História Teu olhar - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Banda Fly (Fly Br)
Personagens Paulo Castagnoli, Personagens Originais
Visualizações 14
Palavras 825
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Luta, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


boa leitura

Capítulo 8 - Party


Sophia P.O.V

- Anda Sophia, volta aqui! - Mel gritou da sala.

- Espera! - Falei enquanto pegava o brigadeiro na geladeira.

O celular do Paulo tocou justamente na hora que a Manu desafiou ele, então eu aproveitei pra vir na cozinha pegar o brigadeiro. Peguei colheres e levei pra sala.

- Até que enfim, agora podem cumprir o desafio. - Manu falou.

- Não, vou comer agora! - Falei. - Depois a gente cumpre, né Paulo? 

- Aham. - Ele disse se sentando no meu lado e eu dei uma colher pra ele.

Ficamos conversando e rindo das piadas bobas que os meninos contavam. Parecia que a gente já se conhecia a muito tempo. Peguei meu celular e entrei no twitter e havia aumentado o número de seguidores, olhei as menções e tinham algumas pessoas perguntando o que eu era do Paulo e outras me xingando. Ignorei as que estavam me xingando e respondi uma dizendo que eramos amigos.

Combinamos de ir na balada porque o Caíque conseguiu convites  e como já eram 18 horas os meninos foram embora e a gente se encontraria as 22 em frente a balada. Fiquei vendo tv até as 20h30min e decidi ir me arrumar. Fui pro banheiro do meu quarto e tomei um banho. Sai enrolada na toalha, e abri meu guarda roupa, e escolhi um short preto de cós alto, uma blusa branca transparente com alguns detalhes. Fiz uma maquiagem mais leve e passei um batom vermelho, penteei meu cabelo e fiz alguns cachos na ponta. 

Calcei um salto alto preto, peguei uma bolsa e coloquei as coisas necessárias, dinheiro e peguei meu celular e já eram 21h55.  Fui pra sala e as meninas já estavam esperando. Fomos pra balada no meu carro e quando a gente chegou os meninos já estavam esperando a gente.

- Nossa demoraram hein! - Nathan falou. E nos cumprimentamos.

- Você ta muito gata. - Paulo sussurrou no meu ouvido.

- Obrigada. - disse sorrindo. Caíque nos entregou os convites e entramos sem ter que ficar na fila, que estava enorme.

Fomos pro camarote e pedimos bebida e sentamos em uma mesa.

- Vamos lá pra pista? - Mel perguntou.

- Vamos! - Manu falou. - Vocês vão ficar ai?

- Sim, depois a gente vai. - Paulo falou.

Descemos as escadas e o segurança deixou a gente passar e fomos pro meio da pista de dança. Estávamos dançando nos três e depois de um tempo, Caíque veio dançar com a Manu e o Nathan com a Mel e eu fiquei lá praticamente segurando vela.

- Qual seu nome gata? - Um garoto que estava do meu lado falou no meu ouvido por causa da música que estava muito alta.

- Sophia e o seu? - Falei no ouvido dele.

- Biel. - Ele disse e abriu um sorriso lindo, fiquei encarando ele por alguns segundos e eu tinha a impressão que já havia visto ele em algum lugar. Ele era lindo mas tinha uma cara de bebê.

A gente estava dançando juntos e ele falava algumas coisas no meu ouvido. Depois de alguns minutinhos de conversa ele me puxou pela cintura e me beijou e eu cedi. Que beijo bom e ele tinha bastante pegada também. 

Paulo P.O.V 

Fiquei no camarote conversando com alguns amigos meus e o Caíque e o Nathan foram atrás da Mel e da Manu, eles estavam morrendo de ciúmes de alguns caras que tentavam chegar perto delas. Fiquei olhando a Sophia dançar, e como ela dança bem, ela me deixa louco. Estava vendo ela quando um cara chega perto dela e eles começaram a dançar e pouco tempo depois eles já estavam quase se engolindo no meio da pista de dança.

Minha vontade era ir lá e tirar ela de lá, mas a gente era só amigos infelizmente. Logo depois eles se despediram com selinhos e ela estava saindo da pista com a Manu e o Caíque.

Eu que não ia ficar na seca, fui falar com a Bianca, a menina que deu em cima de mim a noite toda.

Sophia P.O.V 

Me despedi do Biel porque ele disse que ia se apresentar aqui essa noite, eu não entendi muito bem, mas ok. Voltei pro camarote com o Caíque e a Manu e quando a gente chegou lá em cima o Paulo estava quase engolindo a menina, senti uma pontinha de ciúmes. Olhei bem e era Bianca, eu odiava aquela menina desde quando eu entrei na faculdade o Paulo não poderia ficar com outra não?

Que raiva.  Parei de olhar aquela cena ridícula e peguei outra bebida. Logo o dj anunciou que o mc biel ia cantar e cinco minutos depois o Biel entrou cantando. Então ele era cantor ..... Fiquei vendo do camarote mesmo e logo depois o Paulo chegou do meu lado puxando assunto mas eu ignorei.

- Da pra falar porque está me ignorando? - Ele perguntou me virando pra ele.....


Notas Finais


.............


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...