1. Spirit Fanfics >
  2. The Future-The Next Legends Restart >
  3. Reinicio

História The Future-The Next Legends Restart - Capítulo 27



Notas do Autor


SEGUNDA TEMPORADA

Capítulo 27 - Reinicio


Fanfic / Fanfiction The Future-The Next Legends Restart - Capítulo 27 - Reinicio

Uma viagem do céu cinza

Na volta pra casa

Após aquela noite impetuosa

Pousando

No heliporto da Torre dos Heróis

A vitória foi apenas física

O emocional ficou abalado

Principalmente para o garoto loiro que desceu primeiro do avião

E andou pra dentro do prédio

Tiwa:Ikuga

Não ouviu

Continuou andando

A falta daquelas duas pessoas expecificas, causou muito no ambiente 

Tiwa:ele está muito revoltado

Denzou:se alguém da sua confiança o traisse, você faria o mesmo...

Os parentes dos dois tocaram seus ombros

E os pais do terceiro passaram andando

O pai foi tocado no ombro por seu companheiro

Ochaco:vocês conseguem se resolver com ele?

Izuku:claro que conseguimos

Ela ainda não o soltou

Abaixou a cabeça e procurou as palavras certas

Ochaco:eu sinto muito

Izuku:eu também...

Toga:Ikuga...

Os próximos a descerem

Foi Hamih

E o quarteto 

Segurando a mão de suas namoradas

Danko:finalmente isso acabou...

Hinami:não exatamente

Os próximos a sairem

Foram Tenya e Dabi

Escoltando os únicos dois vilões que não fugiram ou morreram na missão

Haka

Que estava calmamente andando, e trocando olhares com seu irmão

E Kima

Com o rosto bordado de costuras devido a surra que ela levou

Pra garantir, vestindo a máscara anti-mordidas

Nenhum dos dois disse nada

Apenas passou com os olhares de poucos amigos

Em seguida

Foram os dois corpos

Descendo em uma maca, em baixo de um cobertor

Shigaraki

E o outro...

Hideki

Kurayami:que merda...

Juki:isso nem é o pior

E as últimas que sairam do veiculo

Foi Yumi

Sentando nos degraus da escada

E respirando fundo

Os olhos vermelhos de tanto chorar

Akira soltou das mãos de Zaifer

Akira:eu tenho que fazer isso

Toda a equipe da 404 chegou perto da capitão

E sentaram ao lado dela

De mãos dadas entre sí

_________________________________________

No lado de dentro

Teclando no computador do cômodo

Procurando rotas de mapa

E rastreamento daquela nave perdida

Ikuga:cadê você?

A porta abrindo atrás

Ele nem mesmo dêeu atenção

Os dedos mexiam na velocidade máxima para fazer pesquisar e acessar arquivos

Até que suas próprias mãos foram seguradas

Izuku:para Ikuga

Ele não disse nada

Izuku:você tem que descansar, ficou a noite toda acordado

Ikuga:minha irmã acabou de ser sequestrada, eu não posso descansar

Toga:você disse que a Toguka entrou na nave do inimigo

Ela estava de braços cruzados atrás dos dois

Toga:Ikuga, você tem que parar de negar

Ikuga:E PORQUE ELA IA FUGIR MÃE? PORQUÊ? NÃO FAZ SENTIDO, ELA FUGIU COM O ERROR E NÃO TEM EXPLICAÇÃO LÓGICA...

Izuku e Toga trocaram olhares

Ikuga bagunçou seus cabelos

Ikuga:eu quero tentar entender

Jogou os braços

Ikuga:o que eu fiz de errado? O que ela tava pensando?

Izuku se lembrou da história mirabolante que lhe foi contada poucos dias atrás

Izuku:tem haver...com aquele conto a qual você me falou?

Ikuga levantou o olho

Izuku:o apagão?

Moveu a cabeça em negação

Mas a dúvida não havia deixado

Ikuga:eu não sei, espero que não

Mantendo a cabeça baixa

Foi consolado

Toga o abraçou e deixou por a cabeça em sua barriga

Deku pôs as mãos no ombro de sua esposa

Toga:pegue o Butch e vamos pra casa Ikuga, você precisa esvaziar a mente

________________________________________

Acadêmia de Super Heróis All Might

Zaifer:quando a gente fica fora por muito tempo eu sinto falta desse lugar

Usagi:nem me fala, eu quero deitar no meu dormitório e dormir por uns 3 dias

Eles passaram para a entrada da acadêmia

E perceberam que de frente pra estátua de All Might

Estava um grupo inteiro de adolescentes

Vestidos como alunos

Mas nunca...

