História Testemunha do amor - Capítulo 62


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Tags Padackles, Romance
Visualizações 25
Palavras 1.444
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Slash
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


mais um capitulo...boa leitura.

Capítulo 62 - Acerto de contas...parte 2


Fanfic / Fanfiction Testemunha do amor - Capítulo 62 - Acerto de contas...parte 2

10 minutos se passaram quando um carro da policia estacionou em frente a casa de Misha. sabia que era jensen assim que abriu a porta.

jensen o abraço e chorou copiosamente.

-Pede para ele! pede por favor pra ele  me ouvir. Disse Jensen fracamente para o amigo que o abralçava-

-Depois você conversa com ele. Falou misha

 - Não tem de ser agora.  Dizia Jensen chorando. -Ele acha que tudo foi uma armaçao,porque eu desconfiava dele. Explica para ele, por favor.

- Depois, agora você tem de se recompor.disse colocando jensen sentado nun sofa

-Mas ele precisa me ouvir, ele precisa acreditar que nao desconfiava dele .falou o loiro com a respiração falhando.

-Ele vai acreditar, mas não agora. 

-Não! Acabou! Eu não vou nunca mais ganhar o colo dele. Eu não o terei mais junto de mim. Ele me expulsou de sua vida, ele não acredita em mim. nunca mais vou beija-lo.sentir seu cheiro,seu calor seus beijos.dizia enquanto deitava no sofa.

misha Sabia que nenhuma palavra serviria de consolo ou esperança naquele momento, adormeceu somente quando viu o loiro ser vencido pelo sono, mas mesmo dormindo seu corpo estremecia em soluços de vez em quando.

jared recebeu uma ligaçao de tim pra a delegacia,da seu depoimento sobre o caso.

jared decidiu nao se abalar por causa de jensen,se arrumou,tomou um cafe bem reforçado e foi ate a delegacia.

justin ja tinha passado as informaçes sobre tudo,incluindo que foi willian que começou com tudo e que jensen tinha batido nele.

assim que chegou na delegancia as pessoas uma a uma o perdia desculpa.jared so sorrir de canto como se nao importasse mais nada.quando entrou na sala de tim lembrou dele e jensen ali se amando na sala do chefe.

-padalecki!que bom que chegou.disse tim.-precisamos conversa.

-assunto de trabalho?

-sim e nao .

-eu ja dei meu depoimento e fiz o relatorio,entao nao sei porque e chamou aqui.

-para perdir perdão.

-nao se preocupe tim,eu ja esqueci tudo.

-voce nao me parace que realmente esqueceu tudo.

-mais esquece! e com o caso acabou eu

-mais o caso nao acabou.

-como nao?o lex ja estar preso

-sim!mais temos que descobrir quem mandou matar o kit.

-sim!mais isso nao é comigo.

-claro que é voce e jensen sao parceiro e

-estou me desligando.

jensen acordou se sentindo um pouco melhor.agradeceu a misha por ouvi-lo e foram ambos a delegacia.encontraram willian na porta e jensen sentiu uma vontade de espanca-lo.mais se segurou eforam todas a sala de tim.assim que entraram jensen sentiu seu coraçao acelerar jared estava ali o olhando de voltar.

Mas é só te ver

Pra enlouquecer

Faço tudo que você quer

Vou me arrepender depois

Mas eu não resisto nós dois

Oh não...

-Que bom que todos chegaram.disse tim 

-como vai jared.disse misha

-bem obrigado collins.disse apertando a mao de misha logo em seguida estendeu a mao para jense.-ackles!

-j..jared

-como vai jay? perguntou willian

-bem obrigado

-bom o motivo dessa reuniao em cima da hora é pra informar o desligamento de padalecki

-o que? perguntou o trio.

-jay voce nao pode ir.disse jensen

-eu posso e vou ackles.disse friamente.

-grandao pensa um pouco.

-nao tem nada pra pensar collins.eu ja tomei minha decisao.

-por favor reconsidere.disse willian

-reconciderar?! e fica aonde desconfiaram de mim?onde me olharem de cara feia?eu acho que nao.

-eu ja tentei de tudo.disse tim.-mais padaleckli nao que voltar atras.

-posso conversar com ele?.disse jense.- a sos

-nao temos nada pra conversar ackles!disse tentando manter a calma

-jenen tem razao voces precisam conversar.disse tim.-vamos deixa-los a vontade.disse saindo pra fora e sendo acompanhados por willian e misha.

o clima ficou constrangedor entre os dois agentes.cada um seus proprios pensamentos.

-o que voce quer falar ackles?

-jay! por favor nao me chama assim.

-porque nao?

-porque me doe!ouvir voce me chamar assim,ainda mais nesse tom friu.

-vai se assim agora.e eu acho melhor voce tambem parar de mi chamar de jay.

-vai se assim agora?

-sim!mais nao por muito tempo.

-porque?

-eu vou embora!

- o que?

-eu so vim pra ca para prender o lex.

