And I'm starting to regret not spending
all of it with you.
Now I'm, wondering why,
I've kept this bottled inside,
So I'm starting to regret not telling
all of it to you.
So if I haven't yet, I've gotta let you know...

Never gonna be alone
From this moment on,
If you ever feel like letting go,
I won't let you fall...
Never gonna be alone
I'll hold you 'til the hurt is gone.

And now, as long as I can,
I'm holding on with both hands,
Cuz forever I believe that there's
Nothing I could need but you,
So if I haven't yet, I've gotta let you know...

You never gonna be alone
From this moment on,
If you ever feel like letting go,
I won't let you fall.
When all hope is gone,
I know that you can carry on.
We're gonna see the world out,
I'll hold you 'til the hurt is gone.

Ooooh!

You've gotta live every single day,
Like it's the only one, what if tomorrow never comes?
Don't let it slip away,
Could be our only one,
You know it's only just begun.
Every single day,
Maybe our only one, what if tomorrow never comes?
Tomorrow never comes...

Time, is going by, so much faster than I,
And I'm starting to regret not telling
all of this to you.

Never gonna be alone!
From this moment on,
If you ever feel like letting go,
I won't let you fall.
When all hope is gone,
I know that you can carry on.
We're gonna see the world out,
I'll hold you 'til the hurt is gone.

I'm gonna be there all of the way,
I won't be missing a one more day,
I'm gonna be there all of the way,
I won't be missing a one more day

A melodia lenta da música que saia baixinho da voz de Draco tocou Hermione profundamente, e o fato de ele sempre ter olhado para ela com um sorriso enquanto dizia " Você nunca vai estar sozinha" derreteu Hermione de uma forma avassaladora, do meio pro fim da canção ela já começava a limpar as tímidas lágrimas que escapavam de seus olhos. Nem havia mais dor de cabeça. Draco pôs o violão do lado da cama novamente e depositou um beijo na testa de Hermione.
Acho bom se acostumar a não estar sozinha. Pelo menos não num mundo onde eu exista.

Ele limpou os últimos resquícios de lágrimas, absorto nos olhos escuros e agora avermelhados de Hermione.
— Agora precisamos comer algo. Vamos descer, eu preparo o café dessa vez.
Hermione assentiu, se levantando e pegando um roupão de Draco que ficava ridiculamente grande nela, mas que pelo menos aquecia algo.

Afinal tudo o que vinha de Draco lhe aquecia de alguma forma


Notas Finais


Então, esse foi o capítulo onde Draco afirma de uma vez por todas a sua paixão por Hermione. O que acharam?

* A música que ele canta é " Never gonna be alone" do Nickelback.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...