Haviam os vistos ali

Usagi tomou a atenção para um garoto que assim como ele tinha os cabelos vermelhos

Kurayami:quem são eles?

Danko:devem ser os alunos que chegaram pro primeiro ano

Zaifer:hum, boa sorte pra eles

Disse sarcasticamente, pois sabia da dureza que estava guardada em suas memórias do primeiro ano

Entraram no prédio

Passaram pelos corredores

Danko:e então? O que vamos fazer enquanto as meninas tão fora

Usagi:que tal 5 minutos de porrada em dupla sem perder a amizade

Zaifer:bora

Kurayami:bora

Danko:tá né...

Dabi:crianças...

O professor tomou a frente, virando no corredor, como se já esperassem eles ali

Eles até tomaram um susto

Usagi:aaaiii professor

Dabi:podem me seguir?

Ele já foi andando na frente sem esperar a resposta

Usagi:a gente reprovou?

Dabi:não...

Usagi:ah, então bora

_________________________________________

Sala dos professores

Estavam muito impressionados com o fato de estarem ali

Era um local estritamente proibido para alunos

Os jovens se sentaram, inquietos nas cadeiras

Dabi subiu em cima de uma cadeira e sentou-se no reencosto

Dabi:estão confortáveis?

Em unissimo responderam que sim

Dabi:querem alguma água, algum café?

Eles ficaram mais desconfortáveis com o fato que seu professor mais rigoroso

Estava sendo gentil

Zaifer:professor, o que tá acontecendo?

Dabi:eu estou fazendo tudo isso, porque...o que vai vir agora talvez seja um choque pra vocês...

Eles não entendiam nada

Trocaram olhares entre sí

Dabi:no caminho para a nossa missão na ilha militar, muita coisa foi discutida entre os heróis veteranos...

Dabi andou até um armário, abrindo uma gaveta e tirando uma pasta enorme

Dabi:algumas delas, eram sobre vocês...

Zaifer:nós? Por que estão falando sobre nós?

Dabi:pois vocês nos trazem lembranças...

Lembranças?

Dabi:vocês podem achar que essa amizade forte que vocês tem foi algo natural e espontâneo, mas não é nenhuma surpresa, além de que foi um evento já decidido

Kurayami:o que você quer dizer com isso?

Dabi:eu tenho certeza que em algum momento, já devem ter contado a vocês sobre um tal mistério...

Fingiram que não estavam entendendo

Dabi:esse mistério já deixou vocês com noites em claro, lhes dá dores de cabeça, e nunca conseguem descobrir a verdade sobre o que aconteceu...

Os garotos puderam lêer o que estava escrito na pasta

"Destroyer Stop Quarter"

Ele abriu a pasta, e separou quatro documentos

Escritos

"Danko Kori I"

"Kill"

"Ruisu Ayamana"

"Zayncrown Dragonic"

Eles pegaram os documentos

E a primeira coisa que prestaram atenção

Foram nas imagens

Dabi:aposto que nem suas mães lhes contaram a verdade sobre essas histórias

__________________________________________

A nave os deixou

E depois rapidamente foi embora

Estavam de volta

Na fazenda que era sua casa

Ikuga andou segurando sua mochila pela porta da frente

Butch saiu saltando pela grama

Izuku e Toga ficaram de mãos dadas e seguiram seu filho

Do lado de dentro

Ikuga começou a admirar a sala

A muito tempo que não voltava lá

E a saudade era enorme

Ikuga:obrigado...

Sabia que eles estavam atrás dele

Ikuga:eu sinto falta dessa calmaria

Passou a mão na madeira que fazia um espaço da parede

Ikuga:mas não é isso que vai me fazer descansar

Izuku:Ikuga, venha aqui

Ikuga olhou pra trás, seus pais estavam sentados em um dos sofás

Ikuga:o que foi?

Izuku:você disse que queria um motivo pra sua irmã nos deixar, nós vamos dar...

Ikuga sentou-se no sofá a frente deles

Izuku:Ikuga, você nos contou uma história, e agora vamos contar outra pra você, e essa também é verdadeira...