-mais o caso ainda nao acabou.

-pra mim ja.

-jay...nao faz isso 

-isso o que ackles?

-nao me chama assim!gritou jensen

-entao me deixe em paz!

-voce sabe que precisamos conversa.

-nao temos nada prra conversar.

-ainda somos parceiro,e temos um trabalho a fazer.

-nos nao somos mais parceiro!e nao tem mais caso,nao comigo.

-termine esse caso jay.

-por que eu deveria?

-porque voce deve isso a dinna.

-eu nao sabia que voce era tao baixo,a esse ponto ackles.disse virando de costa para o loiro.

-eu sei que eu nao deveria fazer isso,mais nao quero que vai embora jay.

-mais eu vou.

-eu nunca desconfiei de voce jay.disse encostando a mao no ombro de jared.

-para jensen!nao torne as coisas mais dificil.

-agora eu entendir.

-oque voce entendeu?

-voce estar fugindo de mim.

-porque estaria fungindo de voce?

-por que voce me ama,e estar se odiando por isso.

-eu te amei jensen...e so Deus sabe o quanto.

-voce ainda me ama,assim como

-como voce?nao me faça rir jensen.

-voce sabe que eu gosto de voce.

-nao!voce gosta de ser fodido por mim.disse se afastando ainda mais de jensen.-entre quatro parede voce geme que é so meu,que me quer

-mais é verdade!

-eu sei que é verdade.mais como eu disse é entre quatro paredes.

-jay nao fala assim.

-lembra o que voce falou pra alona?

-nao.

-eu nao sou la de ficar pegando homens.

-jay isso foi por que

-por que eles nao podiam saber ne?como eu disse voce diz que é meu so entre quatro paredes.

-nao jay isso nao é verdade.disse se aproximando do moreno.-olhar pra mim jay nao me condene por algo que eu nao conseguir controlar

-jensen nao por favor,nao complique as coisas.voce se condenou sozinho

mais jensen nao deu ouvido,virou jared com tudo o escostando na pared.

-o que pensa qu estar fazendo?

-Todo condenado merece realizar o seu último desejo.Falou Jensen antes de tomar a boca de Jared, que não resistiu e abriu os lábios permitindo a exploração da língua do loiro, que se enroscou na dele. Logo a língua do moreno seguia do loiro para dentro da boca deste, onde foi capturada, sugada e mordida. O beijo foi interrompido apenas por que os pulmões pediam ar, sempre esse malditos pulmões com mania de respirar, interrompendo o que eles queriam que fosse eterno.

Jensen mergulhou o rosto no pescoço de Jared, onde distribuiu beijos e passeava com a língua provando a pele, às vezes sugando deixando marcas.

-te quero tanto jay

-O beijo acabou.  Disse Jared não querendo ceder ao desejo.

- Meu último desejo, não é um simples beijo, eu quero você girafa. 

 jensen falou e fez  voar os botões da camisa quadriculava que Jared usava por dentro da jaqueta de couro preta.

As mãos do loiro desceram pelo tronco do moreno que estava exposto, enquanto a sua boca capturou a do moreno novamente.

-se alguem entrar aqui,voce vai dizer o que hein?

-jay  agora não por favor!

-vai dizer que seu parceiro o agarrou a força?

Jared lutava contra si mesmo, porém sabia que perdia a batalha, pois as mãos postas sobre o peitoral de Jensen para empurrá-lo agora procuravam abertura entre os botões de sua camisa também de botão

O moreno gemeu longamente na boca de Jensen quando ele sentiu as mãos do loiro lhe desabotoarem as calças, para logo em seguida as sentir entrando em sua boxer.

O loiro estava com presa tinha medo de Jared conseguir resistir, e também estava com fome do corpo amado, mordeu os próprios lábios quando segurou o falo ereto e totalmente excitado do moreno.

Jared enlouqueceu com a visão do loiro mordendo os próprios lábios e gemendo de prazer apenas por tocá-lo, nesse momento decidiu  ceder pois seria a ultima vez.

"ele nao confia em voce." Jared escutou a voz de willian em sua mente.inferno

-para jense...gemeu quando sentiu jensen chupa seu mamilo esquerdo.

-eu quero voce.disse jensen o beijando de novo.-e sei que voce tambem me quer.

-um dia te quis!disse e com muito esforço empurrou jensen pra longe.-voce tem que entender jensen que acabou.disse tentando se ajeitar da melhor maneira possivel.-nao precisa se preocupar eu vou terminar esse caso.nao por voce,mais por dinna e principalmente por mim.disse e saiu da sala deixando jensen triste achando que perdeu de vez o moreno.

jared pegou o carro e mandou uma mensagem para tim avisando que iria continuar no caso mais que precisava de uns dias.

Mas é só te ver
Pra enlouquecer
Faço tudo o que você quer
Vou me arrepender depois
Mas eu não resisto a nós dois
Ou não

 


Notas Finais


musica desse capitulo,Não Resisto a Nós Dois
Wanessa Camargo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...