1. Spirit Fanfics >
  2. The Five Brides >
  3. Capítulo 8: A Exploração de Heechul

História The Five Brides - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Esqueci de postar mais um capítulo, mas aqui está. Espero que gostem ^^

Capítulo 8 - Capítulo 8: A Exploração de Heechul


Pov's Heechul

Não conseguia acreditar que eu tinha uma companheira, e linda por sinal. Finalmente vou ter ajuda de alguém que entende minha situação, que sabe o quão amedrontado estou. Será que isso é uma nova chance? Porque posso iniciar um novo romance e esquecer do meu passado triste, as vezes é ridículo de lembra-lo mas é bom pra admitir o meu grande erro.

Cometi um crime contra minha ex-esposa, e não mereço ser perdoado. Por isso, quero reiniciar e amar alguém de verdade.

Quando estava perdido em minhas paranóias eu nem me toquei no exagero de sal que acrescentei e logo retirei o excesso. De repente, um leve movimento do sal me deixou paralisado, surgindo palavras escritas a dedo e logo entendi o que estava escrito.

Aquela frase era totalmente diferente...

" VOCÊ MERECE A MORTE"

E depois senti uma mão tocar o meu ombro e me virou em sua frente.

Lá estava uma das noivas e a maior de todas, tinha um ceblante muito sério. Sentia o olhar de ódio contra mim e fiquei com muito medo, tentava gritar mas minha voz estava trancada por um cadeado super forte. Não tinha voz. Perdi todos os meus sentidos, só sabia olhar e escutar.

Então a noiva tirou o seu véu e mostrou o seu belo rosto. Ela realmente era muito bonita mas sua face séria me deixava... Triste. E finalmente ela disse:

- Pobre rapaz, tão ingênuo e indefeso, querendo recomeçar sua vida só porque cometeu um crime - Como que ela sabia sobre o meu passado? Não posso esperar nada de espíritos fortes - Só pelo fato... De ter matado sua esposa!!!

Não podia acreditar, ela realmente disse aquilo. Sem controle consigo mesmo comecei a chorar. Por que? Por que? POR QUE ELA FALOU JUSTO ISSO?

- Não adianta derramar suas lágrimas, nós sabemos que você sujou suas mãos de sangue, matou uma pessoa que te amava. Pobrezinha, ela não merecia esse destino. Vou fazer um grande favor a ela e te eliminar aqui mesmo. Não podemos ser salvas dessa maldição por um cara repugnante como você!! VOCÊ MERECE A MORTE!!!

Antes do pior acontecer, escutei passos ligeiros vindo na minha direção, era a Momo. A mesma foi pra cima da noiva a jogando no chão e colocou a cruz em sua testa, e não teve efeito algum.

A noiva a segurou com força e as duas se levantaram do chão, mostrando toda sua fúria e seu olhar de extremo ódio. Então, hipnotizou a Momo com o objetivo de possuir o seu corpo, e antes disso acontecer eu a abracei repentinamente, e disse:

- Por favor... Não faz isso... Eu imploro... Eu posso te ajudar... Mas não envolva a Momo nisso, por favor - disse eu em prantos - Eu me arrependo muito dos erros do passado, queria esquecer mas é impossível, pode fazer o que quiser comigo, mas por favor não a machuque

A noiva mudou de expressão por tristeza e culpa, e em seguida ela começou a desaparecer lentamente e disse suas últimas palavras:

- O diário, o quarto e o porão, lá estão as respostas, procure em cada cômodo da casa algo interessante e você tem que descobrir sozinho... E bom que admite o seu pecado- e assim se foi, deixando uma temperatura bem gelada no cômodo.

Depois disso fui socorrer a Momo, ela estava adormecida. Então a deitei na cama e sentei na poltrona ao lado, queria ficar de olho nela.

Não posso envolve-lá, é arriscado demais. Eu mesmo tenho que descobrir, essa é minha função e esse é o meu destino, não posso depender dos outros. Como a noiva disse, tenho que fazer isso só.

-----------👰--------------

No dia seguinte, acordei muito cedo, umas 7hrs. E assim que levantei eu vi que não estava sozinho, a Momo dormia tranquilamente em minha cama. Mesmo sendo a cena mais fofa que eu já vi não posso ter uma relação de amizade com ela, era preciso. Então eu a acordei.

- Heechul? - disse ela confusa com a situação em que estava - Por que... Estou na sua casa ainda? E na sua cama? MEU DEUS HEECHUL QUE DIABOS...?

- N-não é nada disso que você está imaginando, se acalma - interrompi - Você só desmaiou e a coloquei na cama, não se preocupe!

- Ah... Você não fez nada então, certo? - fiz uma cara de deboche e então ela compreendeu - Ok entendi. Mas por que eu desmaiei?

- Você só ficou emocionada, somente isso - ela me soltou um olhar de desconfiada - Ok, você foi quase possuída pela noiva e te ajudei, é isso.

- Nossa... Como pude deixar isso acontecer? Que idiota eu sou, devo tomar mais cuidado. Não se preocupe Heechul, mesmo assim estamos juntos nessa, e obrigada por ter me salvado - ela parou de falar, esperando que eu respondesse algo mas não disse nada - bem, então vou voltar pra minha casa e tomar um banho e logo retornarei, ok?

- Ah, Momo sobre isso eu acho melhor que... - ela me interrompeu.

- Putz que merda eu tenho um compromisso hoje, droga!! Podemos remarcar pra amanhã? Ótimo! - ela não deixa eu falar por um segundo - E aproveitando vou dá mais algumas pesquisadas em livros sobre eventos paranormais e trazer utensílios para isso, ok? Ótimo

Então ela se levantou, tomamos um café em silêncio e depois nos despedimos.

- Tchau tchau Heechul amigo, nos vemos amanhã - disse ela com um leve sorriso e uma piscada, eu não posso com isso.

- Tchau... Momo - via ela indo embora, e não tive a coragem de dizer. Mas não posso envolve-lá, o que faço?

Pensei que nesse momento iria acontecer alguma coisa, mas não houve nada desde então. Por essa razão explorei mais cada canto da casa para descobrir os verdadeiros segredos sozinho.

Comecei então a minha própria exploração...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...