E talvez menos surreal do que a que Ikuga contou

Izuku:você sabe, que você sofreu muito quando começou a estudar na Acadêmia...

Ikuga preferia não lembrar

Principalmente agora que o Kusuo estava morto

Izuku:eu sei que você foi chamado de filho de criminoso, que você achou que os heróis me trairam e que você viu o meu uniforme exposto na ala dos vilões no Museu de Super-Heróis...

Infelizmente tudo isso era veridico

Izuku:mas a história é até que bem mais bonita que isso

Ele apertou firme a mão de Toga e Ikuga apenas encarava a aliança que os dois compartilhavam

Izuku:eu fiz tudo isso pela sua mãe, tudo por ela...

Ikuga:vocês já me contaram isso

Izuku:mas você não entendeu a profundidade desse ato...

Ikuga pôs os cutuvelos apoiados no joelho

Izuku:eu ataquei meus amigos, joguei fora meus principios, meu heroísmo, tudo que eu lutei por anos, tudo pra poder casar com sua mãe, eu fui odiado, caçado, quebrei regras e me isolei do mundo para ter vocês

Ikuga mexeu a cabeça

Ikuga:onde quer chegar?

Izuku:o fato é...até hoje eu não me arrependo de nada, e eu achava que ninguém amaria o suficiente pra fazer o que eu fiz...

Toga:mas parece que não...

Ikuga continuava em confusão

Ikuga:como assim?

Toga:filho, a Toguka estava estranha nos últimos dias? Saindo para algum lugar...

Ikuga:bom, eu não sei, ela não me disse na...

_________________________________________

Toga:um garoto veio aqui e deixou flores pra você

As rosas na cabiceira da maca de Toguka

Escrito

"Melhoras"

-Jodah

_________________________________________

Ikuga:toda vez que ela saia, era pra encontra-lo, o vilão que levou ela...

Toga:filho, o amor pode vim de qualquer lugar por qualquer pessoa

Ikuga:não, não pode ser

Toga:filho, pessoas apaixonadas podem fazer qualquer coisa por quem elas amam, e isso acaba sendo muito perigoso pra pessoas super-poderosas como sua irmã

Ikuga não queria aceitar

Precisou que Toga o segurasse pelo rosto

Toga:eu e seu pai éramos dois jovens, não pensávamos muito, faziamos tudo pela emoção, infelizmente, essas coisas podem ser genéticas

Ikuga:e o que vocês querem que eu faça? Querem que eu aceite que a Toguka se foi? Querem que eu tente esquece-la igual o mundo inteiro fez com os Midoriya?

Toga não sabia o que dizer

Nenhum dos dois sabia

Ela somente não queria que ele sofresse

Toga:claro que não filho, claro que não...

Ela o abraçou

Toga:mas você precisa descartar a possibilidade, de que ela se foi...

Ikuga começou a se lembrar

Daquela garota a qual ele brincava junto no jardim da fazenda

Um sorriso

"Irmão"

Ele a viu sendo levada pelo exército de Kigura naquela noite esquecivel

Medo

"IRMÃO"

Que chorou no seu ombro quando Spirit apagou seu mundo e eles se mudaram de universo

Tristeza

"Irmão"

O mesmo sentimento quando ela pensou que ele tinha morrido

No estalar de dedos

"IRMÃO!!!"

Achou que a felicidade tinha voltado

Que fez certo

Depois do retorno deles

Estava tudo certo

Tudo daria certo

O rosto sem vida que o encarou

Aquela cicatriz representa tudo que ela agora havia se tornado

"Irmãozinho tolo..."

Ikuga:AAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHH

_________________________________________

Kare:eu esperei por isso durante toda a minha vida...

Ele fazia um monólogo consigo mesmo

Se preparando para o primeiro dia de aula

Em frente a estátua do grandiosisimo All Might

Kare:certo, vamo nessa

Antes que ele se encaminhasse pra porta da escola

Viu um garoto cobrindo o rosto em seu capuz

Passando na frente

Uma blusa preta e roxa

Pele e cabelos albinos

Pupilas roxas

Luvas

Levando uma mochila

Kowai:é aqui...



























"Finalmente te encontrei, demônio"


Notas Finais


Agradecimentos da capa do capitulo a Zaifer-Mugiwara

Elogios?
Teoria?
Critica?
Opinião?

Deixa nos comentários

Até o próximo capitulo

2 temporada começou


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...